Whatsapp icon Whatsapp

Thomas Edison

Thomas Edison ficou marcado por ser o inventor da lâmpada incandescente, sendo o responsável também por uma série de outras invenções importantes.
Thomas Edison ficou marcado por ter sido um dos grandes inventores da humanidade.
Thomas Edison ficou marcado por ter sido um dos grandes inventores da humanidade.

Thomas Edison foi um inventor e empreendedor norte-americano que ficou marcado por ser o responsável por uma série de invenções, dentre as quais se destaca a lâmpada incandescente. Diz-se que Thomas Edison foi dono, ao todo, de mais de duas mil patentes de invenções ou de aprimoramentos importantes em diversos aparelhos.

Quando criança, Edison perdeu a audição, aos 12 anos. Ele trabalhou como vendedor e telegrafista. Mais tarde, dedicou-se para se tornar um inventor. Sua primeira invenção foi uma máquina que computava votos, mas ela não fez sucesso. Thomas Edison se casou duas vezes e teve seis filhos.

Leia também: Stephen Hawking — uma das mentes mais brilhantes da atualidade

Resumo sobre Thomas Edison

  • Thomas Edison foi um inventor e empreendedor norte-americano que ficou famoso por suas invenções.

  • Perdeu a audição aos 12 anos de idade.

  • Sua primeira invenção foi uma máquina de computar votos.

  • Sua invenção de maior sucesso foi a lâmpada incandescente, criada em 1879.

  • Teve um embate com Nikola Tesla que ficou conhecido como “guerra das correntes”.

  • Ao fim de sua vida, era dono de mais de duas mil patentes.

  • Faleceu aos 84 anos, após ter um mal súbito.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Biografia de Thomas Edison

Thomas Alva Edison nasceu no dia 11 de fevereiro de 1847 na cidade de Milan, em Ohio. Ele era filho de Nancy Elliott, que trabalhava como professora infantil, e Sam Edison Jr., um canadense que trabalhava como marceneiro nos Estados Unidos. O pai de Thomas Edison se mudou para os Estados Unidos para fugir de uma possível prisão por ter participado de uma revolta em Ontário.

Dentre sete filhos, Edison era o mais novo, sendo também um dos quatro que sobreviveram à infância. Quando criança, ele teve um contato muito limitado com a escola, frequentando-a por um período muito curto. Os conhecimentos básicos que Edison adquiriu na infância foram transmitidos por sua mãe.

Thomas Edison aprendeu a ler e escrever e foi ensinado a entender algumas noções de matemática. No entanto, uma marca muito importante da infância do jovem é que ele tinha uma grande curiosidade pelas ciências e pela mecânica e gastava parte do seu tempo realizando pequenos experimentos.

O inventor perdeu a audição de um de seus ouvidos aos 12 anos de idade. Além disso, teve graves danos no outro ouvido. Isso aconteceu supostamente em consequência de uma escarlatina, embora alguns autores apontem que a perda de audição se deu por conta de infecções de ouvido que não foram corretamente tratadas.

→ Vida profissional de Thomas Edison

Ainda nessa fase, Thomas Edison teve sua primeira experiência de trabalho, ao vender doces, jornais e vegetais em uma estação de trem que conectava Port Huron a Detroit. Quando ele era criança, sua família havia se mudado para Port Huron, local onde o jovem cresceu.

Em 1862, Thomas Edison foi ensinado a manusear um telégrafo. Antes disso, ele havia salvado uma criança de três anos de um acidente. O pai da criança trabalhava como telégrafo e ensinou o ofício para o jovem Edison em agradecimento. No seu tempo livre, ele ainda conduzia experimentos em um laboratório improvisado.

Saiba mais: Albert Einstein — cientista que mudou a forma como se entende o espaço e o tempo

Quais foram as invenções de Thomas Edison?

Aprender a operar um telégrafo possibilitou que Thomas Edison conseguisse um emprego. Em 1866, ele se mudou para Louisville, em Kentucky, para trabalhar como telegrafista. Também residiu em Boston, Massachusetts, em 1868, realizando o mesmo ofício. No começo de 1869, Thomas Edison decidiu se dedicar inteiramente a invenções.

O resultado dessa dedicação foi a criação de uma máquina que registrava votos, sendo essa sua primeira invenção. Ele registrou a patente desse aparelho, que não lhe rendeu nenhum retorno financeiro. Thomas Edison, então, se mudou para Nova York.

Na nova cidade, ele aprimorou um dispositivo que registrava a cotação da bolsa de valores. Esse artefato recebeu o nome de Universal Stock Printer e foi um grande sucesso, utilizado por várias décadas. Ainda em 1869, Thomas Edison formou uma pequena empresa com Franklin L. Pope, chamada de Pope, Edison & Co.

O objetivo dessa empresa era atuar no ramo das invenções e tinha como prioridade realizar melhorias no telégrafo. O trabalho de Edison permitiu que ele desenvolvesse um mecanismo que fazia com que o telégrafo pudesse enviar duas mensagens ao mesmo tempo para diferentes direções. Ele vendeu essa patente por cerca de 10 mil dólares.

O sucesso dos seus negócios permitiu a Thomas Edison a abertura de um novo laboratório em Menlo Park, cidade localizada em Nova Jersey. Nesse local, ele realizou um trabalho intenso que resultou em diversas invenções e no aprimoramento de muitas máquinas já existentes.

Esse laboratório se tornou o primeiro local de pesquisa industrial da história, onde uma série de invenções foram concebidas. A atuação de Thomas Edison em seu novo laboratório fez com que ele ficasse conhecido como “feiticeiro de Menlo Park”. As duas principais invenções realizadas por Edison em seu novo laboratório foram o fonógrafo e a lâmpada incandescente.

Criado em 1877, o fonógrafo era um aparelho que tinha a capacidade de gravar e reproduzir sons. Essa invenção só teve grande repercussão no final do século XIX. A lâmpada incandescente, criada em 1879, foi a invenção mais destacada de Thomas Edison. Ela consistia em uma lâmpada feita por um bulbo de vidro a vácuo contendo um filamento com algodão carbonizado. Quando Edison ligou essa lâmpada à energia elétrica, ela permaneceu acesa por cerca de 40 horas.

Enquanto homem de negócios, Thomas Edison procurou usar toda a sua fortuna para diversificar suas atividades e investiu na criação de uma série de empresas que atuavam em diferentes ramos. Uma dessas empresas foi a National Phonograph Co., que atuava na venda dos seus fonógrafos.

Thomas Edison também foi dono de diferentes empresas que atuavam no ramo da energia elétrica e ficou famoso por se envolver na “guerra das correntes”. Ele travou essa disputa com Nikola Tesla (outro importante inventor, de origem austríaca) em relação a qual corrente elétrica seria utilizada na matriz energética norte-americana.

Tesla defendia a implementação da corrente alternada, enquanto Edison era defensor da corrente contínua. No final, a corrente alternada foi adotada, fazendo com que Thomas Edison saísse derrotado da disputa.

Veja também: Lâmpada fluorescente — um outro modelo de lâmpada

Vida pessoal e últimos anos de Thomas Edison

Acerca de sua vida pessoal, vale destacar que Thomas Edison se casou, em 1871, com Mary Stilwell e teve três filhos com ela, mas Mary faleceu em 1884. Posteriormente, se casou com Mina Miller, em 1886, com quem também teve três filhos. Edison se manteve casado com Mina até o fim de seus dias.

Thomas Edison e George Eastman manuseando uma câmera em 1925.
Thomas Edison e George Eastman manuseando uma câmera em 1925.

A saúde de Thomas Edison decaiu por volta da década de 1920, o que se deu em grande parte por causa da diabetes. Em 14 de outubro de 1931, ele teve um mal súbito e entrou em coma. Faleceu no dia 18 de outubro, com 84 anos de idade.

Thomas Edison ficou marcado por ser um homem extremamente dedicado ao trabalho, e isso é perceptível pelo fato de que ele era dono de mais de duas mil patentes.

  

Publicado por Daniel Neves Silva

Artigos Relacionados

Albert Einstein foi um dos mais importantes cientistas do século XX.*
Albert Einstein
Clique aqui para conhecer a história de Albert Einstein: quem foi e quais foram as suas contribuições para a humanidade.
Alberto Santos Dumont
Acesse e conheça detalhes da vida de Alberto Santos Dumont. Saiba como foi o início da sua vida, sua estadia na Europa e seus feitos na aviação!
Carl Sagan foi um dos maiores divulgadores da Astronomia no século XX *
Carl Sagan
Clique aqui e conheça a vida de Carl Sagan, astrônomo estadunidense do século XX que participou da missão Apollo para mandar o homem à Lua.
Coulomb ficou famoso por ter determinado a equação da Força Elétrica
Charles Coulomb
Clique aqui para conhecer a vida de Charles Coulomb, físico francês que contribuiu para os estudos de Eletricidade e Magnetismo.
Estátua de Torricelli na cidade italiana de Faenza, lugar do nascimento do célebre cientista
Evangelista Torricelli
Clique aqui e conheça um pouco da história do cientista Evangelista Torricelli, o sucessor de Galileu Galilei e criador do barômetro.
Galileu Galilei é reconhecido como um dos maiores físicos e astrônomos de todos os tempos.
Galileu Galilei
Clique e acesse o texto para saber detalhes sobre a vida do importante cientista chamado Galileu Galilei. Entenda por que ele teve problemas com a inquisição.
O experimento de Oersted abriu caminho para o desenvolvimento do eletromagnetismo
Hans Christian Oersted
Conheça a história de Hans Christian Oersted, importante estudioso dinamarquês que abriu caminho para os estudos do eletromagnetismo.
Isaac Newton
Clique e conheça detalhes da vida de Isaac Newton, um dos grandes cientistas da humanidade. Veja quais foram as contribuições que ele deixou como legado.
As principais contribuições de Joule foram em relação à conversão da energia mecânica e da energia elétrica em calor *
James Prescott Joule
Conheça a vida e as descobertas de James Prescott Joule, o filho do cervejeiro que deu inúmeras contribuições para a ciência no século XIX.
As três leis de Kepler explicam a forma como ocorre o “balé” dos planetas ao redor do Sol *
Johannes Kepler
Clique aqui para conhecer a história de vida de Johannes Kepler, um dos maiores nomes da Física e responsável por mudanças profundas na Astronomia.
Nikola Tesla deu importantes contribui&ccedil;&otilde;es para o desenvolvimento de tecnologias relacionadas com a eletricidade<sup>1</sup>
Nikola Tesla
Conheça a história de Nikola Tesla, inventor do controle remoto, lâmpada fluorecente, corrente alternada (AC) e inúmeras outras tecnologias.
A maior contribuição para a Física de Richard Feynman foi o desenvolvimento da Eletrodinâmica Quântica *
Richard Feynman
Clique aqui e conheça um pouco da vida de Richard Feynman, físico estadunidense que descobriu o motivo da explosão da nave Challenger em 1986.
Estudantes aprendendo a manusear um telégrafo no começo do século XX.
Telégrafo
Clique aqui e saiba detalhes acerca do telégrafo, um aparelho utilizado para a comunicação no século XIX. Entenda quando foi inventado e como funcionava.
video icon
Química
Éter
Éteres são compostos orgânicos cujo grupo funcional é caracterizado por um oxigênio que se localiza entre dois carbonos (oxi-ponte). São compostos muito utilizados antigamente como anestésicos. São considerados derivados da água por substituição dos hidrogênios por radicais orgânicos.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas