Whatsapp icon Whatsapp

Hematose

Hematose garante a remoção do gás carbônico e a incorporação do oxigênio no sangue, promovendo a transformação do sangue venoso em arterial.
Ilustração do sistema respiratório humano com indicação do nome de cada órgão.
A hematose ocorre nos alvéolos pulmonares.

 Hematose é o nome dado às trocas gasosas que ocorrem nas superfícies respiratórias dos seres vivos. Nos seres humanos, a hematose ocorre nos pulmões, mais precisamente nos alvéolos pulmonares.

Nos alvéolos, acontece a remoção do gás carbônico e a incorporação de oxigênio no sangue, transformando o sangue venoso em arterial. Após a hematose, o sangue segue para o coração e é bombeado para diferentes partes do corpo, garantindo que o oxigênio chegue a todas as células.

Saiba mais: Embolia pulmonar — um problema em que ocorre a obstrução da artéria pulmonar ou de um de seus ramos

Resumo sobre hematose

  • Hematose são trocas gasosas que ocorrem, nos seres humanos, nos alvéolos pulmonares.

  • Nos alvéolos, acontece a difusão do oxigênio do ar para o sangue e a difusão do gás carbônico presente no sangue para os alvéolos.

  • A depender do tipo de respiração que o animal realiza, temos a hematose branquial, a pulmonar, a cutânea e a traqueal.

  • A hematose branquial ocorre nas brânquias; a pulmonar, nos pulmões; a cutânea, na superfície do corpo do animal; e a traqueal, nas traqueias.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que é hematose?

Hematose é um processo que pode ser definido, de maneira simplificada, como a remoção do gás carbônico e a incorporação de oxigênio no sangue, levando à transformação do sangue rico em gás carbônico (venoso) em sangue rico em oxigênio (arterial).

→ Tipos de hematose

Alguns autores definem a hematose como trocas gasosas que ocorrem no nível das superfícies respiratórias por meio da difusão. Desse modo, a depender do tipo de respiração que o animal realiza, temos:

  • Hematose branquial: ocorre tipicamente em animais aquáticos, e a troca gasosa é observada entre o sangue e as brânquias.

  • Hematose pulmonar: ocorre em seres humanos, e a troca gasosa é observada em estruturas denominadas pulmões, mais precisamente nos alvéolos pulmonares.

  • Hematose cutânea: ocorre a troca gasosa entre o sangue e a superfície do corpo do animal, e pode ser observada, por exemplo, em anfíbios e anelídeos.

  • Hematose traqueal: ocorre a troca gasosa em estruturas chamadas de traqueias, e pode ser observada em insetos.

Onde ocorre a hematose?

Como mencionado, a hematose ocorre em diferentes locais a depender do animal estudado, podendo ser nas brânquias, nos pulmões, na pele e nas traqueias. Nos seres humanos, ocorre nos pulmões, mais precisamente nos alvéolos pulmonares.

Os alvéolos pulmonares são estruturas que lembram pequenas bolsas, e suas paredes são formadas por uma camada epitelial fina, a qual se apoia em tecido conjuntivo, no qual se observa uma grande quantidade de capilares. A troca gasosa nos alvéolos é facilitada pelo fato de as paredes dos capilares e dos alvéolos serem formadas por apenas uma camada de células e o sangue circular lentamente nesse local.

Como ocorre a hematose pulmonar?

A hematose pulmonar ocorre ao nível dos alvéolos pulmonares e garante a transformação de sangue com elevada concentração de gás carbônico em um sangue rico em oxigênio. O ar atmosférico chega até os pulmões por meio do sistema respiratório. Assim, o ar percorre o seguinte caminho no nosso corpo:

 Ilustração da hematose ocorrendo nos alvéolos pulmonares.
 A hematose pulmonar ocorre nos alvéolos pulmonares.

O ar que chega aos alvéolos está rico em oxigênio, enquanto o sangue presente nos capilares está rico em gás carbônico. Ocorre então a difusão do oxigênio do ar presente nos alvéolos para o sangue e a difusão do gás carbônico presente no sangue para os alvéolos. Após a troca gasosa, o sangue segue em direção ao coração para ser bombeado para todo o corpo e o gás carbônico é liberado para o meio via expiração. 

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

Articulações
União entre partes rígidas do esqueleto, geralmente permitindo sua mobilidade.
Brônquios
Amplie seus conhecimentos sobre os brônquios clicando aqui. Veja aqui a função dessas estruturas, suas características e o que é a bronquite.
Fisiologia da respiração dos animais invertebrados
As simples adaptações do sistema respiratório e as trocas gasosas dos invertebrados.
Funções da coluna vertebral
Sustentação, proteção, mobilidade e agilidade da estrutura corporal.
Movimentos respiratórios
Você sabe como ocorrem os movimentos respiratórios? Clique aqui e aprenda mais sobre a inspiração e a expiração.
Respiração celular
Aprenda mais sobre a respiração celular, clicando aqui. Neste texto, abordaremos detalhadamente cada uma das etapas do processo.
Sistema excretor
Aprenda um pouco mais sobre os componentes do sistema excretor e compreenda algumas de suas características básicas.
Sistema linfático
Neste texto conheceremos melhor o sistema linfático, suas características, seus órgãos relacionados e as funções que desempenha no organismo humano.
Sistema respiratório
Aprenda um pouco mais a respeito do sistema respiratório clicando aqui. Neste texto conheceremos os órgãos desse sistema e os movimentos respiratórios.
Tipos de respiração dos animais
Conheça os diferentes tipos de respiração dos animais clicando aqui! Neste texto exploraremos, entre outras, as respirações traqueal, branquial e pulmonar.
Traqueia
Amplie seus conhecimentos a respeito da traqueia clicando aqui! Neste texto falaremos mais a respeito das características desse órgão e sua função.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Número de diagonais de um polígono convexo" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Número de diagonais de um polígono convexo
Nessa aula demonstrarei a fórmula do número de diagonais de um polígono convexo e resolveremos questões modelo.