Whatsapp icon Whatsapp

Frente Fria

As frentes frias são fenômenos atmosféricos gerados pela entrada de uma massa de ar fria em uma área de massa de ar quente, gerando fortes chuvas e queda das temperaturas.
Céu nublado anunciando chegada de grande tempestade em decorrência de uma frente fria.
As frentes frias têm o potencial de causar grandes tempestades.

A frente fria é a entrada de uma massa de ar frio em uma zona geográfica de atuação de uma massa de ar quente. Ela ocorre por meio do deslocamento natural das massas de ar. Tradicionalmente, as frentes frias são oriundas de zonas polares, que têm como marca as baixas temperaturas. Os efeitos das frentes frias estão ligados à diminuição das temperaturas e à ocorrência de chuvas. A sua duração é bastante variável. No Brasil, esse fenômeno é muito comum no centro-sul do país, como nas regiões Sul e Sudeste.

Leia também: Ciclone extratropical — fenômeno meteorológico associado à ocorrência das frentes frias

Resumo sobre frente fria

  • A frente fria é um fenômeno atmosférico causado pela entrada de uma massa de ar frio em uma zona de massa de ar quente.

  • A queda das temperaturas, o aumento da umidade e a ocorrência de chuvas são características comuns das frentes frias.

  • A frente fria causa mudanças momentâneas no tempo de uma região, com destaque para a diminuição das temperaturas.

  • Ela tem um deslocamento bastante rápido pela atmosfera e pode influenciar o tempo de uma região de forma variável.

  • A ocorrência de fortes tempestades, o registro de raios e a queda de granizo são aspectos comuns da chegada das frentes frias.

O que é frente fria?

A frente fria é um fenômeno atmosférico causado pela entrada de uma massa de ar frio em uma zona geográfica de atuação de uma massa de ar quente. Nesse contexto, uma frente é um ponto de encontro entre duas massas de ar de aspectos distintos, que é o caso de uma frente fria. Esse fenômeno atmosférico causa principalmente a queda das temperaturas locais.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por que e como ocorre uma frente fria?

As frentes frias ocorrem quando uma massa de ar frio entra em uma área de atuação de uma massa de ar quente. Essa entrada ocorre por meio da movimentação natural das massas de ar atrelada à influência de fatores e elementos climáticos diversos, como a temperatura e a umidade. As frentes frias são oriundas especialmente das regiões mais frias do globo, como as zonas polares, e, ao chegarem a regiões mais quentes, como as zonas tropicais, geram mudanças bruscas de umidade, temperatura e precipitação.

Leia também: Diferenças entre ciclone, tornado, furacão e tufão

Quais são as características da frente fria?

As frentes frias estão atreladas especialmente à ocorrência de um tempo mais frio. Portanto, são características importantes desses fenômenos atmosféricos a queda das temperaturas, o aumento da umidade e a ocorrência de chuvas. As frentes frias têm, inclusive, o potencial de causar danos em razão da potencialidade dos seus eventos atmosféricos, especialmente por meio da ocorrência de chuvas fortes, que geram enchentes urbanas e deslizamentos de terra. A ocorrência de granizo também é bastante relacionada à atuação de frentes frias.

Carros cercados por água da chuva em região urbana atingida por enchente.
As frentes frias podem potencializar problemas urbanos como as enchentes.

Quais são os efeitos da frente fria no tempo?

A frente fria causa mudanças momentâneas no tempo de uma região, principalmente atreladas aos aspectos climáticos desse fenômeno atmosférico, com destaque para a baixa das temperaturas.

Nesse sentido, as frentes frias provocam, ainda:

  • ampla instabilidade climática;

  • intensificação dos ventos;

  • aumento da nebulosidade;

  • ocorrência de chuvas;

  • crescimento da umidade;

  • continuidade da queda das temperaturas.

Esses efeitos podem ser potencializados em razão do tempo de duração e da área de abrangência de uma frente fria, gerando assim fortes tempestades, registro de raios e queda de granizo.

Duração de uma frente fria

A duração de uma frente fria é bastante variável. Uma frente fria tem um deslocamento bastante rápido pela atmosfera, logo, pode influenciar o tempo de uma região em poucas horas assim como em alguns dias. Esse evento dura conforme suas características de formação, como temperatura e umidade, cenário que pode mudar em pouco tempo.

Frente fria x frente quente

Uma frente fria é formada por uma massa de ar frio que avança em uma zona geográfica de atuação de uma massa de ar quente. Essa frente causa especialmente a diminuição das temperaturas e a ocorrência de chuvas.

Já uma frente quente é gerada por uma massa de ar quente que entra em uma zona geográfica de atuação de uma massa de ar frio. Essa frente provoca menos nebulosidade e pode gerar chuvas frontais. Após a passagem de uma massa de ar quente, o tempo tende a tornar-se estável.

Leia também: Por que é difícil um furacão atingir o Brasil?

Exercícios resolvidos sobre frente fria

Questão 1

(UPE 2021) As mudanças nas condições meteorológicas, observadas nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, estão geralmente associadas à passagem, formação ou intensificação de frentes frias. É correto afirmar que esse tipo de sistema atmosférico resulta do/a

a) contato de ciclones extratropicais com o ar seco tropical.

b) penetração de massas de ar equatoriais sob massas de ar tropicais e tépidas.

c) confronto entre massas de ar polar com massas de ar tropical.

d) recuo do ar polar em face do avanço do ar tépido tropical.

e) avanço de vórtices ciclônicos de baixos níveis sob o ar polar de elevados níveis altimétricos.

Resolução: Alternativa C. As frentes frias, que ocorrem recorrentemente no centro-sul brasileiro, são provocadas pelo encontro de uma massa de ar fria, como a polar, com uma massa de ar quente, como a tropical.

Questão 2

(Famerp 2017) Sistemas frontais e anticiclones conseguem deslocar-se meridionalmente e atingir latitudes muito baixas ultrapassando, inclusive, a linha do equador. Suas consequências são localmente conhecidas como “friagens”.

Marcelo E. Seluchi. “Geadas e friagens”. In: Iracema F. A. Cavalcanti et al (org). Tempo e clima no Brasil, 2009. Adaptado.

As friagens são caracterizadas pela ação da

a) massa polar do pacífico.

b) frente fria atlântica.

c) massa polar atlântica.

d) massa tropical atlântica.

e) frente fria andina.

Resolução: Alternativa C. A massa de ar polar atlântica, proveniente do extremo sul americano, é a principal responsável pela atuação de frentes frias e, ainda, pelo fenômeno da friagem, especificamente no Brasil.

Fontes:

GOVERNO DO BRASIL. O que é e como se forma uma frente fria? Instituto Nacional de Meteorologia. Disponível em: https://portal.inmet.gov.br/noticias/o-que-%C3%A9-e-como-se-forma-uma-frente-fria.

MUNDO ESTRANHO. O que é uma frente fria?. Super Interessante. Disponível em: https://super.abril.com.br/mundo-estranho/o-que-e-uma-frente-fria.

SCHEUER, P. O que são Frentes Frias. Tempo.com. Disponível em: https://www.tempo.com/noticias/ciencia/o-que-sao-frentes-frias-.html.

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

Ciclone extratropical
Clique aqui e entenda o processo de formação e de ocorrência de um ciclone extratropical. Conheça as principais características desse evento meteorológico.
Deslizamento de terra
Entenda o que é um deslizamento de terra, bem como suas causas e consequências para as sociedades humanas e para o meio natural.
Enchentes
Saiba quais são as principais causas naturais e humanas das enchentes. Veja também as consequências geradas pelo transbordamento dos rios no espaço geográfico.
Enchentes no Brasil
Saiba quais são as principais causas e consequências das enchentes que ocorrem no Brasil. Veja também uma lista das maiores enchentes já registradas.
Fenômenos atmosféricos
Conheça alguns dos principais fenômenos atmosféricos que se manifestam, tais como o efeito estufa, a inversão térmica, os ciclones e muitos outros.
Furacão
Clique aqui e saiba como se forma um furacão. Descubra quais foram os maiores furacões que já ocorreram e conheça as diferenças entre furacão, tufão e tornado.
Granizo
Você sabe como se forma o granizo? Clique aqui e saiba, além disso, as principais consequências das chuvas de granizo para as atividades produtivas e humanas.
Massas de ar
Leia sobre as características das massas de ar presentes no espaço global. Saiba também quais são as principais massas de ar que atuam no Brasil.
Qual é a diferença entre tempo e clima?
Descubra a diferença entre tempo e clima. Saiba quais são as definições de cada um, bem como os elementos que os influenciam. Veja também o que é previsão do tempo.
Tornado
Clique aqui e conheça as características de formação de um tornado!
video icon
Texto"Matemática do Zero | Soma dos ângulos externos de um polígono convexo" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Soma dos ângulos externos de um polígono convexo
Nessa aula demonstrarei a fórmula da soma dos ângulos externos de um polígono convexo qualquer e como encontrar a medida de cada ângulo externo.