Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Matemática
  3. Função
  4. Função crescente e decrescente

Função crescente e decrescente

A função crescente é aquela em que y aumenta toda vez que x é aumentado. A função decrescente é aquela em que y diminui toda vez que x é aumentado.

Funções são regras que ligam cada elemento de um conjunto a um único elemento de outro conjunto. Quando se trata de conjuntos numéricos, essas funções assemelham-se a equações que relacionam os elementos de um conjunto a outro por meio de suas variáveis. Uma função é crescente quando, aumentando-se os valores atribuídos ao domínio, os valores do contradomínio ficam cada vez maiores; caso contrário, a função é decrescente.

Para melhor compreender essas definições, veja alguns exemplos. Observe:

Funções crescentes

Um exemplo de função crescente é a função y = 4x + 5. Para perceber isso, observe a tabela a seguir:

Observe que o valor de x, a cada linha, é aumentado em uma unidade. Consequentemente, realizando-se os cálculos de y a partir da função dada, percebemos que, a cada linha, o valor dessa variável aumenta em quatro unidades.

Assim, quando o valor de x aumenta, o valor de y também aumenta. Por essa razão, a função é crescente. Além disso, apenas observando o gráfico dessa função, é possível perceber que ela é crescente, pois, quanto mais à direita, mais alta a reta fica.

Também é possível dizer que uma função é crescente quando, diminuindo-se os valores de x, os valores de y diminuem também.

Exemplo:

Mostre que a função y = 7x + 1 é crescente.

Se x = 0
y = 7x + 1 = 7·0 + 1 = 1

Se x = 1
y = 7x + 1 = 7·1 + 1 = 8

Como o valor de y aumenta quando aumentamos o valor de x, a função é crescente.

Observe que essa é uma função do primeiro grau, portanto, o seu gráfico é uma reta. Em uma mesma reta, é impossível haver intervalos crescentes e decrescentes. Se em um intervalo a reta for crescente, então, ela será em toda a sua extensão.

Dessa maneira, basta observar em dois valores de x que y aumenta para garantir que toda a reta seja crescente.

Função decrescente

Uma função decrescente é aquela em que o valor da variável y diminui sempre que a variável x aumenta. Um exemplo de função decrescente é a seguinte: y = – 3x + 3. Para perceber isso, observe a tabela a seguir:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Observe que, cada vez que o valor de x aumenta uma unidade, o valor de y diminui três unidades. Dessa maneira, essa função é decrescente.

Além de observar os valores na tabela, também é possível definir se uma função do primeiro grau é crescente ou decrescente a partir da análise do seu gráfico. Observe o gráfico decrescente da função acima:

Exemplo:

Mostre que a função y = – x é decrescente.

Para tanto, basta mostrar que, aumentando-se o valor de x, o valor de y diminui. Escolheremos, para isso, os valores x = 0 e x = 1. Observe:

Se x = 0,

y = – x = – 0 = 0

Se x = 1,

y = – x = – 1

Observe que, aumentando-se uma unidade no valor de x, o valor de y cai uma unidade; logo, a função é decrescente.

Como identificar funções crescentes e decrescentes sem cálculos

Existe uma maneira de dizer se uma função do primeiro grau é crescente ou decrescente sem fazer qualquer cálculo. Para isso, basta observar o valor do coeficiente “a” da função. Esse coeficiente é proveniente da forma geral da função do primeiro grau:

y = ax + b

“a” é o número que multiplica a variável, e b é uma constante. A regra para identificar se funções do primeiro grau são crescentes ou não é a seguinte:

Se a > 0, a função é crescente;

Se a < 0, a função é decrescente.

Vamos determinar se as funções a seguir são crescentes ou decrescentes.

a) y = 2x

Crescente, pois a = 2 > 0.

b) y = – x

Decrescente, pois a = – 1 < 0.

c) y = – 4x + 7

Decrescente, pois a = – 4 < 0.

d) y = 4x – 7

Crescente, pois a = 4 > 0.

Quando uma função não é crescente nem decrescente, ou seja, quando a = 0, ela é uma função constante. Sempre que aumentamos ou diminuímos o valor de x, y permanece constante. O gráfico de um exemplo de função constante é o seguinte:

y = 2

O gráfico da função crescente está inclinado para cima, e o da função descrente está inclinado para baixo
O gráfico da função crescente está inclinado para cima, e o da função descrente está inclinado para baixo
Publicado por: Luiz Paulo Moreira Silva
Assuntos relacionados
Função do 2º Grau ou Função Quadrática
Que tal saber mais sobre a função do 2º grau? Aprenda a calcular a fórmula de Bhaskara e montar o gráfico da função. Confira exemplos e exercícios resolvidos.
Definição de equação do 1º grau
Saiba como resolver uma equação do 1º grau.
Definição de Função
funções, lei de formação de funções, pares ordenados, diagrama de flechas, representação de funções, relação entre dois conjuntos, relação de elementos, expressão matemática, relação entre grandezas.
Função do 1º grau
Você sabe qual a formação de uma função do 1º grau? Clique aqui e aprenda!
Gráfico de uma Função do 1º grau
Representação gráfica de uma função do 1º grau.
Teoria dos Conjuntos
Propriedades dos Conjuntos.
Relações entre Conjuntos Numéricos
Relações entre elementos de conjuntos numéricos.
Domínio, contradomínio e imagem de uma função
Conheça a definição de função, de domínio, de contradomínio e de imagem de uma função. Saiba qual a relação entre todos esses elementos observando os exemplos.
Função composta
Compreendendo os conceitos de função composta e sua utilização na resolução de problemas algébricos.
Confira o que é uma função constante e como é seu gráfico
Função constante
Você já ouviu falar de função constante? Confira sua definição e como o seu gráfico caracteriza-se!
O gráfico de funções do segundo grau é uma parábola
Cinco passos para construir o gráfico de uma função do 2º grau
Aprenda a construir o gráfico de uma função do 2º grau em cinco passos!