Whatsapp icon Whatsapp

Meio técnico-científico-informacional

O meio técnico-científico-informacional representa a transformação do meio natural e do meio técnico por meio do aporte de diferentes tecnologias advindas da globalização.
Cientistas em um laboratório tecnológico como representação do meio técnico-científico-informacional.
A união entre ciência e técnica é uma das características do meio técnico-científico-informacional.

O meio técnico-científico-informacional é caracterizado pelo advento das tecnologias oriundas especialmente da terceira fase da industrialização mundial. Esse período, também influenciado pela globalização do planeta, é marcado pelo desenvolvimento da técnica e da ciência. O meio técnico-científico-informacional indica o estágio atual da sociedade e, ainda, uma evolução perante as etapas do meio natural e do meio técnico. O conceito de meio técnico-científico-informacional foi criado e muito debatido pelo geógrafo Milton Santos (1926-2001).

Leia também: Mundialização — o processo marcado pela integração entre as esferas econômica e cultural em nível mundial

Resumo sobre o meio técnico-científico-informacional

  • Refere-se ao atual estágio da sociedade humana, marcado pelo emprego da técnica e pelo desenvolvimento da ciência.

  • Suas características indicam o fluxo constante de informações que transformam o espaço.

  • Seu conceito foi desenvolvido por Milton Santos (1926-2001).

  • Causou grandes impactos, especialmente no meio natural e na sociedade humana.

  • O meio natural representou o estágio inicial da prática das atividades humanas na transformação do espaço geográfico.

  • O meio técnico indicou o estágio intermediário das sociedades humanas na transformação do espaço geográfico.

O que é meio técnico-científico-informacional?

Desenvolvido pelo geógrafo brasileiro Milton Santos (1926-2001), meio técnico-científico-informacional é um termo criado para designar o processo de evolução tecnocientífico da sociedade via transformação do espaço geográfico (toda porção espacial modificada por meio da ação humana). Nesse sentido, o meio técnico-científico-informacional refere-se ao atual estágio da sociedade humana, marcado não somente pelo emprego da técnica como também pelo desenvolvimento de novas formas tecnológicas e científicas de funcionamento da lógica global.

Assim, esse período é fortemente marcado pela produção e reprodução de um espaço geográfico essencialmente artificial, com o estabelecimento de diferentes redes e fluxos que caracterizam as relações econômicas e sociais no mundo. O emprego da técnica, nesse momento atual, dá-se em complementaridade ao meio, baseada essencialmente na grande troca de informações típicas dessa sociedade. O advento do meio técnico-científico-informacional ocorreu após a chamada Terceira Revolução Industrial e é marcado pelo fenômeno da globalização.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características do meio técnico-científico-informacional

As características do meio técnico-científico-informacional perpassam essencialmente pela utilização de um fluxo constante de informações empregadas na transformação do espaço geográfico. Nesse período, para além da utilização da técnica propriamente dita, há um conjunto de descobertas científicas e tecnológicas que permitem, ainda mais, a atuação da sociedade humana no espaço geográfico.

Nesse sentido, o meio técnico-científico-informacional é caracterizado pela ocorrência de uma sociedade extremamente informatizada e tecnológica, com a prevalência dos aspectos artificiais sobre os naturais, destacando-se o papel das tecnologias da informação e da comunicação nas sociedades humanas. Esse período é caracterizado ainda pela prevalência de uma sociedade globalizada, baseada nas modernizações advindas do aperfeiçoamento da industrialização e do desenvolvimento, especialmente, das áreas de ciência e tecnologia, incluindo setores como a informática, a robótica, a biotecnologia, entre outros.

Origem e desenvolvimento do meio técnico-científico-informacional

Jovens cientistas em um laboratório de alta tecnologia, um dos principais elementos do meio técnico-científico-informacional.
O avanço de diferentes tecnologias é uma característica marcante do meio técnico-científico-informacional.

O conceito de meio técnico-científico-informacional foi desenvolvido por Milton Santos (1926-2001), importante geógrafo brasileiro que concentrou seus estudos nas unidades conceituais básicas da ciência geográfica, como espaço, paisagem e território.

Os estudos geográficos desse período, fortemente influenciados pela vertente marxista, procuravam entender o papel da técnica na transformação do espaço. Portanto, a concepção do meio técnico-científico-informacional foi criada em um contexto socioeconômico de vasta transformação da sociedade, tanto do seu meio natural quanto do seu meio técnico, em razão da prevalência de processos como a globalização.

À medida que processos como a urbanização e a industrialização avançaram no mundo, houve uma intensa transformação do espaço geográfico. É justamente esse cenário que é caracterizado por meio do conceito do meio técnico-científico-informacional.

Além disso, a prevalência do capitalismo informacional também contribuiu para esse cenário. O meio técnico-científico-informacional continua sendo objeto de diversos estudos geográficos, na medida em que, cada vez mais, o espaço vem se transformando de forma ativa, tradicionalmente baseado em questões oriundas do meio informacional.

Veja também: Quais são as fases da globalização?

Milton Santos e o meio técnico-científico-informacional

O geógrafo brasileiro Milton Santos (1926-2001) é considerado o idealizador do conceito de meio técnico-científico-informacional. Ele concentrou seus estudos nos conceitos balizadores da ciência geográfica, como o espaço. Assim, por meio da análise das modificações empreendidas no meio natural, e posteriormente técnico, esse estudioso analisou a influências do meio informacional na sociedade e o seu papel na transformação do espaço geográfico.

No mesmo sentido, Santos também elaborou diversos trabalhos sobre o papel das redes e dos fluxos no meio técnico-científico-informacional. Uma de suas obras mais conhecidas sobre a transformação do espaço geográfico nesse contexto é Natureza do espaço (1996).

Efeitos do avanço do meio técnico-científico-informacional

Representação das redes de comunicação da Terra como exemplo de efeito causado pelo meio técnico-científico-informacional.
As redes de comunicação avançaram com o meio técnico-científico-informacional.

O meio técnico-científico-informacional resultou em diversos efeitos nas sociedades humanas:

  • transformação do espaço geográfico;

  • expansão dos sistemas de transporte e comunicação;

  • modernização dos processos industriais;

  • fragmentação da cadeia produtiva global;

  • avanço dos estudos acadêmicos e científicos;

  • distribuição de redes e difusão de diversos fluxos no espaço geográfico.

Ademais, destaca-se que o meio técnico-científico-informacional causou grandes impactos, especialmente no meio natural, que resultaram em questões como o registro de diferentes problemas sociais e ambientais e o desequilíbrio dos sistemas ecológicos terrestres.

O que é meio natural?

O meio natural foi o estágio inicial da prática das atividades humanas no espaço geográfico. Nesse período, a sociedade ainda estava intimamente ligada aos objetos naturais da paisagem, logo, desempenhava atividades estritamente ligadas ao extrativismo e à agropecuária, por exemplo. O meio natural evidenciou a diminuta ação do ser humano no espaço geográfico e, por consequência, a pequena transformação dessa unidade espacial pelas sociedades humanas.

O que é meio técnico?

O meio técnico foi o estágio intermediário das sociedades humanas na transformação do espaço geográfico. Nesse momento, houve o início do emprego da técnica, especialmente em processos como a industrialização e a urbanização, que contribuíram de maneira decisiva para o desenvolvimento das atividades produtivas. Essas inovações permitiram a maior transformação do espaço geográfico bem como a criação de diversos objetos artificiais.

Diferenças entre o meio técnico e o meio técnico-científico-informacional

  • Meio técnico: representou um cenário intermediário do processo de modernização das atividades produtivas humanas, essencialmente ligado às duas primeiras fases da industrialização, nas quais foram registrados avanços em termos tecnológicos e produtivos.

  • Meio técnico-científico-informacional: indica um estágio mais próximo da atualidade, marcado pelo emprego da técnica e também da ciência, que atuam juntas no processo de transformação do espaço geográfico. Esse período atual é caracterizado pelas modernizações oriundas da Terceira Revolução Industrial e também pelo fenômeno da globalização.

Publicado por Mateus Campos
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Cidades e Globalização
Entenda a relação entre cidades e globalização, compreendendo como o meio urbano transforma-se a partir do processo de internacionalização da economia.
Conceito de globalismo
Entenda o que é globalismo, as principais características dessa teoria, suas variações e as principais críticas direcionadas.
Cultura e Globalização
Uma análise sobre como cultura e globalização transformam-se através de suas inter-relações.
Divisão Internacional do Trabalho (DIT)
Divisão Internacional do Trabalho (DIT), O que é a Divisão Internacional do Trabalho (DIT), As características da Divisão Internacional do Trabalho (DIT), Quando teve início a Divisão Internacional do Trabalho (DIT), Os pontos positivos da Divisão Internacional do Trabalho (DIT), A quem interessa a Divisão Internacional do Trabalho (DIT).
Era da Informação
Uma análise sobre as características e dinâmicas principais da Era da Informação ou Era Digital.
Fases da globalização
Saiba quais são as quatro fases da globalização. Veja detalhes sobre as características de cada uma das fases que compõem o processo de globalização.
Globalização
Clique aqui, saiba as principais características do processo de globalização e descubra vantagens e desvantagens dessa integração mundial.
Globalização e meio ambiente
Entenda a relação entre globalização e meio ambiente, bem como os problemas e desafios das sociedades com relação ao espaço natural em nível mundial.
Indústrias
Clique e veja o que são e como se classificam as indústrias. Entenda quais fatores atraem sua presença nas cidades e conheça as principais indústrias do mundo.
O que é Globalização?
Globalização é o processo de mundialização do espaço geográfico.
Terceira Revolução Industrial
Aprenda mais sobre a Terceira Revolução Industrial. Descubra quando começou, quais foram os principais avanços desse período e o que é a Quarta Revolução.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Número de diagonais de um polígono convexo" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Número de diagonais de um polígono convexo
Nessa aula demonstrarei a fórmula do número de diagonais de um polígono convexo e resolveremos questões modelo.