Whatsapp icon Whatsapp

Raposa

Raposa é um mamífero onívoro pertencente à família Canidae. As raposas do gênero Vulpes são conhecidas como verdadeiras.
Raposa-vermelha na natureza
As raposas-vermelhas ocorrem em grande parte do Hemisfério Norte, sendo observadas em florestas, desertos, pradarias, entre outros lugares.

Raposas são mamíferos pertencentes à mesma família de cães, lobos e coiotes. São conhecidas como raposas verdadeiras aquelas do gênero Vulpes, como a raposa-vermelha e a raposa-do-ártico. São animais que lembram cachorros, com focinho pontiagudo, orelha ereta e pontuda e uma cauda espessa.

São solitárias e se alimentam de produtos tanto de origem animal quanto de origem vegetal, sendo, portanto, onívoras. O comportamento reprodutivo varia muito de uma espécie para outra, existindo raposas monogâmicas e também espécies em que os machos têm múltiplas parceiras.

Leia mais: Lobo-guará — animal solitário, costuma ser inofensivo e encontrado em áreas abertas, como campos

Resumo sobre raposa

  • Raposa é um nome popular usado para diferentes espécies da família Canidae.

  • As raposas conhecidas como verdadeiras estão incluídas no gênero Vulpes.

  • É um animal onívoro, podendo se alimentar, por exemplo, de frutos, sementes, roedores e lebres.

  • Tem uma aparência que lembra a de um cachorro, com focinho pontiagudo e orelhas eretas e pontudas.

  • Algumas espécies são monogâmicas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características gerais das raposas

Raposa é um nome popular usado para se referir a diferentes espécies de mamíferos pertencentes à família Canidae, a mesma dos lobos, coiotes e cachorros. As raposas chamadas de verdadeiras fazem parte do gênero Vulpes, entretanto, há animais, popularmente chamados de raposa, em outros gêneros. A espécie mais conhecida é a raposa-vermelha (Vulpes vulpes).

Podem ter entre 92 cm e 107 cm, a depender da espécie. Em geral, pesam 5 kg. Possuem um focinho pontiagudo, orelhas pontudas e eretas e um crânio achatado. Sua cauda é espessa e relativamente longa, podendo atingir um terço do corpo do animal. A cauda atua no equilíbrio do animal e ainda o aquece em ambientes frios.

A coloração e a densidade dos pelos das raposas também variam, estando a pelagem relacionada com o local em que elas vivem. Raposas que vivem em áreas mais frias, por exemplo, apresentam uma pelagem mais densa, enquanto as de áreas mais quentes têm uma pelagem mais fina.

Em relação à cor, podemos observar espécies com pelagem que varia com a estação. No caso da raposa-do-ártico (Vulpes lagopus), verifica-se que a pelagem é branca durante o inverno, permitindo que o animal se esconda na neve. Quando o verão chega, ela muda e passa a ter uma coloração marrom. Com isso, o animal consegue se camuflar tanto no inverno quanto no verão.

A maioria das raposas é solitária e territorial. Elas se comunicam por meio de odores, produzidos por diferentes glândulas encontradas em diferentes partes do corpo, como cauda e focinho, e por vocalizações. As vocalizações podem ser usadas para identificar indivíduos, alertar filhotes de perigos e também durante a fase reprodutiva.

Raposa-do-ártico

Raposa-do-ártico em ambiente de neve
A pelagem branca da raposa-do-ártico durante o inverno ajuda na camuflagem na neve.

A raposa-do-ártico (Vulpes lagopus) é uma espécie que ocorre na tundra ártica e alpina, uma região extremamente fria que pode alcançar até -50 ºC. Essas raposas se destacam, portanto, por sua capacidade de sobreviver em baixas temperaturas. Vivem em tocas e podem cavar túneis na neve para criar abrigos em momentos de nevascas.

Nas tocas, habita um grupo familiar, formado por um macho, a ninhada e duas fêmeas, sendo uma não reprodutiva, que nasceu no ano anterior e ajuda na criação de filhotes.

A raposa-do-ártico apresenta uma pelagem que varia ao longo do ano. Quando é inverno e o ambiente está repleto de neve, a pelagem apresenta coloração branca ou acinzentada. No verão, no entanto, a cor observada nela é a marrom. Essa mudança de pelo é importante para garantir eficiência na camuflagem em situações com neve ou sem ela.

As raposas-do-ártico têm de 46 cm a 68 cm de comprimento do corpo, incluindo a cabeça, e uma cauda de cerca de 35 cm. Podem pesar de 2,9 kg a 7,7 kg.

As raposas-do-ártico são uma espécie monogâmica. Sua gestação dura 49-57 dias, e o tamanho da ninhada varia de cinco a oito filhotes. Vale destacar que esse número está diretamente relacionado com a quantidade de alimento disponível. O desmame na espécie ocorre cedo, entre duas e quatro semanas. A maturidade das raposas do ártico é observada em menos de 10 meses, e a expectativa média de vida no ambiente natural é de três a seis anos.

Leia mais: Animais silvestres — aqueles que não passaram pelo processo de domesticação

Raposa-vermelha

A raposa-vermelha (Vulpes vulpes) ocorre no Hemisfério Norte, apresentando uma grande distribuição geográfica. Essas raposas são observadas em diferentes habitat, dentre os quais podemos destacar as tundras, pradarias, florestas, montanhas e desertos. São observadas, em algumas situações, até mesmo em áreas urbanas.

Em relação à coloração, as raposas-vermelhas, como seu nome sugere, possuem pelos que variam do vermelho ao marrom na parte superior de seu corpo. Branco ou cinza são tons que podem ser observados nas regiões inferiores. Na parte inferior das pernas, são comuns pelos pretos. Na ponta da cauda, há pelos pretos ou brancos.

O comprimento de uma raposa-vermelha, incluindo sua cabeça, é de 45,5 cm a 90 cm. A cauda apresenta entre 30 cm e 55,5 cm. Essas raposas podem pesar de 3 a 14 kg quando adultas. Nessa espécie, os machos são maiores que as fêmeas. São consideradas as maiores raposas do gênero Vulpes.

A gestação de uma raposa-vermelha dura de 51 a 53 dias, e sua ninhada pode ter de um a 13 filhotes. Após o nascimento, os filhotes ficam em tocas, onde recebem os cuidados e o leite materno de que necessitam para seu desenvolvimento. O desmame nessa espécie é observado entre oito e 10 semanas.

Qual a alimentação da raposa?

As raposas são animais onívoros, ou seja, alimentam-se de produtos de origem vegetal e também de origem animal. Podem fazer parte da dieta delas:

Algumas raposas se alimentam ainda de carniça e até mesmo fezes de outros animais. As raposas-do-ártico, durante o inverno, momento em que a disponibilidade de alimento é reduzida, costumam seguir ursos-polares com o objetivo de se alimentar de suas sobras.

Leia mais: Animais herbívoros — sua dieta inclui vegetais ou algas, ou seja, organismos produtores na cadeia alimentar

Como as raposas se reproduzem?

Existem diferentes espécies de raposas, cada qual com suas particularidades quando o assunto é reprodução. Algumas são monogâmicas, ou seja, têm um único parceiro durante sua vida, enquanto outras podem ter machos com várias parceiras.

De modo geral, a gestação de raposas dura entre sete e oito semanas. Em cada ninhada, pode nascer de um a 11 filhotes. Os filhotes, ao nascerem, são cegos e permanecem no interior de tocas. As fêmeas ficam grande parte do tempo no interior das tocas amamentando seus filhotes, enquanto o macho é responsável por, por exemplo, capturar comida e levá-la para a toca. Os filhotes, após desmamados, começam a caçar com seus pais para aprenderem técnicas que serão necessárias para sua sobrevivência quando se tornarem independentes. 

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

Animais
Vamos conhecer mais sobre os animais? Clique aqui e conheça as características principais desse grupo e sua classificação.
Animais onívoros
Que tal conhecer mais sobre os animais onívoros? Clique aqui e descubra exemplos desses animais. Aprenda as adaptações presentes nesses animais de dieta mista.
O termo “lobo” é usado para fazer referência, normalmente, ao lobo-cinzento.
Lobo
Descubra um pouco mais sobre o lobo clicando aqui. Neste texto, listaremos as características gerais desse animal, seu comportamento e reprodução.
Os mamíferos têm capacidade de inteligência, memória e aprendizado maior que a dos outros vertebrados
Mamíferos
Clique aqui e veja quais são as principais características dos mamíferos.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Matemática
Área da esfera
Clique para aprender a calcular a área da esfera.
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Estrangeirismo
Nessa videoaula você entende sobre o estrangeirismo na música "Samba do Approach."
video icon
videoaula brasil escola
História
Crise de 1929
A quebra da bolsa de valores de Nova Iorque afetou não só os EUA, como o mundo. Entenda!