Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Físico-Química
  4. Eletroquímica
  5. Descarga de cátions e ânions

Descarga de cátions e ânions

A descarga seletiva de cátions e ânions determina o tipo de substância (simples ou composta) que será originada no cátodo e no ânodo durante a eletrólise.

A descarga seletiva de cátions e ânions é utilizada para determinar o tipo de substâncias (simples ou compostas) que serão formadas durante a ocorrência de uma eletrólise em meio aquoso (procedimento eletroquímico no qual uma corrente elétrica é descarregada sobre uma solução).

As substâncias simples ou compostas são formadas porque, durante a eletrólise, a descarga elétrica na solução faz com que cátions sofram o fenômeno de redução (recebimento de elétrons) e os ânions sofram oxidação (perda de elétrons por uma espécie química), como nas equações abaixo:

  • Equação de redução (cátodo): X+ + e → X

OBS.: O cátion X pode ser um metal qualquer ou o cátion hidrônio (H+ ou H3O+).

  • Equação de oxidação (ânodo): Y- → Y2 + e

OBS.: O ânion Y- pode ser um ametal, um grupo com um ametal qualquer ou o hidróxido (OH-).

Origem dos íons (cátions e ânions)

Quando um soluto iônico (ácidos, bases ou sais, por exemplo) é dissolvido em água, sofre dissociação (liberação de íons, no caso das bases e dos sais) ou ionização (produção de íons em meio aquoso, no caso dos ácidos).

Além dos íons provenientes do soluto, o meio aquoso por si só também produz íons, já que a água apresenta a capacidade de sofrer autoionização (produz um cátion e um ânion).

  • Equação de autoionização da água: H2O → H+ + OH-

Assim, quando uma eletrólise em meio aquoso é realizada, há pelo menos dois cátions e dois ânions diferentes.

Descarga seletiva de cátions

Como vimos, quando uma eletrólise em meio aquoso está sendo realizada, temos a presença de dois cátions diferentes: um proveniente do soluto utilizado e o outro proveniente da água.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Sofre descarga sempre o íon ou grupo iônico menos eletronegativo. Para saber qual dos cátions sofrerá a descarga, basta conhecer a ordem de prioridade a seguir:

Qualquer metal > H+ > elementos das famílias IA, IIA ou IIIA

Se a eletrólise do cloreto de sódio estiver sendo realizada em meio aquoso, por exemplo, teremos o cátion sódio (Na+) proveniente do sal e o cátion hidrônio (H+) proveniente da água.

Como o cátion sódio pertence à família IA, logo, o cátion hidrônio sofrerá descarga no cátodo, formando gás hidrogênio, como na equação abaixo:

Equação catódica: H+ + 2e → H2(g)

Se o cátion que sofrer a descarga não for o hidrônio, teremos sempre a formação de um metal sólido (com exceção do mercúrio, que é líquido):

Equação catódica: Cu+2 + 2e → Cu(s)

Descarga seletiva de ânions

Como vimos, quando uma eletrólise em meio aquoso está sendo realizada, temos a presença de dois ânions diferentes: um proveniente do soluto utilizado e o outro proveniente da água.

Sofre descarga sempre o íon ou grupo iônico menos eletronegativo. Para saber qual dos ânions sofrerá a descarga, basta conhecer a ordem de prioridade a seguir:

Qualquer outro ânion > OH- > ânion oxigenado ou F-

Se a eletrólise do cloreto de sódio estiver sendo realizada em meio aquoso, teremos o ânion cloreto (Cl-) proveniente do sal e o ânion hidróxido (OH-) proveniente da água.

Como o ânion cloreto não é oxigenado (não apresenta oxigênio), sempre sofrerá descarga na eletrólise em meio aquoso, formando uma substância simples (geralmente formada por dois átomos), como na equação a seguir:

Equação anódica: 2 Cl- → Cl2(g) + 2e

Caso o ânion hidróxido sofra descarga, teremos a formação de gás oxigênio e de água:

Equação anódica: 2 OH- → ½ O2(g) + H2O + 2e

Cuba eletrolítica realizando a eletrólise aquosa do NaCl
Cuba eletrolítica realizando a eletrólise aquosa do NaCl
Publicado por: Diogo Lopes Dias
Assuntos relacionados
Etapas da ionização
Dissociação e Ionização
Svant August Arrhenius, dissociação iônica, ionização, condutividade elétrica, compostos iônicos, soluções aquosas, sal de cozinha, soda cáustica, corrente elétrica, dissociação iônica.
A formação de íons provenientes de suas próprias moléculas origina o equilíbrio iônico da água
Equilíbrio iônico da água
Entenda como é formado o equilíbrio iônico da água, qual é o seu produto iônico, como este varia com a temperatura, bem como sua relação com o pH.
Íons
Clique aqui e entenda o que são os íons negativos e os íons positivos!
Veículo cromado
Aplicação da Eletrólise
O uso da corrente elétrica para cromar objetos.
Eletrólise em meio aquoso
Eletrólise
A eletrólise é uma reação não espontânea em que a energia elétrica é transformada em energia química.
Millikan (à esquerda) descobriu a carga do elétron e, a partir desse e de outros dados colhidos, Faraday (à direita) criou as leis da eletrólise.
Cálculos na Eletrólise
Millikan e Faraday foram cientistas que ajudaram a encontrar meios e fórmulas de realizar cálculos na eletrólise.
Saber que alguns elementos de determinadas famílias na Tabela Periódica possuem o NOX fixo ajuda no cálculo do NOX dos outros elementos do composto
Número de Oxidação (NOX)
Aprenda várias regras que ajudam a calcular o número de oxidação (NOX) dos compostos de uma forma bem fácil.
No forno siderúrgico, o ferro metálico é obtido a partir da redução da hematita (agente oxidante) pelo monóxido de carbono (agente redutor)
Agente Redutor e Agente Oxidante
Saiba quais são as características que distinguem um agente redutor de um agente oxidante.
Na formação da ferrugem, o ferro sofre oxidação e o oxigênio sofre redução
Oxidação e Redução
Aprenda a identificar se está ocorrendo oxidação e redução em alguma reação, e veja exemplos e conceitos relacionados, tais como agente redutor e oxidante.
Equipamento de eletrólise em meio aquoso
Eletrólise em meio aquoso
Entenda como ocorre a eletrólise em meio aquoso e como você pode saber quais íons se descarregam nos eletrodos, já que a água também está presente.
Reação de oxirredução entre o cobre do espiral e a solução de nitrato de prata*
Reações de oxirredução
Veja como determinar se uma reação é de oxirredução, quais espécies oxidam e reduzem, além de quais são os agentes oxidantes e redutores.
Já imaginou que o sal de cozinha (cloreto de sódio) poderia originar o sódio metálico, que é tão reativo que chega a explodir em contato com a água?
Eletrólise do Cloreto de Sódio
Entenda como ocorre a eletrólise do cloreto de sódio (ígnea e em meio aquoso), quais são as reações envolvidas e os produtos obtidos.
Quando adicionado à água, o ácido clorídrico sofre ionização
Equação de ionização dos ácidos
Veja como deve ser realizada a montagem da equação de ionização de um ácido inorgânico.
Representação dos íons de algumas bases dissociadas
Equações de dissociação das bases
Aprenda a interpretar e a construir equações de dissociação de bases!
Representação da dissociação do cloreto de amônio
Equação de dissociação de sais
Veja diversos exemplos que demonstram como montar uma equação de dissociação de sais!