Whatsapp icon Whatsapp

Zooplâncton

Zooplâncton é um termo que se refere a organismos heterotróficos que vivem em suspensão no ambiente aquático e têm capacidade de locomoção reduzida.
O zooplâncton é formado por organismos heterotróficos.
O zooplâncton é formado por organismos heterotróficos.

Zooplâncton é uma das divisões do plâncton, formada por organismos exclusivamente heterotróficos. Denominamos plâncton o conjunto de organismos, normalmente microscópicos, que são encontrados vivendo em suspensão na água e que têm capacidade de locomoção reduzida, deslocando-se com as massas de água.

Diferentes organismos fazem parte do zooplâncton, tais como vermes, protozoários, crustáceos, moluscos e larvas de peixes. Alguns desses vivem no plâncton por toda a vida (holoplâncton), outros passam apenas uma parte do ciclo de vida no grupo (meroplâncton). O zooplâncton faz parte da cadeia alimentar aquática, sendo, portanto, extremamente importante para o equilíbrio do ecossistema.

Leia também: Pirâmides ecológicas — úteis na representação dos níveis tróficos de um ecossistema

Resumo sobre zooplâncton

  • Plâncton é o nome dado a um conjunto de organismos, geralmente microscópicos, que ficam suspensos na água.

  • Zooplâncton é a divisão do plâncton que engloba organismos heterotróficos.

  • Protozoários, invertebrados, moluscos, ovos e larvas de peixes são alguns dos seus componentes.

  • Alguns dos seus componentes passam toda a sua vida no plâncton, sendo chamados de holoplâncton, e os que passam apenas uma parte da vida no conjunto são os meroplâncton.

  • Pode ser herbívoro, carnívoro, onívoro ou detritívoro a depender da espécie.

  • Desempenha importante papel nos ecossistemas aquáticos atuando no fluxo de energia e ciclo de nutrientes.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que é zooplâncton

Zooplâncton é um termo derivado do grego, zoon, que significa “animal”, e plankton, que significa “à deriva”. Refere-se a uma comunidade de organismos, pertencente a diferentes grupos de seres vivos, que apresentam em comum o fato de serem heterotróficos e sua movimentação depender do movimento das águas. Vale destacar que, apesar de algumas espécies apresentarem capacidade de locomoção muito baixa ou quase nula, alguns componentes do zooplâncton podem se mover extensivamente.

Características dos zooplâncton

Como mencionado, zooplâncton são organismos heterotróficos que vivem em suspensão na água. Para isso, eles contam com algumas importantes características, tais como massa corporal reduzida, pequeno tamanho, alto teor de água em seu corpo, e superfície corporal maior que o volume.

No que diz respeito à coloração, geralmente, os organismos que compõem o zooplâncton são transparentes, o que ajuda na proteção contra predadores. Em algumas espécies, observa-se a ocorrência do fenômeno da bioluminescência, ou seja, a capacidade de emitir luz.

O zooplâncton pode ser encontrado em diferentes ecossistemas aquáticos, tais como rios, lagos ou oceanos. Nesses ambientes o grupo encontra seu alimento, sendo observadas diferentes dietas a depender da espécie estudada.

Alguns componentes do zooplâncton são herbívoros, alimentando-se de microalgas que formam o fitoplâncton, outras espécies, no entanto, podem comer pequenos invertebrados e até mesmo larvas de peixes, sendo, portanto, carnívoras. Há ainda espécies com dieta mista (onívoros) e aquelas que se alimentam de matéria orgânica morta (detritívoros).

Alterações no ambiente podem afetar drasticamente a comunidade de zooplâncton. Mudanças na temperatura, vento, nutrientes disponíveis na água e pH, por exemplo, podem afetar tanto na abundância de espécies como na composição do zooplâncton. Isso faz dele um importante indicador biológico da qualidade da água.

Leia também: Decompositores — seres heterotróficos que atuam principalmente na ciclagem de nutrientes

Componentes do zooplâncton

Crustáceo cópepode visto em microscópio
Pequenos crustáceos estão entre os organismos que formam o zooplâncton.

O zooplâncton é formado por diferentes grupos de seres vivos, incluindo, por exemplo, protozoários, crustáceos, moluscos, cnidários, insetos, vermes e larvas de diferentes espécies. Quando comparamos o ambiente marinho com o ambiente de água doce, é possível perceber que naquele há uma maior diversidade biológica que neste.

Meroplâncton ou holoplâncton

Os componentes do zooplâncton podem ficar apenas uma parte do seu ciclo de vida no plâncton ou então viver no grupo por toda sua vida. Os organismos do primeiro caso são chamados de meroplâncton, e os do segundo são denominados holoplâncton.

Como exemplos do holoplâncton, também conhecido como plâncton permanente, temos os copépodos e eufausiáceos (krill), dois grupos de crustáceos. Larvas de peixes e invertebrados nos primeiros estágios de desenvolvimento são exemplos de meroplâncton ou plâncton temporário.

Leia mais: Tipos de ciclos de vida — haplobionte haplonte, haplobionte diplonte e diplobionte

Importância do zooplâncton

O zooplâncton é extremamente importante para os ecossistemas, uma vez que faz parte da cadeia alimentar aquática, exercendo, portanto, papel de condutor do fluxo de energia. Seus componentes podem ser herbívoros, carnívoros, onívoros ou detritívoros, existindo espécies que se alimentam de microalgas até pequenos vertebrados, como larvas de peixes. O zooplâncton serve de alimento para diferentes animais, fazendo parte da dieta de invertebrados, peixes e até grandes mamíferos, como baleias.

Quando as comunidades zooplanctônicas são afetadas, algumas populações de peixes, por exemplo, também são impactadas. Caso essas espécies tenham valor econômico, grandes prejuízos podem ser vistos. Não podemos nos esquecer ainda de que o zooplâncton é cultivado para alimentar peixes e camarões, além de ser usado para identificação da qualidade da água.

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

Cnidários
Conheça mais sobre os cnidários clicando aqui. Abordaremos neste texto a estrutura do corpo desses animais, sua fisiologia e também sua reprodução.
O caranguejo é um exemplo de crustáceo encontrado frequentemente em regiões litorâneas
Crustáceos
Conheça as características básicas dos crustáceos, seu modo de vida e alguns exemplos.
O estômago dos ruminantes é dividido em quatro compartimentos
Digestão dos ruminantes
Saiba mais sobre como é o trato digestivo e como ocorre a digestão dos ruminantes.
Os besouros são artrópodes classificados no grupo dos insetos
Insetos
Saiba mais sobre as características gerais dos insetos, um grupo de animais do filo dos artrópodes e que apresenta representantes com asas.
Moluscos
Os moluscos são o segundo filo animal mais diversificado. Clique para conhecer as principais características desse grupo e sua classificação.
Lineu: naturalista sueco cujas contribuições foram, e ainda são, de muita importância para a Biologia.
Nomenclatura binomial de Lineu
Compreenda as regras utilizadas na nomenclatura científica.
Pulgões e plantas: relação parasita-hospedeiro.
Parasitas
Compreenda esta relação interespecífica desarmônica, e veja seus exemplos.
Os peixes são animais exclusivamente aquáticos que apresentam respiração branquial
Peixes
Aprenda mais sobre as características gerais dos peixes, um grupo de vertebrados exclusivamente aquático.
O plâncton inclui organismos que são levados passivamente pela água.
Plâncton
Amplie seu conhecimento sobre o plâncton e sua importância para o ecossistema aquático. Aprenda a diferença entre zooplâncton e fitoplâncton.
Protozoário ameboide
Protozoários
Grupo que abriga organismos eucarióticos unicelulares e heterotróficos.
Orelha-de-pau: representante do Reino Fungi
Reino Fungi
Aqui você encontra muitas informações sobre os fungos. Entre e confira!
Bacilos bacterianos
Reino Monera
Como é compreendido o Reino Monera e suas características.
Reino Plantae
Clique aqui e conheça mais sobre o Reino Plantae. Apresentaremos neste texto as principais características das plantas, sua reprodução e sua classificação.
Os elefantes precisam de matéria orgânica de outros organismos
Seres autotróficos e heterotróficos
Aprenda a diferença entre seres autotróficos e heterotróficos e conheça o nível trófico ocupado por esses organismos na cadeia alimentar.
Os vírus são organismos considerados parasitas intracelulares obrigatórios
Vírus
Clique para saber mais a respeito dos vírus, suas características e estrutura!
video icon
História
O que foi o tenentismo?
Assista à nossa videoaula para conhecer as características do movimento tenentista. Confira também no nosso canal outras informações sobre a República Brasileira.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas.