Fórmulas das bases

As fórmulas das bases apresentam um cátion e o ânion hidróxido e são úteis para construir o nome ou classificar uma base qualquer.

As bases, segundo Arrhenius, são substâncias que, na presença de água, dissociam-se e liberam dois íons: um cátion qualquer (Y+x) e um ânion hidróxido (OH-1), como na representação a seguir:

Fórmula

A fórmula padrão da base, demonstrada acima, sempre apresenta o elemento metálico à esquerda do grupo hidróxido. O valor de x depende da carga do cátion formado pelo elemento metálico.

Obs.: Existe apenas uma base em que o componente Y não é um metal, que é o hidróxido de amônio.

O conhecimento da fórmula de uma base é importante para diversos fins:

Construção da fórmula das bases segundo o conceito de íon-fórmula

Como as bases são formadas por ligação iônica, em virtude da presença de um metal com o grupo hidróxido, a montagem da fórmula desse composto segue o padrão de construção de um íon-fórmula (referente aos compostos iônicos).

Para montar um íon-fórmula, devemos fazer o seguinte:

  • Sigla do metal ou cátion à esquerda;

  • Sigla do ânion à direita.

Por fim, basta cruzar as cargas de cada um dos componentes para que elas se transformem na quantidade de átomos de cada um.

A fórmula da base que apresenta o cátion alumínio (Al+3) e o ânion hidróxido (OH-1), por exemplo, é:

Fórmula da base

Construção de fórmulas a partir dos nomes das bases

O nome de uma base Arrhenius segue esta regra de nomenclatura:

Hidróxido + de + nome do elemento

Se o elemento presente na base não for a prata e o zinco ou não pertencer às famílias IA, IIA e IIIA, sempre virá escrito um algarismo romano (correspondente à carga do cátion formado pelo elemento) com o nome do elemento.

Para construir a fórmula da base a partir do nome, devemos fazer o seguinte:

  • Iniciar a fórmula com a sigla referente ao nome do elemento;

  • Em seguida, escrever o grupo OH, referente ao termo hidróxido;

  • Por fim, escrever o número no lugar de x (presente na fórmula geral), o qual corresponde à carga do cátion formado pelo elemento.

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O hidróxido de titânio II, por exemplo, apresenta fórmula Ti(OH)2, já que:

  • Ti é a sigla do elemento titânio;

  • OH é o ânion de toda base;

  • 2 é a carga do cátion titânio indicada no nome.

Se no nome da base não houver nenhum algarismo após o nome do elemento, a carga do cátion desse elemento seguirá este padrão:

Tabela de cargas

Utilização da fórmula para construção do nome da base

Quando um texto ou um exercício fornece a fórmula de uma base, podemos construir seu nome de acordo com o raciocínio a seguir:

  • O nome inicia-se com hidróxido porque a regra de nomenclatura assim determina;

  • Em seguida, coloca-se a preposição de;

  • Por fim, inserimos o nome do elemento cuja sigla está na fórmula fornecida.

A base de fórmula Sb(OH)3, por exemplo, é chamada de hidróxido de antimônio III, pois:

  • Hidróxido é o início do nome de toda base;

  • Antimônio é o nome do elemento de sigla Sb;

  • III é o número referente à carga do cátion desse elemento.

Exemplos de construção de fórmulas de bases

Hidróxido de ferro III

A partir do nome fornecido, temos que:

  • Fe é a sigla do elemento ferro;

  • OH é o ânion de toda base;

  • III refere-se à carga do cátion ferro indicada no nome.

A fórmula dessa base é Fe(OH)3.

→ Hidróxido de prata

A partir do nome fornecido, temos que:

  • Ag é a sigla do elemento prata;

  • OH é o ânion de toda base;

  • I refere-se à carga do cátion prata.

A fórmula dessa base é AgOH.

→ Hidróxido de magnésio

A partir do nome fornecido, temos que:

  • Mg é a sigla do elemento magnésio;

  • OH é o ânion de toda base;

  • II refere-se à carga do cátion magnésio.

A fórmula dessa base é Mg(OH)2.

→ Hidróxido de cobre II

A partir do nome fornecido, temos que:

  • Cu é a sigla do elemento cobre;

  • OH é o ânion de toda base;

  • II refere-se à carga do cátion cobre indicada no nome.

A fórmula dessa base é Cu(OH)2.

Exemplos de fórmulas de algumas bases
Exemplos de fórmulas de algumas bases
Publicado por: Diogo Lopes Dias
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

Leia a tira abaixo e responda:

Uma substância que pode ser incluída no cardápio de antiácidos, por ter propriedades básicas, é:

a) NaCl

b) CuCl2

c) Al(OH)3

d) HCOOH

Questão 2

A fórmula do hidróxido de ouro III é:

a) Au(OH)3

b) Fe(OH)3

c) AuO

d) Au3O3

e) n.d.a

Mais Questões
Assuntos relacionados
O gás metano pode ser originado da reação de um carbeto com água
Carbetos
Conheça os principais ânions formadores de carbetos e aprenda como fazer a nomenclatura desses compostos.
As bases são um exemplo de substâncias formadas na reação com óxidos duplos
Reações com óxidos duplos
Entenda as reações com óxido duplo e aprenda como ocorre e quais são os produtos desse tipo de reação química.
O gás oxigênio é formado em toda reação com superóxido
Reações com superóxidos
Entenda como ocorrem as reações com superóxidos e descubra que tipo de reagentes e produtos estão presentes nesses processos químicos.
Fórmula do ácido clorídrico
Montagem da fórmula dos ácidos
Clique aqui e descubra uma forma fácil de realizar a montagem da fórmula dos ácidos. Para isso, é importante conhecer três aspectos fundamentais em relação a essas substâncias: a fórmula do ácido inorgânico, sua regra de nomenclatura e os nomes e as cargas dos principais ânions existentes.
O hidróxido (OH) é o ânion liberado em toda dissociação de bases
Dissociação das bases
Entenda a dissociação das bases, fenômeno físico que ocorre com essas substâncias quando submetidas à dissolução ou à fusão. Esse processo está diretamente relacionado com a capacidade de liberar íons (cátions e ânions) no meio. Nesse caso, o ânion sempre será o mesmo, ou seja, o hidróxido. Clique e saiba mais!
Bicarbonato de sódio é o principal exemplo de sal ácido
Sal ácido
Clique aqui e aprenda o que é um sal ácido e o processo químico em que ele é formado. Esse processo é chamado de neutralização parcial, o qual deve ocorrer obrigatoriamente entre um ácido e uma base, mas a quantidade de hidroxilas da base não é suficiente para neutralizar a quantidade de hidrônios do ácido. Entenda!
Bases
Conheça quais são as principais bases e como elas são classificadas. Aprenda como nomeiam-se os compostos alcalinos e quais são suas aplicações mais comuns.
Flor de Hibisco: indicador ácido-base
Características e nomenclatura das Bases
Bases, dissociação iônica, hidróxido de sódio, hidróxido de cálcio, hidróxido de alumínio, íons, cátion, ânion, hidróxido de ferro, hidróxido de cobre, sabor adstringente.
A soda cáustica é uma base (hidróxido de sódio) usada na fabricação de sabões
Bases no cotidiano
Conheça algumas das principais aplicações e origens das bases usadas no cotidiano.
Classificação das Bases
Como a solubilidade se relaciona com o grau de dissociação de bases.
Arrhenius realizou experimentos sobre ionização e dissociação iônica
Conceito de ácido, base e sal pela teoria de Arrhenius
Segundo o conceito de Arrhenius, em solução aquosa os ácidos produzem como cátion somente o hidrogênio, as bases produzem como ânion somente a hidroxila e os sais geram íons diferentes destes.
As bases são substâncias muito usadas em laboratório e estão presentes em vários produtos usados diariamente
Principais bases
Conheça as principais bases usadas na indústria química, suas características e aplicações na sociedade.
Representação dos íons de algumas bases dissociadas
Equações de dissociação das bases
Aprenda a interpretar e a construir equações de dissociação de bases!
Exemplos de bases consideradas solúveis em água
Solubilidade das bases
Aprenda a classificar uma base quanto à sua capacidade de dissolver-se muito, pouco ou quase nada em água!
Exemplos de bases fortes (esquerda) e fracas (direita)
Força das bases
Aprenda a determinar a força das bases por meio da simples análise de sua fórmula, nome e grau de dissociação!