Whatsapp icon Whatsapp

Belém

A cidade de Belém é a capital do estado nortista do Pará. O município é conhecido em todo o Brasil pela riqueza dos seus gêneros musicais e pela diversidade da sua culinária.
Bandeira de Belém.
Bandeira de Belém.

Belém é a capital e a cidade mais populosa do estado do Pará. Está localizada na baía de Guajará, na porção norte do território paraense, em uma zona caracterizada pela elevada umidade. A cidade foi fundada pelos colonizadores portugueses, que, mediante a importância geoestratégica local, construíram instalações militares no território belemense.

O grande auge econômico de Belém ocorreu durante o ciclo da borracha, no qual a cidade exercia um importante papel de entreposto comercial. Na atualidade, a economia local está ancorada no setor terciário. O governo da cidade é estruturado em uma divisão dos Três Poderes.

A infraestrutura local modernizou-se nos últimos anos, porém há uma grande deficiência de atendimento em determinados serviços públicos, como o saneamento básico. A população belemense é muito rica em termos culturais. A cidade é famosa pela culinária tipicamente amazônica.

Veja também: Quais são as capitais dos estados brasileiros?

Resumo sobre Belém

  • A fundação de Belém ocorreu, em 1616, a partir da construção do Forte do Presépio pelas forças portugueses que ocupavam a região.

  • O clima belemense é do tipo Equatorial. São características climáticas da cidade as altas temperaturas, o grande volume de chuvas e a elevada umidade.

  • O município de Belém possui cerca de 1,5 milhão de habitantes. É o mais populoso do Pará. No contexto brasileiro, é o 11º em população.

  • A economia de Belém tem como destaque as atividades terciárias, como comércio e serviços. A cidade possui, ainda, algumas indústrias de grande porte.

  • O saneamento básico é muito deficiente em Belém. O tratamento de esgoto, por exemplo, é restrito a uma pequena parte dos domicílios belemenses.

  • O território de Belém está dividido administrativamente em oito zonas. A cidade possui 71 bairros oficiais.

  • A música belemense é muito diversa. Os gêneros mais tradicionais da cidade são o calypso, o carimbó, a guitarrada, o brega paraense, e o tecnobrega.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais de Belém

Localização

  • País: Brasil

  • Unidade federativa: Pará

  • Região intermediária: Belém

  • Região imediata: Belém

  • Região metropolitana: Região Metropolitana de Belém

  • Municípios limítrofes: Ananindeua, Cachoeira do Arari, Barcarena, Marituba, Santa Bárbara do Pará e Santo Antônio do Tauá.

Geografia

  • Área total: 1.059,466 quilômetros quadrados

  • População total: 1.499.641 habitantes.

  • Densidade demográfica: 1.315,26 habitantes/quilômetro quadrado

  • Gentílico: belemense

  • Clima: Equatorial

  • Altitude: 10 metros

  • Fuso horário: UTC -3

Histórico

  • Fundação: 12 de janeiro de 1616

Veja também: Manaus – outra grande capital da região Norte do Brasil

História de Belém

O território atual de Belém era habitado somente por vários povos indígenas amazônicos, que desenvolviam atividades de subsistência, como a caça e a pesca. A partir da chegada dos portugueses ao Brasil, tão logo a região amazônica tornou-se de grande interesse para os exploradores, já que guardava grandes riquezas vegetais e minerais. Ademais, toda a porção nortista brasileira era motivo de cobiça de várias nações, cenário que reforçou a necessidade de controle da região pelas tropas portuguesas.

Sendo assim, a atual capital do Pará foi um dos primeiros povoamentos instalados pelos portugueses na região Norte. A construção de uma instalação militar, o Forte do Presépio, mais precisamente em 1616, marcou a formação do povoado que deu origem à cidade de Belém, denominado, na época, Nossa Senhora de Belém do Pará.

Foto do Forte do Presépio, em Belém, Pará.
O Forte do Presépio é uma estrutura militar construída pelos portugueses que contribuiu para o crescimento da capital paraense. [1]

O pioneirismo da cidade em termos políticos e econômicos, assim como a sua localização geoestratégica, culminou na chegada de muitos imigrantes à região. O município teve um amplo crescimento, tornando-se o principal centro urbano na porção Norte do território brasileiro. Tal cenário foi ainda favorecido, a partir do final do século XIX, pela exploração de borracha na Floresta Amazônica.

A extração de látex tornou-se a principal atividade econômica da cidade, que funcionava como um centro de comercialização e exportação da borracha para outras regiões. Sendo assim, o município viveu nesse período o seu auge em termos de desenvolvimento. A queda da exportação do látex resultou no declínio econômico da cidade a partir do século XX. Mesmo assim, Belém continuou sendo um centro dinâmico da região Norte do Brasil, além de cidade mais importante do estado do Pará.

Geografia de Belém

A cidade de Belém é capital do Pará, estado da região Norte brasileira, sendo, inclusive, recorrentemente chamada de Belém do Pará. O município está situado na baía de Guajará e é formado, para além da porção territorial, por um conjunto de ilhas fluviais.

O relevo belemense é caracterizado por áreas planas, típicas de zonas de planície, formadas pelo processo de acúmulo de sedimentos. A cidade está situada em uma grande planície sedimentar, ou seja, áreas de baixa altitude e extremamente suscetíveis aos eventos de inundação. Os principais rios que cortam a cidade de Belém são o Maguari e o Guamá.

O clima belemense é tipicamente Equatorial, marcado pela ocorrência de um grande volume de chuvas ao longo de todo o ano, assim como pelo registro de elevadas temperaturas. Os volumes pluviométricos do município são superiores à maior parte das capitais brasileiras. A umidade na cidade é elevada devido a sua posição geográfica e à influência dos corpos de água que cercam o território belemense. Já a amplitude térmica local é muito pequena, sendo comum o registro de altas temperaturas ao longo de todo o ano.

A cidade de Belém está totalmente situada em uma área de Floresta Amazônica, portanto, apresenta uma rica biodiversidade em termos de espécies de fauna e flora.

Mapa de Belém

Mapa do estado do Pará com destaque na capital, Belém.

Demografia de Belém

O município de Belém possui cerca de 1,5 milhão de habitantes. É a maior cidade em população do Pará e a segunda maior da região Norte, logo depois de Manaus. A população local foi formada por descendentes dos povos tradicionais da região, os indígenas, assim como pelos exploradores europeus e pela população africana trazida para a cidade.

Além desses grupos, Belém recebeu muitos imigrantes do Meio-Norte e do Nordeste brasileiro, em especial, no auge da exploração de borracha na região amazônica. Na atualidade, a cidade consolidou-se como o principal centro urbano do Pará. Já no contexto regional, é a segunda cidade mais importante da região Norte em termos demográficos, mas também econômicos e políticos.

O desenvolvimento humano municipal de Belém é considerado elevado. A cidade apresenta indicadores demográficos e sociais considerados satisfatórios. A população local possui uma das melhores condições de vida da região nortista brasileira. Contudo, o crescimento desordenado da cidade culminou em indicadores de pobreza e violência elevados. Ademais, a desigualdade social no município é grande.

O cenário apresentado também é encontrado na região metropolitana de Belém, a segunda maior do Norte do Brasil, formada por municípios altamente dependentes dos serviços ofertados no território belemense. O crescimento populacional também resultou no agravamento da degradação do cenário ambiental local, marcado pela poluição urbana e pela construção de moradias irregulares.

Leia também: Quais são os tipos de crescimento populacional?

Economia de Belém

A economia de Belém possui um forte setor terciário, ou seja, está ancorada em atividades como administração pública, comércio e serviços. A cidade é o maior polo comercial do estado do Pará. Além disso, o município de Belém possui um protagonismo na comercialização de produtos provenientes de todo o interior amazônico. O turismo tem crescido nos últimos anos, em especial, devido às riquezas históricas e à culinária local.

O setor secundário também é bastante representativo na economia belemense. A cidade abriga várias plantas industriais voltadas para a transformação de matérias-primas. As principais indústrias locais são alimentícia, naval, metalúrgica e química. A região metropolitana de Belém também possui empresas de destaque que complementam o cenário industrial belemense. A capital paraense é o principal centro industrial do estado.

Por sua vez, o setor primário, muito forte outrora, apresenta na atualidade uma participação mais restrita. A expansão urbana dificultou o desenvolvimento de atividades agrícolas na cidade. Já o extrativismo é muito forte no interior paraense, mas praticamente inexistente dentro do território municipal. Em Belém, há uma produção significativa de produtos tradicionais, como ervas e condimentos. A produção de frutas amazônicas, a exploração do açaí e a colte de castanhas são atividades primárias presentes na cidade.

Infraestrutura de Belém

A cidade de Belém viveu um rápido processo de crescimento urbano que resultou em uma ocupação desordenada do solo urbano. Ademais, a cidade está situada em uma zona de alta fragilidade geográfica, muito suscetível a desastres naturais, em especial, derivadas de eventos chuvosos. Sendo assim, o município possui uma infraestrutura urbana, em especial em relação à moradia, considerada insatisfatória.

Mesmo assim, houve muitos avanços nos últimos anos, em especial, pela instalação de sistemas de transporte mais modernos, assim como pela expansão das redes de energia e comunicação. O elemento estrutural mais deficiente é o saneamento básico, já que a maior parte da população belemense não tem coleta de esgoto. O abastecimento de água também possui uma cobertura espacial muito restrita, além de ser um sistema que registra muitas perdas por meio de suas estruturas antiquadas.

Já os serviços de saúde e educação possuem uma ampla abrangência. Em Belém, estão situadas as principais instituições de ensino do Pará. Há, ainda, na cidade, muitas universidades e centros de estudos. O Instituto Evandro Chagas, por exemplo, é uma referência mundial em pesquisas da área de medicina tropical.

A estrutura comercial de Belém também é muito representativa. A cidade possui vários centros comerciais, shoppings e comércios diversos. O maior destaque é o Mercado Ver-o-Peso, estabelecimento público que concentra várias lojas de produtos típicos belemenses.

O transporte tem como principal equipamento o Aeroporto Internacional de Val-de-Cans, que liga Belém às principais cidades do Centro-Sul brasileiro. O transporte fluvial também é muito forte na ligação da cidade com outros municípios e localidades paraenses. Belém está devidamente dividida em oito zonas administrativas. A cidade possui 71 bairros oficiais.

Imagem aérea do mercado Ver-o-Peso, em Belém.
O Ver-o-Peso é um dos mais tradicionais mercados públicos do Brasil. [2]

Governo de Belém

A estrutura governamental de Belém é composta pelos Três Poderes, portanto, há o Poder Executivo, formado pelo prefeito e sua equipe; o Poder Judiciário, que compreende as unidades de justiça locais; e, ainda, o Poder Legislativo, composto pelos vereadores municipais. A cidade de Belém possui 35 representantes do Legislativo, que, assim como prefeito, são escolhidos pelo voto direto da população local de quatro em quatro anos.

Cultura de Belém

A cultura belemense é uma das mais ricas e diversas do território brasileiro. A cidade possui muitas tradições culturais que caracterizam o cotidiano da sua população. Em termos culturais, é notório a influência portuguesa na cidade por meio dos casarios coloniais construídos ao longo dos séculos, assim como da religião católica nas celebrações e festividades do município. O Círio de Nazaré de Belém, por exemplo, é uma das maiores manifestações religiosas do mundo.

A cidade de Belém possui, além disso, muitos equipamentos culturais, como teatros, museus e cinemas. O Theatro da Paz, por exemplo, um dos maiores do Brasil, representa o poderio econômico da cidade durante o ciclo da borracha. Já o Museu Emílio Goeldi é um importante centro de pesquisa e documentação dos aspectos da região amazônica. Por sua vez, o mercado Ver-o-Peso, apesar de ser um equipamento comercial, é bastante representativo dos hábitos culturais da população belemense.

Em Belém, há uma grande diversidade de gêneros musicais, como o calypso, o carimbó, a guitarrada, o brega paraense, e o tecnobrega. A cidade é conhecida pela projeção de muitos artistas desses gêneros musicais, que também são típicos do estado do Pará. A culinária local é muito diversa. Há um grande consumo de peixes, farinhas, castanhas e frutas amazônicas. São pratos típicos de Belém o pato no tucupi, o tacacá, a maniçoba e o tucunaré cozido.

Créditos das imagens

[1] Arnika Ganten / Shutterstock

[2] Brastock / Shutterstock

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

Bandeira de Boa Vista.
Boa Vista
Conheça a história de fundação e desenvolvimento urbano de Boa Vista. Veja os principais dados geográficos, demográficos e econômicos da capital roraimense.
Capitais do Brasil
Quais são as capitais mais ricas do Brasil? E as mais populosas? Conheça as capitais dos estados e leia a história dos municípios que foram sede do governo federal.
Macapá é a capital do Amapá, estado da Região Norte do Brasil.
Macapá
Conheça os aspectos históricos e geográficos de Macapá. Veja mais sobre a população, a economia, a infraestrutura e a cultura da principal cidade do estado do Amapá.
O Teatro Amazonas é um equipamento cultural de Manaus que foi construído durante o Ciclo da Borracha. [1]
Manaus
Conheças os principais aspectos geográficos de Manaus e saiba mais sobre a Zona Franca de Manaus. Veja também dados sobre o território e a população desse município.
Bandeira de Palmas.
Palmas
Saiba mais sobre a história da construção de Palmas. Entenda a relação da cidade com a fundação do estado de Tocantins. Veja os principais dados geográficos locais.
Pará
Conheça as principais características do estado do Pará. Saiba mais sobre o povoamento histórico do estado, seus aspectos demográficos e sua dinâmica econômica.
Bandeira de Porto Velho.
Porto Velho
Saiba mais sobre a história de Porto Velho. Leia sobre os principais aspectos físicos do município e veja também dados da demografia e da economia local.
Região Norte
Clique para saber mais sobre a Região Norte. Conheça os estados dessa região e suas características geográficas mais importantes.
A cidade de Rio Branco é o principal centro político, econômico e demográfico do estado do Acre.
Rio Branco
Veja quais são os principais elementos físicos e humanos da cidade de Rio Branco. Saiba mais sobre o papel do extrativismo florestal na fundação da capital do Acre.
video icon
Sociologia
O que é Estado Democrático de Direito?
Nesta aula aprenderemos que o Estado Democrático de Direito é uma forma de Estado em que a soberania popular é fundamental. Venha entender o conceito e por que compreendê-lo bem é tão importante!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas.