Whatsapp icon Whatsapp

Megacidades

As megacidades correspondem às áreas urbanas com a maior quantidade de habitantes no planeta, o que gera uma série de problemas e desafios.
São Paulo, a principal megacidade brasileira
São Paulo, a principal megacidade brasileira

O termo megacidade foi uma expressão criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para referir-se a toda e qualquer área urbana contínua formada por mais de 10 milhões de habitantes. Em muitas cidades e grandes metrópoles, o contingente populacional é tão elevado que chega a ser superior ao de muitos países, o que explica a necessidade de utilização desse conceito.

Em muitos casos, a constituição das megacidades não acontece somente em um município, mas em vários, formando áreas interligadas em um processo chamado de conurbação — quando as áreas urbanas de municípios diferentes encontram-se. Esse processo é muito comum no Brasil e também é responsável pela formação das regiões metropolitanas.

A maior megacidade brasileira é a cidade de São Paulo, que reúne em sua região metropolitana uma população superior aos 20 milhões de habitantes, o que a torna a maior do país. Além dela, temos o Rio de Janeiro inserido nessa categoria, além de algumas outras cidades com potencial para isso, como Belo Horizonte e Porto Alegre.

No mundo, a maior megacidade é Tóquio, que também é considerada como metacidade, pois possui uma população superior a 30 milhões de habitantes. A área urbana dessa cidade extrapola boa parte dos seus limites municipais, estendendo-se para várias áreas de entorno. No caso do Japão, essa intensa aglomeração explica-se pela elevada densidade demográfica que o país possui e pelo número limitado de locais habitáveis, pois o relevo geologicamente jovem faz com que o país abrigue um grande número de montanhas, vulcões e áreas de grande declividade.

A cidade de Tóquio já se caracteriza como metacidade
A cidade de Tóquio já se caracteriza como metacidade

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Depois de Tóquio, a maior parte das megacidades do planeta encontra-se em países subdesenvolvidos e emergentes (12 entre as 21 existentes). O segundo lugar pertence a Déli, na Índia; o terceiro pertence a São Paulo e o quarto posto é de Mumbai, também na Índia, seguida pela Cidade do México. Todas essas cidades encontram-se em países que experimentaram urbanizações recentes, elevadas e aceleradas, além de haver concentração de boa parte da população em áreas específicas de seus respectivos territórios.

A dinâmica em que a urbanização e a formação das megacidades dos países pobres ocorreu foi responsável pela deflagração de uma série de problemas sociais, uma vez que o crescimento dessas cidades aconteceu de forma muito mais intensa e acelerada do que suas estruturas permitiram suportar. Somam-se a isso a grande dependência econômica e os problemas de gestão pública, que contribuíram para o crescimento das favelas e áreas periféricas, além do não atendimento de necessidades da população, como o saneamento básico e outras.

A expansão das favelas, invasões e áreas periféricas é um problema comum em várias megacidades
A expansão das favelas, invasões e áreas periféricas é um problema comum em várias megacidades

Portanto, além de controlar o seu crescimento acentuado, as megacidades – sobretudo dos países economicamente dependentes – possuem inúmeros desafios, tais como desenvolver infraestruturas básicas, garantir uma melhoria de vida aos moradores de baixa renda, entre outros. Outra necessidade é a busca por medidas de crescimento sustentável, uma vez que as megacidades, em geral, são centros urbanos com elevados índices de poluição do ar, das águas e dos recursos naturais em geral.

Publicado por Rodolfo F. Alves Pena

Artigos Relacionados

Vista aérea da cidade de São Paulo, uma das maiores áreas conurbadas do mundo
Conurbação
O conceito de conurbação, suas características e consequências.
Nova York, um dos principais centros da hierarquia urbana mundial
Hierarquia urbana
Confira o perfil da hierarquia urbana conhecendo os principais tipos de metrópoles e centros urbanos do Brasil e do mundo.
Tóquio, uma das principais áreas da maior megalópole do mundo
Megalópoles
Descubra o conceito de megalópole e entenda por que esse conceito vai muito além de uma simples junção de grandes cidades.
Belo Horizonte forma a terceira maior região metropolitana do Brasil
Regiões Metropolitanas
Veja o conceito, os aspectos gerais e os principais exemplos de regiões metropolitanas do Brasil.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas.