Whatsapp icon Whatsapp

Geometria de posição e poliedros

A Geometria de Posição estuda posições relativas entre objetos e formas geométricas. Já os poliedros são sólidos geométricos pertencentes ao espaço.
Formas e sólidos geométricos presentes no espaço
Formas e sólidos geométricos presentes no espaço

Geometria de posição é a área da Matemática que estuda as posições relativas entre formas geométricas presentes no espaço. As principais noções que colocam esse estudo em movimento são as de forma, tamanho e posição.

Essas noções são primitivas e, por isso, não possuem definição. De qualquer modo, a forma está ligada ao modo como um objeto ocupa o espaço; o tamanho está ligado à quantidade de espaço que esse objeto ocupa; e a posição faz referência à localização do objeto no espaço.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Outras noções que dispensam definição na Geometria de posição são as de ponto, reta, plano e espaço. Ponto não possui definição, contudo, sua natureza é: um objeto que representa uma localização no espaço. Um conjunto de pontos alinhados e ininterruptos é o que conhecemos como reta. Retas também não possuem definição formal, exceto pela ideia que se possui a respeito delas em virtude de suas representações geométricas e suas propriedades. O mesmo ocorre com plano e espaço.

Os poliedros, por sua vez, são sólidos geométricos pertencentes ao espaço tridimensional que são limitados por partes de planos. Esses sólidos, possuidores de forma, tamanho e ocupantes de determinada posição no espaço, também são objeto de estudo da geometria de posição.

Breve histórico da Geometria de Posição

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A geometria de posição nasceu muitos séculos antes de Cristo, junto à geometria plana. Civilizações mesopotâmicas desenvolveram conhecimentos geométricos entre os anos de 2500 a.C. e 600 a.C., mesmo período em que os egípcios utilizavam geometria para as mais variadas funções: desde demarcar terrenos agrícolas até a construção das pirâmides.

Após esse período, com a ascensão da Grécia como “capital da sabedoria”, houve grandes avanços no desenvolvimento da geometria. Tales de Mileto (624-548 a.C.) e Pitágoras (580-500 a.C.) demonstraram o que conhecemos hoje como Teorema de Tales e Teorema de pitágoras, entre outros.

Um dos maiores nomes da geometria plana, espacial e de posição é Euclides (320-270 a.C.). Esse homem sistematizou toda a geometria de sua época em uma obra chamada “Os Elementos”. Essa obra é uma coletânea de treze livros, dos quais dez relacionam-se à geometria e três, à teoria dos números. Além disso, Euclides demonstrou vários dos resultados presentes nessa obra. Alguns desses resultados foram demonstrados mais de uma vez, mas de maneiras diferentes.

As bases da geometria de posição

Toda a geometria é baseada em regras que devem ser aceitas como verdadeiras sem necessidade de uma demonstração, chamadas de postulados ou axiomas; nas definições dos objetos que ocupam esse espaço e nas propriedades decorrentes do estudo desses objetos, postulados e suas interações.

Hoje os postulados são organizados da seguinte maneira:

Postulados de existência:

P1 – Existem infinitos pontos;

P2 – Existem infinitas retas. Em cada reta, assim como fora dela, existem infinitos pontos;

P3 – Existem infinitos planos. Em cada plano, assim como fora dele, existem infinitos pontos.

Postulados de determinação:

D4 – Dois pontos distintos determinam uma única reta que passa por eles;

D5 – Três pontos não colineares determinam um único plano.

Postulado da inclusão:

I6 – Se uma reta contém dois pontos distintos de um plano, então, essa reta está contida nesse plano.

Postulado da separação da reta:

S7 – Um ponto qualquer pertencente a uma reta separa essa reta em duas partes. Esse ponto pertence a essas duas partes da reta.

Observação: esse postulado pode ser expandido para os casos de separação do plano e do espaço.

Postulado das paralelas (quinto postulado de Euclides):

Por um ponto passa uma única reta paralela a uma reta dada.

Esse último postulado é o que diferencia a Geometria Euclidiana Clássica (Geometria Plana e Espacial) de outras Geometrias Modernas criadas a partir do século XVII.

Unindo esses postulados às definições de formas e sólidos geométricos, é possível construir toda a Geometria Plana e Espacial, bem como a Geometria de Posição, do modo como a conhecemos hoje em dia.

O que estuda a Geometria de Posição?

A Geometria de Posições ocupa-se dos estudos referentes às posições relativas entre objetos matemáticos, formas e sólidos geométricos.

1 – Posição relativa entre duas retas: que classifica as retas como coincidentes, concorrentes, paralelas ou reversas;

2 – Posição relativa entre retas e planos: uma reta pode estar contida em um plano, ser secante a um plano ou paralela a um plano;

3 – Posição relativa entre planos: dois planos podem ser coincidentes, secantes ou paralelos;

4 – Distância entre dois pontos: comprimento da linha reta que os liga;

5 – Distâncias entre ponto e reta, entre ponto e plano, entre reta e plano, entre plano e plano etc., definidas como a menor distância entre os objetos observados;

5 – Ângulo entre duas retas, entre reta e plano, entre plano e plano etc.;

6 – Perpendicularidade: estuda os casos em que retas e planos formam ângulo de 90°;

7 – Paralelismo: estuda os casos em que retas e planos não possuem nenhum ponto em comum;

8 – Definições básicas de poliedros: o que são poliedros e os elementos que os compõem;

9 – Propriedades básicas de poliedros: Relações básicas que podem ser construídas a partir de definições e resultados envolvendo poliedros. Por exemplo: Relação de Euler;

10 – Poliedros notáveis: alguns casos de poliedros que possuem propriedades especiais que os destacam entre os outros.

11 – Classificação de poliedros: poliedros podem ser retos, oblíquos, paralelepípedos etc.

12 – Área e volume de poliedros.

Publicado por Luiz Paulo Moreira Silva
Assista às nossas videoaulas

Artigos de Geometria de posição e poliedros

Apótema
Clique aqui, saiba o que é o apótema, conheça suas fórmulas e aprenda como calculá-lo.
Área da Pirâmide
Clique para aprender a calcular a área da pirâmide e veja algumas fórmulas que podem ser usadas para cálculo da área da base e área lateral!
Área do cilindro
Clique para aprender a calcular a área de um cilindro usando uma técnica que divide essa área em área lateral e área da base.
Área do cubo
Clique para aprender a calcular a área do cubo, bem como sua área lateral e a área de suas bases.
Área do prisma
Clique para aprender a calcular a área do prisma e descubra por que a fórmula é diferente para cada um desses sólidos geométricos.
Área do tronco da pirâmide
Clique e aprenda a calcular a área do tronco da pirâmide e nunca mais erre em questões sobre esse assunto!
Classificação de poliedros
Clique para entender os critérios da classificação dos poliedros!
Cubo
Clique aqui, saiba quais são os elementos do cubo, conheça suas fórmulas e descubra como é a planificação desse sólido geométrico.
Diagonal do bloco retangular
Clique e aprenda o que é a diagonal do bloco retangular, qual a fórmula para calculá-la e como essa fórmula é encontrada.
Dodecaedro
Confira aqui as características de um dodecaedro e aprenda a calcular sua área e volume.
Elementos de um poliedro
Clique para aprender o que são vértices, arestas e faces, isto é, os elementos de um poliedro!
Exemplos de cálculo da área do prisma
Aprenda a efetuar o cálculo da área do prisma a partir de exemplos retirados de vestibulares.
Hexaedro Regular
Confira aqui qual a formação de um hexaedro, aprenda também a calcular seu volume e área.
Icosaedro Regular
Você sabe o que é um icosaedro regular? Clique aqui e confira!
Octaedro Regular
Clique aqui e conheça as características de um dos sólidos platônicos, o octaedro regular.
Paralelepípedo
Clique aqui, saiba quais são os elementos do paralelepípedo, entenda sua classificação e conheça as fórmulas de cálculo de sua área, de seu volume e de sua diagonal.
Paralelismo
Clique para aprender o que é paralelismo e as propriedades mais importantes relacionadas com essa posição relativa entre retas e planos.
Perpendicularidade
Posições relativas, Posição relativa entre duas retas, Retas paralelas, Retas coincidentes, Reta paralela ao plano, Reta contida no plano, Retas e planos secantes ou concorrentes, Planos paralelos, Planos secantes, Planos coincidentes, perpendicularidade entre retas e planos.
Pirâmide
Clique aqui, aprenda o que é pirâmide, conheça seus diferentes tipos e calcule seu volume e sua área utilizando as fórmulas específicas para esses cálculos.
Planificação de sólidos geométricos
Clique para ver a planificação de alguns sólidos geométricos. Veja como construir essas planificações a partir do número e do tipo de superfícies que podem ser encontradas nessas figuras geométricas tridimensionais. Além disso, obtenha exemplos de como a planificação de cada tipo de sólido deve ser feita.
Poliedros
Definição de poliedros, poliedros regulares e fórmula de Euler.
Poliedros regulares
Clique para conhecer as principais características dos poliedros regulares.
Posição relativa entre reta e plano
Entenda a posição relativa entre reta e plano e alguns resultados existentes envolvendo esses dois objetos matemáticos.
Posições relativas
As posições relativas correspondem a posições entre retas e planos no espaço. Saiba mais aqui!
Princípio de Cavalieri
Clique para saber mais sobre o Princípio de Cavalieri e como ele é usado para demonstrar algumas fórmulas para volumes de sólidos geométricos.
Prisma
Clique aqui, entenda o que é um prisma, conheça seus tipos e descubra quais são as fórmulas que podem ser utilizadas para calcular suas áreas e seu volume.
Relação de Euler
Clique e aprenda o que é a relação de Euler e como essa fórmula relaciona o número de faces, arestas e vértices de poliedros convexos.
Sólidos de Platão
Conheça os cinco sólidos de Platão e aprenda a determinar o número de vértices, arestas e faces desses poliedros a partir da relação de Euler.
Sólidos geométricos
Clique para aprender o que são sólidos geométricos, seus tipos e para obter alguns exemplos desses objetos.
Tetraedro Regular
Confira os elementos e principais propriedades do tetraedro.
Tronco de pirâmide
Descubra o que é um tronco de pirâmide, quais são seus elementos e qual a fórmula usada para calcular sua altura, área e volume.
Volume do prisma
Clique e aprenda a calcular o volume do prisma, compreenda quais princípios permitem esse cálculo e obtenha alguns exemplos resolvidos.
video icon
Frase "Redação nota 1000 | Desvalorização da ciência e fuga de cérebros no Brasil" escrita ao lado da silhueta de uma mulher de cabelos soltos
Português
Redação nota 1000 | Desvalorização da ciência e fuga de cérebros no Brasil
Quando a ciência não é valorizada em um país, pesquisadores tendem a buscar subsídios além das fronteiras. Nesta videoaula, discutiremos essa importante temática no cenário brasileiro e suas consequências para a sociedade. Fiquem ligados!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
videoaula brasil escola
Biologia
Transgênicos
Você sabe o que são alimentos transgênicos? Não se engane, eles estão mais presentes do que você imagina!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Química
Alotropia
Não deixe de assistir nossa aula para fixar tudo o que você estudou sobre alotropia!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Filosofia
Batman
Que tal assistir ao vídeo para uma análise ética sobre o herói?