Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Doenças
  3. Tireoide

Tireoide

A tireoide é uma glândula que se localiza no pescoço, na região que conhecemos como pomo-de-adão. Essa glândula é responsável por produzir os hormônios tiroxina, também chamado de tetraiodotironina (possui quatro átomos de iodo em sua molécula) e o hormônio tri-iodotironina (possui três átomos de iodo em sua molécula).

Os dois hormônios produzidos pela tireoide ajudam o nosso corpo a manter a pressão sanguínea, o ritmo cardíaco, o tônus muscular e as funções sexuais. Esses hormônios ainda atuam na oferta e no consumo de oxigênio pelos órgãos, o que intensifica a respiração celular, liberando calor no organismo. Em anfíbios, os hormônios da tireoide controlam a metamorfose dos girinos para a vida adulta.

Quando a glândula de uma pessoa começa a produzir uma quantidade excessiva de hormônios, dizemos que ela está com hipertireoidismo. É uma condição que apresenta temperatura corporal elevada, tremores, nervosismo, fraqueza, suor intenso, perda de peso, irritabilidade e pressão arterial alta. Há casos graves em que a pessoa que tem hipertireoidismo apresenta aumento da tireoide (bócio) e a pessoa pode apresentar exoftalmia (olhos esbugalhados).

O tratamento para hipertireoidismo pode ser feito com o uso de medicamentos que impedem a síntese dos hormônios da tireoide, ou, dependendo do caso, o médico pode optar por fazer a retirada da glândula. Uma vez retirada a tireoide, a pessoa deverá fazer uso de medicamentos específicos.

No hipotireoidismo ocorre o contrário do hipertireoidismo e a glândula começa a não funcionar adequadamente, produzindo quantidades insuficientes de hormônios. Nos casos de hipotireoidismo, a pessoa apresenta apatia, lentidão dos movimentos, sonolência, ganho de peso, frequência cardíaca baixa, temperatura corporal baixa, pele ressecada, inchaço em algumas partes do corpo, entre outros sintomas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A falta de iodo no organismo provoca o chamado bócio endêmico ou bócio carencial, ou seja, um aumento da glândula. Isso acontece porque, para que a tireoide consiga produzir os hormônios, é necessário que haja átomos de iodo. O hormônio TSH que estimula a tireoide a produzir hormônios não para de estimulá-la e, com isso, ela continua a produção de hormônios, mesmo sem os átomos de iodo. O que ocorre é que esses hormônios que foram produzidos são substâncias inativas e não exercerão o papel para o qual foram designadas, provocando a doença.

O bócio e a exoftalmia são sinais de que a tireoide não está funcionando bem
O bócio e a exoftalmia são sinais de que a tireoide não está funcionando bem

No Brasil, a adição de iodo no sal de cozinha é obrigatória, mas há outros alimentos em que podemos encontrar o iodo, como peixes de água salgada, frutos do mar (lagostas, ostras, camarão, sardinhas, bacalhau), leite e alguns legumes como vagem, agrião, cebola, alho-poró, rabanete e nabo.

A falta de tiroxina causa uma doença que chamamos de cretinismo. Isso ocorre em razão da falta de iodo na alimentação da mãe, principalmente durante os primeiros três meses de gestação. O cretinismo causa atraso no crescimento dos ossos e retardo mental. Esse problema pode ser detectado através do teste do pezinho, que verificará se a tireoide está produzindo pouco ou nenhum hormônio.

A calcitonina é outro hormônio produzido pela tireoide, mas em quantidades pequenas. Esse hormônio auxilia na diminuição da quantidade de cálcio no sangue, e atua em conjunto com o hormônio produzido pelas glândulas paratireoideas, na administração dos níveis normais de cálcio no sangue.

A tireoide produz hormônios que são importantes para o metabolismo do nosso organismo
A tireoide produz hormônios que são importantes para o metabolismo do nosso organismo
Publicado por: Paula Louredo Moraes
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

A tireoide é uma glândula encontrada na região do pescoço que é responsável por produzir importantes hormônios. Analise a alternativa a seguir e marque aquela que indica dois hormônios produzidos pela tireoide:

a) Insulina e glucagon.

b) Hormônio tireoestimulante e tiroxina.

c) Tri-iodotironina e tiroxina.

d) Hormônio tireoestimulante e calcitonina.

e) Tiroxina e adrenalina.

Questão 2

Algumas vezes, a glândula tireoide começa a produzir exageradamente seus hormônios, causando nervosismo, sudorese, palpitação, perda de peso, entre outros sintomas. Qual é o nome dado ao aumento da síntese e liberação de hormônios tireoidianos?

a) Hipertireoidismo.

b) Bócio endêmico.

c) Tireoidite de Hashimoto.

d) Hipotireoidismo.

Mais Questões
Assuntos relacionados
Em muitos casos de conjuntivite, o uso de colírios é necessário
Conjuntivite: cuidados
Saiba como cuidar da conjuntivite para evitar complicações e a contaminação de outras pessoas
Hemácias de portados de beta-talassemia minor
Talassemia
Talassemia é o nome dado a uma doença caracterizada pela produção de hemoglobina sem uma ou mais de suas cadeias. No Brasil, o a talassemia mais comum é a do tipo beta.
A orquite é uma infecção no testículo dos mamíferos
Orquite
A orquite é uma infecção que pode ocorrer nos testículos dos mamíferos.
A ingestão de substâncias geladas pode desencadear crises de enxaqueca
Dor de cabeça do sorvete
Saiba o motivo da dor de cabeça que sentimos quando ingerimos sorvetes ou líquidos gelados.
O TSH estimula a produção de hormônios tireoidianos. O aumento do nível desses hormônios no sangue faz com que a produção de TSH seja inibida
Hipertireoidismo
Amplie seus conhecimentos sobre o hipertireoidismo, seus sintomas e tratamento.
A ultrassonografia pode ajudar a avaliar a estrutura da tireoide
Tireoidite de Hashimoto
Saiba mais sobre a tireoidite de Hashimoto, uma doença autoimune muito comum em mulheres.
Um exemplo de hormônio é a insulina, que garante a entrada de glicose nas células
Hormônios
Entenda o que são hormônios, substâncias produzidas pelas glândulas endócrinas que garantem a homeostase do corpo.
Representação da síntese de hormônios tireoidianos pelo mecanismo de <em>feedback</em> negativo
Mecanismo de feedback
Entenda o que é o mecanismo de feedback, descubra sua importância e aprenda a diferença entre feedback negativo e positivo. Entre os meios para garantir equilíbrio e bom funcionamento do organismo, esses mecanismos estão relacionados com a regulação, aumentando ou reduzindo estímulos que causam alterações nos sistemas.
Hemácia falciforme (esquerda) e hemácias “normais” (direita)
Anemia falciforme
Na anemia falciforme, as pessoas acometidas apresentam hemácias rígidas, com pouco tempo de vida, e em forma de foice. Anemia falciforme não tem cura.
A imagem nos mostra pedras no interior de uma vesícula biliar. O tamanho de uma pedra pode variar entre 1 mm a 15 cm.
Pedra na vesícula
Clique aqui e saiba como ocorre a formação da pedra na vesícula, seus sintomas e tratamento.