Whatsapp icon Whatsapp

Coreia do Sul

A Coreia do Sul é um país localizado na Ásia. Esse Tigre Asiático é conhecido pelo seu vasto desenvolvimento tecnológico e pela sua produção de bens industrializados.
Bandeira da Coreia do Sul.
Bandeira da Coreia do Sul.

A Coreia do Sul é um país localizado na Ásia. O país dividiu-se na segunda metade do século XX como um desdobramento da Guerra Fria. A porção sul da península da Coreia é muito desenvolvida e industrializada. O principal setor industrial da Coreia do Sul é o de alta tecnologia. O país é um importante produtor de chips. Sua economia é emergente, e o país faz parte do grupo chamado de Tigres Asiáticos.

A população da Coreia do Sul desfruta de um elevado desenvolvimento humano. A infraestrutura de transportes e telecomunicações do país é uma das mais modernas do mundo. A cultura coreana é marcada pelo uso da tecnologia e das redes sociais.

Leia também: Suíça — um dos países mais desenvolvidos e industrializados do mundo

Resumo sobre a Coreia do Sul

  • A história da Coreia do Sul inicia-se por meio da integração entre diferentes reinos localizados na região da península da Coreia.

  • A Guerra da Coreia marcou ainda mais a divisão dessa região em dois países: Coreia do Sul e Coreia do Norte.

  • A Coreia do Sul é uma democracia liberal industrializada, desenvolvida e classificada como Tigre Asiático.

  • O território sul-coreano, além de muito populoso, é bastante povoado, com destaque para suas regiões litorâneas.

  • O país é um dos principais exportadores de bens manufaturados da Ásia, como automóveis, navios, celulares e chips.

  • A Coreia do Sul produz diversos filmes, séries, músicas e demais programas de entretenimento que são comercializados para diversos países do mundo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais

  • Nome oficial: República da Coreia.

  • Gentílico: sul-coreano.

  • Extensão territorial: 100.340 quilômetros quadrados.

  • Localização: Ásia.

  • Capital: Seul.

  • Clima: temperado.

  • Governo: república presidencialista.

  • Idioma: coreano.

  • Religiões:

    57% — ateísmo;

    28% — cristianismo;

    15% — budismo.

  • População: 51.305.000 habitantes.

  • Densidade demográfica: 527 habitantes/quilômetro quadrado.

  • Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,925 (muito elevado).

  • Moeda: won sul-coreano.

  • Produto Interno Bruto (PIB): US$1,73 trilhões.

  • PIB per capita: US$ 33.590.

  • Gini: 35%.

  • Fuso horário: UTC+9.

  • Relações exteriores: Organização das Nações Unidas (ONU), Organização Mundial do Comércio (OMC), Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec).

  • Divisão administrativa: nove províncias, sendo elas:

Gyeonggi

Chungcheong do Sul

Gyeongsang do Norte

Gangwon

Jeolla do Norte

Gyeongsang do Sul

Chungcheong do Norte

Jeolla do Sul

Jeju

História da Coreia do Sul

A história da Coreia do Sul inicia-se por meio da integração entre diferentes reinos localizados no extremo leste da porção continental asiática. O país, ainda essencialmente agrário e atrasado, foi dominado pelo Japão, que iniciou um intenso processo de exploração, até meados do século XX. A derrota japonesa na Segunda Guerra Mundial (1939-1945) modificou profundamente a história da Coreia, que, em um contexto da Guerra Fria, foi dividida em duas partes: a Coreia do Sul, apoiada pelos Estados Unidos, e a Coreia do Norte, apoiada pela antiga União Soviética.

Em 1950, as forças militares norte-coreanas invadiram a Coreia do Sul, começando um dos mais sangrentos conflitos da Guerra Fria. O conflito, teoricamente congelado em 1953, possui reflexos até os dias atuais, com o intenso estado de tensão entre os dois países. A Coreia do Sul transformou-se em uma democracia liberal industrializada, classificada como Tigre Asiático.

Veja também: Quem são os Novos Tigres Asiáticos?

Etimologia de Coreia do Sul

O termo Coreia refere-se à unificação dos três grandes reinos (Silla, Koguryo e Baekje) que constituíram o país. Já a palavra Sul indica a sua posição geográfica, em oposição à Coreia do Norte, localizada justamente na porção norte da península da Coreia.

Geografia da Coreia do Sul

A Coreia do Sul está situada no extremo leste da Ásia. O país encontra-se na parte sul da península da Coreia. A porção norte dessa mesma península é onde está localizada a Coreia do Norte. Essa região é banhada pelo oceano Pacífico e ainda pelos mares Amarelo e do Japão. Além da sua porção continental, a Coreia do Sul possui algumas ilhas, com destaque para Jeju e Ulleungdo.

O relevo da Coreia do Sul é bastante acidentado, formado por diversos morros, além de várias formações montanhosas. O terreno local não é adequado para a cultivação de alimentos em larga escala. A rede hidrográfica da Coreia do Sul é pequena, formada predominantemente por cursos de água de porte reduzido. Os principais rios da Coreia do Sul são Nakgong, Geum e Hangang.

o clima da Coreia do Sul é tipicamente temperado. O país possui uma clara dualidade climática, com invernos frios e secos e verões quentes e chuvosos. A ocorrência de nevascas no inverno é bastante comum. A vegetação da Coreia do Sul também é do tipo temperado, com destaque para as vastas áreas cobertas pelas coníferas e outras plantas de grande homogeneidade vegetal.

Mapa da Coreia do Sul

Mapa da Coreia do Sul

Demografia da Coreia do Sul

A Coreia do Sul possui cerca de 50 milhões de habitantes. As maiores cidades em população do país são: Seul, Pusan, Inch'on, Taegu e Taejon. O território sul-coreano, além de muito populoso, é bastante povoado. A maior parte da população do país está concentrada em pequenas faixas do litoral, visto que o interior do país é bastante montanhoso.

Os dados demográficos sul-coreanos indicam que o país, apesar de grande população absoluta, tem baixos índices de natalidade e, consequentemente, de crescimento populacional. A imigração é bastante baixa no país, em razão de questões culturais. A população coreana possui uma elevada expectativa de vida e um amplo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

Economia da Coreia do Sul

Vista noturna de edifícios da Coreia do Sul.
A Coreia do Sul é classificada como um Tigre Asiático.

A Coreia do Sul é uma economia emergente classificada como Tigre Asiático em razão do seu vasto crescimento econômico baseado no investimento na educação e na exportação de bens industrializados. O país é considerado uma das principais potências econômicas da Ásia e possui grande participação na produção mundial de bens de alta tecnologia. Mesmo assim, é uma nação pobre em recursos naturais e bastante dependente da importação de produtos primários.

O setor primário da Coreia do Sul é restrito e concentrado na produção de bens agrícolas tradicionais, como o arroz e o pescado. Já no setor secundário, o principal do país, tem destaque a produção de automóveis, eletrônicos, máquinas, equipamentos e bens de alta tecnologia. O setor terciário da Coreia do Sul está concentrado no comércio internacional e nos serviços financeiros. O país é um dos principais exportadores de bens manufaturados da Ásia.

Infraestrutura da Coreia do Sul

A Coreia do Sul possui uma infraestrutura bastante moderna. O país conta com uma vasta rede de transportes, com destaque para rodovias, portos e aeroportos. Uma boa parte das infraestruturas do país está voltada para a exportação de bens industrializados. As telecomunicações, o saneamento básico e a energia são praticamente universais na Coreia do Sul.

O país tem sua base energética formada prioritariamente por combustíveis fósseis e energia nuclear. Ademais, destaca-se que a Coreia do Sul possui uma ampla de rede de educação, com institutos técnicos e faculdades reconhecidas internacionalmente, que formam a mão de obra altamente qualificada do país.

Governo da Coreia do Sul

O governo da Coreia do Sul é uma república presidencialista. O presidente, principal figura política do país, é eleito por meio do voto direto da população para um mandato de cinco anos. Além do presidente, há a figura do primeiro-ministro, que possui menos poderes que nas repúblicas parlamentaristas tradicionais. Por sua vez, completam o governo da Coreia do Sul, além do Poder Executivo, o Poder Legislativo e o Poder Judiciário.

Saiba mais: Como se deu o processo de industrialização nos países subdesenvolvidos

Cultura da Coreia do Sul

A Coreia do Sul possui uma cultura bastante singular, que inclusive é bastante difundida, por meio das redes sociais e demais mídias tecnológicas. O pop sul-coreano, por exemplo, é um sucesso internacional. O país também produz diversos filmes, séries e demais programas de entretenimento que são comercializados para diversos países do mundo. A cultura atual da Coreia do Sul é essencialmente tecnológica, com forte participação das mídias e dos objetos artificiais no cotidiano da população.

Integrantes de um grupo musical da Coreia do Sul durante apresentação.
O pop sul-coreano é um produto cultural de exportação do país. [1]

Mesmo com o intenso processo de modernização do país, a partir da segunda metade do século XX, a Coreia do Sul ainda preserva aspectos tradicionais. As construções de madeira de suas zonas urbanas, as tradicionais cerimônias do chá e a prática de artes marciais como o taekwondo são típicas da Coreia do Sul.

Na culinária, destaca-se o consumo de arroz, peixes, tofu e vegetais. Já no esporte, ressalta-se a prática de beisebol, vôlei, handebol e outros esportes coletivos. As artes marciais também são muito praticadas no país.

Curiosidades sobre a Coreia do Sul

  • A Coreia do Sul é campeã no registro de cirurgias plásticas, com destaque para as praticadas na área dos olhos.

  • A produção de chips, essenciais para a indústria de alta tecnologia, é um dos principais produtos de exportação da economia sul-coreana.

  • A Coreia do Sul ocupa a terceira posição entre os países do mundo com o maior número de registros de patentes.

  • A rosa-de-sarom, uma espécie de hibisco, é considerada a flor símbolo nacional da Coreia do Sul.

  • O consumo de carne de cachorro, mesmo em queda na atualidade, ainda é bastante popular nos restaurantes da Coreia do Sul.

Créditos da imagem

[1] Sam the Leigh / Shutterstock

Publicado por Mateus Campos
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Chile
Conheça os principais aspectos da história, da geografia e da economia do Chile. Saiba mais sobre os recursos minerais produzidos em território chileno.
Coreia do Norte
Clique aqui para saber tudo sobre a Coreia do Norte, país que é considerado um dos mais fechados de todo o mundo. Veja detalhes da cultura dessa nação.
Equador
Aspectos de um grande produtor de petróleo na América do Sul.
Guerra da Coreia
Conheça as causas da Guerra da Coreia e saiba quais foram as consequências desse conflito para as duas Coreias. Saiba quem venceu a Guerra da Coreia.
Líbia
Clique aqui e veja as principais características da geografia, da demografia e da economia da Líbia, um país localizado na África do Norte.
Novo Tigres Asiáticos
Veja quais são os países que integram os Novos Tigres Asiáticos. Conheça suas principais características e o que os torna diferentes dos Tigres Asiáticos.
Os NIC - Novos Países Industrializados
Países que se industrializaram a partir da década de 1950.
Países subdesenvolvidos
Conheça mais a respeito dos países subdesenvolvidos, nações pouco desenvolvidas socialmente e economicamente. Descubra quais são os critérios utilizados pela Organização das Nações Unidas (ONU) para classificar os países como subdesenvolvidos, bem como as principais características desses Estados.
Suíça
Saiba quais são as principais características geográficas da Suíça. Veja detalhes da economia dessa importante nação localizada na porção central europeia.
Tigres Asiáticos
Saiba mais sobre as principais características dos Tigres Asiáticos. Veja detalhes da origem e da ascensão econômica dessas importantes nações.
Ásia
Seção com textos sobre a demografia, a economia, o relevo, o clima e as relações políticas da Ásia, o maior continente do mundo.
video icon
Professora ao lado do texto"Verbos dicendi".
Português
Verbos dicendi
Dizer, falar, gritar, responder são verbos dicendi, ou seja, palavras que apresentam a maneira pela qual uma pessoa se expressa. Assista a esta videoaula para aprender um pouco mais sobre essa classificação!