Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Gramática
  3. Figuras de linguagem
  4. Figuras de Linguagem - Parte II

Figuras de Linguagem - Parte II


Figuras de palavras
São aquelas que resultam do emprego de uma palavra em um contexto que altera sua significação habitual, desvia do sentido normal e adquire um novo. Essas se dividem em:

- Metáfora: consiste em utilizar uma palavra com significado de outra, visando proximidade entre o que elas representam.
Ex: “O rio pra mim era um cinema.” (João Cabral de Melo Neto)

- Metonímia: consiste em utilizar uma palavra em lugar de outra, com o objetivo de estabelecer uma relação de causalidade entre o que elas representam.
Exemplo: Leiloaram um Portinari. (refere-se a um quadro pintado por Portinari)

O uso metonímico de alguma palavra ou expressão é manifestado quando se toma:

a) o autor pela obra: “Trabalhava ao piano, não só Chopin como ainda os estudos de Czerny.” (Murilo Mendes) ( Chopin representa uma partitura musical de sua autoria)

b) a parte pelo todo: Comprei duzentas cabeças de gado. (a cabeça se refere ao animal como um todo)

c) o continente pelo conteúdo: O menino é bom de prato.

d) A marca pelo produto: Para deixar esta panela brilhando vou precisar de Bombril.

- Comparação: figura baseada numa relação de semelhança. Sempre haverá uma partícula comparativa entre os elementos confrontados.
Exemplo: Sua boca é como um túmulo.

- Catacrese: na falta de uma palavra específica para se referir a determinado objeto, utiliza-se uma outra que apresenta alguma semelhança.
Exemplo: Pé de mesa, cabeça de alho, batata da perna, etc.

- Sinédoque: é a substituição de um termo por outro, com o objetivo de reduzir ou ampliar o sentido usual de uma palavra.
Exemplo: “Verdade é que, ao lado dessas faltas, coube-me a boa fortuna de não comprar o pão com o suor do meu rosto.” (Memórias póstumas de Brás Cubas, Machado de Assis) (o pão refere-se ao alimento, o suor do rosto refere-se ao trabalho).

- Sinestesia: consiste em agrupar, em uma mesma expressão, sensações originárias de diferentes órgãos dos sentidos.
Exemplo: “noite de veludo”, “amarelo quente”, “cinza frio”, “ouvir o sabor”, etc.

- Antonomásia: consiste em identificar uma pessoa não por seu nome, mas por uma característica que a difere das demais.
Exemplo: O poeta dos escravos (faz referência a Castro Alves) 
                Cidade Maravilhosa (faz referência ao Rio de Janeiro) 
                A Cidade-Luz (faz referência à Paris) 
                O rei da selva (faz referência ao leão)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Publicado por: Marina Cabral
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

Identifique as figuras de palavra utilizadas nos enunciados a seguir.

a) A Cidade Maravilhosa é a minha terra natal.

b) Em viagens, adorava ler Machado de Asssis.

c) Seus olhos são duas esmeraldas.

d) Trabalhou feito burro de carga para pagar as dívidas.

e) A perna da cadeira quebrou.

Questão 2

Relacione as colunas de acordo com as figuras de palavra utilizadas nas frases.

a) Seu pai é um touro.

b) Comprei um Ford.

c) A blusa não abotoava porque a casa do botão era pequena.

d) Havia um cheiro morno em sua pele.

e) Viajarei para a Veneza brasileira.

( ) Metonímia

( ) Metáfora

( ) Sinestesia

( ) Catacrese

( ) Antonomásia

Mais Questões
Assuntos relacionados
Figuras de Linguagem - Parte III
Figuras de pensamento: Definição, divisão e exemplos.
As figuras sonoras combinam os sons às palavras, provocando no leitor uma experiência auditiva extremamente agradável
Figuras sonoras
Quer saber o que são as figuras sonoras? Clique aqui e sinta o som das palavras!
A silepse está comumente associada à ideia de erro gramatical, o que não é, necessariamente, uma verdade
Silepse e a concordância
A silepse é uma figura de construção muito comum na língua portuguesa. Saiba mais sobre seu conceito e classificações!
Entre as principais figuras de sintaxe estão a hipérbole, o eufemismo, a prosopopeia e o pleonasmo, utilizados para conferir expressividade ao texto
Figuras de sintaxe
Desconstruindo a sintaxe: Saiba mais sobre as figuras de sintaxe ou construção, interessante elemento estilístico da língua portuguesa.
Para ser agradável em situações desagradáveis, use a figura de linguagem litotes
Litotes: Figura de Linguagem
Conheça a figura de linguagem litotes e saiba ser agradável quando a situação não for das melhores.
Denotação é o sentido literal, real, dicionarizado das palavras
Denotação
Leia este artigo e saiba tudo sobre a denotação, que é a forma literal/real/dicionarizada de manifestação da linguagem verbal oral ou escrita.
Tipos de efeitos de sentido na produção textual
Efeitos de sentido: duplo sentido, ambiguidade, ironia e humor
Aprenda o que são e para que servem os efeitos de sentidos, que podem ser construídos por meio de duplo sentido, ambiguidade, ironia e humor.
O uso da palavra “asa” é uma catacrese. Saiba mais no texto!
Catacrese
Conheça a catacrese, figura de linguagem que ocorre quando, na falta de um termo específico, utilizamos um outro por empréstimo a partir de uma semelhança de conceito. Amplie suas habilidades linguísticas por meio do estudo da manipulação da linguagem com o uso desse recurso estilístico que cria um efeito de sentido específico.
No exemplo acima, a palavra “mãos” representa as pessoas que concretizarão a obra. Esse recurso que toma a parte pelo todo é conhecido como metonímia
Metonímia
Conheça a metonímia, figura de linguagem que ocorre quando utilizamos uma palavra no lugar de outra, com a qual se relaciona. A metonímia ocorre quando empregamos o efeito pela causa, a matéria-prima pelo objeto, a parte pelo todo, o autor pela obra, o concreto pelo abstrato, a marca pelo produto etc.
Figuras de Linguagem - Parte I
Definição, divisão, figuras de sintaxe e exemplos.
Vícios de Linguagem
Você sabe o que são os vícios de linguagem? Clique aqui para conhecê-los!
Figuras de linguagem
As figuras de linguagem mais usadas em textos literários, jornalísticos ou publicitários.