Whatsapp icon Whatsapp

Inequações trigonométricas: senx > k

As inequações trigonométricas são desigualdades que apresentam, pelo menos, uma razão trigonométrica cuja incógnita é um arco expresso em radianos. Um exemplo é senx > k.
É possível solucionar inequações trigonométricas com o auxílio do ciclo trigonométrico
É possível solucionar inequações trigonométricas com o auxílio do ciclo trigonométrico

Inequações trigonométricas são desigualdades que possuem, pelo menos, uma razão trigonométrica, em que a incógnita é um arco expresso em radianos. As inequações fundamentais da Trigonometria são seis: senx > k, senx < k, cosx > k, cosx < k, tgx > k e tgx < k.

Toda inequação trigonométrica pode ser reduzida a uma dessas inequações fundamentais, portanto, saber resolver essas inequações é essencial. Neste artigo, resolveremos a inequação fundamental senx > k, fazendo uso do ciclo trigonométrico, e chegaremos a uma fórmula de solução para toda inequação nesse formato.

Para compreender a solução dessa inequação, é preciso conhecer alguns detalhes a respeito do ciclo trigonométrico.

Ciclo trigonométrico

O ciclo trigonométrico é uma circunferência de raio 1, cujo centro está na origem C de um plano cartesiano. Sobre essa circunferência, é possível determinar todas as medidas de seno, cosseno e tangente de qualquer ângulo, fazendo uso, para isso, dos eixos do plano cartesiano e do eixo construído das tangentes.

No ciclo, o eixo x do plano cartesiano é chamado eixo dos cossenos; o eixo y é o de eixo dos senos e o eixo das tangentes é uma reta paralela ao eixo y, que passa pelo ponto A (1, 0).

Para construir um ângulo qualquer no ciclo, é simples: o vértice desse ângulo é o centro C do ciclo, e um dos lados desse ângulo é o segmento CA. O segundo lado desse ângulo gira no sentido anti-horário percorrendo toda a circunferência, de modo que uma volta completa representa 360°, meia volta, 180°, e assim por diante.

Um exemplo de ângulo α no ciclo trigonométrico é o seguinte:

Na imagem acima, o ponto D é a projeção ortogonal do ponto B sobre o eixo dos cossenos, e o ponto E é a projeção de B sobre o eixo dos senos. Sendo assim, o ângulo entre BD e CD é reto, e o segmento BD tem o mesmo comprimento que o segmento EC. A medida do segmento EC (que está sobre o eixo dos senos) é exatamente a medida do seno de α, pois o segmento EC está relacionado a esse ângulo pelo ciclo trigonométrico.

Além disso, o arco menor AB, em radianos, é a outra medida que está relacionada ao seno de α.

Solução da inequação senx > k

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Para encontrar o conjunto de soluções da inequação senx > k, marque o ponto k no eixo dos senos do ciclo trigonométrico. Primeiramente, analisaremos o caso em que 0 ≤ k < 1. Lembre-se de que os limites para os valores de k são – 1 e 1 devido ao raio do ciclo trigonométrico.

Com o ponto k marcado sobre o eixo dos senos, faça a reta paralela ao eixo x que passa por k e marque os pontos de encontro dela com o ciclo. Por esses pontos, construa os ângulos correspondentes aos arcos α e β.

Observe que meia volta é igual a π. Por isso, subtraindo α de π, teremos um valor equivalente à medida do ângulo β. Assim, as medidas, em radianos, dos ângulos formados são α e π – α. A figura abaixo ilustra essa construção.#

Observe que ambos os ângulos estão relacionados ao mesmo valor de seno, que é o senx. Esses dois ângulos são as extremidades do intervalo que contém todos os ângulos cujo seno é maior do que k. Esses ângulos estão relacionados aos valores entre k e 1 no eixo dos senos. Note também que os arcos relacionados a esses valores têm início no ponto A e findam em qualquer ponto dentro do arco menor BE, como mostra a imagem a seguir.

Assim, a solução para a inequação senx > k é o intervalo constituído pelo arco menor que vai do ponto A até o ponto B, que pode ser descrito da seguinte maneira:

S = {xER| α < x < π – α}

No caso em que – 1 ≤ k < 0, os ângulos formados na construção serão: π + α e 2π – α, portanto, o conjunto de soluções será:

S = {xER| 2π – α < x < 2π ou 0 < x < π + α}

Essas soluções são válidas apenas para a primeira volta. A partir da segunda volta, será necessário somar a parcela 2kπ em cada uma das medidas de arcos.

Publicado por Luiz Paulo Moreira Silva

Artigos Relacionados

Cálculo das razões trigonométricas
Utilizando as relações seno, cosseno e tangente no triângulo retângulo.
Exemplos de círculos coloridos
Círculo e circunferência
Entenda a diferença entre círculo e circunferência, além de algumas propriedades e definições básicas que envolvem essas figuras geométricas!
Ferramentas usadas para medir e construir ângulos no círculo trigonométrico
Círculo trigonométrico
Clique para aprender o que é um círculo trigonométrico, como construí-lo e o modo como o seno e o cosseno são marcados sobre ele.
Equações trigonométricas do tipo sen x = sen y e cos x = cos y
Resolvendo equações trigonométricas
Plano cartesiano
Conheça o que é o plano cartesiano e qual a sua função. Saiba também como montar e marcar pontos nele.
Razões Trigonométricas no Triângulo Retângulo - 30º, 45º e 60º
Tabela de razões trigonométricas.
Razões trigonométricas
Veja quais são as principais razões trigonométricas e exemplos de problemas que cobram esse tipo de conteúdo. Conheça também os ângulos notáveis.
Relações Trigonométricas Fundamentais
Determinando o valor de ângulos de acordo com as relações fundamentais.
Segmento de reta que começa em A e vai até B
Retas
Confira as principais ideias que envolvem retas e algumas propriedades básicas dessa figura geométrica!
O círculo trigonométrico representa medidas de seno, cosseno e tangente
Seno, cosseno e tangente
Clique e aprenda o que é seno, cosseno e tangente, além de conferir alguns exemplos dessas razões trigonométricas!
Trigonometria: razões entre os lados de um triângulo retângulo relacionadas com um de seus ângulos
Tabelas de razões trigonométricas
Clique para aprender a utilizar tabelas de razões trigonométricas e para descobrir os valores de seno, cosseno e tangente para ângulos agudos!
Ângulos notáveis e alguns instrumentos que os representam
Ângulos
Clique para aprender o que são ângulos, como medi-los e algumas características dos ângulos notáveis.
video icon
Filosofia
Relativismo moral
Uma posição relativista é aquela que entende que não há um padrão certo e seguro para determinar-se o valor de qualquer asserção, seja ela moral, seja ela epistemológica etc. O relativismo moral é a aplicação disso na ética: existe certo e errado ou é tudo uma questão de perspectiva cultural? Assista a nossa aula e descubra!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas