Guerra do Vietnã

Com o término da II Guerra Mundial, em 1945, duas nações se consolidaram como as principais potências bélicas e econômicas mundiais: Estados Unidos da América, representante do sistema capitalista; e a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), representante do comunismo.

Após a II Guerra Mundial ocorreu a bipolarização do mundo: capitalismo vs. comunismo, o que deu início à chamada Guerra Fria. A compreensão desse contexto histórico é fundamental para o claro entendimento da Guerra do Vietnã (1964 a 1975).

Nas primeiras décadas do século XX, a península da Indochina (sudeste asiático) conseguiu conquistar a independência da França, fundando a República Democrática do Vietnã, que tinha como principal líder o comunista Ho Chi Minh. A França relutava para reaver o território perdido, reconhecendo somente a parte norte como independente. Os franceses foram derrotados pelos vietnamitas em 1954.

Com a Conferência de Genebra (1954), o Vietnã foi dividido em duas partes: a parte do sul, capitalista e ditatorial, com a capital na cidade de Saigon, era financiada belicamente e economicamente pelo presidente norte-americano Eisenhower; e a parte norte, comunista, com a capital em Hanói, liderada por Ho Chi Minh. Entretanto, o objetivo da Conferência era a unificação do país, o que não ocorreu. 

A Guerra do Vietnã começou “oficialmente” em virtude do não cumprimento da Conferência de Genebra, mas os motivos ideológicos prevaleceram, levando o bloco de países capitalistas a declarar hegemonia sobre o bloco de países comunistas. Portanto, o general Ho Chi Minh (comunista) contrariava a política econômica das potências capitalistas imperialistas. 

O Vietnã do norte (comunista) foi apoiado pela China e pela União Soviética, também comunista; e o Vietnã do sul teve uma ditadura financiada pelos Estados Unidos, que visavam evitar a expansão comunista. Entretanto, existia uma forte resistência comunista ao sul e foi a partir dela que a guerra começou.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A Guerra do Vietnã foi o acontecimento que mais “manchou” a carreira militar dos Estados Unidos no século XX; muitos pesquisadores disseram que foi a maior derrota militar dos norte-americanos. Milhares de mães e esposas perderam seus filhos e maridos, respectivamente, no conflito. A imprensa agiu de forma intensa no conflito, retratando as mazelas da guerra e o massacre que os estadunidenses acarretaram à população vietnamita.

Com o decorrer do conflito, a guerra simbolizava a derrocada da maior potência Capitalista ocidental (EUA) por um ínfimo país de Terceiro Mundo (Vietnã). Os EUA utilizavam armamentos sofisticados: tanques, jatos, radares, bombas, armas químicas (bomba de napalm) e helicópteros; enquanto os vietnamitas usavam morteiros, fuzis e armas de madeira com venenos. Os vietcongues (guerrilheiros comunistas) prevaleceram, sobretudo pelo extremo conhecimento da floresta, o que propiciou a utilização de táticas de guerrilha.

Vários cineastas representaram criticamente a política bélica norte-americana no Vietnã, como no clássico filme “Apocalypse Now” (1979), de Francis Ford Coppola, e no filme “Platoon” (1986), de Oliver Stone. A indústria musical também contribuiu para tecer críticas ao governo americano – um exemplo é a música “The unknown soldier” do grupo The Doors.

A grande divulgação da imprensa mundial (e, principalmente, estadunidense) dos conflitos no Vietnã (mortes, massacres de crianças...) foi fundamental para criar na população mundial uma repulsa ao conservadorismo, à guerra e às armas, desencadeando, nos anos 1970, o movimento Hippie e os movimentos de contracultura.

Vietnã (1964-1975): paz e guerra
Vietnã (1964-1975): paz e guerra
Publicado por: Leandro Carvalho
Assista às nossas videoaulas
Assuntos relacionados
Máscara contra a radiação dependurada em zona de exclusão em Chernobyl
Acidente de Chernobyl e a energia nuclear
Saiba mais sobre o acidente de Chernobyl, um dos maiores acidentes nucleares da história.
Imagem da cidade de Kuala Lumpur, na Malásia. A industrialização do país intensificou a urbanização
Novos Tigres Asiáticos
Saiba quem são e conheça as principais características dos Novos Tigres Asiáticos, economias emergentes recentemente industrializadas.
A figura do guerrilheiro popularizou-se no cenário político do século XX
Guerrilha
Saiba o que define a Guerrilha e em que contexto histórico ela surgiu.
“Che” Guevara é tido como um dos idealizadores do foquismo
Foquismo
Saiba o que é Foquismo e que importância tem para se entender as tentativas de instalação de regimes comunistas na América Latina.
Retrato de Pol Pot, o líder do Khmer Vermelho que promoveu o genocídio cambojano entre 1975 e 1979 *
Pol Pot, o ditador cambojano
Acesse neste link a informações sobre a vida de Pol Pot, responsável por ter promovido o genocídio de 1,5 milhão de cambojanos.
Museu em Phnom Penh, capital do Camboja, relembra as vítimas do genocídio cambojano *
Genocídio cambojano
Conheça a utopia agrária imposta pelo governo comunista de Pol Pot no Camboja que resultou no genocídio cambojano entre 1975 e 1979.
Memorial vietnamita em homenagem à vitória obtida na Batalha de Dien Bien Phu *
Guerra da Indochina
Conheça o processo de descolonização da Indochina Francesa a partir da Guerra da Indochina, conflito que se estendeu de 1946 a 1954.
Mao Tsé-tung foi o líder da luta dos comunistas pelo poder travada contra os nacionalistas de Chiang Kai-shek*
Revolução Chinesa
Clique neste link do Mundo Educação e tenha acesso a uma série de informações sobre a Revolução Chinesa de 1949. Entenda como ocorreu todo esse processo revolucionário na China a partir da fundação do Partido Comunista Chinês, em 1921, e do confronto contra os Nacionalistas em uma guerra civil travada em dois momentos.
Destroços de um tanque soviético destruído durante a Guerra do Afeganistão
Guerra do Afeganistão de 1979
Clique neste link do Mundo Educação e tenha acesso a uma série de informações sobre a Guerra do Afeganistão de 1979. Entenda quais motivos levaram os soviéticos a invadir o país e veja as consequências desse conflito tanto para os soviéticos quanto para o mundo.
Neil Armstrong durante a Apollo 11, em 1969. (Créditos: Nasa)
Neil Armstrong
Saiba mais sobre a vida de Neil Armstrong, astronauta americano que ficou famoso por ter sido o primeiro homem na história a pisar na superfície da Lua.
Contracultura
Você sabe o que é a contracultura? Acesse este link para entender o que foi, por que surgiu e quais os elementos que compõem esse movimento cultural.
Escândalo Watergate
Acesse e conheça o escândalo Watergate, um dos grandes escândalos políticos da história norte-americana. Veja como foi essa história e seu desfecho.
Cruz de ferro nazista com a suástica ao centro
Nazismo
Conheça as características do nazismo e as etapas de ascensão do partido nazista ao poder na Alemanha, nos anos 1920 e 1930.
Segundo Bakunin, a ideia de que o Estado representa os interesses gerais é uma mentira.
Anarquismo
Acesse este link para saber o que foi o anarquismo, como quando e onde surgiu e o que defendem os teóricos anarquistas.