Whatsapp icon Whatsapp

Biomassa

Biomassa é uma fonte de energia renovável que utiliza elementos orgânicos como restos de animais e plantas. É uma das fontes energéticas mais importantes do Brasil.
A biomassa utiliza elementos orgânicos para a geração de energia.
A biomassa utiliza elementos orgânicos para a geração de energia.

Biomassa é uma fonte de energia renovável que utiliza meios orgânicos, como vegetais diversos, para a produção energética. O seu funcionamento está atrelado ao emprego de várias técnicas de produção energética, com destaque para a pirólise, a gaseificação, a combustão e a co-combustão.

Com base na biomassa, são feitos diversos subprodutos, como óleos vegetais e biocombustíveis. As fontes de biomassa são provenientes de materiais orgânicos, que vão desde pequenos vegetais até resíduos diversos.

A biomassa possui como vantagem principal o diminuto impacto ambiental quando comparada às fontes de energia tradicionais. Contudo, mesmo sendo uma fonte de energia renovável, ela provoca várias alterações no meio natural. O uso da biomassa no mundo é bastante difundido em países como China e Índia. O Brasil também é um dos principais centros de produção e consumo de biomassa no mundo.

Leia também: Fontes alternativas de energia — a produção energética desvinculada do uso de combustíveis fósseis

Resumo sobre biomassa

  • A biomassa é uma fonte de energia renovável que utiliza elementos orgânicos, ou seja, com ampla capacidade de regeneração.

  • A produção de energia por meio da biomassa ocorre principalmente via procedimentos de pirólise, gaseificação, combustão e co-combustão.

  • São fontes de biomassa os vegetais lenhosos e não lenhosos, os diversos resíduos orgânicos e os biofluidos.

  • A biomassa tem como vantagem a utilização de recursos naturais renováveis para a produção de energia.

  • A produção de biomassa gera impactos ambientais negativos, como a emissão de poluentes, a ocorrência de queimadas e a potencialização de desmatamentos.

  • A biomassa é uma fonte de energia de uso tradicional em todo o mundo, com destaque para países como China, Brasil e Índia.

  • No Brasil, a biomassa é utilizada prioritariamente para a geração de energia elétrica e para a produção de biocombustíveis.

  • São produtos derivados da biomassa o biodiesel, o etanol, o biogás, o metanol e o biometano.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que é biomassa?

A biomassa é a matéria orgânica, ou seja, restos de animais e vegetais, utilizada como fonte para a geração de energia. Portanto, é considerada uma fonte energética renovável, uma vez que utiliza elementos naturais que possuem capacidade de regeneração.

São exemplos de biomassa:

  • materiais lenhosos;

  • cascas e sementes de plantas;

  • e, até mesmo, parte do lixo doméstico descartado pela sociedade.

Funcionamento da biomassa

A biomassa é empregada para a geração de energia por meio de vários processos que envolvem técnicas de diversas áreas, com destaque para a química. O funcionamento da biomassa é bastante antigo, uma vez que vários povos ancestrais já utilizavam os elementos orgânicos da natureza para a geração de energia. Por sua vez, mediante as modernizações tecnológicas, a produção de energia por meio da biomassa vem sendo aperfeiçoada.

Há uma infinidade de procedimentos que possibilitam a produção de energia via emprego de restos de animais e vegetais. Esse cenário está ligado à grande variedade de produtos utilizados como biomassa, desde a lenha até o esgoto doméstico. Sendo assim, a origem da fonte de biomassa, assim como o objetivo da sua consumação, são só elementos que determinarão a sua transformação em energia.

Os métodos mais utilizados para a geração de energia por meio da biomassa estão dispostos em dois grandes conjuntos. O primeiro deles, que envolve os processos de pirólise e gasificação, está atrelado à conversão termoquímica dos insumos de biomassa. Esses processos envolvem a adoção de técnicas de aquecimento e estão diretamente vinculados à produção de gases, no caso da gasificação, e à originação de elementos sólidos, líquidos e gasosos, no caso da pirólise.

Já o segundo método mais utilizado na produção energética por meio da biomassa é a combustão. Nesse procedimento, a queima da biomassa é realizada em grandes temperaturas que aquecem a água das usinas, resultando em um vapor que é transformado em energia por meio da movimentação das turbinas. No mais, quando esse processo é realizado em conjunto com a queima de outro elemento, inclusive fóssil, é chamado de co-combustão.

Leia também: O que pode ser considerado uma forma de energia limpa?

Fontes de biomassa

A biomassa é proveniente de diversas fontes orgânicas, com destaque para quatro grandes campos de recursos para a geração energética:

  • vegetais lenhosos: utilização de madeira de diversas espécies vegetais;

  • vegetais não lenhosos: emprego de partes de vegetais, como folhas, sementes e raízes;

  • resíduos orgânicos: aproveitamento de resíduos de origem doméstica e/ou industrial;

  • biofluidos: uso de diferentes óleos vegetais.

Quais as vantagens da biomassa?

A biomassa tem como grande vantagem o fato de que é uma fonte renovável de energia, ou seja, emprega elementos naturais orgânicos com capacidade de regeneração. Sendo assim, ela produz impactos ambientais em menor escala do que as fontes de energia tradicionais, como as fósseis. Ainda, a biomassa é uma fonte energética que possui baixo custo de produção e grande disponibilidade material, já que é amplamente presente no espaço natural.

Quais as desvantagens da biomassa?

Mesmo sendo um recurso natural renovável, a biomassa não está isenta de desvantagens para o meio natural e humano. Desse modo, destaca-se a elevada produção de gases tóxicos e materiais particulados emitidos pelas usinas de biomassa. Esses elementos, além de acentuarem a poluição atmosférica, ainda contribuem diretamente para a ocorrência de fenômenos ambientais danosos, como o efeito estufa e a chuva ácida.

Ademais, grande parte das fontes de biomassa é adquirida do meio natural, seja por meio de plantações, seja por meio de extrações de espécies vegetais. Sendo assim, a produção dessas fontes potencializa impactos ambientais negativos do meio, como a remoção da vegetação nativa e a ocorrência de queimadas. Além disso, ela incorre na destinação de produtos, antes utilizados como alimentos, para a produção energética, o que pode ocasionar um cenário de insegurança alimentar.

Lavoura para produção de biomassa
A expansão de lavouras para a produção de biomassa gera o desmatamento de vegetações nativas.

Biomassa no mundo

A biomassa é uma fonte de energia utilizada de forma tradicional em diversas partes do mundo em razão, entre outros, do baixo custo de produção e da facilidade de obtenção. No entanto, ela detém uma participação diminuta na matriz energética mundial, uma vez que foi sendo substituída ao longo do tempo por outras fontes de energia, com destaque para as fósseis.

Mesmo assim, em especial na atualidade, o seu uso vem sendo incentivado, principalmente como uma alternativa em relação ao emprego de fontes de energia mais poluentes, como o petróleo e o carvão mineral.

Os dados sobre a utilização de biomassa no mundo são bastante instáveis, uma vez que o uso doméstico ainda é muito recorrente. As formas tradicionais de biomassa, como a lenha, ainda são muito utilizadas em regiões pobres do planeta, como em países subdesenvolvidos da Ásia e da África.

Há estimativas que cerca de 10% da matriz energética mundial sejam compostos por fontes de biomassa. O principal centro produtor de energia por meio de biomassa no mundo é a China. Além dela, destacam-se o Brasil e a Índia como dois dos grandes mercados mundiais de biomassa.

Biomassa no Brasil

Lavoura de cana-de-açúcar no Brasil
A cana-de-açúcar é uma das plantas mais utilizadas para a produção de biomassa no Brasil.

O Brasil é um dos países que possuem grande tradição na produção de biomassa no mundo. O território brasileiro possui a segunda maior capacidade instalada para a produção dessa fonte de energia em todo mundo, e também ocupa a segunda posição em relação à produção de biocombustíveis em nível mundial.

A biomassa é a segunda fonte de energia mais importante para o Brasil, logo atrás da hidrelétrica. Ela possui uma importância estratégica muito grande para o país, já que complementa de forma decisória as demais fontes utilizadas na matriz energética brasileira.

O desenvolvimento da biomassa no Brasil está atrelado à grande produção de gêneros agrícolas e à presença de condições climáticas favoráveis. Esses dois elementos possibilitam a obtenção de recursos de biomassa em larga escala e, por consequência, a utilização em massa dessa fonte pelo país.

A cana-de-açúcar, por exemplo, é a fonte de biomassa mais utilizada no Brasil. Ademais, destaca-se o uso de elementos como a casca do arroz, castanhas diversas, capim e restos vegetais, madeira, entre outros.

Leia também: Matriz energética brasileira — quais fontes de energia são utilizadas no Brasil?

Produtos derivados da biomassa

A biomassa possibilita a produção de uma infinidade de produtos, com destaque para os biocombustíveis, óleos vegetais e outros recursos energéticos. São eles:

  • etanol;

  • biodisel;

  • biogás;

  • metanol;

  • biometano.

Exercícios resolvidos sobre biomassa

Questão 1

(UEL) Assinale a alternativa que apresenta o conceito correto de agroenergia:

A) É a energia proveniente do gás natural e do hidrogênio.

B) É a energia proveniente da biomassa, ou seja, dos produtos e subprodutos das atividades agrícolas, pecuárias e florestais.

C) É a nova energia descoberta nos estudos das células fotovoltaicas com ampla utilização na agropecuária.

D) É a energia proveniente de combustíveis originários, sobretudo, das plantas soterradas há milhões de anos.

E) É a energia utilizada na agropecuária e obtida a partir do calor proveniente da Terra, mais precisamente do seu interior.

Resolução: Alternativa B. A agroenergia também é chamada de biomassa, ou seja, o conjunto de recursos de origem orgânica que são empregados para a produção energética.

Questão 2

(PUC-RJ 2016) O biodiesel é um combustível feito a partir de plantas (óleos vegetais) ou de animais (gordura animal) com a finalidade de substituir o óleo diesel em automóveis pesados como caminhões. Esses óleos (vegetais ou animais) são misturados com etanol, proveniente da cana-de-açúcar, ou metanol, que pode ser obtido a partir da biomassa de madeiras. Ou seja, é um combustível orgânico e renovável. Dentre as benesses ambientais da produção e uso do biodiesel para a Terra, destaca-se a

A) redução de emprego no campo, diminuindo-se a renda e o êxodo rural.

B) ampliação do uso de áreas florestadas, gerando-se maior biodiversidade.

C) elevação do preço dos produtos derivados, reduzindo-se o seu consumo.

D) produção agrícola em larga escala, ampliando-se o uso de água nos cultivos e criações.

E) diminuição do uso de combustíveis fósseis, reduzindo-se a oferta de fontes poluidoras.

Resolução: Alternativa E. A biomassa é considerada uma fonte de energia alternativa, ou seja, é vista como uma forma de contribuir para a consolidação de uma matriz energética mais limpa por meio da diminuição da dependência do uso de fontes fósseis.

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

Placas coletoras de luz solar.
Energia Solar
Energia Solar, O que é Energia Solar, Como funciona a Energia Solar, As vantagens da Energia Solar, Os lugares no mundo que mais usam Energia Solar, As desvantagens da Energia Solar.
Os aerogeradores na paisagem indicam a presença de usinas eólicas.
Energia eólica
Saiba mais sobre as características da fonte eólica de energia. Veja as principais vantagens e desvantagens dessa fonte energética produzida pelo vento.
As usinas hidrelétricas são estruturas que utilizam a água como recurso para a geração de energia.
Energia hidrelétrica
Saiba mais sobre a energia hidrelétrica. Conheça as principais vantagens e desvantagens da instalação e do funcionamento das hidrelétricas.
A energia solar e a energia eólica são exemplos de fontes alternativas de energia, as quais provocam pouco impacto negativo no meio ambiente.
Fontes alternativas de energia
Saiba mais sobre as fontes alternativas de energia. Veja quais são as vantagens do uso de energias alternativas e por que elas causam pouco impacto ao meio ambiente.
Energia eólica é uma fonte alternativa
Fontes de Energia
Clique e veja o que são fontes de energia, quais são elas, e o que é energia renovável e energia não renovável. Entenda as vantagens e desvantagens do seu uso.
Fontes renováveis de energia são consideradas matrizes alternativas inesgotáveis de energia que provocam menos danos ao meio ambiente.
Fontes renováveis de energia
Aprenda um pouco mais sobre as fontes renováveis de energia, que representam opções alternativas à matriz energética baseada no uso de combustíveis fósseis, utilizada no mundo todo. As fontes renováveis de energia causam menos danos ao meio ambiente, porém seu uso requer tecnologias que o viabilizem.
A matriz energética do Brasil é composta por fontes de energias renováveis e não renováveis.
Matriz energética brasileira
Saiba mais sobre a matriz energética brasileira, que representa o conjunto de fontes de energia utilizadas no país para suprir sua demanda de produção energética. O texto a seguir irá ajudá-lo a compreender como é composta a matriz energética no Brasil, quais são as principais fontes de energia usadas e como elas são distribuídas.
video icon
Português
“Eu que fiz”, “eu quem fiz” ou “eu quem fez”?
Assista a esta videoaula para compreender as possibilidades de emprego dos pronomes relativos “que” e “quem” nas expressões “eu que fiz”, “eu quem fiz” e “eu quem fez”, bem como a devida concordância do verbo fazer.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
videoaula brasil escola
Química
Cinética química
Se ainda tem dúvidas quanto a velocidade das reações, essa videoaula é para você!
video icon
videoaula brasil escola
Português
Redação
Entenda como realizar argumento por causa e consequência com a nossa aula.
video icon
videoaula brasil escola
História
Crise de 1929
A quebra da bolsa de valores de Nova Iorque afetou não só os EUA, como o mundo. Entenda!