Anidridos ácidos

Anidridos ácidos são óxidos que apresentam natureza molecular. Esses compostos podem originar um ou mais ácidos inorgânicos quando reagem com a água.

Anidridos ácidos referem-se aos óxidos ácidos (compostos binários de caráter molecular, em que o oxigênio tem NOX -2), ou seja, aqueles óxidos que apresentam a capacidade de reagir com água e formar um ácido.

1º Exemplo: dióxido de carbono

CO2 + H2O → H2CO3

Ao reagir o dióxido de carbono com a água, ocorre a formação do ácido carbônico.

2º Exemplo: dióxido de enxofre

SO2 + H2O → H2SO3

Ao reagir o dióxido de enxofre com a água, forma-se o ácido sulfuroso.

3º Exemplo: óxido de crômio VI (apesar de ser iônico, é um óxido ácido)

CrO3 + H2O → H2CrO4

Ao reagir o trióxido de crômio (ou óxido de crômio VI) com a água, há a formação do ácido dicrômico.

Observação 1: Alguns anidridos ácidos, quando reagem com quantidades diferentes de água, formam diferentes ácidos, como o pentóxido de difósforo (P2O5).

  • Com uma molécula de água, pentóxido de difósforo forma o ácido metafosfórico:

P2O5 + H2O → 2 HPO3

  • Com duas moléculas de água, esse anidrido ácido forma o ácido pirofosfórico:

P2O5 + 2 H2O → H4P2O7

  • Com três moléculas de água, esse anidrido ácido forma o ácido fosfórico:

P2O5 + 3 H2O → 2 H3PO4

Observação 2: Assim como o anidrido forma o ácido ao reagir com água, quando se retira uma ou mais moléculas de água de um ácido, pode-se produzir seu anidrido. Para a retirada de água de um ácido para a formação do anidrido, devemos realizar as seguintes orientações:

  • 1ª Orientação: Se o ácido tiver número par de hidrogênios, basta retirar da fórmula todos os hidrogênios, juntamente com oxigênio, capazes de formar molécula de água:

Exemplo: ácido sulfúrico (H2SO4)

Nessa fórmula, temos dois (número par) hidrogênios, por isso, só é possível retirar uma molécula de água, formada pelos dois hidrogênios e um oxigênio.

H2SO4 - H2O = SO3

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O anidrido resultante será chamado de anidrido sulfúrico.

  • 2ª orientação: Se o ácido tiver número par de hidrogênios, basta retirar da fórmula todos os hidrogênios, juntamente com oxigênio, capazes de formar molécula de água:

Exemplo: ácido fosfórico (H3PO4)

Nessa fórmula, temos três (número ímpar) hidrogênios, por isso devemos inicialmente multiplicar por dois, para transformá-los em um número par de hidrogênios.

H3PO4 x 2 = H6P2O8

Assim, será possível a retirada de três moléculas de água, pois temos seis hidrogênios no ácido, e cada molécula de água possui apenas dois hidrogênios.

H6P2O8 – 3 H2O = P2O5

O anidrido resultante será chamado de anidrido fosfórico.

Alguns anidridos ácidos, ao reagirem com a água, possuem a capacidade de formar dois ácidos diferentes, por isso, são denominados anidridos duplos ácidos. Entre os anidridos duplos ácidos, temos:

  • Hexóxido de Dicloro: Cl2O6

Quando esse anidrido duplo ácido reage com a água, ele forma os ácidos perclórico (HClO4) e clórico (HClO3).

Cl2O6 + H2O → HClO4 + HClO3

Assim, o hexóxido de dicloro também pode ser chamado de óxido clórico-perclórico.

  • Dióxido de cloro: ClO2

Quando esse anidrido duplo ácido reage com a água, ele forma os ácidos cloroso (HClO2) e hipocloroso (HClO).

2 ClO2 + H2O → HClO2 + HClO

Assim, o dióxido de cloro também pode ser chamado de óxido cloroso-hipocloroso.

  • Tetróxido de dinitrogênio: N2O4

Quando esse anidrido duplo ácido reage com a água, ele forma os ácidos nitroso (HNO2) e nítrico (HNO3).

N2O4 + H2O → HNO2 + HNO3

Assim, o tetróxido de dinitrogênio também pode ser chamado de óxido nitroso-nítrico.

  • Dióxido de nitrogênio: NO2

Quando esse anidrido duplo ácido reage com a água, ele forma os ácidos nitroso (HNO2) e nítrico (HNO3).

2NO2 + H2O → HNO2 + HNO3

Assim, o dióxido de nitrogênio também pode ser chamado de óxido nitroso-nítrico.

O dióxido de carbono (CO2) é um anidrido ácido que forma ácido ao reagir com a água
O dióxido de carbono (CO2) é um anidrido ácido que forma ácido ao reagir com a água
Publicado por: Diogo Lopes Dias
Assuntos relacionados
Peróxido de hidrogênio: descolorante de cabelos
Óxidos
Óxidos ácidos, óxidos básicos, peróxido, pedra-pomes, limpeza dentária, dióxido de silício, óxido de alumínio, cristais, rochas, areia, peróxido de hidrogênio, água oxigenada, clarificadores, alvejantes, hidróxido de cálcio, óxido de cálcio, anidridos, trióxido de enxofre, ácido sulfúrico.
Peróxido de hidrogênio: utilizado na projeção de foguetes.
Aplicação dos óxidos
Óxidos, peróxido de hidrogênio, água oxigenada, clarificadores, alvejantes, óxido de cálcio, anti-séptico, Dióxido de carbono, Óxido de Cálcio, Óxido Nitroso, Dióxido de Enxofre, Monóxido de Carbono.
O ímã é composto por óxidos duplos
Classificação dos óxidos
Classificação dos óxidos, compostos binários, oxigênio, Óxidos básicos, óxidos ácidos, óxidos neutros, óxidos anfóteros, óxidos mistos, peróxidos, carga elétrica, caráter iônico, caráter covalente, ametais.
O nome do dióxido de carbono é dado pela regra de nomenclatura de óxidos moleculares
Nomenclatura dos óxidos
Clique e conheça as regras de nomenclatura utilizadas para realizar a nomenclatura de óxidos (iônicos e moleculares).
Nomenclatura dos Ácidos
Clique aqui e aprenda como é feita a nomenclatura dos ácidos!
Exemplos de alimentos com ácidos
Aplicações dos ácidos mais comuns
Você conhece as aplicações dos ácidos mais comuns? Clique e descubra as diversas utilizações de alguns ácidos, empregados principalmente na indústria, participando da produção de produtos fundamentais como fertilizantes, ou na rotina laboratorial, em que são usados na síntese de outras funções inorgânicas.