Whatsapp icon Whatsapp

Exemplos de cálculo da área do prisma

A área do prisma pode ser calculada pela soma da área lateral e das áreas das bases. Obtenha dois excelentes exemplos desse cálculo neste artigo.
Dois prismas: um reto e um oblíquo
Dois prismas: um reto e um oblíquo

A área do prisma pode ser calculada pela soma de sua área lateral com as áreas das bases. O processo de cálculo dessas áreas acaba sendo facilitado porque as duas bases de um prisma são iguais, bastando, portanto, calcular a área de uma base e multiplicar o resultado por 2. A área lateral do prisma é dada pela soma das áreas das faces laterais, que também costumam ser iguais ou seguir algum padrão. Claro que isso não elimina o fato de, em alguns casos, existirem prismas que exigirão o cálculo separado para cada uma de suas faces, mas esses casos são mais raros.

Neste artigo discutiremos alguns exemplos de cálculo de área de prismas. O texto completo a respeito desse cálculo pode ser encontrado aqui.

Exemplo 01

(UNESP/2016) Um paralelepípedo reto-retângulo foi dividido em dois prismas por um plano que contém as diagonais de duas faces opostas, como indica a figura.

Comparando-se o total de tinta necessária para pintar as faces externas do paralelepípedo antes da divisão com o total necessário para pintar as faces externas dos dois prismas obtidos após a divisão, houve um aumento aproximado de

a) 42%.

b) 36%.

c) 32%.

d) 26%.

e) 28%.

Solução:

Primeiramente calcularemos a área do prisma reto-retângulo. Observe que ele é formado por duas faces laterais retangulares de base 3 e altura 1, por duas faces laterais de base 4 e altura 1 e por duas bases retangulares de comprimento 4 e largura 3.

A área lateral é igual à soma das áreas das faces laterais, e a área total é a soma entre esse resultado e a área das duas bases. Observe:

Al = 4·1 + 4·1 + 3·1 + 3·1 = 4 + 4 + 3 + 3 = 14 cm2

Ab = 4·3 + 4·3 = 12 + 12 = 24 cm2

A área total do prisma reto-retângulo é:

Ar = 14 + 24 = 38 cm2

Agora calcularemos a área de um dos prismas triangulares. Como eles foram criados pela secção sobre as diagonais das bases, eles possuem medidas congruentes e, por isso, basta encontrar a área de um deles e multiplicar o resultado por 2. Entretanto, precisamos descobrir o comprimento dessa diagonal. Para isso, usaremos o teorema de Pitágoras. Só é possível usá-lo porque temos a garantia de que os ângulos entre duas arestas (exceto as introduzidas pelo corte) são retos, já que se trata de um prisma reto-retângulo.

Tendo em vista que os outros dois lados do retângulo, base do prisma, medem 3 e 4, a sua diagonal mede x:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

x2 = 32 + 42

x2 = 9 + 16

x2 = 25

x = 5

No prisma triangular, temos uma face com base 4 e altura 1, uma com base 3 e altura 1 e uma com lado 5 e altura 1. Além disso, duas faces são bases, com “altura” 3 e “base” 4. Logo, a área lateral e a área das bases serão:

Al = 3·1 + 4·1 + 5·1 = 3 + 4 + 5 = 12

Ab = 3·4 + 3·4 = 6 + 6 = 12
         2       2                    

Dessa maneira, a área de um prisma triangular é:

At = 12 + 12 = 24 cm2

Como dito anteriormente, a área dos dois prismas triangulares é o produto da área de um deles por 2.

Att = 2·24 = 48 cm2

Para finalizar o exercício, basta calcular o percentual representado pela diferença entre as áreas dos retângulos. A diferença é 48 – 38 = 10. A razão entre a diferença e a área é:

10/38 = 0,263158

O percentual pode ser calculado multiplicando-se essa taxa por 100. Arredondando o resultado, teremos:

0,263158·100 = 26%

Gabarito: letra D.

Exemplo 02

(UFSCar SP/2016) Uma caixinha de papelão tem a forma de um prisma reto de base quadrada, com 6 cm de lado e altura h, conforme mostra a figura.

Sabendo que o volume dessa caixinha é 288 cm3, pode-se concluir corretamente que o valor da sua área lateral, em centímetros quadrados, é

a) 192.

b) 170.

c) 154.

d) 128.

e) 96.

Solução:

A estratégia para obter a área lateral desse prisma é calcular primeiramente a medida de sua altura. Como foi dada a medida do volume, podemos usar a fórmula para o cálculo do volume de um prisma para descobrir essa medida que falta.

Para tanto, o volume de um prisma é dado pelo produto da área da base pela altura. Sendo assim, a fórmula é:

V = Ab·h

A base desse prisma é um quadrado, portanto, sua área é dada pelo quadrado da medida do lado. Assim, Ab = 62 = 36. Substituindo esse valor e a área da base na expressão acima, teremos:

288 = 36·h

36·h = 288

h = 288
     36

h = 8 cm

A área lateral é dada pela soma das áreas das faces laterais. Como são todas congruentes, basta calcular uma e multiplicar o resultado por 4:

Al = 4·6·8 = 4·48 = 192 cm2

Gabarito: letra A.

Publicado por Luiz Paulo Moreira Silva
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Poliedros são figuras geométricas formadas por planos e possuem como elementos vértices, arestas e faces
Classificação de poliedros
Clique para entender os critérios da classificação dos poliedros!
Algumas das 275 diagonais de um polígono de 25 lados
Diagonais de um polígono
Clique para conhecer um modo de obter o número de diagonais de um polígono em que não é necessário contá-las uma a uma.
Cada tipo de sólido possui uma fórmula para o cálculo de seu volume
Fórmulas para Cálculo de Volume de sólidos
Aprenda fórmulas para calcular o volume de sólidos, tendo em vista sua forma e dimensões.
O Teorema de Pitágoras Aplicado no Estudo da Trigonometria
Cálculo da diagonal do quadrado e da altura do triângulo equilátero.
Cubos: Paralelepípedo de faces quadradas
Paralelepípedos
Clique para descobrir o que são paralelepípedos, as propriedades de suas faces e arestas e algumas das classificações desses sólidos geométricos.
O princípio de Cavalieri é usado para demonstrar algumas fórmulas para volume de sólidos geométricos
Princípio de Cavalieri
Clique para saber mais sobre o Princípio de Cavalieri e como ele é usado para demonstrar algumas fórmulas para volumes de sólidos geométricos.
Arestas de um cubo formadas por prismas vermelhos
Prisma
Aprenda o que é prisma, o modo como esse sólido geométrico é definido e algumas das classificações mais importantes que o envolvem.
Volume do Paralelepípedo
O volume do paralelepípedo corresponde à multiplicação do comprimento pela largura e pela altura. Confira!
A área do prisma pode ser calculada somando-se a área de suas bases e a sua área lateral
Área do prisma
Clique para aprender a calcular a área do prisma e descubra por que a fórmula é diferente para cada um desses sólidos geométricos.
video icon
Guia de Profissões
Guia de Profissões | Engenharia Elétrica: como é o curso e a profissão?
Quer ter mais informações sobre o curso de Engenharia elétrica e a profissão? Confira uma entrevista com o engenheiro eletricista Rangel Mendonça, que fala tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.