Whatsapp icon Whatsapp

Cometas

Os cometas são pequenos corpos celestes irregulares formados por diversos materiais, como fragmentos de rochas, poeira e gelo, que se movimentam pelo espaço sideral.
Cometa percorrendo o espaço.
Os cometas são corpos celestes encontrados no Sistema Solar.

Cometas são corpos celestes presentes no espaço sideral que são conhecidos pela sua estrutura de cauda. Eles são formados por materiais como rocha e gelo. A principal característica deles é a sua irregularidade em termos de tamanho e superfície. Os cometas são classificados conforme a sua periodicidade. A estrutura física desses corpos é composta por núcleo, cabeleira e cauda. A observação de um cometa pode ocorrer a olho nu ou com auxílio de instrumentos específicos, como binóculos.

Leia também: Meteoritos — por que esses fragmentos caem do céu?

Resumo sobre cometas

  • Os cometas são corpos celestes de características irregulares formados por pequenos fragmentos de rocha, poeira e gelo.

  • Sua classificação é feita, com base no seu ciclo de ocorrência, em: periódicos e não periódicos.

  • São formados por três partes: o núcleo, a cabeleira e a cauda, que possuem características físicas similares.

  • Sua importância está principalmente ligada à realização de pesquisas científicas e astronômicas.

  • Podem ser observados a olho nu e/ou com o auxílio de instrumentos específicos, como binóculos.

  • O cometa Halley é o mais famoso e conhecido pela ciência. Ele é um cometa periódico, denso e que possui muita luminosidade.

Videoaula sobre cometas

O que são cometas?

Os cometas são corpos celestes, de tamanhos e formatos variados, compostos por pequenos fragmentos de rocha, poeira e gelo. Esses corpos orbitam o Sol por meio da ação gravitacional, logo, percorrem todo o Sistema Solar. Os cometas são conhecidos pela sua formação de cauda, composta por gases e poeira cósmica, interagindo com a luminosidade da luz solar.

A origem dos cometas está especialmente atrelada ao Cinturão de Kuiper e à Nuvem de Oort. Essas duas regiões do espaço sideral reúnem diversos corpos celestes de diferentes tamanhos. Esses corpos orbitam o Sol e possuem várias interações com outros elementos do Sistema Solar.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características dos cometas

As características dos cometas são bastante variáveis em razão das suas diferenças de estrutura e composição. Geralmente, esses corpos celestes possuem uma estrutura irregular, composta por fragmentos de rocha, poeira cósmica e gelo. Os tamanhos dos cometas são distintos, assim como os seus formatos.

Veja também: O que sabemos sobre os buracos negros?

Quais são os tipos de cometas?

Os cometas são classificados conforme a sua periodicidade. Assim, há os chamados cometas periódicos que passam pelo Sistema Solar em determinado período e de maneira cíclica. Já os chamados cometas não perdicos não possuem um ciclo de passagem pelo Sistema Solar, mas sim passam pelo espaço sideral e voltam para o espaço interestelar.

Como os cometas são formados?

Os cometas são formados por três partes: o núcleo, a cabeleira e a cauda. O chamado núcleo de um cometa é formado por material sólido, como rocha, ou por poeira congelada, e corresponde ao centro da estrutura desse corpo celeste. O núcleo está acompanhado de uma espécie de nuvem de poeira cósmica, que recebe o nome de cabeleira. Já a cauda está localizada na porção traseira do cometa e corresponde ao rastro de poeira cósmica deixado pela movimentação do cometa.

Formação da cauda dos cometas

A cauda com a cabeleira são as partes mais reconhecíveis de um cometa, visto que as suas estruturas, formadas especialmente por poeira cósmica, refletem a luz solar. A cauda de um cometa é formada por materiais similares aos do seu núcleo e da sua cabeleira, como rochas, poeira e gelo. Em razão da sua aproximação com o Sol, os materiais que formam a cauda e a cabeleira refletem a radiação solar e produzem uma reação química, formando assim um rastro luminoso. Essa luminosidade do cometa, especialmente da sua cauda, é visível a olho nu da superfície terrestre.

Cometa atravessando um céu estrelado.
A cauda luminosa é uma característica dos cometas.

Cometas mais famosos

O principal cometa descoberto pela ciência é o Halley. Esse é um cometa periódico, caracterizado pela elevada luminosidade, além da ampla densidade. A sua passagem pelo Sistema Solar acontece em torno de 75 anos. Esse cometa foi identificado pelo pesquisador britânico Edmond Halley (1656-1742), que conseguiu provar a sua periodicidade com base em estudos astronômicos e levantamentos históricos.

Além do cometa Halley, outros cometas mundialmente conhecidos são o McNaught, classificado como não periódico e ocorrido em 2007; e o Hale-Bopp, um dos maiores cometas registrados no último século e que é classificado como periódico.

Qual a importância dos cometas?

A importância dos cometas está atrelada, especialmente, às pesquisas científicas e astronômicas feitas com esses corpos celestes, em termos de composição e funcionamento. Essas pesquisas possibilitam o entendimento das características desses corpos e, ainda, auxiliam na construção de respostas sobre a origem dos planetas. Ademais, o estudo sobre os cometas permite aumentar o conhecimento humano sobre as dinâmicas astronômicas.

Como observamos os cometas?

A observação de um cometa pode ocorrer a olho nu. Para tal, é necessário procurar um lugar sem poluição luminosa, de preferência distante de muitas intervenções antrópicas, como cidades e outras localidades com forte iluminação artificial. Ademais, a visualização de um cometa também necessita de condições meteorológicas adequadas, como um céu limpo, e, muitas vezes, da utilização de equipamentos astronômicos adequados, como um binóculo.

Saiba mais: Do que as estrelas são feitas?

Qual a diferença entre cometas, meteoros e asteroides?

Os cometas, meteoros e asteroides são corpos celestes irregulares e de tamanhos variados que percorrem o Sistema Solar. Os cometas, conforme apresentado aqui, são formados por fragmentos de rocha, poeira e gelo. Eles possuem uma estrutura em cauda, que, em razão de processos químicos e da influência da iluminação solar, produz uma luminosidade típica desses corpos celestes.

Por sua vez, os meteoros são pedaços de fragmentos de rochas e outros resíduos espaciais que atingem a superfície terrestre. Já os asteroides são corpos celestes de tamanho diminuto que possuem uma formação rochosa. Para saber mais sobre esse tópico, clique aqui.

Fontes

EMPRESA BRASIL DE COMUNICAÇÃO. Tire suas dúvidas sobre os cometas. Empresa Brasil de Comunicação. Disponível em: https://memoria.ebc.com.br/infantil/voce-sabia/2014/10/saiba-tudo-sobre-os-cometas.

HAMILTON, C. Introdução aos Cometas. UFRGS. Disponível em: http://astro.if.ufrgs.br/solar/comet.htm#:~:text=Cometas%20s%C3%A3o%20corpos%20pequenos%2C%20fr%C3%A1geis,al%C3%A9m%20da%20%C3%B3rbita%20de%20Plut%C3%A3o..

NATIONAL GEOGRAPHIC BRASIL. Cometas: o que são e qual a importância deles?. National Geographic Brasil. Disponível em: https://www.nationalgeographicbrasil.com/espaco/2022/10/cometas-o-que-sao-e-qual-a-importancia-deles.

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

Asteroides
Saiba quais são as principais características dos asteroides. Veja detalhes sobre esses corpos celestes que são parte do conjunto de astros do Sistema Solar.
Cometa Halley
Saiba quais são as principais características do cometa Halley. Entenda as aparições do desse cometa, que é visível a olho nu da superfície do planeta Terra.
Diferença entre cometa, asteroide e meteoro
Acesse o artigo e aprenda a diferenciar cometas, asteroides e meteoros. É comum confundirmos esses três tipos de formações, no entanto, existem algumas diferenças básicas entre elas. Confira quais são as características mais importantes de cada uma dessas interessantes estruturas.
Estrelas
Que tal saber mais sobre as estrelas? Confira o que são, do que são feitas e como é a evolução das estrelas, do seu nascimento ao seu fim.
Estrelas cadentes
Clique aqui e descubra o que são as estrelas cadentes que iluminam o céu noturno da Terra!
Meteorito
Saiba mais sobre os meteoritos clicando aqui! Entenda a diferença entre meteorito, meteoro, cometa e asteroide.
Meteoro
Você sabe o que é um meteoro? Descubra quais são suas principais características, entenda sua classificação e aprenda aspectos das chuvas de meteoros.
NASA
Clique aqui e saiba mais sobre a NASA, agência espacial estadunidense responsável pelo desenvolvimento de equipamentos de aeronáutica e exploração espacial.
Nebulosas
Você sabe o que são nebulosas? Acesse o texto e aprenda como elas são formadas e conheça os diferentes tipos de nebulosas e suas características.
O fim dos dinossauros
As causas que teria motivado a extinção dos grandes répteis.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Número de diagonais de um polígono convexo" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Número de diagonais de um polígono convexo
Nessa aula demonstrarei a fórmula do número de diagonais de um polígono convexo e resolveremos questões modelo.