Whatsapp icon Whatsapp

Ordem de grandeza

A ordem de grandeza é uma potência de base 10 e expoente inteiro, positivo ou negativo, que possui o valor mais próximo da grandeza observada.
Potências de base 10
A ordem de grandeza é expressa em potência de base 10 com expoente inteiro.

A ordem de grandeza foi criada para se estimar valores muito extensos. O valor em análise não precisa ser exato, mas ao menos aproximado. A ordem de grandeza é a potência de base 10 com expoente inteiro de uma grandeza analisada na forma de sua notação científica. Existem regras específicas para estabelecê-la.

Leia também: Como fazer conversão de unidades de medida

Resumo sobre ordem de grandeza

  • A ordem de grandeza é representada por uma potência de base 10 cujo expoente é um número inteiro.

  • A ordem de grandeza foi criada para se ter parâmetros de comparação entre grandezas que não possuem valores exatos.

  • A notação científica é a representação simplificada de um número muito grande ou muito pequeno. Um número em notação científica pode ir de 1 a outro menor que 10 multiplicando uma potência de base 10.

  • Para facilitar a representação das grandezas, foram criados os prefixos de unidade cujas grandezas estão entre 10-24 e 1024.

Ordem de grandeza e notação científica

Ordem de grandeza (OG) é a estimativa de um valor numérico representada por uma potência com base 10 e um expoente inteiro, positivo ou negativo. O conceito da ordem de grandeza está diretamente ligado ao conceito da notação científica.

\(OG=x·10n\)

A notação científica (NC) é uma forma simplificada de escrever um número que representa um valor muito grande ou muito pequeno, como o raio do planeta Terra ou o raio de um átomo. Ela é representada por um valor x que é multiplicado por uma potência de base 10 elevada a n, sendo n um número inteiro positivo ou negativo.

\(NC=x·10n\)

\(1\le x<10\)

  • Se o valor numérico convertido em notação científica possui módulo entre 0 e 1 (decimal), o expoente n será negativo.

  • Se o valor numérico convertido em notação científica possui módulo maior que 1 (inteiro), o expoente n será positivo.

A diferença entre a notação científica e a ordem de grandeza é que na última só se utiliza a parte da potência (10n).

→ Videoaula sobre notação científica

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quais são as regras para a ordem de grandeza?

Para estabelecer a ordem de grandeza, existem dois princípios: o da média aritmética e o da média geométrica. Para ambos os casos, utilizam-se os extremos para obter o valor de x, entre 1 e 10 (\(1\le x<10\)).

  • Princípio da média aritmética

Esse princípio utiliza a média aritmética entre os extremos:

\(\frac{1+10}{2}=\frac{11}{2}=5,5\)

  • Se x for menor que 5,5 (x < 5,5), o expoente será n.

  • Se x for maior ou igual a 5,5 (\(x\geq5,5\)), o expoente será n + 1.

  • Princípio da média geométrica

Esse princípio utiliza a média geométrica entre os extremos:

\(\sqrt{1·10}=\sqrt10=3,16\)

  • Se x for menor que 3,16 (x < 3,16), o expoente será n.

  • Se x for maior ou igual a 3,16 (\(x\geq3,16\)), o expoente será n + 1.

Ainda há uma divergência entre autores sobre qual método é o correto. Sendo assim, em avaliações evita-se usar valores entre 3,16 e 5,5 nas questões envolvendo ordem de grandeza.

Leia também: Arredondamento — os critérios para a retirada de casas decimais em um número

Como descobrir a ordem de grandeza de um número?

Para se obter a ordem de grandeza de determinado valor, é necessário seguir as etapas abaixo:

  1. Convertê-lo em notação científica.

  2. Analisar o valor que multiplica a potência:

  • Pelo princípio da média aritmética, se o valor for menor que 5,5, a grandeza será 10n se for igual ou maior que 10n+1.

  • Pelo princípio da média geométrica, se o valor for menor que 3,16, a grandeza será 10n se for igual ou maior que 10n+1.

Veja exemplos de cálculo a seguir.

Exemplo 1: Um guepardo é capaz de correr com velocidade de 108 km/h. Considere que ele correu durante 10 segundos. Qual é a ordem de grandeza da distância percorrida por ele em centímetros?

Resposta:

Extraindo os dados do problema:

  • v = 108 km/h

  • t = 10 s

  • ΔS = ? em centímetros

Como o tempo está em segundos, é necessário converter a velocidade para a unidade m/s, dividindo o valor fornecido por 3,6.

\(v=\frac{108\ km/h}{3,6}=30\ m/s\)

Utilizando o conceito de velocidade, que é a razão entre a distância percorrida e o tempo gasto para percorrê-la, temos:

\(v=∆St\)

Isolando o ΔS para multiplicar o tempo com a velocidade:

\(∆S=v·t=30·10=300 m\)

É necessário transformar 300 para a forma de notação cientifica. Como se trata de um valor de módulo maior que 1, o expoente será positivo.

ΔS = 300 = 3 · 100 = 3 · 10² m

Como 1 metro é igual a 100 centímetros (10² cm):

ΔS = 3 · 10² · 10² = 3 · 104 cm

Pelos dois princípios das grandezas, média aritmética e geométrica, 3 é menor que 3,16 (geométrica) e 5,5 (aritmética), logo a ordem de grandeza é 10n, ou seja, 104.

Exemplo 2: Um coloide é um tipo de mistura heterogênea composta por disperso (menor quantidade) e dispersante (meio onde o disperso é colocado). Os dispersos devem ter tamanhos entre 0,000000001 m e 0,000001 m. Se um determinado disperso sólido possui 0,00000087 m, qual a sua ordem de grandeza?

Resposta:

Convertendo 0,00000087 m em notação cientifica, é necessário andar com a vírgula para a direita. Logo, o expoente será negativo, porque começa multiplicando por 10⁰. Para cada casa que a vírgula se mover no sentido da direita, é necessário retirar uma unidade do expoente da base 10.

\(0,00000087.{10}^0=8,7·10-7 m\)

Para converter o valor em notação científica, a vírgula deve ser posicionada entre 8 e 7. Logo, foram movidas 7 casas para direita. Como para cada casa é subtraído 1 do expoente inicial zero:

0 – 7 = –7

O valor que multiplica a potência é 8,7, que é maior que 3,16 (média geométrica) e 5,5 (média aritmética). Logo, a ordem de grandeza será 10n+1.

\({10}^{n+1}={10}^{-7+1}={10}^{-6}\ m\)

A ordem de grandeza será de 10-6 metros.

Leia também: Passo a passo para a multiplicação de números decimais

Quais são os prefixos e símbolos das ordens de grandezas?

A seguir, serão apresentados os símbolos das ordens de grandeza cujos exponentes vão de –24 a 24 e seus respectivos nomes.

Potência

Símbolo

Nome

Potência

Símbolo

Nome

10-24

y

iocto

10

da

deca

10-21

z

zepto

10²

h

hecto

10-18

a

apto

10³

K

quilo

10-15

f

femto

106

M

mega

10-12

p

pioco

109

G

giga

10-9

n

nano

1012

T

tera

10-6

µ

micro

1015

P

peta

10-3

m

mili

1018

E

exa

10-2

c

centi

1021

Z

zeta

10-1

d

deci

1024

Y

iota

Escala das ordens de grandeza do comprimento

Aplicando o conteúdo das escalas informadas anteriormente com o comprimento em metros (já que o Sistema Internacional de Unidades diz que o comprimento deve ser medido em metros), listamos a formação dos mais comuns na tabela a seguir.

Potência

Símbolo

Nome

10-10 m

Å

Angstrom

10-9 m

nm

Nanômetro

10-6 m

µm

Micrometro

10-3 m

mm

Milímetro

10-2 m

cm

Centímetros

10-1 m

dm

Decímetro

10¹ m

da

Decâmetro

10² m

hm

Hectômetro

10³ m

km

Quilômetro

Exercícios resolvidos sobre ordem de grandeza

Questão 1

Nos extremos da luz visível ao olho humano, há o vermelho, com comprimento de onda igual a 700 nm, e o violeta, que possui 400 nm. Qual é a ordem de grandeza da diferença entre os comprimentos de onda das cores violeta e vermelha?

a) 10-9

b) 109

c) 10

d) 10-7

e) 10-8

Resposta:

  • Comprimento de onda do vermelho = 700 nm

  • Comprimento de onda do violeta = 400 nm

  • Diferença = ?

λdif = λvermelho – λvioleta = 700 – 400 = 300nm

Deve-se converter 300 nm para a forma de notação científica em metros, lembrando que nm = 10-9 m.

λdif = 300 nm = 3 · 10² · 10-9 = 3 · 10-7 m

O valor que multiplica a potência é inferior a 3,16 (média geométrica) e 5,5 (média aritmética). A ordem de grandeza será 10n, portanto, 10-7.

Gabarito: D

Questão 2

O reservatório de água de uma fábrica possui formato quadrado e arestas medindo 3 m. Para cada litro gasto são necessários 300 s. Marque a alternativa que representa a ordem de grandeza do tempo necessário para acabar com toda a água do reservatório.

Dado: 1 m³ = 1000 L

a) 107

b) 106

c) 10-5

d) 10-9

e) 10³

Resposta

Como o reservatório possui formato quadrado, o volume é dado pela medida da aresta ou lado ao cubo.

V = L³ = 3³ = 27 m³

De acordo com os dados fornecidos, 1 m³ equivale a 1000 L, logo a conversão é necessária, já que a comparação fornecida no problema foi de litros por segundos.

V = 27 · 1000 = 27 · 10³ L

Se para 1 L são necessários 300 segundos, para descobrir o preciso para 27 mil basta fazer regra de três simples.

\(1\ L\ — 300 s\)

\(27·103L — x\)

Fazendo o produto entre as diagonais superior da esquerda com inferior da direita e superior da direita com inferior da esquerda:

                                 x = \(27·103·300=27·103·3·102=81·105=8,1·106 \ segundos\)

Como 8,1 é superior a 3,16 (média geométrica) e 5,5 (média aritmética), a ordem de grandeza será 10n+1.

\(x={10}^{n+1}={10}^{6+1}={10}^7 \)

Gabarito: A

Publicado por Gustavo Campos
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Arredondamento
Aprenda o modo correto de praticar o arredondamento de números decimais no método proposto pelo IBGE.
Grandezas Físicas e Unidades
A padronização de estudos referentes a fenômenos físicos
Notação científica
Descubra o que é e quais conceitos baseiam a notação científica e aprenda a escrever nessa forma simplificada de representar os números reais.
Potências na base dez
Informe-se sobre como utilizar as potências de base dez para escrever um número como notação científica.
Propriedades das potências
Conheça todas as propriedades das potências e aprenda a aplicá-las. Confira ainda exercícios resolvidos sobre o tema!
Sistema Internacional de Unidades
Descubra os objetivos da criação do Sistema Internacional de Unidades e as determinações feitas por ele em relação às unidades de medida!
Transmissão de movimento circular
Explicação da transmissão de movimento circular.
video icon
Professora ao lado do texto"Aposto".
Português
Aposto
Aposto é o nome que se dá ao elemento sintático que se junta a outro a título de explicação ou de apreciação. Assista a esta videoaula e aprenda um pouco mais sobre o emprego e a classificação desse termo acessório da oração.