Whatsapp icon Whatsapp

Hormônios

Hormônios são substâncias produzidas pelas glândulas endócrinas que atuam em tecidos ou órgãos específicos. Insulina, adrenalina e ocitocina são exemplos de hormônios.
Um exemplo de hormônio é a insulina, que garante a entrada de glicose nas células
Um exemplo de hormônio é a insulina, que garante a entrada de glicose nas células

Hormônios podem ser definidos como substâncias secretadas por glândulas endócrinas que atuam em locais específicos. Esses produtos são secretados pela glândula na própria corrente sanguínea e seguem até o seu alvo, onde se ligam a receptores específicos, desencadeando o funcionamento daquele tecido ou órgão. Vale destacar que alguns hormônios, no entanto, podem chegar até o destino por difusão passiva.

É importante salientar que, como os hormônios ligam-se a receptores no seu local alvo, não influenciam qualquer tipo de célula. Isso quer dizer que um hormônio pode circular na corrente sanguínea sem atrapalhar o funcionamento de outras células.

Qual é a função dos hormônios?

Os hormônios possuem funções diversas, que vão desde o desenvolvimento de características sexuais secundárias até o controle da glicemia no organismo. Podemos dizer, portanto, que os hormônios garantem o equilíbrio de nosso organismo, ou seja, promovem a homeostase.

→ “Feedback negativo” e “Feedback positivo”

As atividades do sistema endócrino são controladas por mecanismos denominados de feedback (retroalimentação). O feedback pode ser negativo ou positivo. O feedback negativo é o mais comum no organismo e tem como objetivo limitar os excessos no corpo. Isso quer dizer que, se um hormônio estiver em excesso, sua produção será interrompida; caso contrário, sua síntese será estimulada. Isso faz com que os hormônios permaneçam em níveis adequados.

O feedback positivo, por sua vez, é bem menos frequente e se caracteriza por possuir um estímulo inicial que causa cada vez mais estimulação do mesmo tipo. Isso que dizer que o estímulo provocará cada vez mais produção de dado hormônio. Enquanto o feedback negativo restaura a homeostase, o positivo estimula as alterações.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Alguns importantes hormônios do corpo

Nosso corpo possui uma série de hormônios que garantem seu funcionamento adequado. Entre esses hormônios, podemos citar:

  • Hormônio antidiurético: produzido no hipotálamo e armazenado na hipófise, esse hormônio estimula a reabsorção de água nos ductos coletores.

  • Hormônio do crescimento ou somatotrofina: produzido na hipófise, esse hormônio atua no crescimento de ossos longos, garantindo nosso crescimento.

  • Ocitocina: hormônio produzido no hipotálamo e armazenado na hipófise. Está relacionado com a contração da musculatura do útero e de células da glândula mamária.

  • Tiroxina e tri-iodotironina: produzidos pela tireoide, esses hormônios estão relacionados com o nosso metabolismo.

  • Paratormônio: produzido na paratireoide, esse hormônio garante a reabsorção do osso e a liberação de cálcio no sangue.

  • Adrenalina ou epinefrina: produzido na suprarrenal, esse hormônio relaciona-se com a defesa do organismo em situações de emergência, aumentando, por exemplo, a frequência cardíaca.

  • Insulina: produzida no pâncreas, garante a entrada de glicose nas células.

  • Glucagon: produzido no pâncreas, ajuda a aumentar a taxa de glicose no sangue.

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

Adrenalina é um hormônio produzido na glândula adrenal.
Adrenalina
Clique aqui para conhecer mais sobre a adrenalina. Confira suas principais ações no organismo e seu uso na medicina.
Glicose
Aprenda mais sobre a glicose clicando aqui! Neste texto abordaremos as características da glicose e a relação entre os níveis de glicose e a saúde humana.
Localização das glândulas paratireóideas e tireóideas
Glândulas Paratireóideas
Saiba sobre estas uatro glândulas endócrinas, localizadas na região do pescoço.
O hipotálamo é uma parte do encéfalo relacionada a várias funções do organismo.
Hipotálamo
Quer conhecer mais sobre o hipotálamo? Clique aqui e conheça as principais funções atribuídas a essa região do encéfalo.
A hipófise se divide em adenoipófise e neuroipófise
Hipófise
Saiba quais são as funções dos hormônios sintetizados pela glândula hipófise.
Situação de adrenalina.
Hormônio Adrenalina
Hormônio segregado pela porção medular das glândulas supra-renais, aceleração do ritmo cardíaco, aumento da pressão arterial, neurotransmissor do cérebro, estresse físico ou mental, receptores adrenérgicos, dilatação das pupilas e brônquios, infarto, japonês Jokichi Takamine.
Hormônios Sexuais
Conheça quando e onde são produzidos os hormônios sexuais masculinos e femininos!
O principal hormônio do sistema genital masculino é a testosterona
Hormônios e o sistema genital masculino
Saiba quais são os hormônios produzidos pelo sistema genital masculino.
Glândulas endócrinas
Hormônios produzidos nas glândulas suprarrenais
Saiba mais sobre os hormônios produzidos pelas glândulas suprarrenais
Representação da síntese de hormônios tireoidianos pelo mecanismo de <em>feedback</em> negativo
Mecanismo de feedback
Entenda o que é o mecanismo de feedback, descubra sua importância e aprenda a diferença entre feedback negativo e positivo. Entre os meios para garantir equilíbrio e bom funcionamento do organismo, esses mecanismos estão relacionados com a regulação, aumentando ou reduzindo estímulos que causam alterações nos sistemas.
A progesterona é o principal hormônio da gravidez
Progesterona
Conheça a função biológica e a estrutura química da progesterona, um hormônio sexual feminino.
O pâncreas é uma glândula mista.
Pâncreas
Você conhece o pâncreas, uma glândula importante do nosso corpo? Neste texto, abordaremos suas características, suas funções e sua relação com o diabetes.
A química explica o que sentimos quando estamos apaixonados.
Química do amor
Saiba qual é a "química" do amor e descubra quais substâncias estão envolvidas nesse fascinante e complexo fenômeno.
A terapia de reposição hormonal pode trazer muitos benefícios às mulheres
Reposição hormonal e a mulher
Descubra os benefícios e os riscos da terapia de reposição hormonal através deste texto!
Ilustração do corpo humano rodeado das glândulas que compõem o sistema endócrino
Sistema endócrino
Quer aprender mais sobre o sistema endócrino? Clique aqui e entenda o que é esse sistema, as principais glândulas que o compõem e sua função.
Os testículos são encontrados no interior do saco escrotal
Testículos
Saiba mais sobre os testículos, órgãos do sistema genital masculino responsáveis pela produção de espermatozoides e do hormônio testosterona.
Ilustração em 3D da tireoide.
Tireoide
Clique aqui e amplie seus conhecimentos a respeito da glândula tireoide. Saiba a estrutura, a função e os distúrbios que a afetam.
video icon
Filosofia
Banalidade do mal | Hannah Arendt
Uma das maiores pensadoras do século XX, Hannah Arendt cunhou o conceito de banalidade do mal. Para a filósofa, havia um tipo de prática do mal (inerente, inclusive, ao regime nazista e a outros totalitarismos) que não era aquela por quem acreditava no mal, mas por alguém que cumpria ordens visando a uma ascensão na carreira militar. Para a pensadora, esse era o mal banal, muito mais perigoso que o mal praticado por quem tem a finalidade apenas no mal em si. Assista ao nosso vídeo para entender o assunto!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas