Dissociação das bases

A dissociação das bases é um processo físico em que essas substâncias liberam cátions e ânions quando submetidas à dissolução em água ou ao processo de fusão.

A dissociação das bases é um fenômeno físico que ocorre sempre que essas substâncias são adicionadas à água ou são submetidas ao processo de fusão (passagem do estado físico sólido para o líquido).

Durante a dissolução em água, ou na fusão, o fenômeno da dissociação das bases acontece porque esses compostos são iônicos (formados por ligação iônica) e, por isso, apresentam o ânion hidróxido interagindo com:

  • Um metal (Y) qualquer;

  • O cátion amônio (NH4+);

A forma de representar a dissociação de uma base é feita por meio de equações:

Equação representando uma base sendo dissolvida
Equação representando uma base sendo dissolvida

Equação representando uma base sendo dissolvida
Equação representando uma base sendo dissolvida

No lado direito dessas equações, sempre aparecem o cátion (do elemento que pertence à base) e o ânion OH, seja no caso da dissolução, seja na fusão.

Um detalhe interessante é que a dissociação das bases é muito utilizada para indicar a força dessas substâncias, ou seja, a capacidade que elas possuem de liberar muitos ou poucos íons, característica que está diretamente relacionada com a capacidade de conduzir corrente elétrica. Dessa forma, temos:

  • Quanto mais a base liberar íons (base denominada forte), maior a corrente elétrica conduzida;

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Quanto menos a base liberar íons (base denominada fraca), menor a corrente elétrica conduzida;

Para saber se a dissociação da base liberará muitos ou poucos íons, devemos adotar duas referências importantes:

1ª Conhecer a família do elemento químico:

  • Base forte: Metal alcalino ou alcalinoterroso;

Observação: O magnésio é um elemento químico que forma base fraca.

  • Base fraca: Qualquer outro metal.

Exemplo 1: Hidróxido de cálcio [Ca(OH)2] é uma base forte por apresentar o metal alcalinoterroso cálcio.

Exemplo 2: Hidróxido de alumínio [Al(OH)3] é uma base fraca por apresentar um metal que não pertence às famílias dos metais alcalinos e alcalinoterrosos.

2ª Conhecer o grau de dissociação (α) da base:

O grau de dissociação é um dado matemático que indica a relação entre a quantidade de partículas dissociadas da base, pelo seu número total, em porcentagem:

α = número de partículas dissociadas
      Número de partículas total

Assim, se:

  • α ≥ 5% = Base forte

  • α < 5% = Base fraca

Exemplo 1: Hidróxido de sódio (NaOH), α = 80%, é uma base forte por apresentar alfa maior que 5%.

Exemplo 2: Hidróxido de titânio IV [Ti(OH)4], α = 0,6%, é uma base fraca por apresentar alfa menor que 5%.

O hidróxido (OH) é o ânion liberado em toda dissociação de bases
O hidróxido (OH) é o ânion liberado em toda dissociação de bases
Publicado por: Diogo Lopes Dias
Assuntos relacionados
Representação da interação entre os íons provenientes de um sal e da água.
Hidrólise salina entre ácido e base fracos
Clique neste link e aprenda a determinar se ocorre ou não uma hidrólise salina entre ácido e base fracos quando um determinado sal é dissolvido em água. Por meio da hidrólise, o sal dissocia-se gerando afinidade entre todos seus íons (cátion e ânion) e os íons da água.
Etapas da ionização
Dissociação e Ionização
Svant August Arrhenius, dissociação iônica, ionização, condutividade elétrica, compostos iônicos, soluções aquosas, sal de cozinha, soda cáustica, corrente elétrica, dissociação iônica.
Flor de Hibisco: indicador ácido-base
Características e nomenclatura das Bases
Bases, dissociação iônica, hidróxido de sódio, hidróxido de cálcio, hidróxido de alumínio, íons, cátion, ânion, hidróxido de ferro, hidróxido de cobre, sabor adstringente.
Classificação das Bases
Como a solubilidade se relaciona com o grau de dissociação de bases.
Representação dos íons de algumas bases dissociadas
Equações de dissociação das bases
Aprenda a interpretar e a construir equações de dissociação de bases!
Exemplos de bases consideradas solúveis em água
Solubilidade das bases
Aprenda a classificar uma base quanto à sua capacidade de dissolver-se muito, pouco ou quase nada em água!
Exemplos de bases fortes (esquerda) e fracas (direita)
Força das bases
Aprenda a determinar a força das bases por meio da simples análise de sua fórmula, nome e grau de dissociação!
O ácido fosfórico é um exemplo de oxiácido classificado quanto ao grau de hidratação
Grau de hidratação dos ácidos
Clique e conheça os ácidos orto, piro e meta, termos utilizados na classificação dos ácidos relacionada com o grau de hidratação desses compostos.
Exemplos de fórmulas de algumas bases
Fórmulas das bases
Clique e conheça como são construídas e o que representa cada um dos componentes presentes na fórmula de uma base de Arrhenius.
Hidróxido de sódio é o nome da base utilizada na fabricação de sabões em barra
Nomenclatura das bases
Conheça todas as particularidades da regra de nomenclatura das bases e aprenda a utilizá-la com exemplos práticos.