Whatsapp icon Whatsapp

Camelo

O camelo é um mamífero que se destaca por possuir duas corcovas em suas costas. Essas corcovas são ricas em tecido adiposo e ajudam o animal quando há falta de alimento.
Camelos são utilizados como meio de transporte e muito explorados pelo turismo.
Camelos são utilizados como meio de transporte e muito explorados pelo turismo.

Camelo é um mamífero que apresenta como característica marcante a presença de duas corcovas que, diferentemente do que muitos pensam, não são repletas de água, e sim de tecido adiposo. Quando os camelos estão bem nutridos, suas corcovas ficam eretas e firmes.

A presença de duas corcovas é uma característica que permite diferenciar os camelos dos dromedários, pois estes possuem apenas uma corcova.

Existem duas espécies de camelo: Camelus ferus (camelo selvagem) e Camelus bactrianus (camelo doméstico). O camelo selvagem está classificado na lista vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) como criticamente em perigo.

Leia também: Rinocerontes — animais de grande porte encontrados na África e Ásia

Resumo sobre camelos

  • Camelos possuem duas corcovas formadas por tecido adiposo, as quais funcionam como reserva de energia.

  • Corcovas inclinadas e pequenas indicam que o camelo pode estar passando por escassez de alimento.

  • Camelos machos são maiores que as fêmeas.

  • Eles possuem baixa taxa de transpiração.

  • São animais ruminantes.

  • Vivem em grupos formados por um macho dominante, fêmeas e seus filhotes.

  • A gestação do camelo dura entre 360 e 440 dias, e a fêmea dá à luz um ou dois filhotes.

  • Existem duas espécies de camelo: Camelus ferus (camelo selvagem) e Camelus bactrianus (camelo doméstico).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características dos camelos

Camelos são mamíferos que se destacam por apresentarem duas corcovas na região de suas costas. Essas corcovas são constituídas por tecido adiposo, o qual funciona como uma reserva de energia em momentos de escassez de alimento.

Os camelos são animais considerados de grande porte, podendo atingir mais de 2 metros de altura. O comprimento de seu corpo é de, aproximadamente, 2,25 a 3,45 metros. Sua cauda possui comprimento de 0,35 a 0,55 metro. Camelos adultos podem pesar mais de 600 kg e os machos tendem a serem maiores que as fêmeas.

Esses animais possuem pelos de coloração marrom-escura ou cinza por todo o seu corpo. Uma maior quantidade de pelos, no entanto, é observada na região das corcovas, cabeça, pescoço, cauda e pernas dianteiras. Quando a temperatura aumenta, os camelos perdem parte de seus pelos, portanto a quantidade de pelos do animal está relacionada às mudanças sazonais de temperatura.

Os camelos vivem em regiões secas e são frequentemente expostos a ventos fortes que lançam areia em sua direção. Por isso, eles contam com cílios longos, que protegem seus olhos da areia, e com narinas capazes de se fechar, uma característica que também garante que o pó não provoque danos a esses animais. Eles possuem, ainda, patas adaptadas ao deslocamento em solo arenoso.

A área de distribuição dos camelos se destaca pela alta temperatura, e esses animais possuem adaptações que garantem sua sobrevivência. Uma dessas adaptações está relacionada à baixa taxa de transpiração, por possuírem uma quantidade pequena de glândulas sudoríparas. Antes de começarem a transpirar, esses animais toleram um aumento de 6 graus em sua temperatura interna.

Os tipos selvagens são observados, geralmente, em bandos. Entretanto, podem também ser avistados de maneira solitária. Os bandos são formados por um macho alfa, fêmeas adultas e seus filhotes, em grupos compostos por 6 a 20 membros. Os filhotes machos, após atingirem a maturidade sexual, são expulsos do grupo pelo macho dominante e se juntam a outros grupos de machos.

Classificação taxonômica dos camelos

Os camelos pertencem à família Camelidae e gênero Camelus. Existem duas espécies de camelo: Camelus ferus (camelo selvagem) e Camelus bactrianus (camelo doméstico). Veja, a seguir, a classificação taxonômica completa das duas espécies:

Reino: Animalia

Filo: Chordata

Classe: Mammalia

Ordem: Cetartiodactyla

Família: Camelidae

Gênero: Camelus

Espécies: Camelus ferus e Camelus bactrianus

Dromedários também são camelos?

Dromedário
Os dromedários possuem apenas uma corcova.

Dromedários e camelos compartilham o mesmo gênero, entretanto, não são da mesma espécie. O dromedário pertence à espécie Camelus dromedarius.

Podemos diferenciar dromedários de camelos analisando a sua corcova. Enquanto o camelo possui duas corcovas, o dromedário apresenta apenas uma. Os camelos possuem, ainda, pelos mais longos que os dos dromedários. Além disso, camelos são encontrados na Ásia, ao passo que dromedários ocorrem no Oriente Médio, Índia e África.

Leia também: Girafa — animal com um coração 43 vezes maior que o do ser humano

Alimentação dos camelos

Os camelos são animais ruminantes, portanto, durante seu processo de digestão, o alimento é engolido e depois retorna à boca. Apesar de os camelos serem classificados geralmente como animais herbívoros, alguns autores destacam que, em momentos em que a vegetação está escassa, eles podem se alimentar também de animais, como peixes. Assim, os camelos podem ser considerados animais onívoros.

As corcovas apresentam um importante papel para os camelos, já que eles vivem em ambientes onde a falta de alimento é um problema comum. Essas estruturas são formadas por tecido adiposo e são usadas como reserva de energia nessas situações árduas.

Ao avaliar uma corcova, é possível perceber se o animal está ou não bem nutrido. Corcovas inclinadas e pequenas podem indicar que o camelo está passando por um momento de desprovimento alimentar.

Camelo
As corcovas dos camelos são formadas por tecido adiposo.

Em relação à hidratação, um fato curioso é que os camelos são capazes de retirar a água de que precisam para a sua sobrevivência dos alimentos que ingerem e podem tomar água salgada. Além disso, eles têm a capacidade de ficar grandes períodos sem ingestão de água.

Por ingerirem água salgada, os camelos eliminam urina com grande quantidade de sal e destacam-se por apresentarem rins muito eficientes. Quando os camelos encontram uma fonte de água abundante, ingerem grandes quantidades, de modo a garantir hidratação adequada a seu organismo.

Reprodução dos camelos

Os camelos apresentam um sistema de acasalamento polígino, ou seja, o macho acasala com diferentes fêmeas. Como dito anteriormente, os camelos vivem em grupos formados por várias fêmeas, seus filhotes e um macho alfa, o qual poderá acasalar com qualquer fêmea do grupo.

O macho alfa também tem o papel de proteger as fêmeas do grupo contra camelos errantes. Para expulsar outros machos, eles mordem, cospem e bufam.

A gestação do camelo dura entre 360 e 440 dias, e a fêmea dá à luz um ou dois filhotes. Cada filhote nasce com cerca de 37 kg. As mães amamentam seus filhotes nos primeiros dois anos. Entretanto, o desmame pode ocorrer após um ano em animais em cativeiro. A maturidade completa é atingida, em média, aos cinco anos.

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

Animais herbívoros
Vamos conhecer mais sobre os animais herbívoros? Clique aqui, conheça exemplos e descubra adaptações desses animais em relação à sua dieta.
Animais onívoros
Que tal conhecer mais sobre os animais onívoros? Clique aqui e descubra exemplos desses animais. Aprenda as adaptações presentes nesses animais de dieta mista.
As baratas apresentam-se nas cores marrom escuro e preto brilhante.
Barata
Saiba mais sobre as baratas, animais noturnos e responsáveis pela transmissão de várias doenças.
O estômago dos ruminantes é dividido em quatro compartimentos
Digestão dos ruminantes
Saiba mais sobre como é o trato digestivo e como ocorre a digestão dos ruminantes.
As girafas vivem em bandos.
Girafa (Giraffa camelopardilis)
Saiba mais sobre este ruminante de coração 45 vezes maior que o da nossa espécie.
Leão
Amplie seus conhecimentos sobre o leão aqui. Veja algumas características básicas desses animais, como habitat, alimentação e reprodução.
Os mamíferos têm capacidade de inteligência, memória e aprendizado maior que a dos outros vertebrados
Mamíferos
Clique aqui e veja quais são as principais características dos mamíferos.
Rinocerontes
Clique aqui e conheça mais sobre os rinocerontes. Veja as características gerais desses animais e conheça melhor as cinco espécies viventes.
Tecido adiposo
Que tal conhecer mais sobre o tecido adiposo? Clique aqui e aprenda as características principais desse tecido, descubra seus tipos e entenda suas funções.
video icon
Química
Entalpia ou calor de formação
Entalpia ou calor de formação é a quantidade de calor liberada ou absorvida para formar-se 1 mol de uma substância, com base em seus elementos constituintes, na forma de substâncias simples, no estado padrão, a 25 °C.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
videoaula brasil escola
Química
Cinética química
Se ainda tem dúvidas quanto a velocidade das reações, essa videoaula é para você!
video icon
videoaula brasil escola
Português
Redação
Entenda como realizar argumento por causa e consequência com a nossa aula.
video icon
videoaula brasil escola
História
Crise de 1929
A quebra da bolsa de valores de Nova Iorque afetou não só os EUA, como o mundo. Entenda!