Whatsapp icon Whatsapp

Expansão marítima portuguesa

A expansão marítima portuguesa foi o movimento de navegações realizado por Portugal a partir do século XV, com o objetivo de encontrar rotas comerciais para o Oriente.
Representação de uma caravela, embarcação desenvolvida pelos portugueses, fundamental para a expansão marítima portuguesa.
Desenvolvida por Portugal, a caravela é uma embarcação que foi fundamental para a expansão marítima portuguesa.

A expansão marítima portuguesa foi uma busca realizada por Portugal por terras desconhecidas e rotas comerciais globais que teve grande impacto nos séculos XV e XVI. Esse fenômeno histórico teve suas raízes no contexto renascentista, impulsionado por pressões econômicas, políticas e pela competição internacional.

Suas causas incluíam a necessidade de encontrar rotas comerciais diretas, o espírito de exploração e a rivalidade com outras nações europeias. Os objetivos da expansão marítima abrangeram aspectos econômicos, políticos, religiosos e culturais, desde a busca por riquezas até a difusão do cristianismo. Suas conquistas marcantes incluíram a descoberta de rotas para o Oriente, a expansão colonial, a chegada ao Brasil e a consolidação de um comércio global.

Leia também: Grandes Navegações — nome dado às expedições marítimas realizadas por nações europeias a partir do século XV

Resumo sobre a expansão marítima portuguesa

  • A expansão marítima portuguesa foi um movimento dos séculos XV e XVI realizado por Portugal, que visava explorar terras desconhecidas e estabelecer rotas comerciais globais.
  • Ocorreu durante o renascimento e surgiu devido a pressões econômicas, políticas e concorrência internacional.
  • A necessidade de rotas comerciais alternativas, a curiosidade e o espírito de exploração, as inovações náuticas e tecnológicas, a concorrência internacional e a expansão religiosa foram causas da expansão marítima portuguesa.
  • Seus objetivos eram econômicos, políticos, religiosos e culturais, incluindo o estabelecimento de rotas comerciais para o Oriente, a África e a América, a difusão da fé cristã, a exploração do desconhecido e a obtenção de riquezas e prestígio.
  • Suas conquistas envolveram a descoberta de rotas para o Oriente, o estabelecimento de colônias, a chegada ao Brasil e o comércio global.

O que foi a expansão marítima portuguesa?

A expansão marítima portuguesa foi o movimento no qual Portugal embarcou em uma série de expedições marítimas, com o objetivo de explorar terras desconhecidas, estabelecer rotas comerciais e expandir seu império. Esse movimento ocorreu principalmente durante os séculos XV e XVI, e suas principais características incluíram a exploração das costas africanas, asiáticas e americanas, bem como a busca de novas rotas marítimas para o comércio, especialmente para o Oriente.

Pintura de Dom Henrique, nobre português que estimulou a expansão marítima portuguesa.
Dom Henrique, nobre português que estimulou a expansão marítima portuguesa.

Portugal desempenhou um papel pioneiro na expansão marítima, liderando o caminho na exploração de novos territórios e na construção de um império global. Os portugueses estabeleceram feitorias, depósitos de mercadorias em regiões litorâneas, e colônias em várias partes do mundo, e suas façanhas marítimas tiveram um impacto profundo na geografia, no comércio e na cultura globais.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Contexto histórico da expansão marítima portuguesa

O século XV marcou o início do período conhecido como renascimento, uma época de renovação cultural, científica e econômica na Europa. Durante esse período, as nações europeias buscaram maneiras de expandir sua capacidade comercial e influência política.

Portugal, no final do século XIV, era um reino relativamente pequeno, mas estrategicamente localizado na Península Ibérica. Durante a Idade Média, havia conquistado sua independência da Coroa espanhola e estabelecido sua monarquia. A reconquista da Península Ibérica dos mouros (nome dado aos muçulmanos que conquistaram a região na Idade Média) havia terminado, e Portugal estava em busca de novas oportunidades para crescimento e expansão.

Além disso, a Coroa portuguesa estava financeiramente enfraquecida, o que limitava sua capacidade de financiar novas empreitadas. Além do contexto nacional, o contexto internacional desempenhou um papel importante na expansão marítima portuguesa. O comércio era uma parte vital da economia europeia, e a busca de novas rotas comerciais e fontes de riqueza era uma prioridade para muitas nações. Além disso, a Europa estava empenhada em competir com o Império Otomano e outros impérios asiáticos e africanos em busca de riquezas e influência.

Causas da expansão marítima portuguesa

Várias causas contribuíram para o início da expansão marítima portuguesa. Entre as principais, destacaram-se:

  • Necessidade de rotas comerciais alternativas: devido ao domínio de rotas comerciais terrestres por impérios como o Otomano, Portugal procurou encontrar rotas marítimas alternativas para o comércio com o Oriente. Esse objetivo era motivado pela busca de especiarias, seda, porcelana e outras mercadorias valiosas que eram altamente cobiçadas na Europa.
  • Curiosidade e espírito de exploração: os portugueses eram navegadores experientes e estavam determinados a explorar o mundo desconhecido. Influenciados pelas viagens de exploradores árabes, como Ibn Battuta, e pelas histórias de viajantes, eles se sentiam atraídos pela ideia de descobrir novas terras e riquezas.
  • Inovações náuticas e tecnológicas: a expansão marítima portuguesa foi facilitada pelo desenvolvimento de novas tecnologias, como a caravela, um tipo de navio que permitia navegar com mais eficiência e explorar águas desconhecidas. Além disso, a utilização da bússola e de mapas mais precisos contribuiu para o sucesso das expedições.
  • Concorrência internacional: Portugal estava ciente de que outras nações europeias, como a Espanha, a Inglaterra e a Holanda, também estavam em busca de rotas comerciais e terras desconhecidas. A competição internacional incentivou os portugueses a agirem rapidamente.
  • Expansão religiosa: a expansão marítima também estava relacionada aos esforços de propagação do cristianismo. A Igreja desempenhou um papel importante no financiamento de expedições e na busca por novas terras para converter os povos não cristãos.

Veja também: Cristóvão Colombo — navegante que organizou a expedição espanhola que chegou à América em 1492

Objetivos da expansão marítima portuguesa

Os objetivos da expansão marítima portuguesa eram diversos e incluíam aspectos econômicos, políticos e culturais. Os principais objetivos eram:

  • Estabelecer rotas comerciais para o Oriente: o objetivo econômico mais crucial era encontrar uma rota direta para o Oriente, eliminando intermediários e, assim, reduzindo os custos das especiarias e outros produtos de alto valor. Isso aumentaria o lucro e a riqueza de Portugal.
  • Difundir a fé cristã: a Igreja Católica desempenhou um papel importante na expansão marítima, buscando converter os povos não cristãos encontrados nas novas terras. A evangelização era vista como uma missão religiosa e civilizadora.
  • Explorar o desconhecido: os portugueses tinham curiosidade e desejo de explorar terras desconhecidas. A exploração era vista como uma aventura emocionante e uma oportunidade para adquirir conhecimento geográfico e cultural.
  • Obter riquezas e prestígio: a conquista de novas terras e a obtenção de riquezas, como ouro, prata e gemas preciosas, eram objetivos importantes para enriquecer Portugal e aumentar seu prestígio internacional.
  • Estabelecer rotas de comércio para África e América: além das rotas para o Oriente, Portugal estava interessado em explorar a costa africana e as ilhas atlânticas, como as ilhas Açores, bem como estabelecer rotas comerciais para a América.

Conquistas da expansão marítima portuguesa

A expansão marítima portuguesa resultou em uma série de conquistas que impactaram o comércio, a cultura e a geopolítica. Algumas das conquistas mais significativas incluíram:

  • Descobrimento do caminho marítimo para o Oriente: em 1498, Vasco da Gama alcançou a Índia, estabelecendo o primeiro caminho marítimo direto entre a Europa e o Oriente. Isso permitiu a Portugal contornar intermediários e obter especiarias e outras mercadorias diretamente, enriquecendo a nação.
  • Exploração da costa africana: os portugueses mapearam extensas áreas da costa africana, estabelecendo postos de comércio e rotas para aquisição de ouro, marfim e escravos. Além disso, exploraram ilhas atlânticas, como os Açores e Madeira.
  • Descobrimento do Brasil: Pedro Álvares Cabral, em 1500, “descobriu o Brasil”, estabelecendo um império colonial na América do Sul. O Brasil se tornaria uma colônia lucrativa, conhecida por sua produção de açúcar e, posteriormente, ouro.
  • Expansão para o Extremo Oriente: a expansão portuguesa chegou ao Extremo Oriente, estabelecendo postos comerciais em locais como Malaca, Ceilão (atual Sri Lanka) e Macau. Isso permitiu o acesso a especiarias e produtos exóticos.
  • Estabelecimento de rotas comerciais globais: Portugal estabeleceu rotas comerciais que ligavam o Oriente ao Ocidente, formando uma rede global de comércio que enriqueceu a nação e mudou o cenário econômico mundial.
  • Difusão da cultura e do conhecimento: os portugueses não apenas exploraram terras como também difundiram cultura, conhecimento e religião. Isso incluiu a disseminação da fé cristã, a produção de mapas e registros detalhados e o estabelecimento de escolas de navegação.
  • Consolidação do Império Português: as conquistas territoriais e comerciais fortaleceram o Império Português e estabeleceram seu domínio em vastas regiões do mundo.
  • Consequências negativas: a exploração e o tráfico de escravos, que tiveram impactos duradouros nas sociedades colonizadas; a competição global levou a conflitos com outras nações europeias, como a Espanha e os Países Baixos, o que resultou em disputas territoriais; a imposição da conversão de povos originários ao cristianismo em detrimento de suas próprias crenças, línguas e culturas.

As grandes navegações portuguesas se estenderam até cerca de 1580, quando a Espanha passou a governar Portugal em um período conhecido como União Ibérica. Então o período da expansão marítima e das navegações é delimitado pelo início do século XV e fim do XVI. Nesse intervalo, as mais notáveis conquistas portuguesas foram:

Algumas conquistas notáveis da expansão marítima portuguesa

Data

Acontecimento

1415

Tomada de Ceuta

1434

Navegação até o cabo Bojador

1488

Chegada de Bartolomeu Dias ao cabo da Boa Esperança

1498

Vasco da Gama chega à Índia

1500

Descobrimento do Brasil por Pedro Álvares Cabral

1502

Chegada de Vasco da Gama a Calecute

1509

Batalha de Diu

1510

Conquista de Goa

1511

Conquista de Malaca

1513

Chegada de Jorge Álvares à China (estabelecimento de Macau)

1513

Chegada dos portugueses a Nagasaki, Japão

1520

Circum-navegação do mundo por Fernão de Magalhães

1542

Chegada de São Francisco Xavier ao Japão

1549

Chegada de Tomé de Souza e início da colonização do Brasil

1557

Estabelecimento do primeiro entreposto comercial em Nagasaki, Japão

1559

Chegada dos primeiros missionários jesuítas à China

1571

Batalha de Lepanto (participação de Portugal na coalizão cristã)

1578

Morte de Sebastião I em Alcácer-Quibir

1580

União Ibérica, com a coroação de Filipe II de Espanha como Filipe I de Portugal

Acesse também: O Brasil foi realmente “descoberto”?

Exercícios resolvidos sobre a expansão marítima portuguesa

Questão 1

Em qual século ocorreu a expansão marítima portuguesa, um período de exploração e descobertas que desempenhou um papel fundamental no enriquecimento cultural, econômico e geográfico do mundo?

A) Século XIII

B) Século XVI

C) Século X

D) Século XVIII

E) Século XIX

Resolução:

Alternativa B

A expansão marítima portuguesa ocorreu principalmente nos séculos XV e XVI, marcando uma era de explorações e conquistas que moldaram a história mundial. Durante esse período, Portugal liderou expedições marítimas e estabeleceu rotas comerciais e colônias em diversas partes do mundo.

Questão 2

Qual das seguintes razões melhor explica as causas da expansão marítima portuguesa?

A) Curiosidade científica e desejo de conhecimento geográfico.

B) Pressões demográficas e falta de recursos naturais em Portugal.

C) Objetivos exclusivamente religiosos e missionários.

D) Busca por rotas comerciais diretas e concorrência internacional.

E) Apenas interesses culturais na difusão da arte e da literatura.

Resolução:

Alternativa D

A expansão marítima portuguesa foi impulsionada principalmente pela busca de rotas comerciais diretas para o Oriente a fim de obter especiarias e outras mercadorias valiosas. Além disso, a competição internacional, especialmente com outras nações europeias, desempenhou um papel fundamental nesse processo, tornando a resposta D a opção correta.

Fontes

RUSSELL-WOOD, A. J. R. Histórias do Atlântico Português. São Paulo: UNESP, 2021.

RABELO, Lucas. A Nova Imagem do Mundo através das Grandes Navegações: o caso dos mapas ibéricos de Juan de La Cosa (1500) e de Cantino (1502). XXVIII Simpósio Nacional de História. Disponível em http://www.snh2011.anpuh.org/resources/anais/39/1428106081_ARQUIVO_RABELO,LucasMontalvao.ANovaImagemdoMundoatravesdasGrandesNavegacoesocasodosmapasibericosdeJuandeLaCosa(1500)edeCantino(1502).pdf.

Publicado por Tiago Soares Campos
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

22 de abril – Descobrimento do Brasil
Clique aqui para saber sobre o descobrimento do Brasil. Entenda como os portugueses chegaram aqui, e veja se esse dia é considerado feriado nacional.
Abolição da escravatura
Clique aqui para saber mais como ocorreu o processo de abolição da escravatura, que aconteceu em 1888. Entenda como se mobilizou o movimento abolicionista.
Conquista ou descobrimento do Brasil?
A chegada de Cabral representou o descobrimento do Brasil ou a conquista de um novo território? Entenda os fatos relacionados ao encontro dos portugueses com as terras brasileiras e com os povos que aqui viviam.
Cristóvão Colombo
Acesse e conheça detalhes da vida de Cristóvão Colombo. Entenda como ele conseguiu financiamento para realizar a viagem que o levou para a América em 1492.
Espanha
Leia as principais informações geográficas sobre a Espanha. Veja os principais dados relacionados à economia e à população dessa importante nação europeia.
Grandes Navegações
Acesse este texto e saiba o que foram as Grandes Navegações. Entenda por que Portugal foi pioneiro nessa empreitada e quais foram seus grandes feitos.
Humanismo
Clique e entenda o que foi e quais são as características do humanismo!
Países Baixos
Leia sobre as principais características geográficas do território neerlandês. Veja dados diversos sobre a economia, a infraestrutura e a demografia dos Países Baixos.
Portugal
Leia as principais informações sobre a geografia portuguesa. Veja dados relacionados à demografia e à economia do país que colonizou o território brasileiro.
Reino do Congo
Clique aqui e conheça a história do Reino do Congo. Veja como surgiu, onde se localizava, quanto tempo durou e por que acabou.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Número de diagonais de um polígono convexo" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Número de diagonais de um polígono convexo
Nessa aula demonstrarei a fórmula do número de diagonais de um polígono convexo e resolveremos questões modelo.