Whatsapp icon Whatsapp

Medusa

Medusa era uma górgona, um ser monstruoso da mitologia grega. Era conhecida pela sua aparência horrenda e por transformar em pedra todos os que a olhavam.
Ilustração da Medusa.
Medusa era uma górgona capaz de transformar em pedra aqueles que a olhavam diretamente.

Medusa era uma górgona, um ser monstruoso que foi descrito na mitologia grega. Ela possuía duas irmãs (sendo a única que não era imortal), tinha a aparência de uma serpente e transformava em pedra todos os que a encaravam. Na mitologia, Medusa ficou marcada por ter sido morta por Perseu, herói filho de Zeus.

Leia também: Hera — deusa grega que enviou duas serpentes para matarem Herácles em seu berço

Resumo sobre Medusa

  • Medusa era uma górgona que possuía duas irmãs imortais, Esteno e Euríale.

  • Era conhecida por sua aparência horrenda, possuindo semelhanças com uma serpente.

  • Transformava em pedra todos os que a olhavam diretamente.

  • Foi morta pelo herói Perseu, que a encontrou dormindo e a decapitou.

  • Sua cabeça foi entregue a Atena, que a usou como adorno para o seu escudo.

A górgona Medusa

Medusa é uma personagem da mitologia grega conhecida por ser uma górgona. Medusa não era a única górgona, pois tinha duas irmãs, chamadas Esteno e Euríale. Nos mitos gregos, as górgonas eram seres monstruosos conhecidos por sua ferocidade e pelo fato de que transformavam em pedra todos os que os encarassem.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Uma das marcas de Medusa era o fato de ela possuir uma aparência horrenda. Existe uma variação dos mitos gregos que aponta que apenas Medusa tinha essa aparência, enquanto outras versões contam que todas as górgonas eram monstruosas. Dentre as características atribuídas a Medusa, estão:

  • serpentes na cabeça no lugar dos cabelos;

  • rosto horrendo;

  • garras e dentes enormes e afiados;

  • corpo parecido com o de uma serpente.

Como podemos ver, na mitologia grega, as górgonas eram representadas com feições femininas.

Em uma das versões dos mitos de Medusa, afirma-se que ela era uma bela mulher, mas que sua vaidade e o fato de ser mais bonita que Atena teria feito essa deusa puni-la, transformando-a na górgona monstruosa. Outra versão aponta que a punição aconteceu porque Medusa teria mantido relações sexuais com Poseidon no interior de um templo de Atena, o que era considerado uma profanação do local.

Acesse também: Apolo uma das divindades presentes no panteão de deuses gregos

A morte de Medusa

O capítulo mais conhecido da história de Medusa na mitologia grega é o episódio que narra a sua morte, feito que foi realizado pelo herói Perseu. A história de Perseu se inicia quando sua mãe, Dânae, engravida de Zeus. O pai de Dânae, Acrísio, decide abandonar a filha e o neto, colocando-os em um baú e lançando-os no oceano.

Acrísio fez isso porque temia uma profecia que recebeu: de que um dia o filho de Dânae o mataria. De qualquer forma, Dânae e Perseu chegaram a Sérifos e foram resgatados por Díctis. Perseu foi criado por ele como se fosse seu filho. Díctis era irmão de Polidecto, o rei que governava a ilha de Sérifos.

Perseu cresceu em segurança, tornando-se um homem forte. Em determinado momento, Perseu tornou-se um incômodo para Polidecto, pois o rei desejava Dânae, mãe do herói, e Perseu considerava Polidecto indigno de tomar a mão de Dânae. Assim, Polidecto planejou enviar Perseu para uma missão de grande perigo. O estratagema utilizado por Polidecto foi pedir para Perseu um presente de casamento para Hipodâmia.

Polidecto pediu um cavalo para Perseu e, como ele não tinha o cavalo, se ofereceu para conseguir qualquer outro presente. Assim, Polidecto solicitou que Perseu trouxesse a cabeça da única górgona mortal: Medusa. Essa era uma missão mortal, uma vez que, além de ela ser feroz, era impossível olhar para a górgona sem ser petrificado.

Perseu prosseguiu nessa missão perigosa, mas contou com a ajuda de diferentes deuses gregos:

  • Hades, que lhe deu um elmo que lhe garantia invisibilidade;

  • Hermes, que lhe deu sandálias aladas;

  • Atena, que lhe deu um escudo que refletia as imagens ao redor;

  • Zeus, que lhe deu uma espada capaz de matar a górgona.

Ele se dirigiu até a caverna onde as górgonas viviam e lá encontrou Medusa dormindo. Utilizando o escudo para aproximar-se, Perseu cortou a cabeça da górgona. Ao realizar isso, nasceram Pégaso, um cavalo alado, e Crisaor, um gigante que possuía uma espada dourada. Isso aconteceu porque Medusa estava grávida de Poseidon.

Estátua de Perseu com a cabeça de Medusa nas mãos.
Na mitologia grega, Perseu foi o responsável por decapitar Medusa. [1]

Ao perceberem que Medusa havia sido assassinada, suas irmãs perseguiram Perseu, mas ele escapou delas usando o elmo de invisibilidade dado por Hades. Perseu então retornou para Sérifos com a cabeça da górgona e a usou para petrificar Polidecto como castigo por sua artimanha. Finalmente, Perseu deu a cabeça de Medusa para a deusa Atena, e ela a usou para adornar o seu próprio escudo.

Conheça também: Afrodite — a deusa grega do amor, da beleza, do desejo e da fertilidade

Curiosidades sobre a Medusa

  • Os cronistas gregos apontam que as górgonas residiam em Cistene, mas outros afirmam que elas viviam na região da atual Líbia.

  • A palavra górgona no idioma grego já dava uma ideia da imagem que esse povo tinha desse ser mitológico. O termo “górgona” pode ser traduzido como “feroz” ou “terrível”.

  • Medusa pode ser traduzido como “guardar” ou “proteger”. A tradução desse nome pode ter associação com o escudo de Atena.

  • Na cultura grega, a cabeça de Medusa tornou-se um amuleto usado para afastar maus espíritos e trazer sorte. Assim, a cabeça da Medusa era retratada no frontão de construções, assim como nas armaduras de soldados e em muitos outros pequenos objetos do cotidiano. Os amuletos com a cabeça de Medusa eram conhecidos como gorgonião.

Créditos da imagem:

[1] Dmitry Chulov / Shutterstock

Publicado por Daniel Neves Silva

Artigos Relacionados

A formação da pólis grega
Um evento de grandes implicações para a formação da civilização ocidental.
Arquitetura e escultura grega
As características fundamentais desses dois campos da cultura grega.
Deuses gregos
Conheça mais sobre os deuses gregos. Acompanhe como a mitologia grega trata o surgimento desses deuses, e veja quais eram suas características principais.
Egito Antigo
Clique aqui e conheça os principais elementos da história do Egito Antigo, uma das civilizações mais antigas do mundo.
Os legisladores atenienses
A ação dos políticos que deram fim à tradição aristocrática em Atenas.
video icon
"Matemática do Zero | Classificação de triângulos" escrito sobre fundo azul
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Classificação de triângulos
Nessa aula veremos que um triângulo pode ser classificado quanto às medidas dos lados (isósceles, equilátero e escaleno) e quanto às medidas dos ângulos (acutângulo, retângulo e obtusângulo).