Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Matemática
  3. Geometria
  4. Volume do Paralelepípedo

Volume do Paralelepípedo

O volume do paralelepípedo é calculado através da multiplicação entre a área da base e a altura.

O paralelepípedo é considerado um sólido geométrico, pois é formado por três dimensões. Em razão dessa característica, possui volume, que é a quantidade de espaço que o corpo ocupa ou a capacidade que ele possui de armazenar substâncias. O volume de um paralelepípedo é calculado através da multiplicação entre a área da base e a altura, ou para ser mais prático: comprimento x largura x altura, considerando sempre que as unidades de comprimento das dimensões sejam as mesmas. Vários objetos possuem o formato de um paralelepípedo, por exemplo, uma caixa, uma piscina, um aquário entre outros.

Nos cálculos envolvendo volume precisamos conhecer as unidades usuais de volume e sua correspondência com as medidas de capacidade. Observe as principais medidas:

1 m³ (metro cúbico) = 1000 L (litros)

1 dm³ (decímetro cúbico) = 1 L

1 cm³ (centímetro cúbico) = 1 mL (mililitro)



Exemplo 1

Um aquário possui o formato de um paralelepípedo com as seguintes dimensões:




Determine quantos litros de água são necessários para encher o aquário.

V = comprimento x largura x altura
V = 50 cm x 20 cm x 15 cm
V = 15000 cm³ (centímetros cúbicos)

Como foi informado que 1 cm³ corresponde a 1 ml, temos que 15000 cm³ é igual a 15000 ml ou 15 litros.


Exemplo 2

O degrau de uma escada lembra a forma de um paralelepípedo com as seguintes dimensões: 1 m de comprimento, 0,5 m de largura e 0,4 m de altura. Determine o volume total de concreto gasto na construção dessa escada sabendo que ela é constituída de 20 degraus.



Volume do degrau

V = 1 m x 0,5 m x 0,4 m
V = 0,20 m³

Volume total da escada
0,20 x 20
4 m³ ou 4 mil litros de concreto.
Publicado por: Marcos Noé Pedro da Silva
Assista às nossas videoaulas
Assuntos relacionados
Cada tipo de sólido possui uma fórmula para o cálculo de seu volume
Fórmulas para Cálculo de Volume de sólidos
Aprenda fórmulas para calcular o volume de sólidos, tendo em vista sua forma e dimensões.
Volume de um Sólido Geométrico
Volume: definição e exemplos de sólidos geométricos
Esfera
Corpo Esférico
Clique aqui e aprenda a calcular a área e o volume de um corpo esférico.
Teorema de Tales
Veja aqui o que o teorema de Tales afirma e entenda como aplicá-lo em um triângulo. Veja também exercícios que ilustram a sua aplicação.
Ângulos no círculo
Clique aqui e conheça as características e propriedades dos ângulos no círculo!
O princípio de Cavalieri é usado para demonstrar algumas fórmulas para volume de sólidos geométricos
Princípio de Cavalieri
Clique para saber mais sobre o Princípio de Cavalieri e como ele é usado para demonstrar algumas fórmulas para volumes de sólidos geométricos.
Figura formada por paralelogramos em perspectiva
Paralelogramos
Clique e descubra o que são paralelogramos e como eles são classificados em quadrados, losangos e retângulos.
Dois prismas: um reto e um oblíquo
Exemplos de cálculo da área do prisma
Aprenda a efetuar o cálculo da área do prisma a partir de exemplos retirados de vestibulares.
Imagem bidimensional na tela do computador e maquete tridimensional sobre o teclado
Dimensões do espaço
Clique e aprenda o que são as dimensões do espaço e como os objetos, figuras e sólidos geométricos comportam-se diante delas.
Aplicações do Cálculo da Área de uma Circunferência
Observe algumas aplicaões do cálculo da área de figuras circulares, ou seja, que envolvem uma circunferência.
Classificação de triângulos
Classificação de triângulos: critérios e nomes
Pitágoras: Filósofo e Matemático
Teorema de Pitágoras: Altura e Área do Triângulo Equilátero
Importantes aplicações do Teorema de Pitágoras.
Volume do Cubo
Capacidade do cubo em função da medida da aresta.
Unidades de Medida de Volume
Conheça as unidades usuais de volume.
Volume do cilindro
Veja aqui o que é um cilindro e entenda seus elementos. Saiba calcular sua área e volume.
Aplicação da relação entre volumes
Aplicando a relação entre volumes, um estudo para determinar relações entre as medidas que determinam esses volumes.