Whatsapp icon Whatsapp

Coco

O coco é um fruto que apresenta como característica mais marcante a presença de um tecido nutritivo no estado líquido, a famosa água de coco.
Coco aberto ao meio, mostrando sua polpa.
O coco é um fruto do tipo drupa produzido pelos coqueiros, uma espécie de monocotiledônea.

O coco é o fruto produzido pelo coqueiro, uma palmeira que apresenta grande importância econômica em todo o mundo. O coqueiro é uma planta alta que possui caule ereto e sistema radicular fasciculado. Suas folhas estão localizadas no topo do caule, e suas flores organizadas em inflorescências.

Trata-se de um fruto do tipo drupa, considerado um alimento rico em vitaminas e sais minerais, sendo as partes mais consumidas o endosperma (tecido nutritivo) sólido (polpa branca) e o endosperma líquido (água de coco). A água de coco destaca-se como uma parte muito consumida do coco, a qual é rica em sais minerais como o potássio e o sódio. Devido a sua composição, é usada, por exemplo, como bebida esportiva e repositora em casos de diarreia.

Leia também: Frutas — características, nomes e benefícios

Resumo sobre o coco

  • O coco é um fruto do tipo drupa.

  • O coco possui vários nutrientes importantes para a nossa saúde.

  • A água de coco é rica em potássio e sódio, sendo uma bebida usada como repositora hidroeletrolítica.

  • O coqueiro é uma espécie de monocotiledônea da família Arecaceae.

  • O coqueiro é originário do Sudoeste Asiático e foi introduzido no Brasil.

  • O coqueiro apresenta caule do tipo estipe, raízes fasciculadas e flores em inflorescências.

Características do coco

O coco é um fruto do tipo drupa, ou seja, trata-se de um fruto carnoso que apresenta apenas uma semente. O coco é formado por uma casca lisa (endocarpo), a qual envolve o mesocarpo, que se destaca por ser fibroso e espesso. Mais internamente há o endocarpo, o qual se destaca por ser uma camada dura que envolve a semente. A semente é formada por uma camada fina e marrom chamada de tegumento.

Abaixo do tegumento está localizado o endosperma sólido, o qual se destaca por ser uma camada carnosa, de coloração branca e muito oleosa. Na semente observa-se ainda uma grande cavidade, a qual é repleta de um líquido chamado popularmente de água de coco. A água de coco é o endosperma líquido. O embrião do coco fica localizado no endosperma sólido, próximo a orifícios presentes no endocarpo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Benefícios do coco

O coco é um alimento rico em vitaminas e sais minerais e que pode ser consumido in natura ou processado. A polpa do coco (endosperma sólido) apresenta grande quantidade de proteínas, lipídios, carboidratos e também compostos fenólicos, sendo, portanto, um alimento muito benéfico à saúde.

Copo com água de coco e cocos ao fundo.
A água de coco é recomendada em casos de diarreia e vômito, sendo uma ótima repositora de água e sais.

A água de coco apresenta composição que varia durante o amadurecimento do fruto, entretanto podemos destacar a presença de glicose, frutose, gorduras, sais minerais — como potássio, cálcio, magnésio, sódio, cloro e fósforo — e aminoácidos — como a lisina, cistina, fenilalanina, histidina e triptofano. O potássio destaca-se como um mineral encontrado em grande quantidade na água de coco, assim como o sódio. Devido a essas características, a água de coco é usada com frequência como repositor hidroeletrolítico, podendo ser usada como bebida esportiva e em casos de diarreia e vômitos.

O óleo de coco é obtido a partir da polpa do coco e é rico em ácidos graxos saturados, sendo o ácido láurico o que se apresenta em maior quantidade. Também possui ácidos graxos polinsaturados que atuam em processos inflamatórios. O óleo de coco é conhecido por ser um alimento com vários benefícios, sendo usado frequentemente para a perda de peso, melhora da imunidade, cicatrização de feridas e até mesmo prevenção de doenças cardiovasculares.

Leia também: Cacau — o fruto ligado à fabricação do chocolate

Coqueiro

O coqueiro (Cocos nucifera) é a espécie responsável pela produção do fruto conhecido como coco. Trata-se de uma angiosperma, pertencente ao grupo das monocotiledôneas e família Arecaceae, antiga Palmaceae. Cocos nucifera é a única espécie pertencente ao gênero Cocos.

Coqueiros e céu azul ao fundo.
O coqueiro pode atingir cerca de 30 metros de altura a depender da variedade.

O coqueiro é uma espécie que vive em regiões tropicais, necessitando, para crescer, de estar submetido a um clima quente. A espécie é originária do Sudeste Asiático e ocorre no Brasil desde meados do século XVI, quando foi introduzida. Atualmente está presente na maioria dos estados brasileiros.

É uma espécie que possui um caule ereto, longo e rígido com folhas surgindo em seu ápice, sendo, portanto, um caule do tipo estipe. A depender da variedade de coqueiro, essa espécie pode atingir cerca de 20 a 30 metros de altura. O sistema radicular é do tipo fasciculado, apresentando, portanto, raízes que possuem aproximadamente mesma espessura e tamanho. As folhas são compostas e penadas. Em relação às flores, elas estão organizadas em inflorescências, e flores masculinas e femininas podem ser observadas na mesma planta.

O coqueiro é uma espécie com amplo aproveitamento, apresentando grande importância econômica. No Brasil, o coco é usado, principalmente, para o consumo da água de coco e do endosperma sólido (parte branca). O endosperma sólido também é utilizado para a produção de outros produtos, incluindo-se a farinha de coco e o leite de coco. Além do fruto, que serve como alimento, outras partes da planta também são utilizadas, tais como as folhas, utilizadas para artesanato e construção de abrigos; raízes, que são utilizadas para fazer cestos; e a planta como um todo, para fins paisagísticos.

Fontes:

AZEVEDO, C.D.O. Diversidade genética de populações de coqueiro (Cocos nucifera L.) via marcadores SSR. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas). Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, 2014. Disponível em: https://uenf.br/posgraduacao/gmp/wp-content/uploads/sites/6/2014/05/Tese-MS-Carlos-Diego-O-Azevedo.pdf.

DAUBER, R.A. Óleo de coco: Uma revisão sistemática. Trabalho de conclusão de curso (Graduação). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Medicina, Curso de Nutrição, Porto Alegre, RS, 2015. Disponível em: https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/129618/000974828.pdf?sequence=1&isAllowed=y.

EVERT R.F. & EICHHORN S.E. 2014. Raven Biologia Vegetal. 8ª ed. Guanabara Koogan, RJ.

HOLANDA, J.S. et al. Colaboração de Marcos Tomaz de Oliveira, Ernesto Espínola Sobrinho, Tarcísio Batista Dantas. Tecnologias para produção intensiva de coco anão. Natal: EMPARN, 2007. Disponível em: http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/EMPARN/DOC/DOC000000000000575.PDF.

JUBILATO, F.C. Efeitos do óleo de coco na hiperplasia prostática benigna induzida pela testosterona em gerbilos da Mongólia (Meriones unguiculatus). Doutorado (Pós-Graduação em Biologia Animal). Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. São José do Rio Preto, 2021. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/215137/jubilato_fc_dr_sjrp_par.pdf?sequence=5&isAllowed=y.

LOIOLA, C.M. Comportamento de cultivares de coqueiro (Cocos nucifera l.) em diferentes condições agroecológicas dos Tabuleiros costeiros do Nordeste Brasileiro. Dissertação (Mestrado em Agroecossistemas). São Cristóvão: UFS. 2009. Disponível em: https://ri.ufs.br/bitstream/riufs/6604/1/CARINA_MENDES_LOIOLA.pdf.

SILVA, T. T.; Mulder, A. P.; SANTANA, I. Coqueiro (Cocos nucifera L.) e produtos alimentícios derivados: uma revisão sobre aspectos de produção, tecnológicos e nutricionais. Disponível em: https://downloads.editoracientifica.org/articles/200800949.pdf.

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

Araçá
Você já ouviu falar do araçá? Clique aqui e conheça mais sobre esse fruto, como ele é consumido e suas propriedades benéficas à saúde.
Baru
A castanha do baru é rica em ferro e vem sendo empregada no combate à anemia. Clique e conheça as propriedades do baru.
Cacau
Clique aqui e conheça mais sobre o cacau. Veja as características do cacaueiro e a importância e as propriedades do seu fruto.
Frutos
Clique aqui e aprenda a definição e os tipos de frutos existentes!
Jambo-vermelho
Você conhece o jambo-vermelho? Clique aqui e saiba mais sobre esse fruto, a planta da qual ele se origina e suas propriedades benéficas.
Plantas alimentícias não convencionais (PANCs)
Entenda o que são as Pancs, plantas alimentícias não convencionais, que estão cada vez mais utilizadas na culinária.
video icon
Professora ao lado do texto"Aposto".
Português
Aposto
Aposto é o nome que se dá ao elemento sintático que se junta a outro a título de explicação ou de apreciação. Assista a esta videoaula e aprenda um pouco mais sobre o emprego e a classificação desse termo acessório da oração.