Whatsapp icon Whatsapp

Massas de ar

Massas de ar são grandes corpos atmosféricos, formados por ar, que têm características físicas comuns. Elas alteram substancialmente o clima de uma localidade.
Nuvens escuras atrás de árvore sem folhas
As massas de ar modificam o clima de uma região.

As massas de ar são formações atmosféricas que têm caraterísticas comuns em termos de temperatura, umidade e pressão. Elas têm o potencial de alterar substancialmente o clima de uma região. As massas de ar úmidas são formadas em áreas oceânicas. Já as massas de ar secas têm sua origem atrelada aos continentes, e têm sua formação atrelada ainda à latitude. São classificadas como polares, tropicais e equatoriais.

O Brasil sofre a atuação de cinco massas de ar. São elas:

  • Massa Equatorial Continental (mEc);

  • Massa Equatorial Atlântica (mEa);

  • Massa Tropical Continental (mTc);

  • Massa Tropical Atlântica (mTa);

  • Massa Polar Atlântica (mPa).

Leia também: A relação entre altitude, latitude e clima

Resumo sobre massas de ar

  • São corpos de ar que se deslocam pela atmosfera e têm características físicas em comum.

  • Em relação à sua origem, elas são divididas em oceânicas e continentais. Já em relação à latitude, são classificadas em polares, tropicais e equatoriais.

  • Alteram o clima de uma região mediante a sua influência em aspectos como a temperatura e a umidade.

  • As que atuam no Brasil são: Massa Equatorial Continental (mEc), Massa Equatorial Atlântica (mEa), Massa Tropical Continental (mTc), Massa Tropical Atlântica (mTa) e Massa Polar Atlântica (mPa).

Videoaula sobre massas de ar

O que são as massas de ar?

As massas de ar são grandes formações atmosféricas, compostas por ar, que compartilham características similares de temperatura, umidade e pressão. Deslocam-se na atmosfera, especialmente em baixas altitudes, interferindo de maneira significativa nas condições climáticas locais.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quais são os tipos de massas de ar?

As massas de ar são divididas por suas características de formação. Em um primeiro momento, elas são agrupadas conforme o ponto de latitude. Já em um segundo momento, as elas são classificadas conforme a sua superfície. Sendo assim, temos três grandes grupos de massas de ar:

  • Massas de ar polares: são formadas em elevadas latitudes, ou seja, nas zonas polares do planeta. Têm como característica principal a baixa temperatura. Quando formadas sobre os oceanos, elas são úmidas; já quando formadas no continente, são secas.

  • Massas de ar tropicais: são formadas em médias latitudes, especialmente nas zonas tropicais, próximas aos trópicos do planeta. Apresentam predominantemente altas temperaturas. As formadas no oceano são úmidas, enquanto as formadas no continente são mais secas.

  • Massas de ar equatoriais: são formadas em baixas latitudes, ou seja, nas áreas próximas à Linha do Equador. Têm como aspecto preponderante a elevada temperatura. Sua formação nos oceanos as fazem úmidas. Em oposição, as formadas nos continentes são secas.

Rua alagada em decorrência de forte chuva
As massas de ar equatoriais úmidas podem gerar muitas chuvas em uma região.

A influência das massas de ar no clima

As massas de ar apresentam grande influência no clima de uma região, especialmente nas condições de temperatura, umidade e pressão locais. Tais condições também são resultantes da sua capacidade em deslocar-se na atmosfera, modificando assim as condições climáticas em diversas latitudes.

Em relação à superfície de formação, as massas de ar úmidas, por exemplo, apresentam maior umidade, enquanto as secas têm uma umidade bem menor. No que toca à latitude, massas de ar equatoriais e tropicais resultam na elevação das temperaturas locais, enquanto as massas de ar polares têm como consequência a diminuição das temperaturas.

Sendo assim, a movimentação dessas massas de ar na superfície terrestre tem o potencial de influenciar o clima local. A chegada de uma massa de ar úmida e quente, por exemplo, pode gerar elevadas precipitações; já uma massa de ar polar resulta na queda das temperaturas.

Leia também: Circulação atmosférica — a movimentação do ar pela atmosfera terrestre

As massas de ar no Brasil

A grande extensão latitudinal do território brasileiro, em conjunto com as influências das massas de terra e mar presentes no país, é fundamental para o elevado volume de massas de ar que influenciam o clima aqui. No Brasil, destaca-se a atuação de cinco massas de ar, sendo elas:

  • Massa Polar Atlântica (mPa): é responsável pela queda das temperaturas na maior parte do país. Ela ocorre principalmente no inverno, quando notadamente ocorrem as chamadas frentes frias, que resultam na queda das temperaturas e na ocorrência de chuvas, especialmente nos estados do Centro–Sul do país. Já no Norte do Brasil, ela é responsável pela queda acentuada das temperaturas, fenômeno conhecido como friagem.

  • Massa Tropical Atlântica (mTa): é considera úmida, uma vez que se forma no oceano, mais precisamente no Atlântico. É responsável pela entrada de umidade no território brasileiro, especialmente na porção Centro–Sul do país, além de parte da região Nordeste brasileira. Justamente por ser úmida, ela tem o potencial de gerar chuvas. É considerada uma massa de temperaturas elevadas. Ocorre principalmente durante as estações de transição e o verão.

  • Massa Tropical Continental (mTc): tem origem na porção Centro–Sul do país. Ela atua espacialmente nas regiões próximas ao Trópico de Capricórnio, com destaque para estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil. Essa massa tem como características as elevadas temperaturas e o registro de secas consistentes ao longo do ano. A sua atuação ocorre predominantemente nas estações de transição e no verão.

  • Massa Equatorial Atlântica (mEa): tem origem no oceano Atlântico, nas proximidades da Linha do Equador. Tem como ponto característico a elevada umidade, logo, é responsável por eventos chuvosos, especialmente na região Norte do Brasil. Ela atua também no litoral nordestino, especialmente durante o verão, gerando fortes chuvas. Tem também como característica o registro de elevadas temperaturas ao longo de todo o ano.

  • Massa Equatorial Continental (mEc): é bastante específica, uma vez que, apesar da sua formação dar-se sobre o continente, ela apresenta elevados níveis de umidade. Tal fato é explicado pela sua formação na região da Floresta Amazônica, grande massa de floresta equatorial, localizada nas proximidades da Linha do Equador. Essas características geográficas conferem à massa um elevado nível de umidade, com capacidade de gerar fortes chuvas. Essa massa atua principalmente na região Norte do Brasil.

Exercícios resolvidos sobre massas de ar

Questão 1

(UFLA) A relação entre a massa de ar atuante no Brasil e suas características está CORRETA na alternativa:

a) Tropical Atlântica (fria/seca) – Atua com mais intensidade nas Regiões Sul e Sudeste. Provoca chuvas de inverno no litoral do Nordeste e quedas de temperatura na Amazônia.

b) Equatorial Continental (quente/úmida) – Atua na Amazônia Ocidental e nas demais regiões do Brasil (no verão) provocando chuvas.

c) Tropical Continental (quente/úmida) – Atua principalmente no litoral das Regiões Norte e Nordeste, formando os ventos alísios de nordeste.

d) Equatorial Atlântica (quente/seca) – Atua no litoral meridional. Na primavera-verão, encontra-se com a massa Equatorial Continental, provocando chuvas.

Resolução: Alternativa B. A Massa Continental Equatorial tem origem na Amazônia Continental. A sua principal característica é o elevado potencial de geração de precipitações. Essa massa atua em todo o território brasileiro durante o verão.

Questão 2

(Uece 2019) As massas de ar são parcelas do ar atmosférico que podem se formar sobre o continente ou sobre o oceano e geralmente adquirem as características dos locais onde foram produzidas. Dentre as massas de ar que atuam no Brasil, a Massa Tropical Atlântica é

a) quente e úmida, e atua no litoral da região Sudeste do Brasil.

b) quente e úmida, e atua nas regiões Norte e Nordeste do Brasil.

c) quente e seca, no Chaco paraguaio e oeste paulista.

d) fria e instável, e atua no Centro–Sul do Brasil no inverno.

Resolução: Alternativa A. A Massa Tropical Atlântica tem origem no oceano Atlântico. Ela é uma massa quente e úmida, logo, recebe grande influência da umidade proveniente do oceano. Essa massa tem o potencial de causar fortes chuvas na região Sudeste do território brasileiro.

Publicado por Mateus Campos
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

O aquecimento global, em algumas previsões, pode provocar graves problemas socioambientais
Aquecimento Global
Entenda a definição de aquecimento global, quais são as suas causas e consequências, bem como as principais críticas que esse modelo recebe.
A circulação atmosférica é responsável pelos ventos e pelos movimentos das massas de ar
Circulação Atmosférica
Entenda o que é e como funciona a circulação atmosférica global.
Constelação Órion conhecida como Três Marias
Constelações
Constelações, o que é constelação, as constelações antigamente, a determinação do zodíaco, o que é o zodíaco, as constelações boreais, a utilização das constelações, a constelação mais popular do Brasil.
A mecanização das atividades agrícolas contribui para a exaustão do solo
Exaustão dos solos
Fenômeno provocado pelas atividades humanas.
As frentes de ar podem ser decisivas para determinar as condições meteorológicas de um local
Frentes de ar
Como se formam e quais são os tipos de frentes de ar? Leia e aprenda!
70% da superfície do nosso planeta é formada por água
Hidrosfera
Conheça o conceito e a importância da hidrosfera, bem como as suas diferentes características e peculiaridades.
Transformações do solo decorrentes do intemperismo
Intemperismo
O conceito, as características e os principais tipos de intemperismo.
Céu nublado na cidade de Angra dos Reis (RJ). Efeito da ação da massa Tropical Atlântica
Massas de Ar no Brasil
Conheça as massas de ar que atuam no Brasil e descubra como elas determinam as características do verão e do inverno no país!
Mapa e bandeiras dos países da Oceania
Oceania
Seção destinada aos diversos temas e aspectos referentes à Oceania, o menor continente do planeta.
As montanhas são formadas a partir de energias contidas no interior da Terra.
Os mistérios do planeta Terra
Os mistérios do planeta Terra, A localização da Terra no sistema solar, A presença de água no planeta Terra, Como são obtidas as informações acerca do interior do planeta Terra.
Os raios originam-se a partir do atrito de massas de ar, o que causa a eletrização das nuvens
Raios e trovões
Clique aqui para entender como ocorrem os raios e trovões, fenômenos que estão muito presentes no nosso cotidiano!
A umidade do ar, ao atingir certo nível de saturação, precipita-se
Umidade atmosférica
Saiba mais sobre a umidade atmosférica, seus efeitos sobre o clima e a diferença entre umidade absoluta e umidade relativa do ar.
A umidade do ar é um importante elemento climático
Umidade do Ar
Entenda o que é a umidade do ar e descubra a importância desse elemento climático, bem como as diversas influências que ele possui sobre a nossa vida.
video icon
Português
Como fazer ótimos títulos na redação?
Como é possível fazer bons títulos? Nesta aula, o professor Guga Valente vai apresentar ótimas ideias e dar dicas de como conseguir nomear bem seus textos.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas