Whatsapp icon Whatsapp

Hipotálamo

O hipotálamo é uma região do encéfalo que produz importantes hormônios e também atua na regulação da temperatura, sede e apetite do indivíduo.
O hipotálamo é uma parte do encéfalo relacionada a várias funções do organismo.
O hipotálamo é uma parte do encéfalo relacionada a várias funções do organismo.

O hipotálamo está localizado sob o tálamo e é considerado o elo integrador entre o sistema nervoso e o sistema endócrino. Apesar de ser uma área pequena, o hipotálamo apresenta uma grande quantidade de funções importantes para o funcionamento do nosso organismo.

Por exemplo, o hipotálamo se relaciona com a regulação do apetite, da sede, da temperatura e da pressão arterial. Também produz hormônios, como o hormônio antidiurético e a ocitocina. O hormônio antidiurético está ligado à reabsorção de água pelos rins, enquanto a ocitocina, dentre outras funções, está relacionada com a contração uterina e ejeção de leite pelas glândulas mamárias.

Leia também: Cérebro — componente fundamental do sistema nervoso

Resumo sobre hipotálamo

  • O hipotálamo é uma região do encéfalo localizada abaixo do tálamo.

  • Está conectado à hipófise.

  • Apesar de representar apenas uma pequena parte da massa encefálica, o hipotálamo apresenta funções essenciais para o organismo.

  • Regula a temperatura, a sede e o apetite.

  • Fabrica hormônios que atuam estimulando e inibindo a ação da hipófise.

  • Produz ocitocina e hormônio antidiurético, dois hormônios que são liberados pela neuro-hipófise.

  • O hormônio antidiurético atua na reabsorção de água.

  • A ocitocina atua na contração do útero no momento do parto e secreção de leite pelas glândulas mamárias.

Videoaula sobre hipotálamo e hipófise

Anatomia e funções do hipotálamo

O hipotálamo é uma região do encéfalo localizada logo abaixo do tálamo. Apresenta pequena dimensão, representando menos de 1% da massa encefálica. Está conectado à hipófise por uma haste estreita denominada infundíbulo.

É uma estrutura pequena, entretanto, com várias funções importantes. Dentre as atribuições do hipotálamo, destacam-se:

  • regulação da pressão arterial;

  • controle da sede e conservação da água;

  • aumento ou diminuição do apetite e gasto de energia;

  • adaptação da temperatura;

  • estímulo à resposta de luta ou fuga;

  • atuação em comportamentos sexuais e acasalamento;

  • ajuste do relógio biológico;

  • produção de hormônios.

Veja também: Homeostase — termo utilizado para indicar o estado de equilíbrio do organismo

Hormônios do hipotálamo

O hipotálamo é uma região do encéfalo responsável, dentre outras funções, pela produção de hormônios. Esse órgão produz hormônios de liberação e inibição que regulam a adeno-hipófise, além daqueles liberados a partir da neuro-hipófise e que atuam em diferentes funções do corpo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Esquema de liberação hormonal pelo hipotálamo, hipófise e suprarrenais.
O hipotálamo libera CRH, que promove a liberação, pela hipófise, de ACTH, o qual atua nas suprarrenais.

Os hormônios de liberação e inibição atuam diretamente na hipófise e indiretamente em várias outras estruturas do corpo. São hormônios de liberação e inibição:

  • Hormônio liberador de tireotropina (TRH): estimula a secreção de hormônio tireoestimulante (TSH) e prolactina.

  • Hormônio liberador de corticotropina (CRH): promove a liberação de hormônio adrenocorticotrópico (ACTH).

  • Hormônio liberador do hormônio do crescimento (GHRH): secreta o hormônio do crescimento.

  • Hormônio inibidor do hormônio do crescimento (GHIH) (somatostatina): inibe a liberação do hormônio do crescimento.

  • Hormônio liberador de gonadotropinas (GnRH): libera o hormônio luteinizante (LH) e hormônio folículo-estimulante (FSH).

  • Dopamina ou fator inibidor da prolactina (PIF): inibe a liberação de prolactina.

No caso dos hormônios liberados pela neuro-hipófise, estes são sintetizados nas células neurossecretoras do hipotálamo, mas armazenados na neuro-hipófise. Os dois hormônios produzidos pelo hipotálamo e secretados pela neuro-hipófise são:

  • Hormônio antidiurético: também conhecido como vasopressina, ele é responsável por garantir a retenção hídrica nos rins, aumentando a concentração da urina. Esse é um atributo importante, uma vez que garante a conservação de água em nosso corpo. O álcool presente em bebidas alcoólicas tem efeito inibidor da liberação desse hormônio, apresentando, portanto, efeito diurético.

  • Ocitocina: está relacionada à ejeção de leite pelas glândulas mamárias e regulação das contrações do útero no momento do parto. As funções desse hormônio, no entanto, não são apenas essas. Ele está relacionado com o cuidado materno, o vínculo de casal e a atividade sexual.

Saiba mais: Tumor da hipófise — neoplasia que pode afetar o funcionamento de todo o organismo

Doenças que afetam o hipotálamo

O hipotálamo pode ser afetado por diferentes problemas, como o surgimento de tumores, inflamações, traumatismos cranianos e acidente vascular cerebral. Portanto, a depender do grau de acometimento da estrutura, diversos problemas podem ser observados. Como o hipotálamo apresenta relação direta com a hipófise, alterações nessa parte do sistema nervoso podem causar, por exemplo, deficiência dos hormônios hipofisários.

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

Desvios posturais
Lordose, escoliose e cifose: alterações na coluna representadas por desvios anormais ou acentuação de seus desvios naturais.
Encéfalo
Clique aqui e compreenda o que é o encéfalo e conheça suas partes.
Fisiologia do Sistema Nervoso
A recepção e emissão de impulsos elétricos e o funcionamento do sistema nervoso.
Hormônios
Entenda o que são hormônios, substâncias produzidas pelas glândulas endócrinas que garantem a homeostase do corpo.
O que é hérnia inguinal?
Saiba o que hérnia inguinal, suas causas, sintomas e formas de tratamento.
Relógio biológico
O funcionamento do organismo e a duração dos dias e das noites.
Sistema Locomotor
Aprenda um pouco mais sobre as características gerais do sistema locomotor com este texto.
Sistema Nervoso Central
Entenda o Sistema Nervoso Central (SNC), a parte do sistema nervoso composta pelo encéfalo e pela medula espinhal.
Sistema digestório
Amplie seus conhecimentos sobre o sistema digestório. Neste texto, falaremos sobre os órgãos que fazem parte desse sistema e de algumas funções atribuídas a eles.
Sistema endócrino
Quer aprender mais sobre o sistema endócrino? Clique aqui e entenda o que é esse sistema, as principais glândulas que o compõem e sua função.
Sistema respiratório
Aprenda um pouco mais a respeito do sistema respiratório clicando aqui. Neste texto conheceremos os órgãos desse sistema e os movimentos respiratórios.
video icon
Professor ao lado do escrito "Qual a diferença entre discurso e texto?".
Português
Qual a diferença entre discurso e texto?
Todo texto é um discurso. Mas e o contrário? Todo discurso é um texto? Nesta aula vamos acabar de vez com essa confusão e deixar bem claro quem é quem no universo textual.