Parábolas

Parábolas são conjuntos de pontos. Dados o ponto P e a reta r, a parábola é o conjunto dos pontos cuja distância até P é igual à distância até a reta r.

Uma parábola é uma figura geométrica plana formada pelo conjunto de todos os pontos, cuja distância até um ponto F é igual à distância até uma reta r. Esse ponto é chamado foco da parábola e não pode ser um dos pontos da reta r. Observe um exemplo de parábola na figura a seguir:

O uso mais conhecido para as parábolas está ligado às funções do segundo grau. A representação geométrica dessas funções é dada por parábolas cuja reta r é paralela ao eixo x do plano cartesiano.

Elementos de uma parábola

Os elementos da parábola são figuras geométricas mais simples que ela e que fazem parte de sua definição e estão envolvidos em sua construção. São eles:

Foco

O ponto F da definição da parábola e da imagem anterior é chamado de foco e determina essa figura.

Diretriz

A reta r, também presente na definição e na imagem anterior, é chamada de diretriz da parábola. Essa reta é usada junto ao foco para a definição dessa figura. A distância entre qualquer ponto da parábola e a sua diretriz é igual à distância entre esse mesmo ponto da parábola e o seu foco.

Parâmetro

É a distância entre o foco e a diretriz. Esse cálculo pode ser feito por meio da distância entre ponto e reta.

Vértice

O vértice da parábola é o ponto mais próximo de sua diretriz. Existe uma propriedade que afirma o seguinte:

VF = p
        2

Em que VF é o segmento de reta que tem início no vértice da parábola e tem fim em seu foco, e p é o parâmetro da parábola. Em outras palavras, o vértice de uma parábola fica no meio do caminho entre seu foco e a diretriz.

Eixo de simetria

É a reta perpendicular à diretriz que passa pelo vértice da parábola. Essa reta também contém o foco da parábola. Essa reta é assim chamada porque divide a parábola em duas partes simétricas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Na parábola acima, F é o foco, V é o vértice e o restante dos elementos está expresso na própria figura.

Equações reduzidas da parábola

A primeira equação diz respeito à parábola cujo eixo de simetria é o próprio eixo x. Para isso, considere uma parábola na qual o vértice é a origem de um plano cartesiano e o eixo de simetria é o eixo x, como a parábola da imagem a seguir:

Considere o ponto da parábola P de coordenadas (x, y). As coordenadas do ponto F são (p/2, 0), pois p/2 é o comprimento do segmento VF. Veja que as coordenadas do ponto A são (– p/2, y), pois o ponto A está à mesma altura do ponto P e sua distância até a origem é também p/2, mas com sinal invertido.

Nesses termos, sabendo que a distância de A até P é igual à distância de P até F, teremos:

Essa equação é conhecida como equação reduzida da parábola. Toda parábola com eixo de simetria paralelo ao eixo y de um plano cartesiano pode ter sua equação reduzida a essa forma.

Segunda equação da parábola

Fazendo uma construção análoga à anterior, mas fazendo com que o eixo de simetria da parábola seja paralelo ao eixo y, é possível encontrar, de forma também semelhante, a seguinte equação:

x2 = 2py

Essa é a segunda equação da parábola, também chamada de equação reduzida. Sempre que uma parábola possuir essas hipóteses, sua equação pode ser reduzida a essa equação.

As parábolas são figuras cuja distância de um de seus pontos até o foco é igual à distância desse mesmo ponto até a diretriz
As parábolas são figuras cuja distância de um de seus pontos até o foco é igual à distância desse mesmo ponto até a diretriz
Publicado por: Luiz Paulo Moreira Silva
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

A respeito da definição de parábola, assinale a alternativa correta:

a) Uma parábola é uma figura geométrica que representa a equação y = ax2 + bx + c.

b) Uma parábola é um conjunto de pontos cuja distância até um ponto chamado foco é constante.

c) Uma parábola é um conjunto de pontos cuja distância até uma reta é constante.

d) Uma parábola é um conjunto de pontos no qual, dado um ponto P, a distância de P até a reta diretriz é igual à distância de P até o foco.

e) Uma parábola é uma curva cuja distância até o foco é fixa.

Questão 2

A respeito dos elementos de uma parábola, assinale entre as alternativas abaixo aquela que for correta.

a) O foco de uma parábola é uma reta, que participa da definição dessa figura.

b) A diretriz de uma parábola é uma reta, que participa da definição dessa figura.

c) O parâmetro, em uma parábola, é a menor distância entre o foco e a própria parábola.

d) O parâmetro, em uma parábola, é a maior distância entre o foco e a própria parábola.

e) O vértice de uma parábola jamais poderá estar sobre o segmento de reta conhecido como parâmetro.

Mais Questões
Assuntos relacionados
O vértice é o ponto mais alto de uma parábola com concavidade voltada para baixo
Demonstração das fórmulas das coordenadas do vértice
Aprenda as fórmulas usadas para encontrar as coordenadas do vértice de uma parábola. Conheça também uma demonstração dessas fórmulas baseada nas raízes da função do segundo grau. Veja ainda um segundo método para determinar as coordenadas do vértice, que pode ser o ponto mais alto ou mais baixo de uma parábola.
Cônicas: intersecções entre um plano e um cone
Cônicas
Aprenda o que são cônicas, figuras geométricas formadas pela intersecção de um plano com um cone de revolução. Descubra também quais são as figuras elipse, hipérbole e parábola. Conheça ainda as equações reduzidas de cada uma das cônicas nos casos em que os focos estejam sobre o eixo x ou no eixo y.
Distância entre dois pontos
Observe aqui noções de Geometria Analítica que auxiliam a estabelecer a distância entre dois pontos.
Equação geral de retas perpendiculares
Calculando a equação de retas perpendiculares por meio da equação geral da reta e dos coeficientes angulares das retas perpendiculares.
Retas perpendiculares
coeficiente angular, Retas perpendiculares, coeficiente angular de retas perpendiculares, condição de existência de retas perpendiculares, tangente, ângulo de inclinação.
Distância entre ponto e reta
Distância entre ponto e reta, reta, ponto, equação geral da reta, fórmula da distância entre ponto e reta, Equação fundamental, Distância entre dois pontos, coeficientes de uma reta.
Perpendicularidade
Posições relativas, Posição relativa entre duas retas, Retas paralelas, Retas coincidentes, Reta paralela ao plano, Reta contida no plano, Retas e planos secantes ou concorrentes, Planos paralelos, Planos secantes, Planos coincidentes, perpendicularidade entre retas e planos.
Pontos notáveis da parábola
Função do segundo grau, Função, Gráfico de função, parábola, concavidade, parábola para baixo, concavidade para cima, Construção de gráfico, coeficiente a positivo, Coeficiente a negativo, raízes de uma função, quantidade de raízes.
Plano cartesiano
Conheça o que é o plano cartesiano e qual a sua função. Saiba também como montar e marcar pontos nele.
Pontos Notáveis da Parábola
Determinando o vértice da parábola.
Segmento de reta que começa em A e vai até B
Retas
Confira as principais ideias que envolvem retas e algumas propriedades básicas dessa figura geométrica!
O gráfico de funções do segundo grau é uma parábola
Cinco passos para construir o gráfico de uma função do 2º grau
Aprenda a construir o gráfico de uma função do 2º grau em cinco passos!