Teoria da Relatividade

A Teoria da Relatividade de Einstein foi baseada nas teorias das ondas eletromagnéticas de Maxwell
A Teoria da Relatividade de Einstein foi baseada nas teorias das ondas eletromagnéticas de Maxwell

No estudo da Mecânica Clássica, se tivéssemos corpos em movimento, poderíamos calcular suas velocidades relativas fazendo-se a diferença entre suas velocidades escalares.

Vamos agora considerar outro exemplo: um meteorito aproxima-se da Terra com velocidade de 1000 k/s. Por conta do atrito com o ar, o meteorito fica incandescente e emite luz, tornando-se então visível a olho nu. Sabemos que a luz se propaga com velocidade de 300.000 km/s, portanto a luz que o meteorito emite possui essa velocidade.

Levando-se em consideração as teorias da Física Clássica, se uma pessoa observa da Terra a queda do meteorito, a luz emitida por ele deveria chegar aos olhos dessa pessoa com a velocidade de 301.000 km/s, ou seja, somaríamos a velocidade da luz mais a velocidade do meteorito. No entanto, dizemos que não é isso que ocorre. Na prática, a luz chega aos olhos do observador com a velocidade de 300.000 km/s.

Einstein propôs que nada pode se mover mais rápido do que a luz no vácuo, ou seja, a velocidade de 300.000 km/s seria a velocidade máxima que um corpo ou uma onda poderia atingir. De acordo com Einstein, a velocidade da luz, num determinado meio, é constante para qualquer que seja o referencial adotado.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A conclusão que Einstein propôs teve como base as teorias das ondas eletromagnéticas enunciadas por Maxwell. A teoria de Maxwell propõe que as ondas eletromagnéticas são compostas por dois campos, um elétrico e um magnético. O campo elétrico variável faz surgir um campo magnético também variável. Por sua vez, o campo magnético variável gera o campo elétrico variável. Podemos perceber que a combinação desses dois campos cria uma onda eletromagnética que se propaga no vácuo transportando energia.

Se valesse a Mecânica Clássica e um observador viajasse ao lado de um raio de luz, ou seja, na mesma direção, no mesmo sentido e com a mesma velocidade, ele teria a impressão de que a luz estaria parada. Com base nessas observações, Einstein concluiu que a velocidade da luz é a mesma para qualquer que seja o referencial adotado.

Publicado por Domiciano Correa Marques da Silva

Artigos Relacionados

À esquerda – símbolo comemorativo do Ano Mundial da Física; à direita – a foto mais conhecida de Albert Einstein.
2005: Ano Mundial da Física
O Ano Mundial da Física foi organizado pela comunidade científica. Clique e veja qual foi a homenagem que aconteceu nesse evento!
Albert Einstein foi um dos mais importantes cientistas do século XX.*
Albert Einstein
Clique aqui para conhecer a história de Albert Einstein: quem foi e quais foram as suas contribuições para a humanidade.
Contração do Comprimento
A teoria da relatividade e a contração do comprimento
As marcações de tempo são diferentes para observadores que mantêm movimento relativo
Dilatação do tempo
Clique aqui e entenda a dilatação do tempo, fenômeno proposto por Albert Einstein em sua Teoria da Relatividade, no início do século XX.
Gerador construído por uma espira
Geradores eletromagnéticos
O estudo da indução magnética e o funcionamento de um gerador elétrico.
Equação para o cálculo da massa relativística
Massa Relativística
Conceitos de massa relativística propostos pela Teoria da Relatividade
De acordo com o paradoxo dos gêmeos, para uma pessoa que viaja ao espaço, o tempo passa mais devagar do que para uma pessoa que permanece na Terra
Paradoxo dos gêmeos
Saiba o que diz o intrigante paradoxo dos gêmeos e como ele pode provar a Teoria da Relatividade.
Prêmio Nobel
Saiba o que é o prêmio Nobel e suas categorias, conheça a história da premiação e a importância de ser reconhecido pela fundação.
Os relógios atômicos atuais utilizam a contagem de pequenas transições de energia em átomos de césio ou rubídio, por exemplo.
Relógio atômico
Que tal saber mais sobre o funcionamento dos relógios atômicos? Confira aqui tudo o que você precisa saber sobre esses dispositivos que realizam medições do tempo de forma muito precisa. Saiba aqui como ele funciona, quem inventou esse relógio e onde ele pode ser usado!
“Inteligência é a capacidade de se adaptar à mudança.” Stephen Hawking (1942-2018)*
Stephen Hawking
Conheça mais sobre a vida e produção científica de Stephen Hawking, um dos mais renomados físicos da atualidade.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Guia de Profissões
Publicidade e Propaganda
Que tal conhecer um pouco mais sobre as funções de um publicitário?
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Português
Preposições
Vamos aprender mais sobre essa classe conectiva de termos?