Whatsapp icon Whatsapp

Volume do paralelepípedo

O volume do paralelepípedo é calculado através da multiplicação entre a área da base e a altura.
Esquema ilustrativo mostra um paralelepípedo e a fórmula para cálculo de seu volume.
O paralelepípedo é uma figura espacial que possui faces paralelas formadas por paralelogramos.

O volume de um paralelepípedo é o espaço ocupado por esse sólido geométrico. Como o paralelepípedo é um prisma, seu volume é resultado da multiplicação entre a área da base e a altura.

Caso o paralelepípedo seja reto retângulo, ou seja, um prisma com bases retangulares, a área da base será o produto entre os lados de um retângulo. Consequentemente, o volume será o produto entre as medidas das três dimensões do sólido: largura, comprimento e altura. Um livro, um tijolo e uma caixa de sapato são exemplos de objetos com o formato de paralelepípedo reto retângulo.

Leia também: Fórmula para cálculo de volume de diversos sólidos geométricos

Resumo sobre o volume do paralelepípedo

  • O volume de um paralelepípedo é o espaço que esse sólido ocupa.
  • A fórmula do volume do paralelepípedo é o produto entre a área da base (Ab) e a altura (c):

\(V=A_b\cdot c\)

  • Se o paralelepípedo possuir as bases retangulares, seu volume será o produto entre o comprimento (a), a largura (b) e a altura (c):

\(V=a\cdot b\ \cdot c\)

  • A unidade de medida do volume depende da unidade de medida das arestas do paralelepípedo. Se a medida das arestas estiver expressa em cm, por exemplo, o volume será expresso em cm³.

Fórmula do volume do paralelepípedo

Considere um paralelepípedo de altura c. Seu volume é o produto entre c e a área da base Ab .

\(V=A_b\cdot c\)

Se as bases do paralelepípedo foram retangulares, o sólido é chamado de paralelepípedo reto retângulo ou bloco retangular. Nesse caso, a área da base será o produto entre o comprimento e a largura do bloco e, portanto, o volume será o produto entre as medidas das três dimensões.

Considere um bloco retangular de comprimento a, largura b  e altura c . Observe que a área da base é ab.

Bloco retangular de comprimento a, largura b e altura c .

Dessa forma, seu volume é o produto entre a , b  e c .

\(V=a\cdot b\cdot c\)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como calcular o volume do paralelepípedo?

Vejamos um exemplo de como calcular o volume de um paralelepípedo.

Exemplo: Qual o volume do bloco retangular abaixo?

Paralelepípedo com 7 de altura, 2 de base e 3 de altura da base.

Como as bases desse sólido são retangulares, seu volume é o produto entre as medidas da largura, do comprimento e da altura:

\(V=a\cdot b\cdot c=2\cdot3\cdot7=42\)

Unidade de medida do volume do paralelepípedo

Perceba que, no exemplo anterior, não utilizamos nenhuma unidade de medida específica para indicar o volume. Isso decorre do fato de que as dimensões do paralelepípedo reto retângulo (comprimento, largura e altura) não foram expressas em nenhuma unidade de medida específica. Assim, indicamos apenas o valor numérico ou utilizamos a sigla u.v. (unidade de volume).

Caso a unidade de medida das arestas esteja expressa, a unidade de medida do volume deve acompanhar a relação. Por exemplo, se as dimensões estão escritas em metros, o volume será indicado em metros cúbicos.

Exemplo: Qual o volume de um paralelepípedo reto retângulo com comprimento, largura e altura de medida 5 cm, 3 cm e 2 cm respectivamente?

Utilizando a expressão para o volume de um paralelepípedo reto retângulo:

\(V=a\cdot b\cdot c=5\ cm\cdot3\ cm\cdot2\ cm=30\ cm^3\)

Leia também: Como calcular o volume de um prisma?

Exercícios resolvidos sobre o volume de um paralelepípedo

Questão 1

(Enem) Um casal realiza sua mudança de domicílio e necessita colocar numa caixa de papelão um objeto cúbico, de 80 cm de aresta, que não pode ser desmontado. Eles têm à disposição cinco caixas, com diferentes dimensões, conforme descrito:

  • Caixa 1: 86 cm x 86 cm x 86 cm
  • Caixa 2: 75 cm x 82 cm x 90 cm
  • Caixa 3: 85 cm x 82 cm x 90 cm
  • Caixa 4: 82 cm x 95 cm x 82 cm
  • Caixa 5: 80 cm x 95 cm x 85 cm

O casal precisa escolher uma caixa na qual o objeto caiba, de modo que sobre o menor espaço livre em seu interior.

A caixa escolhida pelo casal deve ser a de número

a) 1.

b) 2.

c) 3.

d) 4.

e) 5.

Resolução: letra C

O volume de cada caixa corresponde ao produto entre suas dimensões. Assim,

\(V1=86\cdot86\cdot86=636.056\ cm^3\)

A caixa 2 não pode ser escolhida, pois uma das dimensões é inferior a 80 cm, que é a medida da aresta do objeto.

\(V3=85\cdot82\cdot90=627.300\ cm^3\)

\(V4=82\cdot95\cdot82=638.780\ cm^3\)

\(V5=80\cdot95\cdot85=646.000\ cm^3\)

Como o objeto é um cubo de 80 cm de aresta, seu volume é \(V_c={80}^3=512.000\ cm^3\).

Assim, a caixa que pode conter o objeto com a menor sobra de espaço interior é a caixa 3.

Questão 2

(Enem) Uma fábrica produz barras de chocolates no formato de paralelepípedos e de cubos, com o mesmo volume. As arestas da barra de chocolate no formato de paralelepípedo medem 3 cm de largura, 18 cm de comprimento e 4 cm de espessura.

Analisando as características das figuras geométricas descritas, a medida das arestas dos chocolates que têm o formato de cubo é igual a

A) 5 cm.

B) 6 cm.

C) 12 cm.

D) 24 cm.

E) 25 cm.

Resolução: letra B

O volume da barra de chocolate no formato de paralelepípedo é \(V_p=3\cdot18\cdot4=216\ cm^3\).

Assim, o volume da barra de chocolate no formato de cubo deve ser igual a 216 cm3 . Portanto, cada aresta deve medir 6 cm (pois 63=216 ).

Publicado por Maria Luiza Alves Rizzo
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Aplicação da relação entre volumes
Aplicando a relação entre volumes, um estudo para determinar relações entre as medidas que determinam esses volumes.
Aplicações do Cálculo da Área de uma Circunferência
Observe algumas aplicaões do cálculo da área de figuras circulares, ou seja, que envolvem uma circunferência.
Classificação de triângulos
Classificação de triângulos: critérios e nomes
Dimensões do espaço
Clique e aprenda o que são as dimensões do espaço e como os objetos, figuras e sólidos geométricos comportam-se diante delas.
Fórmulas para Cálculo de Volume de sólidos
Aprenda fórmulas para calcular o volume de sólidos, tendo em vista sua forma e dimensões.
Paralelepípedo
Clique aqui, saiba quais são os elementos do paralelepípedo, entenda sua classificação e conheça as fórmulas de cálculo de sua área, de seu volume e de sua diagonal.
Paralelogramos
Clique e descubra o que são paralelogramos e como eles são classificados em quadrados, losangos e retângulos.
Princípio de Cavalieri
Clique para saber mais sobre o Princípio de Cavalieri e como ele é usado para demonstrar algumas fórmulas para volumes de sólidos geométricos.
Teorema de Pitágoras: Altura e Área do Triângulo Equilátero
Importantes aplicações do Teorema de Pitágoras.
Unidades de Medida de Volume
Conheça as unidades usuais de volume.
Volume de um Sólido Geométrico
Volume: definição e exemplos de sólidos geométricos
Volume do cilindro
Veja aqui o que é um cilindro e entenda seus elementos. Saiba calcular sua área e volume.
Volume do cubo
Conheça a fórmula para o cálculo do volume do cubo. Veja exemplos práticos do cálculo. Confira exercícios resolvidos sobre o assunto.
video icon
Professora ao lado do texto"Aposto".
Português
Aposto
Aposto é o nome que se dá ao elemento sintático que se junta a outro a título de explicação ou de apreciação. Assista a esta videoaula e aprenda um pouco mais sobre o emprego e a classificação desse termo acessório da oração.