Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Ecologia
  4. Poluição

Poluição

A poluição pode ser definida, de maneira simplificada, como alterações no ambiente que podem provocar prejuízos aos seres vivos daquele local bem como aos seres humanos e suas atividades econômicas. A poluição pode causar alterações físicas, químicas ou biológicas no meio e pode ser consequência, por exemplo, da ação humana.

Existem diferentes tipos de poluição, destacando-se a atmosférica, a da água e a do solo. Apesar de ser fundamental a criação de políticas públicas que garantam a proteção do meio ambiente, todos nós podemos fazer nossa parte para evitar a poluição, reduzindo, por exemplo, o nosso consumo e garantindo o descarte adequado do lixo.

Leia também: Problemas ambientais brasileiros – queimadas, desmatamentos e assoreamento

O que é poluição?

Poluição é um termo utilizado, de maneira geral, para referir-se a modificações prejudiciais que ocorrem no meio ambiente. Essas modificações ocorrem devido à introdução de substâncias ou energia no meio ambiente que causam prejuízos ao ecossistema e também à saúde humana. Na literatura, autores definem poluição de diversas maneiras, apresentando divergências, por exemplo, sobre o agente causador da poluição, se esta poderia ocorrer somente devido à ação humana ou se fontes naturais também poderiam desencadeá-la. 

A poluição ameaça a fauna e a flora de uma região, podendo provocar até mesmo a extinção de espécies.
A poluição ameaça a fauna e a flora de uma região, podendo provocar até mesmo a extinção de espécies.

Apresentaremos, a seguir, uma dessas definições, a qual é apresentada na Lei nº 6.938, de 31 de agosto de 1981, que dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente. De acordo com esse dispositivo, entende-se por poluição

“[…] a degradação da qualidade ambiental resultante de atividades que direta ou indiretamente:

a) prejudiquem a saúde, a segurança e o bem-estar da população;

b) criem condições adversas às atividades sociais e econômicas;

c) afetem desfavoravelmente a biota;

d) afetem as condições estéticas ou sanitárias do meio ambiente;

e) lancem matérias ou energia em desacordo com os padrões ambientais estabelecidos.”

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Causas da poluição

A poluição pode ocorrer como consequência de diferentes processos, tanto naturais quanto antrópicos. Dentre os processos naturais que podem provocar poluição, podemos citar as erupções vulcânicas, que lançam uma grande quantidade de gases e partículas na atmosfera. No que diz respeito a ação humana, essa se destaca como a principal fonte de poluentes. Algumas das ações humanas que podem provocar poluição são:

Leia também: A despoluição de um rio é possível?

Tipos de poluição

A poluição pode ser causada por diferentes poluentes bem como afetar diferentes ambientes. A seguir, vamos conhecer alguns dos principais tipos de poluição.

Indústrias são responsáveis por lançar na atmosfera uma grande quantidade de poluentes.
Indústrias são responsáveis por lançar na atmosfera uma grande quantidade de poluentes.
  • Poluição do ar: também chamada de poluição atmosférica, ocorre quando temos a liberação de materiais que causam alterações na composição do ar, tais como gases emitidos por carros e indústrias. A poluição atmosférica está relacionada com diversos problemas de saúde, como asma, pneumonia, rinite, câncer de pulmão e acidente vascular cerebral. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 93% das crianças do planeta com menos de 15 anos (1,8 bilhão) respiram ar tão poluído que têm sua saúde e desenvolvimento expostos a graves riscos.
  • Poluição da água: a água pode ser poluída de diversas formas, como por meio do despejo de resíduos domésticos e industriais no ambiente aquático. Esse tipo de poluição pode afetar todas as espécies que ali vivem bem como os organismos que consomem aquela água, como os seres humanos. A água poluída por mercúrio, por exemplo, se consumida pelo homem, pode provocar danos cerebrais, alterações neurológicas, má formação fetal e até mesmo a morte.
  • Poluição do solo: pode ocorrer, por exemplo, devido ao acúmulo de lixo no ambiente, às atividades agrícolas e ao despejo de esgoto diretamente no solo. A poluição do solo pode ser responsável, por exemplo, por afetar a composição natural do solo, dificultando o crescimento de espécies vegetais.
Os lixões são responsáveis por causar a poluição do solo, além de provocar grande mal cheiro e atrair vetores de doenças.
Os lixões são responsáveis por causar a poluição do solo, além de provocar grande mal cheiro e atrair vetores de doenças.
  • Poluição visual: é causada pela colocação excessiva de cartazes, banners, placas, faixas, outdoors e letreiros luminosos no ambiente urbano. Apesar de não causar problemas de saúde facilmente perceptíveis na população, esse tipo de poluição pode ser prejudicial por provocar cansaço visual e ser uma distração para pedestres e motoristas ao trafegarem pelas ruas e avenidas, sendo responsável, portanto, pelo aumento do número de acidentes de trânsito.
  • Poluição sonora: é causada pelo excesso de ruídos no ambiente. Esse tipo de poluição afeta negativamente a vida de um indivíduo, podendo provocar, por exemplo, irritabilidade, dificuldade de concentração, dores de cabeça, distúrbios do sono e até mesmo prejuízos à audição.

Leia também: Poluição do ar e a saúde humana

O que podemos fazer para diminuir a poluição?

A poluição ambiental é um problema grave que coloca a saúde de várias pessoas em risco todos os dias. Para amenizá-la, é fundamental uma ação conjunta entre população e governantes. Os governos devem assegurar que as leis ambientais sejam aplicadas, garantindo a fiscalização e cumprimento desses dispositivos. A população deve fazer também sua parte, respeitando a legislação e adotando atitudes diárias que minimizem seus impactos negativos no meio. Podemos reduzir a poluição ambiental, por exemplo, adotando os seguintes hábitos:

Reciclar é fundamental para reduzir-se a quantidade de lixo produzida e, consequentemente, a poluição
Reciclar é fundamental para reduzir-se a quantidade de lixo produzida e, consequentemente, a poluição.
  • Separar o lixo orgânico do reciclável;
  • Evitar o consumismo;
  • Descartar lixo apenas nas lixeiras, nunca o jogando no chão, nos parques e areias das praias, por exemplo;
  • Não jogar lixo em terrenos abandonados, mesmo que o local esteja cheio de produtos descartados;
  • Procurar os postos de coleta para descarte de pilhas e baterias;
  • Diminuir o uso de carros;
  • Não realizar queimadas;
  • Evitar o consumo de plásticos e produtos descartáveis.
Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

O derramamento de petróleo no mar é um problema ambiental grave que merece atenção. Um dos piores vazamentos de petróleo que já ocorreram no planeta foi no Golfo do México, em 2010, onde cerca de cinco milhões de barris de petróleo foram lançados nas águas. Baseando-se nos seus conhecimentos sobre o tema, marque a única alternativa que não indica uma consequência da poluição no mar por petróleo.

a) Morte de várias espécies de peixes.

b) Diminuição da pesca na região.

c) Contaminação de ecossistemas de transição entre o ambiente marinho e terrestre, como mangues.

d) Aumento da taxa de fotossíntese das algas.

e) Morte de aves marinhas.

Questão 2

Existem diversos tipos diferentes de poluição, sendo todos prejudiciais ao meio ambiente. Algumas poluições, no entanto, são pouco lembradas, como é o caso da poluição desencadeada quando o volume de determinado som é superior àqueles considerados normais. Analise as alternativas abaixo e marque o nome desse tipo de poluição:

a) térmica.

b) atmosférica.

c) ruidosa.

d) visual.

e) sonora.

Mais Questões

Artigos de "Poluição"