Solo

Os solos são corpos naturais formados pela desagregação das rochas, eles são variados e formados pela desintegração das partículas que compõem a rocha, o nome desse processo é intemperismo. Os solos são classificados de diversas formas, como quanto à textura e à presença de areia ou argila em sua composição, e esta é influenciada pelos elementos presentes neles.

Os solos são a base para o desenvolvimento das plantas e animais, ou seja, são base da biodiversidade e também para as atividades econômicas, principalmente o setor primário — agricultura, pecuária e extrativismo.

Leia também: Litosfera – camada sólida externa do planeta Terra

Formação do solo

O solo é definido como um corpo natural composto por substâncias orgânicas e inorgânicas presente na superfície terrestre e oriundo da desagregação das rochas. O processo que dá origem à formação do solo é chamado de intemperismo, ou seja, a desagregação das partículas das rochas e minerais que altera suas propriedades químicas.

Preparo do solo para o cultivo agrícola.
Preparo do solo para o cultivo agrícola.

São fatores que contribuem para a formação do solo o material originário (rocha matriz ou rocha mãe), o clima, a atividade biológica, ligada aos organismos vivos presentes no lugar de origem do solo, o tempo, a hidrografia e a topografia da área. Todos esses elementos agem em conjunto ao promoverem a separação das partículas das rochas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Assim o solo é formado por meio de processos que fazem a desintegração de partículas, promovendo sua evolução e seu crescimento. Esses processos levam em conta a infiltração de água ou a descompactação de partículas por outros elementos físicos ou químicos, e, assim, o solo vai aumentando, crescendo, desenvolvendo-se, pois, quanto mais profundo é o solo, mais desenvolvido ele é. Para saber mais sobre esse processo, acesse: Formação dos solos.

Esquema representativo do processo de evolução dos solos.
Esquema representativo do processo de evolução dos solos.

Tipos de solo

Os tipos de solo variam de acordo com a localização, seu processo de formação e as condições do ambiente onde ele se formou. Alguns tipos mais comuns são:

  • Solos arenosos: com muita presença de areia e pouca umidade, são comuns em regiões tropicais. Micro-organismos e plantas vivem com mais dificuldade neles devido à ausência de água.
Solo arenoso presente em região semiárida.
Solo arenoso presente em região semiárida.
  • Solos argilosos: são menos arejados e mais compactados, portanto, são mais úmidos, pois a água fica retida por mais tempo neles devido à sua lenta infiltração.
  • Solos siltosos: apresentam alta concentração de silte e são erosíveis, pois não se apresentam estáveis ou compactados. Suas partículas são bastante leves, pequenas e soltas.

Composição do solo

A composição do solo é variável de um tipo de solo para outro, pois os elementos químicos presentes na sua composição variam por meio de fatores como: umidade, Sol, vento, organismos vivos, clima e até a presença de biodiversidade. No entanto, encontra-se na composição dos solos, de modo geral, 45% de elementos minerais, 25% de ar, 25% de água e 5% de matéria orgânica.

O solo é composto por três fases distintas: sólido, que compreende matéria orgânica e inorgânica; líquido, que é a solução do solo ou água do solo; e gasoso, que é o ar do solo. As matérias orgânica ou inorgânica compreendem partículas minerais do solo, originadas do intemperismo da rocha, ou seja, da sua desintegração. Há também materiais orgânicos provenientes de animais e plantas, que entram em decomposição e formam a camada de húmus (primeira camada do solo).

Cada horizonte dos solos possui composições diferentes, observe:

Horizonte O – Camada com alta presença de matéria orgânica, água, animais e plantas.

Horizonte A – Mais escura por possuir matéria orgânica, água e sais minerais.

Horizonte B – Acumula sais minerais e materiais dos horizontes O e A, possui presença maior de ar.

Horizonte C – Constituído por fragmentos de rochas desintegradas do horizonte D; grande presença de ar.

Horizonte D ou R – Rocha matriz ou originária do solo.

Camadas dos solos.
Camadas dos solos.

O líquido compreende a água infiltrada, escoada ou presente no lençol freático. Geralmente as plantas retiram do solo a quantidade de água necessária à sua sobrevivência. Nem toda água que chega ao solo fica disponível às plantas, pois ela pode continuar a infiltrar, abastecendo outros mananciais d’água. O gasoso é constituído pelo ar presente nos poros dos solos; à medida que há maior presença de argila no solo, menor é essa porosidade.

Acesse também: Como ocorre a salinização dos solos?

Classificação do solo

No Brasil há o predomínio de três tipos de solos, os latossolos, argissolos e neossolos, que juntos abrangem cerca de 70% do território nacional, segundo o Sistema Brasileiro de Classificação de Solos (SiBCS) - IBGE. Os latossolos e argissolos ocupam aproximadamente 58% da área e são solos mais profundos, altamente intemperizados, ácidos e de baixa fertilidade natural. Em certos casos, também ocorrem solos de média a alta fertilidade, em geral pouco profundos em decorrência de seu baixo grau de intemperismo. Estes se enquadram principalmente nas classes dos neossolos, luvissolos, planossolos, nitossolos, chernossolos e cambissolos.

Os solos apresentam grande variedade química, física e biológica em sua composição. São 13 classes contidas no sistema de solos brasileiro. São exemplos:

  • Argissolos
  • Cambissolos
  • Chernossolos
  • Esposossolos
  • Gleissolos
  • Latossolos
  • Luvissolos
  • Neossolos
  • Notssolos
  • Organossolos
  • Planossolos
  • Plintossolos
  • Vertissolos

Importância do solo

O solo corresponde à camada superficial da crosta terrestre e é muito importante para o desenvolvimento de praticamente todas as atividades humanas. Ele é a base para todos os objetos técnicos oriundos das relações dos seres humanos com a natureza. Sua função não se resume à base da agricultura ou do plantio, pensando no aspecto do cultivo de culturas.

O solo é aproveitado para diversas atividades econômicas, como a exploração de recursos minerais e energéticos, pois é dele que retiramos minerais, rochas e minérios usados no dia a dia e que servem de matéria-prima para a atividade industrial, da construção civil e para a produção de objetos do nosso uso diário.

O solo também é um importante armazenador de água, pois é por meio dele que ocorre o processo de infiltração e, consequentemente, o abastecimento dos lençóis freáticos, dos aquíferos e o surgimento de nascentes.

Por promover uma interação completa com a hidrografia, a atmosfera, as rochas e os minerais e até os organismos vivos, é um consenso que a qualidade de vida dos solos influencia diretamente na qualidade de vida de todos os fatores bióticos (vivos) e abióticos (não vivos) do planeta Terra.

Sendo assim, há um debate diário sobre o processo de manutenção e cuidado em relação aos impactos ambientais no solo, no qual se discute políticas públicas de preservação do solo e de seus recursos, por tratar-se de algo essencial à vida e ao planeta de modo geral.

Leia também: 8 técnicas para melhorar o solo

Exercícios resolvidos

Questão 1 - (Unicamp) Solo é a camada superior da superfície terrestre, onde se fixam as plantas, que dependem de seu suporte físico, água e nutrientes. Um perfil de solo é representado na figura abaixo. Sobre o perfil apresentado, é correto afirmar que:

a) O horizonte (ou camada) O corresponde ao acúmulo de material orgânico que é gradualmente decomposto e incorporado aos horizontes inferiores, acumulando-se nos horizontes B e C.

b) O horizonte A apresenta muitos minerais não alterados da rocha que deram origem ao solo, sendo normalmente o horizonte menos fértil do perfil.

c) O horizonte C corresponde à transição entre solo e rocha, apresentando, normalmente, em seu interior, fragmentos de rocha não alterados.

d) O horizonte B apresenta baixo desenvolvimento do solo, sendo um dos primeiros horizontes a formar-se e o horizonte com a menor fertilidade em relação aos outros.

Resolução

Alternativa C. No horizonte C temos o processo de degradação lenta, em que a rocha desintegra-se, formando alguns fragmentos ainda não alterados em relação à composição rochosa original.

Questão 2 – (CieBio) O solo arenoso:

a) é aquele que contém mais areia na sua composição.

b) apresenta pouca permeabilidade.

c) é pouco sujeito à erosão.

d) é constituído de mais de 30% de argila.

Resolução

Alternativa A. A característica central dos solos arenosos refere-se à sua composição: alto teor de areia. Portanto, os solos arenosos apresentam mais areia em sua composição.

Publicado por: Gustavo Henrique Mendonça
Assista às nossas videoaulas
Assuntos relacionados
Os solos possuem diferentes formas de classificação
Classificação dos solos
Conheça os principais tipos de classificação dos solos.
Existem diversas técnicas de plantio e cultivo dos solos
Cultivo e conservação do solo
Conheça as técnicas agrícolas de cultivo e saiba qual delas colabora melhor para a conservação dos solos.
Terremoto na cidade chilena Valdivia, em 1960 (Grande Terremoto).
Grandes terremotos da história
Confira aqui uma lista dos grandes terremotos da história, onde aconteceram, quando e quais foram suas consequências.
Exemplo de solo laterizado com alto teor de alumínio
Laterização dos solos
Entenda o que é a laterização dos solos e as características e utilidades dos solos lateríticos.
Conjunto de diferentes minerais de uso econômico
Minerais
As principais características dos minerais, suas propriedades, classificação e os critérios utilizados para suas caracterizações.
Uma jazida de minérios
Os Minerais são Recursos da Natureza
Os Minerais são Recursos da Natureza, O que são minerais, Como estão classificados os minerais, Qual a importância dos minerais para as sociedades, O minérios e as indústrias, Os impactos ambientais provocados pela exploração de minerais.
Imagem do planeta Vênus.
Planeta Vênus
Clique para conhecer as principais características do planeta Vênus!
Planície do Pampa, localizada entre Brasil e Argentina
Planícies
Aprenda mais sobre a forma de relevo conhecida como planície, que é encontrada não só em território brasileiro, mas também em todo o mundo. Este texto abordará a definição de planície, os processos que a originaram e suas particularidades. Venha conhecer também a maior planície alagável do mundo.
Vazamento de petróleo no Golfo do México
Poluição Marinha
Clique aqui e veja algumas medidas essenciais para evitar ou minimizar a poluição marinha!
Exemplo de localidade em estágio avançado de salinização do solo
Processo de salinização do solo
Entenda o que é a salinização dos solos, como e onde ela ocorre e quais são as suas principais causas naturais e antrópicas.
Sedimentação causada por cursos d’água
Sedimentação do solo
Compreenda o que é e como funciona o processo de sedimentação dos solos e rochas.
A melhoria do solo serve não somente para aumentar a produtividade, mas também para a conservação ambiental
Técnicas para melhorar o solo
Conheça algumas das principais técnicas para melhorar o solo, tanto para ampliar a produtividade agrícola quanto para a manutenção desse recurso natural.