Whatsapp icon Whatsapp

Oriente Médio

Oriente Médio é uma zona estratégica na geopolítica mundial. Os embates militares e os distúrbios políticos são característicos dos países localizados nessa porção do globo.
A cidade de Jerusalém, localizada no Oriente Médio, é considerada sagrada para o cristianismo, o judaísmo e o islamismo.
A cidade de Jerusalém, localizada no Oriente Médio, é considerada sagrada para o cristianismo, o judaísmo e o islamismo.

Oriente Médio é uma região do globo, localizada na Ásia, em uma zona de confluência do continente asiático com a Europa e a África. Historicamente a região foi ocupada por diversas civilizações assim como por dominadores estrangeiros. A história da região é marcada, ainda, pela extensa lista de conflitos militares que ocorreram no seu território.

Localizado em uma zona árida de clima desértico, o Oriente Médio possui uma geografia marcada pela escassez de precipitações. A economia local gira em torno da exploração de produtos primários, com destaque para o petróleo e o gás natural. Nessa mesma lógica, a infraestrutura dos países da região está voltada para o processo de produção e exportação de combustíveis fósseis.

As formas de governo locais são diversas, mas, no geral, caracterizadas pelo autoritarismo e pela perseguição aos Direitos Humanos. A população do Oriente Médio é formada em sua maior parte por praticantes do islamismo, mas a região possui minorias importantes de judeus e cristãos. Em termos culturais, é muito forte a influência da religião na cultura local, já que o Oriente Médio é o berço das três religiões monoteístas do mundo.

Leia também: Qual é a diferença entre árabes e muçulmanos?

Resumo sobre o Oriente Médio

  • É formado por Afeganistão, Arábia Saudita, Barein, Catar, Emirados Árabes Unidos, Iêmen, Irã, Iraque, Israel, Jordânia, Kuwait, Líbano, Omã, Síria e Turquia.

  • Está geograficamente situado em uma zona estratégica no globo, na confluência entre os continentes asiático, europeu e africano.

  • Possui clima e vegetação desérticos. A região registra baixíssimos volumes de precipitação do longo do ano.

  • Sua população é formada por cerca de 270 milhões de habitantes. Os países mais populosos são Irã, Turquia, Iraque e Arábia Saudita.

  • Sua economia está baseada na produção de bens primários voltados para exportação, como o petróleo e o gás natural.

  • As cidades de Dubai (Emirados Árabes Unidos) e Doha (Catar), que possuem infraestruturas muito desenvolvidas, centralizam as atividades de negócios e turismo na região.

  • Sua cultura é fortemente influenciada pela religião. O islamismo é a prática religiosa que possui o maior número de adeptos nos países da região.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais sobre o Oriente Médio

  • Localização: Ásia

  • Extensão territorial: 7.200.000 quilômetros quadrados

  • População: 270 milhões de habitantes

  • Idiomas: árabe, aramaico, azeri, hebraico, curdo, persa e turco

  • Religiões: islamismo, judaísmo e cristianismo

  • Climas: Árido e Semiárido

  • Países: 15

História do Oriente Médio

O Oriente Médio é uma região historicamente muito diversificada do continente asiático. O território formando na atualidade pelos países do Oriente Médio foi ocupado por diferentes civilizações ao longo do tempo, como mesopotâmios, hititas, judeus, persas e diversos povos árabes. A região foi ocupada de forma abrangente pelo Império Romano, mas logo tomada pelo Império Bizantino. Além deles, também foi amplamente ocupada por populações árabes e turcas, sendo o segundo grupo o responsável pela fundação do Império Otomano, que dominou toda a região até o início do século XX.

A história mais recente do Oriente Médio foi marcada pelas transformações territoriais advindas das Grandes Guerras Mundiais, que culminaram na configuração territorial atual dos países dessa região. O Oriente Médio, após a Primeira Guerra Mundial (1914-1918), foi ocupado por britânicos e franceses. Os invasores europeus permaneceram na maior parte desse território até a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Posteriormente, os países da região alcançaram maior autonomia, apesar do envolvimento em diversos conflitos de caráter regional.

A fundação de Israel no território da Palestina, por exemplo, gerou vários conflitos entre a nação judaica e os países árabes da região. Atualmente a Palestina é formada por duas porções de terra (Faixa de Gaza e Cisjordânia) e luta pelo seu reconhecimento como um Estado. O Iraque é outro país que passou por conflitos, primeiro contra o Irã, na chamada Guerra Irã-Iraque (1980-1988), e depois na Guerra do Golfo (1991). O território iraquiano também foi invadido por tropas dos Estados Unidos (2003).

Mais recentemente, por meio de questões como a luta por democracia empreendida na Primavera Árabe, grande parte das nações do Oriente Médio vivenciou novos distúrbios políticos. A ascensão de grupos extremistas também culminou na instabilidade dos países da região. Atualmente, o Oriente Médio é marcado pelas disputas geopolíticas locais e globais, notadamente fomentadas pelo extremismo religioso e pela violação dos Direitos Humanos.

Países do Oriente Médio e suas capitais

Países

Capitais

Afeganistão

Cabul

Arábia Saudita

Riad

Barein

Manama

Catar

Doha

Emirados Árabes Unidos

Abu Dhabi

Iêmen

Sanaã

Irã

Teerã

Iraque

Bagdá

Israel

Telavive

Jordânia

Amã

Kuwait

Cidade do Kuwait

Líbano

Beirute

Omã

Mascate

Síria

Damasco

Turquia

Ancara

Leia também: Quais são os 10 países mais pobres do mundo?

Geografia do Oriente Médio

Geograficamente o Oriente Médio é uma região muito diversa, localizada na confluência de três grandes continentes do globo:

O Oriente Médio é dividido em 15 países, porém essa definição não é um consenso, já que muitos estudiosos agrupam um maior número de nações na composição da região. Ademais, há ainda questionamento sobre a localização continental do Oriente Médio, que, apesar de situar-se predominantemente na Ásia, possui países, como a Turquia, que têm parte do seu território no continente europeu.

No mesmo sentido, o Egito, que guarda semelhanças culturais com os países do Oriente Médio, é frequentemente apontado como uma nação dessa região, apesar de estar localizado na África. Portanto, a divisão geográfica dessa região é objeto de discussão entre os geógrafos e cartógrafos, sendo mais aceita sua composição em 15 países.

O território do Oriente Médio é banhado pelo mar Mediterrâneo, mar Vermelho e mar Arábico, além dos mares Negro e Cáspio. A formação do seu relevo é bastante diversificada, marcada pela presença de grandes planícies, como na região da península Arábica, até zonas de elevada altitude e relevo montanhoso, como em países como Afeganistão e Irã.

Homem vestindo trajes típicos muçulmanos caminhando em um deserto.
Os desertos, assim como os climas Árido e Semiárido, são características geográficas típicas dos países do Oriente Médio.

Os principais rios do Oriente Médio são o Tigre e o Eufrates. A região apresenta grande escassez de fontes de água. O deserto da Arábia é o principal do Oriente Médio. O cenário climático é caracterizado pelos tipos Árido e Semiárido. A região apresenta baixíssimos índices de precipitação. A vegetação é desértica, com exceção de algumas áreas banhadas pelos mares e cursos de água, que apresentam maiores espécies vegetais em razão da umidade.

Mapa do Oriente Médio

Mapa do Oriente Médio.

Demografia do Oriente Médio

A população do Oriente Médio é formada por um agrupamento de quase 300 milhões de habitantes. Em termos demográficos, a região apresenta um crescimento expressivo, em razão de questões culturais que influenciam na elevada taxa de natalidade local. Ademais, os países mais ricos da região, localizados no golfo Pérsico, recebem um grande fluxo de imigrantes de outras regiões da Ásia.

Em contrapartida, os países localizados na porção oeste do Oriente Médio, como Síria e Iraque, são considerados centros repulsores de população, sendo inclusive a origem de um número significativo de refugiados, que buscam abrigo em outras nações, como as localizadas na Europa.

Os habitantes do Oriente Médio são etnicamente muito diversos. A região é formada predominantemente por falantes do idioma árabe. Há, ainda, falantes do hebraico, principalmente em Israel, do turco, na Turquia, e do farsi, idioma do Irã. A maior parte da população local é seguidora do islamismo. Há, ainda, praticantes do judaísmo, concentrados em Israel, e do cristianismo, que formam minorias significativas no Líbano e na Síria. O Oriente Médio possui países populosos, como Irã e Turquia, mas também nações pequenas em população, como Omã e Kuwait. Os principais centros urbanos do Oriente Médio são:

  • Istambul (Turquia)

  • Ancara (Turquia)

  • Bagdá (Iraque)

  • Dubai (Emirados Árabes Unidos)

  • Doha (Catar)

  • Riad (Arábia Saudita)

  • Teerã (Irã)

Economia do Oriente Médio

A economia do Oriente Médio está baseada no setor primário, portando, é fortemente marcada pelo desenvolvimento de atividades ligadas à agropecuária e, principalmente, ao extrativismo. Na área da agricultura, destaca-se a fruticultura, em especial, de tâmaras e oliveiras. O cultivo de lavouras de trigo e arroz também é comum na região. Já a pecuária está baseada em criações de subsistência.

Por sua vez, o extrativismo mineral é o principal ramo da atividade primária no Oriente Médio. A região é responsável por mais da metade de toda a produção mundial de petróleo, portanto, apresenta uma grande importância em termos econômicos e geopolíticos para o mundo. Os principais países exportadores de petróleo são:

  • Arábia Saudita

  • Irã

  • Iraque

  • Kuwait

  • Barein

  • Catar

  • Emirados Árabes Unidos

Além do petróleo, o gás natural também é um produto de exportação importante da região. As divisas geradas pela produção petrolífera são fundamentais para a sustentação da economia de grande parte dos países da região, com destaque para as nações localizadas no golfo Pérsico.

Por sua vez, o setor secundário apresenta uma participação tímida na maior parte dos países do Oriente Médio. O único país industrializado da região é Israel, que possui uma forte indústria bélica, eletrônica e de informática. No restante dos países, predominam atividades industriais de ramos como o alimentício e o têxtil. Já a indústria petroquímica é muito forte nos países exportadores de petróleo da região.

O setor terciário do Oriente Médio está ancorado em atividades como o comércio e os serviços. As trocas comerciais são muito características da região, e podem ser conferidas no comércio interno, nas tradicionais feiras árabes, assim como pelo protagonismo local na exportação de combustíveis fósseis. As atividades turísticas também são uma atividade econômica importante, principalmente o turismo religioso. Nos últimos anos, cidades como Dubai (Emirados Árabes Unidos) e Doha (Catar) tornaram-se importantes centros de negócios e turismo da região.

Leia também: Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep)

Foto aérea de Dubai ao entardecer.
A cidade de Dubai, localizada nos Emirados Árabes Unidos, é um dos principais centros econômicos do Oriente Médio.

Infraestrutura do Oriente Médio

O Oriente Médio é uma região muito desigual em termos de infraestrutura, já que os países que a formam possuem níveis distintos de desenvolvimento. A maior parte da infraestrutura local está voltada para a exportação de petróleo, portanto, a instalação de portos e demais redes de transportes tem como objetivo o comércio de combustíveis fósseis. Os países do Oriente Médio, em sua maioria, possuem, ainda, uma grande infraestrutura militar, uma vez que a região vive um estado permanente de tensão, marcado pelas rivalidades políticas e religiosas locais.

Já no que toca aos serviços, grande parte do Oriente Médio é atendida por redes de abastecimento de energia e comunicação. Os sistemas de saúde e educação são universais na maior parte das nações, mas fortemente marcados pela dificuldade de acesso da população feminina. O Oriente Médio apresenta dificuldades em relação ao abastecimento de água, uma vez que as condições climáticas da região dificultam o acesso aos recursos hídricos.

O quadro de infraestruturas do Oriente Médio é caracterizado fortemente pelas características econômicas dos países que compõem a região. Nesse sentido, destaca-se o protagonismo de Israel como a única nação desenvolvida e com infraestrutura avançada do Oriente Médio. Por sua vez, o agrupamento de países localizados no golfo Pérsico, como Arábia Saudita, Catar e Emirados Árabes Unidos, apresenta uma grande estrutura de transportes e comunicações. Essas nações têm investido muito alto para a construção de equipamentos estruturais.

Por outro lado, o caso do Irã é emblemático, já que o país sofre com uma série de sanções internacionais, que impedem o investimento estrangeiro na construção de infraestruturas no país. Por sua vez, Afeganistão e Iêmen, os países mais pobres do Oriente Médio, apresentam redes estruturais muito precárias. Os conflitos bélicos no Oriente Médio também atingem diretamente as redes da infraestrutura local, como na Síria, que teve grande parte dos seus equipamentos públicos destruídos pelos embates entre agrupamentos terroristas e militares.

Governo do Oriente Médio

O Oriente Médio é considerado a região mais conflituosa do globo, devido às questões políticas, econômicas e religiosas, que marcam fortemente a geopolítica da região. Portanto, a instabilidade política é uma característica dos governos dos países que o compõem.

Os governos locais apresentam características distintas conforme as especificidades políticas internas. No geral predominam governos autocráticos e teocráticos, que limitam a liberdade de expressão e a participação da população nas decisões políticas. Ademais, grande parte dos governos locais viola diversos aspectos dos Direitos Humanos.

A única nação totalmente democrática da região é Israel, justamente o país mais desenvolvido do Oriente Médio. Em países como Iraque e Turquia, há certa liberdade política, em razão do sistema parlamentarista de governo. Nesse mesmo sentido, no Líbano e na Síria, há eleições para determinados cargos públicos, apesar das grandes adversidades políticas vivenciadas nesses dois países nos últimos anos.

O Afeganistão também é um país que vivenciou certa liberdade de escolha política após a derrubada do regime extremista Talibã. Já no Irã predomina uma forma de governo teocrática baseada em um líder supremo. Na maior parte dos países do golfo Pérsico, como Arábia Saudita e Catar, predominam as monarquias.

Cultura do Oriente Médio

A cultura do Oriente Médio está fortemente ligada às práticas religiosas, uma vez que a região é o berço das três religiões monoteístas do globo: islamismo, judaísmo e cristianismo. Sendo assim, os hábitos culturais da população são marcados pela influência da religião, situação ainda mais forte nos países que adotam preceitos religiosos como base das suas legislações jurídicas. Nesse mesmo sentido, a maior parte das festividades locais está ligada aos calendários das comemorações religiosas.

As cidades de Jerusalém (Israel/Palestina), Meca e Medina (Arábia Saudita) e os centros históricos, como Petra (Jordânia), guardam muitas riquezas históricas ligadas ao desenvolvimento de importantes civilizações do mundo, assim como possuem locais considerados sagrados pelas religiões monoteístas.

A influência religiosa, em especial a islâmica, é predominante em vários aspectos da arquitetura local, como as tradicionais mesquitas, que marcam a paisagem das cidades do Oriente Médio. A literatura e a música locais também exprimem preceitos religiosos e contextualizam a relação da população local como suas crenças. As vestimentas típicas locais, marcadas pelas extensas vestes que cobrem os corpos, também são reflexos de hábitos religiosos da população.

O Oriente Médio também tem forte tradição na confecção de artesanatos, como tapetes e joias, assim como na produção de vinhos e produtos lácteos. A culinária local é muito diversificada, caracterizada pela utilização de diversos pães, massas e condimentos. O esporte mais admirado na região é o futebol.

Curiosidades do Oriente Médio

  • O mar Morto é, na verdade, um lago exorreico. Ele banha o território de Israel, Palestina e Jordânia. O seu nome é devido às altas taxas de salinidade das águas locais.

  • A cidade de Jerusalém é considerada sagrada para muçulmanos, judeus e islâmicos. Está localizada entre os territórios da Palestina e de Israel.

  • A Palestina é um território não reconhecido por parte das nações globo, sendo formado pela Faixa de Gaza e pela Cisjordânia.

  • A religião islâmica é a principal do Oriente Médio, porém ela não é uniforme, ou seja, apresenta várias vertentes religiosas, com destaque para os xiitas e os sunitas.

  • O Oriente Médio é berço da formação de agrupamentos terroristas de extremismo religioso, como a Al-Qaeda e o Estado Islâmico.

  • As nações do Oriente Médio adotam preceitos do islamismo nas suas normas jurídicas. Em alguns países, são proibidos hábitos comuns no Brasil, como beijos em público.

  • A Arábia Saudita e o Irã, por exemplo, restringem amplamente o consumo de bebidas alcoólicas nos seus territórios.

  • Os diretos LGBTQIA+ são desrespeitados em quase todos os países do Oriente Médio. O único país da região que permite a união entre pessoas do mesmo sexo é Israel.

  • O prédio mais alto do mundo está localizado no Oriente Médio, na cidade de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. O Burj Al Khalifa possui 828 metros.

  • A Copa do Mundo de Futebol Masculino de 2022 será realizada no Oriente Médio, mais precisamente no Catar.

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

Grande parte dos conflitos que acontecem no Oriente Médio tem como causa a religião.
As religiões no Oriente Médio
A região mais tensa do planeta e sua relação com as religiões.
O gráfico mostra a participação do Oriente Médio na produção de petróleo em escala mundial.
A produção de petróleo no Oriente Médio
A maior atividade econômica da maioria dos países do Oriente Médio.
Bandeira do Afeganistão
Afeganistão
Leia sobre os conflitos militares que fazem parte da história do Afeganistão. Veja os principais aspectos geográficos, econômicos e culturais do território afegão.
Moscou, a cidade mais populosa da Europa, com cerca de 12 milhões de habitantes.
Aspectos da população da Europa
Informações gerais sobre o povo do velho continente.
Em meio ao deserto, os oásis modificam drasticamente o panorama da paisagem do Oriente Médio.
Aspectos naturais do Oriente Médio
Aspectos naturais do Oriente Médio, Aspectos do relevo do Oriente Médio, Aspectos climáticos do Oriente Médio, Aspectos da vegetação do Oriente Médio.
O Catar é um país árabe localizado na Ásia Ocidental.
Catar
Descubra mais a respeito do Catar, país do Oriente Médio, localizado na península arábica. Saiba também sua história, dados sobre a economia e diversas curiosidades.
Conflitos entre Israel e Palestina
Venha entender um pouco dos conflitos travados entre Israel e Palestina. Saiba como esses conflitos se iniciaram, e veja um resumo dos seus principais episódios.
Mapa da América Central.
Economia da América Central
As principais atividades econômicas desenvolvidas nesse subcontinente.
Bandeira do Egito
Egito
Saiba mais sobre a história da civilização egípcia. Veja dados geográficos, demográficos e econômicos do Egito e leia sobre a diversidade cultural dos egípcios.
Rio Eufrates, um dos recursos mais estratégicos do Oriente Médio *
Escassez de Água no Oriente Médio
Compreenda a importância da Água no Oriente Médio, um dos principais elementos geopolíticos da região.
Bandeira da Palestina, formada pela Faixa de Gaza e pela Cisjordânia.
Faixa de Gaza
Saiba mais sobre as características geográficas da Faixa de Gaza. Entenda a formação histórica e a composição política desse território que faz parte da Palestina.
Maomé
Acesse o texto para conhecer detalhes da vida de Maomé, também conhecido como Muhammad. Entenda suas origens e como ele se tornou profeta do islamismo.
Mônaco: o segundo menor país do planeta
Miniestados europeus
Características dos menores países do continente europeu.
Islamismo, uma fé que unificou o mundo árabe.
Mundo Árabe
Islamismo, História Árabe, muçulmanos, Maomé, expansão do Mundo Árabe, Hégira, Meca, politeísmo, beduínos, comerciantes, Alcorão, comércio árabe, Jihad, Guerra Santa, califado, dinastia omíada, xiitas, sunitas.
Palestina
Saiba mais sobre os aspectos históricos e geográficos da Palestina. Entenda o processo de reconhecimento internacional da Palestina como um território soberano.
A parte com destaque verde representa a África Subsaariana.
Produção agropecuária na África Subsaariana
A configuração das atividades agrícolas na porção meridional da Africana.
Ramadã
Acesse este texto e entenda o que é o Ramadã. Conheça as práticas dos muçulmanos nesse mês sagrado.
A bandeira da Turquia foi criada com o fim do Império Otomano e apresenta elementos da cultura Islâmica
Turquia
Saiba mais sobre a Turquia, um país localizado na fronteira da Europa e da Ásia!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.