Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Reprodução
  4. Reprodução assexuada

Reprodução assexuada

A reprodução assexuada consiste na maneira mais simples de um indivíduo dar origem a outro. Nesse tipo de reprodução, a geração seguinte adquire as mesmas características que seus parentais possuem, uma vez que recebem cópias iguais do DNA, ou seja, são clones. Nesta, não há encontro de gametas e tampouco, fecundação.

Esse processo é mais comum em organismos mais simples, como bactérias, protozoários, fungos, algas e determinadas plantas e animais. Estes indivíduos podem, também, reproduzirem-se de forma sexuada.

São cinco os processos mais conhecidos de reprodução assexuada:

1) Divisão binária: conhecido, também, por cissiparidade ou bipartição, este processo consiste na divisão de uma célula em duas células-filhas. Exemplo: bactérias.

2) Esporulação: reprodução por meio de esporos, célula especializada que é liberada, e um novo indivíduo se desenvolve quando as condições ambientais são favoráveis. Exemplos: briófitas e fungos.

3) Brotamento (ou gemiparidade): processo no qual o corpo do indivíduo desenvolve brotos que, ao se separarem, assumem uma vida independente. Processo parecido é a estaquia, ou propagação vegetativa, que consiste na propagação de uma nova planta por meio de estacas, folhas ou outras estruturas de uma planta pré-existente. Exemplos: hidra e violeta, respectivamente.

4) Fragmentação: fragmentos que se separam do corpo do indivíduo, regeneram-se e dão origem a novos seres, idênticos. Exemplo: planária.

5) Partenogênese: desenvolvimento do gameta feminino sem que este tenha sido fecundado. Exemplo: zangão. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

Hidra reproduzindo-se por brotamento
Hidra reproduzindo-se por brotamento
Publicado por: Mariana Araguaia de Castro Sá Lima
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

(FCC-SP) A diferença fundamental entre reprodução assexuada e sexuada é que a reprodução assexuada:

a) exige apenas um indivíduo para se cumprir, e a sexuada exige dois.

b) não cria variabilidade genética, e a sexuada pode criar.

c) só ocorre entre vegetais, e a sexuada entre vegetais e animais.

d) dá origem a vários indivíduos de uma só vez, e a sexuada a um indivíduo apenas.

e) só ocorre entre espécies em que não existam dois sexos, e a sexuada ocorre nos seres em que há diferenciação dos dois sexos.

Questão 2

Algumas espécies, como as hidras, formam um broto que se desprende e desenvolve vida independente. Esse processo de reprodução assexuada é conhecido como:

a) fragmentação.

b) esporulação.

c) gemiparidade.

d) divisão binária.

e) partenogênese.

Mais Questões
Assuntos relacionados
Na clonagem, o núcleo de um óvulo é substituído pelo núcleo de outra célula
Clonagem
Entenda o que é clonagem, como ela surgiu, a diferença entre clonagem reprodutiva e terapêutica e o que a Legislação diz sobre o assunto!
As minhocas são hermafroditas insuficientes
Hermafroditismo
Entenda o que é hermafroditismo e sua importância reprodutiva para alguns seres vivos.
Cascavel: animal vivíparo.
Ovulíparos, ovíparos, ovovíparos e vivíparos.
Verifique aqui como é feita a classificação de animais de reprodução sexuada quanto ao local de incubamento dos ovos.
A abelha-rainha determina o nascimento de indivíduos machos ou fêmeas
Determinação do sexo das abelhas
Entenda como ocorre a determinação do sexo das abelhas e sua importância para o desenvolvimento da colmeia.
As plantas possuem um ciclo com alternância de gerações.
Tipos de ciclos de vida
Conheça os três tipos de ciclos de vida existentes entre os seres vivos sexuados e aprenda as diferenças entre cada um deles.
Na divisão binária, geralmente observa-se a formação de clones
Divisão binária
Compreenda o que é divisão binária, fissão ou cissiparidade, e entenda como esse processo ocorre em alguns organismos.