Whatsapp icon Whatsapp

Crescimento populacional

O crescimento populacional é marcado por variáveis econômicas, políticas, culturais e sociais. Atualmente a população do planeta é de cerca de 7,6 bilhões de habitantes.
A população mundial apresentou um forte crescimento nas últimas décadas. [1]
A população mundial apresentou um forte crescimento nas últimas décadas. [1]

O crescimento populacional é um fenômeno demográfico que consiste no aumento do número absoluto de pessoas que habitam uma determinada área. O incremento de uma população ocorre por meio da taxa de crescimento natural e vegetativo, bem como a partir do crescimento absoluto do número total de habitantes. Esse último indicador considera, além de variáveis como natalidade e mortalidade, o saldo migratório.

A população mundial apresentou um crescimento substancial ao longo do século XX em razão da melhoria das condições de renda e saúde. O Brasil seguiu essa lógica e presenciou um forte incremento da sua população no último século. Porém, as previsões demográficas indicam uma tendência de estabilidade e até mesmo de queda do crescimento populacional na atualidade. O cálculo do índice de crescimento populacional é realizado por meio da soma das taxas de crescimento vegetativo e de saldo migratório de uma determinada população.

Leia também: Conceitos demográficos conhecimentos básicos para compreender as dinâmicas populacionais

Resumo sobre crescimento populacional

  • O crescimento populacional consiste no incremento do número absoluto de habitantes de uma determinada região.

  • O incremento da população ocorre por meio da taxa de crescimento vegetativo e da taxa de crescimento absoluto.

  • O crescimento vegetativo, também chamado de crescimento natural, é a diferença entre as taxas de natalidade e de mortalidade.

  • O crescimento absoluto considera, para além do crescimento natural ou vegetativo, o saldo migratório da população local.

  • O cálculo do crescimento populacional é efetivado pela soma das taxas de crescimento vegetativo e de saldo migratório de uma população.

  • O planeta passou por um incremento populacional consistente no século XX a partir de transformações nos âmbitos econômicos, sociais e culturais.

  • O Brasil também vivenciou um forte incremento da sua população. Atualmente, o país é o sexto mais populoso de todo o mundo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que é crescimento populacional?

O crescimento de uma população é o aumento do número total de habitantes de um município, estado, país ou região. Portanto, esse índice indica qual a taxa de crescimento de um grupo de indivíduos em um determinado período de tempo. O aumento do número de habitantes é verificado por meio da consideração de dados demográficos, especialmente da taxa de natalidade e da taxa de mortalidade. O cálculo da diferença entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade é chamado de crescimento natural ou vegetativo. Quando esse crescimento é positivo, afirma-se que há um crescimento da população. Já quando esse crescimento é dado em resultados negativos, infere-se que houve o decréscimo populacional. Ademais, há ainda o papel do saldo migratório da população, elemento fundamental para entender o crescimento demográfico absoluto.

Quais são os tipos de crescimento populacional?

O crescimento da população é uma importante ferramenta de análise do cenário demográfico de uma determinada região. A partir dele, por exemplo, torna-se possível estabelecer um conjunto de políticas públicas voltadas para o atendimento da população. O crescimento de um determinado grupo populacional está ligado a inúmeras questões de cunho cultural, político, econômico e social. No geral, interpreta-se que há um crescimento populacional quando ocorre o registro de aumento do número absoluto de habitantes de uma determinada localidade. Sendo assim, há dois tipos de crescimento populacional, sendo eles:

  • Crescimento natural ou vegetativo: está atrelado ao aumento do número de habitantes de uma determinada região em razão da diferença positiva entre as taxas de natalidade e de mortalidade. Portanto, quando o número de nascimentos é superior ao número de mortes em uma dada população, afirma-se que houve um crescimento populacional positivo.

  • Crescimento absoluto: relaciona-se diretamente ao movimento de migração entre localidades distintas. O movimento de migração refere-se ao deslocamento de indivíduos, por meio da entrada e da saída de uma população. Logo, reflete-se diretamente no número total de habitantes de uma região. Sendo assim, o crescimento absoluto considera, para além do crescimento natural ou vegetativo, o saldo migratório de uma população. Assim, quando o número de entrada de migrantes é superior ao de saída, afirma-se que houve um saldo migratório positivo e, por consequência, um crescimento da população.

Veja também: Como calcular a densidade demográfica?

Quais são os fatores que influenciam o crescimento populacional?

O crescimento de uma determinada população é influenciado por um conjunto de fatores de ordem política, econômica, social e cultural. Desse modo, o crescimento populacional ocorre de maneira diferenciada entre as mais distintas regiões do globo, justamente por reunir vários elementos e especificidades locais na sua configuração. Uma análise generalizada do crescimento da população permite inferir que os principais elementos que influenciam na sua constituição são as taxas de natalidade, mortalidade e longevidade. Porém, há ainda vários outros fatores que extrapolam as questões propriamente demográficas, como o quadro econômico, o desenvolvimento social e o acesso à saúde. Logo abaixo há uma lista de fatores que influenciam o crescimento populacional.

  • Crescimento vegetativo: o aumento natural do número de habitantes é o principal elemento analisado para a avaliação do crescimento populacional. Na medida em que há uma saldo positivo entre o número de nascimentos e o de mortes, percebe-se diretamente o crescimento da população de uma dada região.

  • Saldo migratório: o saldo positivo do movimento migratório de uma população específica também é um fator demográfico que interfere no crescimento da população. Esse dado está diretamente relacionado ao crescimento absoluto e indica que o número de entradas de migrantes em uma determinada região foi positivo.

  • Taxa de mortalidade e de mortalidade infantil: a queda das taxas de mortalidade, seja da população geral, seja do grupo específico da população infantil, reflete-se diretamente no crescimento da população. Esse dado demográfico está ligado, em especial, à melhoria das condições de saúde de uma população, como o maior acesso às políticas de vacinação, planejamento familiar, saneamento básico, entre outras.

  • Taxa de longevidade: a longevidade, também chamada expectativa de vida, é um importante indicador demográfico relacionado ao crescimento populacional, já que o avanço da idade de uma determinada população contribui para o crescimento absoluto dela. Esse indicador também está prioritariamente ligado às questões de saúde, mas também ao desenvolvimento econômico e social de uma população.

  • Melhoria da qualidade de vida: esse fator qualitativo reflete o maior acesso de uma determinada população às políticas de geração de emprego e renda. Ademais, indica ainda boas condições de saúde, educação e cultura disponíveis em uma sociedade. A qualidade de vida contribui diretamente para o crescimento populacional, visto que as melhores condições de saúde e renda permitem que as famílias tenham mais filhos.

Homem sendo vacinado.
As vacinas contribuíram para a diminuição da mortalidade e o aumento da expectativa de vida das populações.

O crescimento populacional mundial

O crescimento da população mundial, especialmente no século XX, aconteceu de maneira muita acentuada. O planeta passou por um incremento populacional relevante, principalmente a partir do início do referido último século, quando medidas consistentes nos âmbitos econômicos, sociais e culturais foram desenvolvidas.

Em 1950, por exemplo, a população planetária era um pouco maior que 2 bilhões de habitantes. Já em 1960 esse número era de 3 bilhões e, em meados de 1974, chegou até 4 bilhões de habitantes. Esse intenso crescimento foi verificado ao longo das décadas seguintes, com um número de 5 bilhões de habitantes na década de 80 e de 6 bilhões de habitantes na década de 90. A população planetária apresentou um crescimento um pouco menor a partir do século XXI, mas, mesmo assim, a população chegou aos 7 bilhões em 2011 e, em 2021, estima-se que haja mais de 7,6 bilhões de habitantes em todo o mundo.

As estimativas demográficas recentes apontam que a população mundial pode chegar a um número superior a 9 bilhões de habitantes em 2050.

O crescimento da população mundial no último século foi balizado pelas melhorias nas condições de saúde, de emprego e de renda da população. O século XX marcou avanços importantes em diversas áreas da sociedade, como a melhoria do acesso às políticas públicas em saúde e saneamento básico. Esses fatores contribuíram para a diminuição da taxa de mortalidade da população, especialmente a população infantil, além de influenciar o aumento da expectativa de vida. Logo, foram fatores contribuintes para o crescimento da população mundial.

Ademais, a humanidade viveu, ao longo do último século, momentos importantes de reconfiguração das lógicas econômicas e produtivas. O intenso êxodo rural, atrelado ao aumento da urbanização e à intensificação da industrialização, melhorou substancialmente a condição de vida das famílias. Portanto, o crescimento da população mundial também teve como fatores importantes as melhorias nas condições de emprego, renda e qualidade de vida das populações.

Homem observando prédios habitacionais.
O crescimento da população contribuiu para o adensamento urbano.

Por sua vez, o século XXI apresenta uma tendência de decréscimo do crescimento da população mundial, especialmente nos países mais desenvolvidos do globo. O maior acesso às políticas de planejamento familiar, o desenvolvimento de métodos contraceptivos, a maior participação de mulheres no mercado de trabalho e as mudanças culturais das sociedades são fatores que têm contribuído para a diminuição do número de filhos da população em geral.

Portanto, há um vislumbre de que, conforme a tendência atual, haja um decréscimo consistente das taxas de incremento populacional mundial nos próximos anos. Porém, esse movimento não é homogêneo em todo o globo, uma vez que países subdesenvolvidos, como os africanos, ainda registram um grande volume de nascimentos. Ademais, ainda há um crescimento populacional em termos absolutos no globo, que deve perdurar até o final do presente século.

Veja também: As 20 cidades mais populosas do mundo

O crescimento populacional no Brasil

A lógica de crescimento da população brasileira ocorreu de forma bastante próxima ao cenário mundial. Em termos demográficos, o século XX foi marcado, no Brasil, pelo aumento acentuado das taxas de crescimento populacional. Esse cenário foi resultado de fenômenos como o êxodo da população do campo para as cidades em busca de melhores condições de vida. O advento da industrialização também foi um fator preponderante nesse processo. Sendo assim, as melhorias nas condições de saúde e renda da população foram determinantes para a elevação das taxas de natalidade locais. Em 1900, por exemplo, a população brasileira era formada por cerca de 17 milhões de habitantes.

O forte crescimento populacional registrado ao longo do século XX implicou um crescimento absoluto de 100 milhões de habitantes em 80 anos, já que, em 1980, a população brasileira alcançou aproximadamente 119 milhões de habitantes. As décadas de 80 e 90 também registraram um forte incremento populacional e o Brasil iniciou o século XXI com cerca de 170 milhões de habitantes.

Atualmente, no ano de 2021, as estimativas oficiais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que o Brasil possui mais de 213 milhões de habitantes. O Brasil é, na atualidade, o sexto país em população absoluta do mundo. Porém, o crescimento populacional do país tem apresentado sinais de estabilidade, em especial pela diminuição do número de filhos por mulher. A maior participação das mulheres no mercado de trabalho, a amplificação da utilização de métodos contraceptivos, o aumento exacerbado do custo de vida, entre outros, são fatores que têm levado os brasileiros a terem menos filhos.

Como calcular a taxa de crescimento populacional?

A taxa de crescimento populacional de uma população é tipicamente calculada por meio da chamada taxa de crescimento vegetativo. Esse indicador refere-se à diferença entre a taxa de natalidade e de mortalidade de uma determinada população. Logo, trata-se de estabelecer a diferença entre o número de nascimentos e o número de mortes de uma população.

Porém, o crescimento populacional deve agregar ainda o saldo migratório de uma população, ou seja, a diferença entre o número de emigrantes e de imigrantes. Sendo assim, esse indicador aponta a diferença entre a entrada e a saída de indivíduos de uma determinada região.

Portanto, o crescimento populacional é devidamente calculado por meio da consideração da taxa de crescimento vegetativo e da taxa de saldo migratório. Esse cálculo é realizado mediante a soma desses dois indicadores, ou seja, das taxas de crescimento vegetativo e de saldo migratório. A soma dessas duas taxas indica corretamente o crescimento de uma população.

Exercícios resolvidos sobre crescimento populacional

Questão 1 (Enem 2019)

O bônus demográfico é caracterizado pelo período em que, por causa da redução do número de filhos por mulher, a estrutura populacional fica favorável ao crescimento econômico. Isso acontece porque há proporcionalmente menos crianças na população, e o percentual de idosos ainda não é alto.

GOIS, A. O Globo, 5 abr. 2015 (adaptado).

A ação estatal que contribui para o aproveitamento do bônus demográfico é o estímulo à:

A) atração de imigrantes.

B) elevação da carga tributária.

C) qualificação da mão de obra.

D) admissão de exilados políticos.

E) concessão de aposentadorias.

Resolução

Alternativa C. O bônus demográfico é um momento que marca uma grande disponibilidade de população em idade ativa. Portanto, é uma fase que pode implicar um grande crescimento econômico, mediante a absorção da mão de obra disponível pelo mercado de trabalho. Porém, para tal, torna-se necessário, entre outros, a qualificação dessa mão de obra para contribuir de maneira efetiva com a geração de riquezas de uma determinada região.

Questão 2 (Enem 2018)

Os países industriais adotaram uma concepção diferente das relações familiares e do lugar da fecundidade na vida familiar e social. A preocupação de garantir uma transmissão integral das vantagens econômicas e sociais adquiridas têm como resultado uma ação voluntária de limitação do número de nascimentos.

GEORGE, P Panorama do mundo atual. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1968 (adaptado).

Em meados do século XX, o fenômeno social descrito contribuiu para o processo europeu de:

A) estabilização da pirâmide etária.

B) conclusão da transição demográfica.

C) contenção da entrada de imigrantes.

D) elevação do crescimento vegetativo.

E) formação de espaços superpovoados.

Resolução

Alternativa B. A diminuição do número de filhos por mulher é um fenômeno vivenciado especialmente nos países mais desenvolvidos do globo. Esse cenário implicou uma diminuição das taxas de crescimento populacional. No mais, a diminuição da fecundidade é um elemento representativo da conclusão do processo de transição demográfica, marcado principalmente pelo envelhecimento da população.

Crédito da imagem

[1] Keitma / Shutterstock

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

Uma cena da fome
A Fome no Mundo Atual
A Fome no Mundo Atual, O que é fome, Onde se encontra os principais focos de fome no mundo, As causas da fome no fome, A globalização e a fome, As conseqüências da fome no mundo, A fome na África.
A população mundial encontra-se irregularmente distribuída no planeta.
A distribuição da população mundial
A distribuição da população mundial, Quais são os continente mais populosos do mundo, Quais são os países mais pobres do mundo, O número da população mundial.
Compreender os conceitos demográficos é fundamental para entender as dinâmicas populacionais
Conceitos demográficos
Compreenda quais as diferenças entre os mais diversos conceitos demográficos, como densidade demográfica, superpopulação, crescimento vegetativo e muitos outros.
No passado as familias tinham muitos filhos
Controle de Natalidade
Controle de Natalidade, O que é Controle de Natalidade, Como ocorre Controle de Natalidade, Qual é a finalidade do Controle de Natalidade, Quais os pontos positivos do Controle de Natalidade, Quais os pontos negativos do Controle de Natalidade.
Quando a densidade demográfica de uma região é considerada alta, dizemos que esse local é densamente povoado *
Densidade demográfica
Você sabe o que é densidade demográfica? Saiba mais sobre esse conceito demográfico importante para estudos que envolvem a população.
Entender os conceitos de populoso e povoado auxilia na compreensão da dinâmica populacional de diversos países.
Diferença entre populoso e povoado
Saiba qual é a diferença entre os conceitos de populoso e povoado e entenda melhor a dinâmica das populações. Descubra também quais são os países mais populosos e os países mais povoados do mundo. Saiba ainda se o Brasil é populoso ou povoado. Leia o texto a seguir e entenda mais sobre esse assunto.
Envelhecimento populacional
Clique e veja quais fatores explicam o envelhecimento populacional mundial. Entenda quais são os impactos e consequências dessa realidade no Brasil e no mundo.
Os novos tipos de racismo
O neorracismo
O neorracismo, O que é racismo, Como surgiu o racismo, O novo tipo de racismo, Os problemas no mundo por causa do racismo, As conseqüências do racismo, Racismo moral, Racismo racial.
Crianças realizando trabalho de adultos
O trabalho infantil
O trabalho infantil, O que é trabalho infantil, Como ocorre o trabalho infantil, Por que ocorre o trabalho infantil, Onde ocorre o trabalho infantil, O trabalho infantil e a escola.
Atualmente, o Brasil é considerado um “país adulto”
Pirâmide etária da população brasileira
Entenda a estrutura demográfica do nosso país por meio da análise da pirâmide etária da população brasileira.
<p>A popula&ccedil;&atilde;o relativa tamb&eacute;m &eacute; conhecida como densidade demogr&aacute;fica ou densidade populacional. Refere-se &agrave;
População absoluta e população relativa
Clique aqui e entenda a diferença entre população absoluta e população relativa, conceitos demográficos que se complementam.
Uma das premissas do pensamento neomalthusiano é a difusão de produtos contraceptivos
Teoria Neomalthusiana
Conheça as principais ideias da Teoria Neomalthusiana e suas aplicações no controle do crescimento populacional.
O crescimento das populações é motivo para o surgimento de diferentes teorias demográficas
Teorias Demográficas
Conheça as principais teorias demográficas com as suas premissas, bem como as suas críticas e contestações.
Tipos de crescimento populacional
O crescimento populacional possui diferentes tipos com distintas fórmulas de cálculo. Que tal conhecer melhor essas variações através deste texto explicativo?
As variações demográficas passaram a ser mais bem compreendidas com a teoria da transição demográfica
Transição Demográfica
Entenda o que é, como funciona e quais são as características e estágios da transição demográfica.
video icon
Guia de Profissões
Guia de Profissões | A vida na Publicidade e Propaganda, com Washington Olivetto
Quer ter mais informações sobre o curso de Publicidade e a profissão? Confira uma entrevista com o publicitário Washington Olivetto, que fala tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.