Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Geografia humana
  4. Terceira Revolução Industrial

Terceira Revolução Industrial

A Terceira Revolução Industrial corresponde à terceira fase da Revolução Industrial, também conhecida como Revolução Técnico-científica, iniciada em meados do século XX.

Terceira Revolução Industrial, também conhecida como Revolução Técnico-científica, iniciou-se em meados do século XX, no período Pós-Segunda Guerra Mundial. Compreende o momento de maior avanço tecnológico, que passou a abranger não só o sistema produtivo mas também voltou-se para o campo científico, transformando as relações sociais e o dia a dia da sociedade.

Características

Iniciada na década de 1950, essa fase da Revolução Industrial caracteriza-se especialmente pela inserção da tecnologia no campo científico, atrelando-o à indústria e ao sistema produtivo. Alcançou-se, nesse período, avanços e aprimoramentos tecnológicos até então nunca vistos.

Anteriormente, destacavam-se as indústrias de metalurgia, siderurgia e a indústria automobilística. Na Terceira Revolução Industrial, destacaram-se as indústrias de alta tecnologia, desenvolvendo-se áreas da genética, robótica, informática, telecomunicações, eletrônica, entre outras.

Ao criar uma ponte entre o conhecimento científico e o sistema produtivo, modificou-se a produção, pois passou-se a produzir-se mais em menos tempo, como também a produzir-se bens e produtos antes não imaginados. A mão de obra, nessa fase, qualifica-se e passa a liderar as etapas de produção, comercialização e a gestão das empresas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

As novas invenções possibilitadas pelo avanço tecnológico, além de terem sido úteis durante a Segunda Guerra Mundial, sofreram novas modificações aprimorando-se e assumindo novas funções.

Surgiram novos meios de comunicação e aprimoram-se os antigos; criaram-se novas máquinas e instrumentos utilizados não só na indústria mas também nos laboratórios de pesquisa, e também substituiu-se a mão de obra por robôs que realizam trabalhos mais minuciosos com maior precisão. Assim, a produção elevou-se e os lucros também, na medida em que houve diminuição dos gastos com a manufatura e do tempo que se leva para chegar até o produto final.

Saiba mais: Tipos de indústrias

Consequências

Uma das áreas de maior desenvolvimento durante a Terceira Revolução Industria foi a biotecnologia.
Uma das áreas de maior desenvolvimento durante a Terceira Revolução Industria foi a biotecnologia.

A Terceira Revolução Industrial, além de ter elevado a produção, fez com que esta fosse realizada em menos tempo e em maior escala, mudou também a relação entre as pessoas no mundo todo. As tecnologias inseridas, e que passaram a estar ao alcance da população, modificaram as formas de comunicação. As informações passaram a ser difundidas instantaneamente, alcançando pessoas do mundo todo. O rompimento de barreiras físicas e essa interligação social, econômica, política e cultural ficaram conhecidos como globalização.

Leia mais: Reflexos da globalização no mundo

As invenções criadas nesse período modificaram o campo científico, transformando a medicina por meio da genética, com a criação de medicamentos, novas formas de prevenção, novos tratamentos e novos instrumentos utilizados em laboratórios. Computadores, softwares, o aprimoramento da internet, chips e outros produtos eletrônicos facilitaram a vida de milhares de pessoas e impulsionaram um grande desenvolvimento econômico.

Nessa fase da Revolução Industrial, foram criadas também:

  • Telefonia móvel

  • Foguete de longo alcance

  • Utilização da energia atômica

  • Desenvolvimento da biotecnologia

  • Criação de robôs usados nas indústrias

Saiba também: Evolução dos meios de comunicação

Consolidou-se, nessa época, o que ficou conhecido como capitalismo financeiro. As multinacionais multiplicaram-se, enquanto o crescimento das economias acelerou-se. As indústrias passaram a ser instaladas em diversas regiões no mundo todo, especialmente nas regiões periféricas, considerando as vantagens econômicas oferecidas.

Saiba mais: Revolução Industrial e o início do capitalismo

Contudo, apesar do grande desenvolvimento alcançado, o mundo viu-se diante de uma nova relação entre ser humano e meio. Os recursos naturais passaram a ser explorados de maneira irracional. Muitos encontram-se ameaçados na natureza, o que compromete o suprimento das gerações futuras.

Os problemas ambientais e as mudanças climáticas também são temas de discussão desde o início da Revolução Industrial. O aumento das indústrias acarretou o aumento das emissões de gases poluentes à atmosfera, o que tem provocado o agravamento do efeito estufa e também alguns desastres naturais no mundo todo. Muitos estudiosos apontam que é necessário buscar alternativas sustentáveis de desenvolvimento, a fim de conter as mudanças climáticas, bem como não afetar as próximas gerações.

Outro problema gerado nessa fase está relacionado à desvalorização da mão de obra. A substituição do ser humano pela máquina provocou desemprego, excesso de mão de obra barata e, consequentemente, sua exploração. Surgiram então novas relações de trabalho entre empregadores e empregados, na medida em que também houve o aumento do número de empregos informais.

Países da Terceira Revolução Industrial

Como já dito, a Revolução Industrial, em sua primeira fase, limitava-se à Inglaterra. Na segunda fase dela, o avanço tecnológico começou a expandir-se para outros países da Europa Ocidental, até que, na Terceira Revolução Industrial, alcançou países como Japão, Alemanha, Estados Unidos e, posteriormente, espalhou-se no mundo todo.

Leia também: Pioneirismo inglês na Revolução Industrial

Na fase da Terceira Revolução Industrial, é válido dizer que, por ter compreendido o período Pós-Segunda Guerra Mundial, muitos países encontravam-se devastados. Os Estados Unidos, com o Plano Marshall, ofereceram ajuda financeira a esses países que buscaram desenvolver-se, a fim de consolidarem-se como grandes economias, priorizando setores da educação e tecnologia.

Revolução Industrial

A Revolução Industrial representou um período iniciado na Europa, especialmente na Inglaterra. Correspondeu aos inúmeros avanços tecnológicos agregados ao sistema produtivo que revolucionou a indústria e impulsionou o desenvolvimento econômico. Esse período, que, antes, limitava-se aos ingleses, alcançou outras nações, como Estados Unidos, Japão e Alemanha, e, mais tarde, avançou para o mundo todo.

Podemos dividir a Revolução Industrial em fases:

Não obstante, é valido ressaltar que esse período não teve rupturas. As fases representam apenas os avanços alcançados quanto à evolução da tecnologia e às invenções que mudaram o modo de viver das civilizações. Para saber mais sobre esse assunto, leia nosso texto: Revolução Industrial.

Quarta Revolução Industrial

A Quarta Revolução Industrial é caracterizada pela criação de robôs que foram inseridos no processo produtivo.
A Quarta Revolução Industrial é caracterizada pela criação de robôs que foram inseridos no processo produtivo.

Muitos já falam na Quarta Revolução Industrial, também conhecida como Indústria 4.0. Essa nova fase da Revolução Industrial representa, segundo o Fórum Econômico Mundial, a transição dos avanços tecnológicos vivenciados na terceira fase para os novos sistemas relacionados à revolução digital. Contudo, a Quarta Revolução Industrial não é considerada uma extensão da Terceira, considerando que sua velocidade, seu alcance e seus impactos são diferentes.

A principal característica dessa fase é a automatização total das fábricas por meio dos sistemas ciberfísicos, marcados pela introdução de nanotecnologia, neurotecnologia, inteligência artificial, robôs, impressão 3D, biotecnologia e outras tecnologias jamais vistas. Essa nova realidade já é, segundo o Fórum, vivenciada em países como a Noruega, Finlândia, Estados Unidos, Holanda, Israel e Cingapura.

Terceira Revolução Industrial é marcada pelo emprego de alta tecnologia nas indústrias.
Terceira Revolução Industrial é marcada pelo emprego de alta tecnologia nas indústrias.
Publicado por: Rafaela Sousa
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

Assinale quais dos procedimentos abaixo mencionados NÃO fazem parte dos avanços produzidos pela Terceira Revolução Industrial:

a) biotecnologia

b) automação industrial

c) uso de combustíveis fósseis

d) química fina

e) robótica

Questão 2

Tirinha sobre as evoluções tecnológicas contemporâneas
Tirinha sobre as evoluções tecnológicas contemporâneas

A tirinha acima reproduz uma crítica recorrentemente direcionada aos impactos gerados pela Terceira Revolução Industrial, dos quais podemos assinalar:

a) A excessiva capacidade de memória dos aparelhos industrializados.

b) A superioridade do desempenho dos produtos face à capacidade humana.

c) A alienação gerada pelas facilidades promovidas pelas tecnologias.

d) O processo de substituição do homem pela máquina no campo produtivo industrial.

e) O desequilíbrio entre o excesso de informações e a incapacidade de armazená-las.

Mais Questões
Assuntos relacionados
Avenida Paulista em 1920, São Paulo.
Transformação no espaço geográfico
O que é e como se dá a transformação no espaço geográfico.
Nas bolsas de valores acontece um grande fluxo de capitais.
Os fluxos de capitais
Transações financeiras por meio do comércio de ações, títulos, moedas entre outras.
Favela paulista: uma expressão do subdesenvolvimento no espaço geográfico
O que é subdesenvolvimento?
O subdesenvolvimento, seus conceitos, suas causas e características.
A produção de automóveis é o principal exemplo atual da automação industrial
Automação da produção industrial
O processo de automação industrial e suas consequências na economia e no mundo do trabalho.
As redes de tecnologias, dados e informações ampliam-se na era da informação
Era da Informação
Uma análise sobre as características e dinâmicas principais da Era da Informação ou Era Digital.
A sociedade tecnológica é a expressão do meio técnico-científico-informacional
Meio Técnico-Científico-Informacional
Os processos de transformação do espaço geográfico: do meio natural ao meio técnico-científico-informacional.
Bitcoin, uma criptomoeda ou moeda virtual
Bitcoin
Saiba mais sobre o Bitcoin, o “dinheiro da internet”, e entenda suas vantagens e desvantagens.
O capitalismo informacional estrutura-se na relação entre tecnologia, capital e conhecimento
Capitalismo Informacional
Entenda o que é o capitalismo informacional, seus principais aspectos e efeitos sobre a sociedade e seu espaço geográfico.
Taylorismo
Você sabe o que é taylorismo? Veja como esse modo de organização do sistema produtivo, criado por Frederick Taylor, revolucionou a produção industrial no mundo.
Indústrias
Clique e veja o que são e como se classificam as indústrias. Entenda quais fatores atraem sua presença nas cidades e conheça as principais indústrias do mundo.
Globalização: interligação econômica, política, social e cultural
Globalização
O processo de internacionalização do mundo.
A sociedade atual encontra-se em um estágio altamente consumista
O Capitalismo e a Sociedade de Consumo
Entenda o que é a sociedade de consumo, como ela se estrutura e as principais críticas direcionadas a esse modelo de desenvolvimento.
A máquina a vapor aumentou a produção de carvão
Revolução Industrial
Revolução Industrial, Primeira Revolução Industrial, Segunda Revolução Industrial, Terceira Revolução Industrial, Revolução Técnico-Científica.
Brasil, um país com potencial turístico
Turismo
Turismo, O que é Turismo, Como surgiu o Turismo no mundo, Como se desenvolve o Turismo, Qual é a principal finalidade do Turismo, A indústria do Turismo, O Turismo no mundo, Turismo e renda.
A atuação da ONU no mundo
A influência da ONU
A influência da ONU, O que significa a sigla ONU, Qual é a finalidade da ONU, A influência da ONU nas guerras, A influência da ONU nas catástrofe, A influência da ONU e as instituições supranacionais.
Os portos é o principal centro de exportação e importação.
Balança Comercial
Balança Comercial, O que é uma Balança Comercial, Balança Comercial positiva, Balança Comercial negativa, A Balança Comercial do passado, A importância de uma Balança Comercial positiva.
A evolução nos equipamentos produtivos foi indispensável durante a Segunda Revolução Industrial.
Segunda Revolução Industrial
Segunda Revolução Industrial, O que foi a Segunda Revolução Industrial, Quando teve inicio a Segunda Revolução Industrial, Quais fatos marcaram a Segunda Revolução Industrial, O que impulsionou a Segunda Revolução Industrial.
A influência geopolítica exercida pelos Estados Unidos e a União Soviética
Mundo Bipolar
A atuação de duas superpotências na política mundial.