Whatsapp icon Whatsapp

Transição demográfica

A transição demográfica é um processo caracterizado pela mudança nos padrões de crescimento de uma população e influenciado especialmente pela natalidade e pela mortalidade.
Ilustração de três pirâmides etárias como representação da teoria da transição demográfica.
A transição demográfica é uma teoria que explica o desenvolvimento de uma população.

A transição demográfica é uma teoria demográfica que, com base nas taxas de natalidade e mortalidade, analisa o processo natural de desenvolvimento de uma população. Esse processo tem como causa as mudanças ocasionadas no perfil de uma população que são geradas por diferentes fatores de ordem econômica, política e social. São consequências desse processo o envelhecimento da população e a estabilização do crescimento populacional.

Leia também: Quais são os tipos de crescimento populacional?

Resumo sobre transição demográfica

  • A teoria da transição demográfica foi desenvolvida pelo pesquisador Frank Notestein (1902-1983) para avaliar o cenário populacional.

  • As causas do processo da transição demográfica estão explicitamente ligadas ao fatores sociais, políticos e econômicos.

  • A transição demográfica, conforme o agrupamento das características que permeiam o crescimento natural de uma população, é dividida em quatro fases.

  • As quatro fases são: pré-transição demográfica, aceleração demográfica, desaceleração demográfica e estabilização demográfica.

  • As consequências da transição demográfica evidenciam os impactos da mudança populacional nas sociedades humanas.

  • O Brasil passa na atualidade pela terceira fase do processo chamada de desaceleração demográfica.

O que é transição demográfica?

A transição demográfica é uma teoria demográfica desenvolvida pelo pesquisador Frank Notestein (1902-1983) que avalia o crescimento, e a posterior estabilização, das taxas de natalidade e mortalidade de uma população.

Conforme essa teoria, não há um crescimento populacional uniforme ou, ainda, uma explosão demográfica recorrente, mas sim diversos períodos de crescimento da população — por meio de variações atreladas a questões sociais, políticas e econômicas — que implicam diferentes taxas de natalidade e mortalidade. Assim, essas diferenças em termos populacionais foram agrupadas em quatro fases, formando o processo de transição demográfica, que tem como etapa final o envelhecimento de uma população.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quais as causas da transição demográfica?

As causas da transição demográfica estão explicitamente ligadas aos fatores sociais, políticos e econômicos que influenciam, principalmente, nas taxas de natalidade e mortalidade de uma população. São causas importantes que contribuíram para o processo de transição demográfica:

  • o processo de urbanização mundial e a modernização dos centros urbanos;

  • a melhoria das condições de acesso à saúde e educação de uma população;

  • a emancipação e a maior participação das mulheres no mercado de trabalho;

  • o crescimento da cobertura de saneamento básico e de aplicação de vacinas;

  • o aumento da expectativa de vida e do índice de desenvolvimento humano.

Fases da transição demográfica

A transição demográfica, conforme o agrupamento das características que permeiam o crescimento natural de uma população, é dividida em quatro fases. São elas:

  • Pré-transição demográfica: é caracterizada por um período de estabilização da população, ou seja, as taxas de natalidade e mortalidade estão próximas, pois, mesmo com muitos nascimentos, também há muitas mortes de indivíduos. Essa fase é típica de países subdesenvolvidos e poucos industrializados, com baixos índices de cobertura de saúde e educação, que enfrentam problemas sociais, como a elevada taxa de mortalidade infantil e a precária infraestrutura de saneamento básico.

  • Aceleração demográfica: é marcada pelo crescimento exponencial de uma população, processo também conhecido como explosão demográfica, em razão da manutenção do número de nascimentos, e, principalmente, pela diminuição do número de mortes. Essa fase é típica de países que experimentam certo desenvolvimento de suas economias e, especialmente, uma melhoria nos seus sistemas de saúde, educação e saneamento básico e, por consequência, do índice de desenvolvimento humano.

  • Desaceleração demográfica: é representativa de um cenário de diminuição da taxa de natalidade e, por consequência, da estabilização da mortalidade e do crescimento de uma população. São elementos que contribuem para esse momento o crescimento dos centros urbanos, a participação feminina no mercado de trabalho, o acesso aos métodos anticoncepcionais e o aumento do custo de vida. Esse cenário é típico de países que experimentam relativo desenvolvimento econômico.

  • Estabilização demográfica: é iniciada pela estabilização tanto das taxas de natalidade quanto das taxas de mortalidade em um número muito mais baixo que no início do processo de transição demográfica, em uma fase de pré-transição. Nessa fase são típicas a pequena natalidade e a elevada longevidade. Esse cenário resulta em um processo de envelhecimento da população. Os países mais desenvolvidos do globo passam atualmente por essa fase do processo de transição demográfica.

O gráfico abaixo explicita todo o processo de transição demográfica de uma população em suas quatro fases:

Gráfico representando todo o processo de transição demográfica de uma população.
(Créditos: Paulo José Soares Braga | Mundo Educação)

Quais são as consequências da transição demográfica?

As consequências da transição demográfica estão atreladas ao processo natural de mudança das características de uma população. Elas evidenciam os impactos desse momento de transição nas sociedades humanas. As principais são:

  • a diminuição do volume da população economicamente ativa;

  • a sobrecarga dos sistemas de saúde, pensão e previdência públicos;

  • a diminuta oferta de mão de obra, especialmente em nações desenvolvidas;

  • a elevação da taxa de idosos na população e o envelhecimento populacional.

Transição demográfica no Brasil

O processo de transição demográfica no Brasil ocorre de forma bastante explícita desde o avanço do cenário de colonização do país, com destaque para o período ao longo do século XX, no qual a população brasileira experimentou diversas mudanças no seu perfil demográfico.

A urbanização e a industrialização, em conjunto com as melhorias dos sistemas de saúde, educação e saneamento básico nacional, permitiram o país avançar de forma rápida no processo de crescimento da sua população.

Atualmente, o Brasil experimenta a chamada desaceleração demográfica, terceira fase do processo de transição demográfica, típico de nações que apresentam relativo desenvolvimento econômico.

Nessa fase atual, o Brasil registra a diminuição das suas taxas de natalidade, em conjunto com as elevadas taxas de longevidade de sua população. Portanto, o país caminha para um futuro cenário de envelhecimento populacional, que gera consequências econômicas importantes, como a retração da população ativa e a pressão sobre o sistema de previdência social.

Saiba mais: Demografia — a ciência que estuda as dinâmicas da população

Exercícios resolvidos sobre transição demográfica

Questão 1

(IFPR) Para explicar o ritmo de crescimento e envelhecimento da população, foi criado em 1920 o Modelo de Transição Demográfica, que classifica o comportamento demográfico em quatro fases. Considerando o exposto, assinale a alternativa que contém a principal razão que influencia nos índices demográficos de uma nação.

A) Desenvolvimento econômico.

B) Inseminação artificial em massa.

C) Controle governamental.

D) Epidemias e escassez de recursos.

Resolução:

Alternativa A

A questão econômica, como o acesso à saúde e educação, é um importante elemento que influencia no processo de transição demográfica e, consequentemente, nos índices demográficos de um país.

Questão 2

(UEMG) O aproveitamento do “bônus demográfico”, em países que passam atualmente pelo processo de transição demográfica, NÃO será eficaz se

A) os índices de qualidade de ensino permanecerem inalterados.

B) os anos de contribuição previdenciária forem estendidos.

C) os impostos diretos tiverem seus valores ampliados.

D) as taxas de natalidade forem reduzidas.

Resolução:

Alternativa A

O bônus demográfico é um período da transição demográfica marcado pela elevada taxa de natalidade, portanto, pelo crescimento da população ativa. Porém essa população necessita de qualificação a fim de que contribua de forma eficiente para o crescimento econômico de um país.

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

A distribuição da população mundial
A distribuição da população mundial, Quais são os continente mais populosos do mundo, Quais são os países mais pobres do mundo, O número da população mundial.
As 20 cidades mais populosas do mundo
Saiba quais são as 20 cidades mais populosas do mundo. Veja ainda quais são as 5 cidades mais populosas do Brasil e a diferença entre populoso e povoado.
Conceitos demográficos
Compreenda quais as diferenças entre os mais diversos conceitos demográficos, como densidade demográfica, superpopulação, crescimento vegetativo e muitos outros.
Controle de natalidade
Clique aqui, saiba o que é controle de natalidade e descubra quais são os principais fatores que influenciam na taxa de natalidade de uma população.
Crescimento populacional
Saiba mais sobre os principais fatores que interferem diretamente no crescimento de uma determinada população. Veja dados sobre a população do Brasil e do mundo.
Desafios Demográficos do Século XXI
No início do século XXI, entre novos e velhos problemas, os desafios demográficos são colocados para a humanidade. Leia e entenda!
Teorias demográficas
Acesse e saiba mais sobre as teorias demográficas. Veja o que defende cada uma delas e quais suas principais propostas. Entenda também o objetivo dessas teorias.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Sistema Métrico Decimal (Unidade de Comprimento)" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Sistema Métrico Decimal (Unidade de Comprimento)
As unidades de medida são representações das grandezas físicas utilizadas em diversas áreas do conhecimento com o intuito de quantificar uma matéria, uma sensação, o tempo ou o tamanho de algo, por exemplo. Nessa aula veremos sobre o sistema métrico decimal, ou seja, como tansformar unidades de medida de comprimento (quilômetro, hectômetro, decâmetro, metro, decímetro, centímetro e milímetro).

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
videoaula brasil escola
Biologia
Transgênicos
Você sabe o que são alimentos transgênicos? Não se engane, eles estão mais presentes do que você imagina!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Química
Alotropia
Não deixe de assistir nossa aula para fixar tudo o que você estudou sobre alotropia!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Filosofia
Batman
Que tal assistir ao vídeo para uma análise ética sobre o herói?