Whatsapp icon Whatsapp

Lixo

O lixo é qualquer tipo de resíduo, seja de origem orgânica ou inorgânica, fruto de descarte, especialmente advindo do desenvolvimento de atividades humanas e produtivas.
Pessoa colocando um saco com lixo dentro de uma lixeira.
O lixo corresponde a um conjunto de materiais que são descartados cotidianamente.

  O lixo é formado por materiais de diferentes origens que são descartados por meio das atividades humanas. Tradicionalmente, o volume de lixo aumentou consideravelmente ao longo da história, em razão do incremento tecnológico da sociedade. Há diversos tipos de lixo, que são classificados conforme a origem do seu material.

Graves consequências ambientais e sanitárias à população são geradas pelo lixo. A coleta de lixo é um serviço especializado no recolhimento desse material. O tratamento do lixo — como, por exemplo, por meio da reciclagem — é uma importante alternativa para solucionar os problemas gerados pelo lixo.

Leia também: Tempo de decomposição dos diferentes tipos de lixo

Resumo sobre lixo

  • O lixo é um conjunto de materiais, de origem orgânica ou inorgânica, que são descartados pela população.

  • O avanço da tecnologia proporcionou a criação de diversos materiais artificiais que são geradores de lixo.

  • O lixo é comumente classificado conforme a sua origem em doméstico, industrial, hospitalar, agrícola, eletrônico e radioativo.

  • A deposição incorreta do lixo gera graves problemas ambientais e recorrentes problemas de saúde para a população.

  • A coleta de lixo é uma forma de recolhimento desse material que permite a sua destinação correta.

  • O tratamento do lixo é um serviço realizado por meio de aterros sanitários ou centros de reciclagem.

  • São soluções para o problema do descarte incorreto do lixo a reciclagem, a compostagem e a incineração.

O que é lixo?

Lixo é qualquer tipo de resíduo, produzido por meio das atividades humanas e/ou por elementos do meio natural, que é descartado. O lixo é comumente chamado de resíduo sólido ou ainda de rejeito, sendo formado por um conjunto de materiais, de origem orgânica ou inorgânica, que, no geral, podem ser reaproveitados e reciclados.

Qual a origem do lixo?

A geração do lixo iniciou-se especialmente a partir da fixação do ser humano no espaço geográfico. Nesse momento histórico, o homem passou a buscar diversos instrumentos para auxiliá-lo no desenvolvimento das atividades produtivas. Assim, foram criadas diversas ferramentas e utensílios que eram substituídos e descartados após determinado tempo de uso.

Com a chegada da modernidade e o avanço da tecnologia, foram sendo criados, cada vez mais, diferentes materiais artificiais para auxiliar nas atividades cotidianas. Essa realidade ficou marcada pelo desenvolvimento de momentos históricos como a industrialização e a urbanização, que culminaram em uma ampla produção de materiais artificiais que, após o uso, eram descartados de forma recorrente, gerando assim grandes quantidades de lixo.

Um exemplo dessa realidade é a invenção do plástico e sua ampla utilização, que culminou na geração de muitas toneladas de lixo inorgânico. Essa realidade continua até os dias atuais, com o advento de cenários como a globalização, que aumentou as trocas comerciais globais e, por consequência, ampliou o volume de lixo produzido pela sociedade mundial.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Tipos de lixo

Há uma grande diversidade de tipos de lixo, que são classificados conforme a sua origem. Os tipos mais comuns de lixo são:

  • Lixo doméstico: é o conjunto de resíduos que são produzidos pelos indivíduos em suas residências, além de unidades comerciais e de serviços.

  • Lixo industrial: é formado pelos resíduos que são produzidos pelas indústrias, logo inclui uma diversidade de materiais, inclusive tóxicos.

  • Lixo hospitalar: é o lixo oriundo de unidades de saúde diversas, sendo bastante perigoso, já que pode, por exemplo, estar contaminado com patógenos.

  • Lixo agrícola: é o lixo proveniente de unidades de produção agropecuária, que contempla, por exemplo, materiais tóxicos, como embalagens de agrotóxicos.

  • Lixo eletrônico: é uma categoria específica de lixo que cresceu muito nos últimos anos, a qual equivale a equipamentos eletrônicos diversos descartados.

  • Lixo radioativo: é um tipo bastante particular de lixo, oriundo de materiais radioativos, que é considerado perigoso em razão da sua toxicidade.

Veja também: Plástico biodegradável — uma alternativa mais ecológica ao plástico comum

Consequências do lixo para o meio ambiente

Os resíduos descartados de forma incorreta no espaço geográfico impactam diretamente as diferentes fontes de recursos naturais. São exemplos de impactos provocados pelo lixo no meio ambiente:

 Tartaruga nadando junto de resíduos plásticos e garrafas, em águas poluídas pelo lixo.
A presença de lixo nas águas oceânicas é um grave problema ambiental da atualidade.

Consequências do lixo para a saúde humana

O lixo, além de todo o impacto gerado no meio ambiente, também provoca graves problemas para a saúde humana, como:

  • poluição da água potável para consumo;

  • contaminação de alimentos cultivados próximo aos lixões;

  • geração de poluição visual e do ar;

  • proliferação de diversas doenças que tenham vetores presentes no lixo;

  • perda da qualidade de vida local.

Coleta de lixo

A coleta de lixo é um serviço, de origem pública ou privada, que é responsável por coletar e destinar de forma correta os resíduos sólidos produzidos por diversas fontes. No Brasil, por exemplo, esse tipo de serviço é tradicionalmente realizado pelas prefeituras, logo sendo custeado pelos impostos pagos pela população.

Essa coleta pode ser tradicional, comumente adotada em vários municípios, ou seletiva, quando há certa separação prévia do lixo coletado, seja pelos próprios moradores ou ainda por usinas de triagem. A coleta do lixo é fundamental para o evitamento do descarte incorreto desses resíduos e contribui de maneira afirmativa para evitar problemas ambientais e de saúde pública.

Saiba mais: Diferença entre lixão, aterro controlado e aterro sanitário

Tratamento do lixo

O tratamento do lixo corresponde a um conjunto de técnicas utilizadas para a destinação correta do lixo produzido pela sociedade. Ele representa uma importante ferramenta no combate aos problemas ambientais e sociais gerados pelo lixo.

Tradicionalmente, os lixões, depósitos de lixo a céu aberto, eram utilizados como forma de deposição de lixo, sem tratamento correto. Porém, nos últimos anos, mediante a crescente preocupação com o meio ambiente e com a saúde pública, tem aumentado o número de locais de deposição correta de resíduos. Os aterros sanitários, por exemplo, são os mais comuns, sendo uma forma controlada de tratamento de lixo.

Há ainda as usinas de reciclagem, que separam e fazem a destinação correta do lixo; a compostagem, utilizada especialmente para tratar o lixo orgânico por meio do seu reaproveitamento; e ainda a incineração, que corresponde à queima do lixo e inclusive pode ser empregada para a geração de energia.

Quatro caixas contendo, separadamente, lixo orgânico, papel, metal e plástico.
A separação doméstica auxilia na coleta e no tratamento do lixo.

Possíveis soluções para a questão do lixo

O lixo é um grave problema ambiental e sanitário. As soluções para a questão do lixo perpassam especialmente a sua correta destinação. Assim, é fundamental que o lixo produzido pelas diferentes instalações humanas seja encaminhado de maneira correta para as centrais de triagem, reciclagem e compostagem de resíduos.

O reaproveitamento de resíduos oriundos do lixo, principalmente por meio da reciclagem de materiais, é uma das principais soluções para a sua deposição. O tratamento dos resíduos não recicláveis, seja por meio da incineração ou ainda com o uso de aterros controlados, também é uma importante ferramenta para evitar a poluição gerada pelos resíduos. Por fim, a separação e posterior compostagem do lixo orgânico auxilia de forma positiva no tratamento de rejeitos de origem natural.  

Publicado por Mateus Campos
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Canal de Suez
Conheça a história do Canal de Suez e entenda a sua importância política e econômica. Veja também por que ele é o principal canal marítimo artificial do mundo.
Impactos ambientais
Saiba o que são impactos ambientais e conheça suas causas e consequências. Veja os principais impactos ambientais registrados no Brasil e no mundo.
Os Problemas Provocados pelo Lixo
Os problemas provocados pelo Lixo, Quais são os problemas provocados pelo Lixo, As doenças provocadas pelo contato com o Lixo, a poluição das águas são problemas provocados pelo Lixo.
Poluição
Você sabe o que é poluição? Clique aqui, entenda esse conceito, conheça os tipos de poluição existentes e medidas simples para evitá-la.
Problemas ambientais brasileiros
Conheça os principais problemas ambientais brasileiros e descubra quais as consequências dessas práticas para os ecossistemas e os seres humanos.
Reciclagem
Clique aqui, entenda o que é reciclagem e qual a sua função. Saiba quais são os seus tipos e descubra quais são as cores utilizadas na coleta seletiva do lixo.
Reciclagem de papel
Clique e conheça uma técnica simples e fácil para reciclar parte do papel utilizado e contribua de forma direta e eficaz com a preservação ambiental.
Tipos de poluição
Veja quais são os principais tipos de poluição, bem como as principais características da manifestação desse problema socioambiental.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Semelhança de Triângulos" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Semelhança de Triângulos
Nessa aula veremos que para dois triângulos serem semelhantes é necessário que os ângulos correspondentes sejam congruentes e os lados homólogos proporcionais. Para isso, basta analisar os seguintes casos de semelhança de triângulos: AA (Ângulo, Ângulo), LLL (Lado, Lado, Lado) e LAL(Lado, Ângulo, Lado).