Whatsapp icon Whatsapp

Pâncreas

O pâncreas é uma glândula anexa do sistema digestório responsável pela produção de suco pancreático, insulina e glucagon.
O pâncreas é uma glândula mista.
O pâncreas é uma glândula mista.

O pâncreas é uma glândula responsável pela secreção de suco pancreático e também pela produção de dois hormônios: a insulina e o glucagon. O suco pancreático é lançado no intestino delgado, onde participa do processo de digestão de carboidratos, lipídios e proteínas.

Já a insulina e o glucagon são lançados diretamente na corrente sanguínea e atuam no metabolismo da glicose, mantendo-a em níveis ideais no sangue. Por possuir uma porção endócrina e uma porção exócrina, o pâncreas é chamado de glândula mista.

Veja também: Glândula pineal — a glândula endócrina responsável pela produção da melatonina

Resumo sobre o pâncreas

  • O pâncreas é uma glândula mista.

  • Participa do processo de digestão dos alimentos, uma vez que produz o chamado suco pancreático, o qual possui enzimas que atuam na digestão de lipídios, carboidratos e proteínas.

  • Também se relaciona com o metabolismo da glicose, sendo responsável pela produção dos hormônios insulina e glucagon.

  • Problemas na secreção ou ação da insulina levam ao desenvolvimento de uma doença conhecida como diabetes mellitus.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características do pâncreas

É uma glândula localizada sob o estômago que se destaca por ser a glândula anexa mais volumosa do sistema digestório depois do fígado. Pesa cerca de 100 g e mede cerca de 15 cm em um indivíduo adulto. O pâncreas pode ser dividido em três partes:

  • Cabeça: extremidade dilatada localizada à direita.
  • Corpo: disposto transversalmente.
  • Cauda: extremidade esquerda, que se caracteriza por ser afilada e se situar próximo ao baço.

Função do pâncreas

O pâncreas é uma glândula mista, ou seja, apresenta uma porção endócrina e uma porção exócrina. Possui a função de produzir algumas importantes substâncias:

  • A porção endócrina é responsável por produzir insulina e glucagon.

  • A porção exócrina é responsável por produzir suco pancreático.

A insulina e o glucagon são hormônios relacionados com o metabolismo da glicose, enquanto o suco pancreático, que é liberado no interior do intestino, apresenta enzimas que participam do processo de digestão dos alimentos.

  • Suco pancreático

O suco pancreático é uma solução alcalina rica em bicarbonato e enzimas digestivas produzida pelo pâncreas. Essa solução é produzida nessa glândula, porém atua no intestino delgado, o qual recebe a secreção via ducto pancreático.

As enzimas que compõem o suco pancreático são produzidas pelos ácinos pancreáticos, que são as unidades morfofuncionais do pâncreas exócrino. O bicarbonato, por sua vez, é produzido pelas células dos ductos que se originam nos ácinos.

O bicarbonato presente no suco pancreático apresenta a função de neutralizar a acidez do quimo (o bolo alimentar misturado à solução), enquanto as enzimas presentes atuam na digestão de três grupos de alimento: carboidratos, lipídios e proteínas. Algumas das enzimas presentes no suco pancreático são:

  • Tripsina e quimiotripsina: atuam na digestão de proteínas.

  • Amilase pancreática: atua na digestão de carboidratos.

  • Lipase pancreática: atua na digestão de gorduras.

Ilustração da estrutura do pâncreas.
Observe a estrutura do pâncreas e onde são produzidos o suco pancreático, a insulina e o glucagon.

O pâncreas aumenta a secreção de suco pancreático quando o quimo chega às porções superiores do intestino delgado. Ao chegar a essa região, o duodeno (porção inicial do intestino delgado) inicia a secreção de um hormônio chamado de secretina, que estimula a ação do pâncreas. Outro hormônio relacionado à secreção do suco pancreático é a colescistocina.

Além disso, a secreção pancreática também é controlada pela parte parassimpática da divisão autônoma do sistema nervoso, uma vez que ao nos alimentarmos, vários são os fatores que geram impulsos nervosos que promovem o funcionamento do pâncreas, como a chegada do bolo alimentar ao estômago. Vale salientar ainda que, até certo ponto, a composição do quimo pode determinar as características do suco pancreático.

  • Insulina e glucagon

Insulina e glucagon são dois hormônios produzidos pelo pâncreas. Esses dois hormônios são sintetizados por células que formam as chamadas ilhotas pancreáticas ou ilhotas de Lagerhans. Em cada ilhota é possível perceber a presença de células alfa e beta. As células alfa secretam glucagon, enquanto as células beta secretam insulina. Após sintetizados, os hormônios são lançados diretamente na corrente sanguínea.

Tanto a insulina quanto o glucagon estão relacionados ao metabolismo da glicose, porém atuam de maneira contrária. Enquanto a insulina promove a redução do nível de glicose no sangue, o glucagon atua garantindo seu aumento.

 Ilustração da atuação da insulina e do glucagon.
Observe como os hormônios insulina e glucagon atuam.

Quando o nível de glicose aumenta em nosso sangue acima da faixa normal, a insulina atua promovendo o aumento do transporte de glicose para as células do corpo a fim de que ela possa ser utilizada na realização de diferentes atividades celulares.

Além disso, estimula o fígado a armazenar glicose na forma de glicogênio (polissacarídio de reserva). Quando os níveis de glicose na corrente sanguínea caem, observamos a ação do glucagon. Esse hormônio promove a decomposição do glicogênio presente no fígado e a liberação de glicose para o sangue.

Saiba também: Faringe — um órgão comum aos sistemas digestório e respiratório

Diabetes mellitus

Diabetes mellitus é uma doença que se caracteriza por promover um quadro de hiperglicemia, ou seja, ela é responsável por provocar a elevação dos níveis de glicose no sangue. A hiperglicemia pode ocorrer como consequência de problemas relacionados à secreção de insulina no organismo ou devido a uma redução da resposta ao hormônio em tecidos-alvo. Como vimos anteriormente, a insulina está relacionada à redução dos níveis de glicose no sangue, e problemas com esse hormônio causam o acúmulo de glicose.

Existem dois tipos principais de diabetes, o tipo 1 e o tipo 2:

  • O diabetes tipo 1 é um problema autoimune, ou seja, as células do próprio sistema imunológico atacam o organismo. Nesse caso, o sistema imune destrói as células beta do pâncreas, provocando deficiência de insulina.

  • O diabetes tipo 2, por sua vez, é caracterizado pela incapacidade das células-alvo de responderem normalmente à insulina. Nesses casos, a insulina é produzida normalmente pelas células beta.

→ Videoaula sobre diabetes mellitus e insipidus

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

Coração
Clique aqui e saiba mais sobre o coração. Neste texto falaremos sobre as camadas que formam sua parede, suas cavidades, suas válvulas e outras características.
A diabetes do tipo 1 é mais frequente em crianças e adolescentes
Diabetes do tipo 1
Clique aqui e saiba mais sobre as causas, sintomas e tratamento do diabetes do tipo 1.
Seringa com insulina e estetoscópio sobre um papel azul escrito “Diabetes”.
Diabetes emocional
Você já ouviu falar sobre diabetes emocional? Será que ele realmente existe? Clique aqui e saiba mais sobre esse importante tema.
Uma boa medida para evitar a diabetse gestacional é cortar a ingestão de doces.
Diabetes gestacional
O desenvolvimento da diabetes gestacional é comum, e pode ser um problema significativo para mãe e bebê, caso não seja precocemente diagnosticada e tratada.
O diabetes mellitus é uma doença relacionada com o aumento dos níveis de glicose no sangue.
Diabetes mellitus
Aprenda um pouco sobre o diabetes mellitus, uma doença que pode ser bastante grave e gerar complicações se não tiver o acompanhamento adequado.
O diabetes tipo 2 é a mais comum entre os portadores de diabetes
Diabetes tipo 2
Saiba mais sobre as causas, os sintomas e o tratamento da diabetes tipo 2.
Glicose
Aprenda mais sobre a glicose clicando aqui! Neste texto abordaremos as características da glicose e a relação entre os níveis de glicose e a saúde humana.
A diabetes melitus é regulada com a aplicação de insulina.
Glicose e diabetes
Carboidrato, glicose, hipoglicemia, dextrosol, soro glicosado, melitus, insipidus, hiperglicemia, deficiência de insulina, pâncreas, metabolismo da glicose, produção do hormônio insulina, diabético, alterações neurológicas e circulatórias, hormônio antidiurético, disfunção na glândula hipófise.
Um dos sintomas da hiperglicemia é o aumento da fome
Hiperglicemia
Saiba mais sobre o que causa a hiperglicemia, seus sintomas e como é feito seu diagnóstico.
Um exemplo de hormônio é a insulina, que garante a entrada de glicose nas células
Hormônios
Entenda o que são hormônios, substâncias produzidas pelas glândulas endócrinas que garantem a homeostase do corpo.
A insulina é um hormônio produzido no pâncreas
Insulina
Amplie seus conhecimentos sobre a insulina, hormônio produzido em nosso corpo. Neste texto explicaremos o que é a insulina, onde ela é produzida, sua função e sua diferença em relação ao glucagon. Abordaremos ainda um pouco a respeito do diabetes mellitus e os tipos de insulina utilizados no tratamento dessa doença.
Em alguns casos, o pré-diabético apresenta sintomas característicos
Pré-diabetes
O estado intermediário entre índices glicêmicos normais e o diabetes tipo 2.
O sistema digestório garante que os nutrientes dos alimentos sejam absorvidos.
Sistema digestório
Amplie seus conhecimentos sobre o sistema digestório. Neste texto, falaremos sobre os órgãos que fazem parte desse sistema e de algumas funções atribuídas a eles.
Ilustração do corpo humano rodeado das glândulas que compõem o sistema endócrino
Sistema endócrino
Quer aprender mais sobre o sistema endócrino? Clique aqui e entenda o que é esse sistema, as principais glândulas que o compõem e sua função.
video icon
Português
Franz Kafka
Nesta videoaula, você conhecerá um pouco mais sobre a vida e a obra de Franz Kafka, um dos escritores mais importantes do século XX. Confira nossa análise!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas