Whatsapp icon Whatsapp

Caipora

A caipora é um ser do folclore brasileiro que atua como protetora dos animais da floresta e age enganando ou aterrorizando os caçadores que matam mais animais do que precisam.
Segundo a lenda, a caipora residiria no interior das florestas brasileiras e de lá protegeria os animais de caçadores.
Segundo a lenda, a caipora residiria no interior das florestas brasileiras e de lá protegeria os animais de caçadores.

A caipora é um ser presente no folclore brasileiro, sendo conhecida como uma índia de estatura pequena e de cabelos avermelhados. Ela reside no interior da floresta, protegendo os animais de caçadores que matam mais animais do que precisam. Existem relatos que apontam a existência dessa lenda no século XVI.

Saiba mais: Lobisomem — famosa lenda do folclore brasileiro

Resumo sobre caipora

  • A caipora é um ser do folclore brasileiro que reside na floresta e protege os animais.

  • Muitos associam essa lenda àquela do curupira, por causa de suas semelhanças.

  • O nome caipora vem de caapora, que no tupi significa “habitante do mato”.

  • Existem relatos do século XVI que apontam para a possibilidade de essa lenda já existir desde esse período.

  • A lenda da caipora possui muitas versões, variando de acordo com cada região do Brasil.

Lenda da caipora

Caipora é uma personagem de lenda do folclore brasileiro. Se trata de uma criatura que habita as florestas, conhecida como protetora dos animais. Tradicionalmente, é vista como aquela que protege os seres selvagens dos caçadores, sobretudo daqueles que matam mais animais do que o necessário para a sua sobrevivência.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O folclorista Luís da Câmara Cascudo aponta que essa lenda era um mito tupi-guarani que existia na região Sul do Brasil e que se espalhou pelo território brasileiro, alcançando o Norte e Nordeste do Brasil|1|. Ele também menciona que no século XVI já existiam relatos indicando a existência dessa lenda.

Há notas de cronistas desse século que indicam a existência de um ser que aterrorizava os indígenas brasileiros. Isso foi registrado por viajantes que passaram pelo Brasil, como foi o caso de André Thevet e Jean de Léry. Esse ser que aterrorizava os indígenas era entendido pelos europeus como um espírito maligno e era chamado kaagerre.

A associação do kaagerre com a caipora se dá pelo fato de que o significado do termo é o mesmo do significado de caipora: habitante do mato. O termo caipora, no entanto, é derivado do tupi caapora, mas a forma escrita com a letra “i” se popularizou.

Existem algumas semelhanças da lenda da caipora com a lenda do curupira. Isso fez alguns estudiosos cogitarem a possibilidade de a lenda da caipora ter sido derivada da lenda do curupira. De qualquer forma, como vimos, a caipora é reconhecida como a guardiã dos animais, enquanto o curupira é tido como o guardião das matas.

Relatos dão conta de índios e caçadores temendo a presença da caipora, pois seria uma visão aterrorizante, mas que também poderia causar grande azar para os que a vissem. Assim, ambos usavam tochas no mato durante a noite, uma forma de afastá-la, porque acreditava-se que ela temia a claridade do fogo.

Acesse também: Folclore brasileiro na obra de Luís da Câmara Cascudo — autor que tinha grande interesse na cultura do país

Como é a caipora?

A forma mais tradicional pela qual se conhece a caipora a apresenta como uma índia pequena, com cabelos volumosos de cor vermelha. A caipora teria grande força corporal e pelos em seu corpo. Ela atuaria enganando os caçadores, mas diz-se também que ela poderia realizar acordos com eles.

É importante mencionar que a lenda da caipora, assim como todas as lendas do folclore brasileiro, apresenta muitas variações regionais. Portanto, cada região do Brasil pode mencionar características específicas.

Alguns locais apresentam a caipora não como uma índia, mas como um índio, bastante ágil e de pele escura. Algumas lendas citam a caipora como um ser que adora fumo e cachaça e que engana os caçadores que não oferecem esses itens a ela.

Existem versões que apresentam caipora, sendo índio ou índia, como capaz de montar um porco-do-mato, muito conhecido como caititu. Outros locais mencionam caipora como um ser que tem apenas um pé, o que aproximaria essa narrativa à lenda do saci-pererê. Além disso, caipora pode ser apresentado como um índio gigante, com muitos pelos no corpo.

Alguns acreditam que a caipora faria acordo com os caçadores. Caso não fossem cumpridos, ela seguiria os indivíduos para se vingar, seja afastando os animais, seja matando os caçadores. Há também variações que afirmam que a caipora manteria relações sexuais com homens e, caso eles não se mantivessem fiéis, ela poderia se enfurecer e matá-los pela traição.

Luís da Câmara Cascudo aponta para o fato de que existem lendas parecidas em países vizinhos ao Brasil, como Argentina e Chile|2|. Ele afirma que

  • no Chile, a lenda que se assemelha à da caipora é a do Anchimallen, um anão protetor dos animais;

  • na Argentina, a lenda que se assemelha à brasileira é a do Yastay, um ser que protege animais de serem caçados.

Notas

|1| CÂMARA CASCUDO, Luís da. Dicionário do folclore brasileiro. São Paulo: Ediouro, s/d, p. 224.

|2| CÂMARA CASCUDO, Luís da. Geografia dos mitos brasileiros. São Paulo: Global, 2012.

Publicado por Daniel Neves Silva

Artigos Relacionados

Boitatá
Acesse o site e conheça mais sobre a lenda do boitatá. Saiba como essa lenda é contada em várias partes do Brasil e quais são suas principais características.
Boto-cor-de-rosa
Clique para conhecer mais detalhes da lenda do boto-cor-de-rosa, ser que se transforma em homem para conquistar mulheres nas festas ribeirinhas.
Cuca
Acesse o site e conheça mais sobre a personagem Cuca. Veja qual é a sua origem, como ela se tornou popular no Brasil e sua importância no folclore.
Curupira
Clique para saber mais sobre a lenda do curupira! Aprenda sobre a origem dessa lenda e qual é o significado do nome desse ser do folclore brasileiro.
Saci-pererê
Clique e acesse para conhecer detalhes sobre a lenda do saci-pererê, uma das mais famosas do nosso folclore. Veja a origem e a influência de Monteiro Lobato nela.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Condição de existência de triângulos" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Condição de existência de triângulos
Nessa aula veremos a condição de existência de um triângulo utilizando um raciocínio lógico e em seguida formalizando esse conhecimento.