Procariontes

O Reino Monera compreende os seres procariontes. Entretanto, a expressão citada se encontra cada vez em desuso, uma vez que atualmente compreende-se que os organismos classificados neste reino não possuem grau de parentesco tão próximo quanto se imaginava. Assim, os reinos Archaea e Bactéria compreendem os procariontes antes considerados reino Monera.

Mais recentemente, foi proposta uma classificação na qual os seres vivos são divididos em três domínios: Arquea, Bacteria e Eukarya, nos quais unicamente os dois primeiros possuem esses representantes.

Assim, como são seres unicelulares, descrever a estrutura dos seres do Arquea e Bactéria é a própria descrição da célula procarionte, cuja forma simples é, em geral, esférica ou em bastonete, mas pode também ser em bastonete curto ou hélice, podendo formar colônias.

Assim, procariontes possuem como envoltório cápsula, parede (constituída de peptidioglicanos) e membrana citoplasmática sem esteróis – essa pode formar invaginações ou dobras, chamadas mesossomos. A respiração se dá pela membrana citoplasmática, o cromossomo fibrilar é único, citoesqueleto ausente e núcleo disperso no citoplasma - sua característica mais conhecida, uma vez que não possui uma membrana envolvendo os cromossomos.

Sobre o citoplasma, esse possui apenas DNA circular que não se condensa e tampouco é ligado a proteínas, ribossomos e grãos de glicogênio. Pode haver, ainda: moléculas menores de DNA, chamadas plasmídeos e flagelos, que auxiliam na locomoção. Pêlos também podem ocorrer, auxiliando no ajustamento do indivíduo às células do hospedeiro e na conjugação, uma vez que não se dividem por mitose. Sobre isso podemos dizer que os procariontes se reproduzem assexuadamente por conjugação, divisão binária e transdução.

As células que realizam fotossíntese possuem algumas membranas associadas aos pigmentos responsáveis pela captação de energia luminosa e são denominadas autotróficas, assim como as que usam a energia química para produzir compostos orgânicos. Entretanto, a maioria dos indivíduos procariontes são heterotróficos por absorção, realizando vários tipos de fermentação e vários tipos de respiração.

Alguns procariontes podem causar doenças em humanos. São elas: botulismo, cólera, coqueluche, difteria, febre maculosa, hanseníase, leptospirose, meningite, pneumonia, sífilis, tétano e tuberculose.
 
Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia
Escherichia coli
Escherichia coli
Publicado por: Mariana Araguaia de Castro Sá Lima
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

Sabemos que todos os organismos com célula procariótica estão agrupados em um único reino. Entre as alternativas a seguir, indique aquela em que aparece o nome desse reino.

a) Reino Monera.

b) Reino Protoctista.

c) Reino Fungi.

d) Reino Plantae.

e) Reino Animalia.

Questão 2

As bactérias são organismos procariontes, ou seja, que não possuem núcleo organizado. Essa característica acontece como consequência da ausência de:

a) membrana plasmática.

b) parede celular.

c) carioteca.

d) cariótipo.

e) DNA.

Mais Questões
Assuntos relacionados
A descoberta da célula foi fundamental para o rumo dos estudos em Biologia
Descoberta da célula
Conheça como ocorreu a descoberta da célula e entenda o porquê desse termo.
Osmose é um processo de movimentação da água através de uma membrana semipermeável.
Osmose
Aprenda um pouco mais a respeito da osmose, processo que envolve a movimentação de solvente por uma membrana semipermeável. Neste texto, aprenderemos a definição desse processo e conheceremos como a osmose atua nas células animais e vegetais. Além disso, conheceremos um exemplo de osmose que acontece no nosso dia a dia.
Plasmídeo é uma molécula de DNA extracromossômica
Plasmídeos
Entenda o que são plasmídeos e sua importância para as bactérias e para os seres humanos.
As bactérias são organismos sem núcleo definido
Nucleoide
Você já ouviu falar sobre o nucleoide? Clique aqui e entenda o que é essa região encontrada em células procariontes.
As cobras são organismos eucariontes, portanto, estão agrupadas no domínio Eukarya
Três domínios
Conheça a classificação dos seres vivos em três domínios e compreenda como o seu surgimento afetou a divisão em cinco reinos.
Diferença entre células procarióticas e eucarióticas
Você sabe a diferença entre células procarióticas e eucarióticas? Clique aqui e amplie seus conhecimentos sobre esses dois tipos celulares e conheça suas diferenças.
Os ácidos nucleicos foram, a princípio, identificados no núcleo das células
Estrutura dos ácidos nucleicos
Conheça os ácidos nucleicos, seus tipos, estrutura e constituição.
De acordo com a teoria celular, todos os seres vivos são compostos por células
Teoria Celular
Você já ouviu falar a respeito da teoria celular? Clique aqui e descubra por que essa teoria é tão importante para a Biologia!
A vista frontal da estrutura ciliar.
Cílios e Flagelos
Confira aqui as principais características e funções dos cílios e flagelos!
Cadeia Respiratória
Processo que gera fluxo transmembranar de prótons H+, produzindo energia (ATP).
O transporte de substâncias através da membrana
Transporte Membranar de substâncias
O deslocamento de substratos efetivados pelas células.
Evolutivamente uma estrutura que proporcionou maior complexidade entre os organismos.
O Núcleo da Célula
Núcleo, Eucariontes, Membrana, Cromossomo, Nucléolo, Nucleoplasma, Cariolinfa, Robert Brown, Mononucleadas, Binucleadas, Multinucleadas, Anucleadas, Poros nucleares, Núcleo interfásico.
Robert Hooke: uma vida entregue às mais diversas faces da ciência.
Robert Hooke
Robert Hooke, Hooke, Sir Peter Leiy, Westminster School, Universidade de Oxford, Dr. Busby, Robert Boyle, bomba de ar, pressão e volume dos gases, Denis Papin, panela de pressão, Lei de Hooke, Issac Newton, leis gravitacionais, Royal Society.
Camilo Golgi – Prêmio Nobel de Medicina e Fisiologia em 1906
Complexo Golgiense
Clique aqui e compreenda em que consiste o Complexo de Golgi.