Whatsapp icon Whatsapp

Regência Verbal

Regência vem do significado gramatical de reger, ou seja, de determinar a flexão de algum termo.

Na regência verbal, o verbo é o regente da oração, enquanto o seu complemento é o termo regido, logo é o que irá ser flexionado.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Então, podemos entender por regência verbal a relação que o verbo estabelece com seu complemento (objeto direto ou indireto). Vejamos:

1. O menino levou o livro à biblioteca.
2. A garota comeu o bolo.

Na segunda oração, o verbo “comeu” é transitivo e exige complemento, veja: comeu o quê? O bolo.
Logo, “comeu” é transitivo direto e “o bolo” é objeto direto.

Na primeira oração, o verbo “levou” é transitivo direto e exige o complemento (objeto direto) “o livro”. O termo que o sucede se refere a um adjunto adverbial de lugar - à bilblioteca.

Na análise sintática das orações acima podemos constatar que há uma relação de dependência entre o termo regente (que no caso é um verbo) com o termo regido (complemento). O primeiro precisa do segundo para que tenha sentido.
Vejamos mais um exemplo:

1. O menino levou – o. (o= o livro)
2. Ele abdicou do trono.

Na primeira oração temos o pronome oblíquo “o” como complemento do verbo “levou” e responde a pergunta: Levou o que? O = o livro. “O”, portanto, é um objeto direto.

Já na segunda oração o verbo “abdicou” transitivo indireto, pois exige um complemento, porém , precedido de preposição: Abdicou de que? Do trono. A expressão “do trono” é objeto indireto, pois é iniciado com a preposição “do” (preposição de + artigo o).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Publicado por Vânia Maria do Nascimento Duarte
Assista às nossas videoaulas

Artigos de Regência Verbal

Convidar para e convidar a integram os muitos casos relacionados à regência verbal
Convidar para ou convidar a?
Convidar para e convidar a representam um caso de regência verbal em que o uso da preposição está relacionado ao sentido do verbo.
Tal verbo, dependendo do contexto, pode assumir distintas posições
Reclamamos algo ou de algo?
Em apenas um clique constate acerca de tal questionamento!
Na oração acima, o verbo “interessar” pede um objeto indireto, pois possui o sentido de “importar”
Regência do verbo “interessar”
Saiba como se constrói a regência do verbo “interessar”, que pode possuir diferentes acepções em língua portuguesa.
Por ser transitivo indireto, o verbo “permitir” exige um objeto indireto como complemento
Regência do verbo “permitir”
Dúvidas verbais: Saiba como fazer a correta regência do verbo “permitir”!
Vou à ou Vou para?
Quando e como usar as expressões?

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Matemática
Área da esfera
Clique para aprender a calcular a área da esfera.
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Estrangeirismo
Nessa videoaula você entende sobre o estrangeirismo na música "Samba do Approach."
video icon
videoaula brasil escola
História
Crise de 1929
A quebra da bolsa de valores de Nova Iorque afetou não só os EUA, como o mundo. Entenda!