Rondônia

Rondônia é um estado da região Norte do Brasil. A sua história está ligada ao processo de desbravamento do extremo oeste brasileiro, assim como pela exploração de borracha e minérios na Floresta Amazônica. Na atualidade, o estado é um grande produtor de soja e carne bovina. Além disso, possui uma infraestrutura formada por equipamentos que contribuem para a economia da região, como a hidrovia Madeira e as usinas hidroelétricas de Santo Antônio e Jirau.

O estado é formado predominantemente por áreas de planícies, com vegetação de Floresta e clima Equatorial. É o terceiro estado mais populoso do Norte brasileiro, sendo governado por Marcos Rocha (2019-2022). Há no estado muitas reservas indígenas, e a população nativa influenciou diretamente nos hábitos e costumes do povo rondoniense.

Leia também: Estados do Brasil – entidades autônomas que possuem seus próprios governos

Dados gerais de Rondônia

  • Região: Norte
  • Capital: Porto Velho
  • Governo: Marcos Rocha (2019-2022)
  • Área territorial: 237.590 km² (IBGE, 2019)
  • População: 1.796.460 habitantes (IBGE, 2020)
  • Densidade demográfica: 6,58 hab./km² (IBGE, 2010)
  • Fuso: UTC-4
  • Clima: Equatorial

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Geografia de Rondônia

O estado de Rondônia está localizado na região Norte do Brasil. Ele faz fronteira com a Bolívia e divisa com os estados do Acre, Amazonas e Mato Grosso. O território de Rondônia possui um relevo predominantemente plano, típico de áreas de planície. As áreas mais elevadas estão concentradas na porção sudeste do estado, na região da chapada do Parecis, assim como na porção noroeste, devido à serra dos Pacáas Novos.

A hidrografia de Rondônia é composta por rios caudalosos, com destaque para os rios:

  • Madeira
  • Ji-Paraná
  • Guaporé 
  • Mamoré

O clima do estado é Equatorial, caracterizado pelas altas temperaturas e elevada pluviosidade. Já a vegetação é totalmente composta pela Floresta Amazônica.

História de Rondônia

O atual território de Rondônia foi umas das últimas áreas colonizadas do Brasil. A preocupação com a fronteira do extremo oeste do país aumentou em razão das frequentes invasões por forças estrangeiras, assim como pela indefinição dos domínios territoriais de Espanha e Portugal na América do Sul.

Desse modo, por meio da assinatura do Tratado de Madri (1750), Portugal assegurou o território rondoniense, compreendido pelas terras localizadas na margem direita do rio Guaporé. O mapeamento do território estadual foi realizado por meio do desbravamento dos rios, importantes vias de transporte do estado, sendo que, no ano de 1781, as fronteiras terrestres foram oficialmente marcadas.

Desde então, o povoamento do estado foi iniciado de maneira efetiva. A exploração de borracha, com a consequente construção da ferrovia Madeira-Mamoré, assim como a exploração de minerais, como o ouro, nos rios rondonienses, foram os dois motores da ocupação territorial do estado.

O território de Rondônia pertenceu aos estados de Amazonas e Mato Grosso, sendo transformado em território nacional em 1943, com o nome de Território de Guaporé. Já em 1956, o nome do território foi mudado para Rondônia, uma homenagem a um dos desbravadores da região, o marechal Cândido Rondon. Em 1981, o território foi elevado para estado do Brasil.

Leia também: Tocantins – o mais novo estado do Brasil

Mapa de Rondônia

Fonte: IBGE
Fonte: IBGE

Divisão geográfica de Rondônia

O estado de Rondônia têm duas regiões intermediárias e seis imediatas, de acordo com a regionalização proposta pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2017. São elas:

Regiões geográficas intermediárias

Regiões geográficas imediatas

Porto Velho

Porto Velho

Ariquemes

Jaru

Ji-Paraná

Ji-Paraná

Cacoal

Vilhena

Demografia de Rondônia

A população de Rondônia é composta por 1.796.460 pessoas, sendo que a maioria dos habitantes do estado é descendente de imigrantes de diversas regiões do Brasil, que emigraram para a região ao longo do século XX.

Além deles, a população indígena é muito significativa no estado. A maior cidade de Rondônia é a capital, Porto Velho, que possui 539.354 habitantes. Além da capital, outras cidades que têm mais de 100 mil habitantes são Ji-Paraná, Ariquemes e Vilhena. O estado possui baixa densidade demográfica, e a expansão da fronteira agrícola vem atraindo novos migrantes para a região, em razão da grande oferta de terras disponíveis.

Economia de Rondônia

O cenário econômico de Rondônia é caracterizado pelas atividades agropecuárias. O setor primário é responsável pelas principais trocas comerciais do estado, com destaque para a produção de carne bovina e de soja. O número de plantações de grãos no estado vem aumentando significativamente nos últimos anos, assim como a criação de gado de corte. Além da agropecuária, o setor primário do estado é composto pelas atividades extrativistas, como a extração de madeira e a produção de estanho.

O setor secundário é muito pequeno e está voltado para as atividades do agronegócio, como os frigoríferos e as beneficiadoras de alimentos. Já no setor terciário, predominam as atividades comerciais e o funcionalismo público, que tem um peso muito grande na economia do estado.

A capital de Rondônia, Porto Velho, é banhada pelo rio Madeira, uma importante via de transporte do estado.
A capital de Rondônia, Porto Velho, é banhada pelo rio Madeira, uma importante via de transporte do estado.

Infraestrutura de Rondônia

A infraestrutura rondoniense é composta por uma rede de rodovias, muitas com problemas estruturais, assim como por equipamentos como o Aeroporto Internacional de Porto Velho e a ferrovia Madeira-Mamoré. No entanto, o principal modal de transporte estadual são as hidrovias, com destaque para a hidrovia do Madeira, que liga Rondônia até o Amazonas, sendo um dos vetores de transporte da produção agrícola do estado.

No interior de Rondônia, há diversos portos fluviais, assim como é muito usual o uso de rios menores para o transporte doméstico. Os rios, aliás, têm um grande protagonismo na infraestrutura do estado, uma vez que em Rondônia estão localizadas duas das mais importantes hidroelétricas do Brasil, as usinas de Santo Antônio e Jirau.

Quanto aos serviços públicos, a saúde e a educação possuem uma extensa rede pública, composta por diversos equipamentos de ensino. O estado de Rondônia possui uma boa cobertura de hospitais e escolas, com destaque para as escolas indígenas, localizadas nas aldeias indígenas do estado.

Leia também: Qual a diferença entre povo e nação?

Governo de Rondônia

O governo de Rondônia é composto pela figura do governador Marcos Rocha e pelo vice-governador Zé Jodan, com mandatos vigentes entre 2019-2022. Na esfera federal, o estado é representado por oito deputados por três senadores. Já a assembleia estadual de Rondônia possui 24 deputados estaduais.

Bandeira de Rondônia

Cultura de Rondônia

A cultura de Rondônia foi formada pelos diferentes povos que emigraram para o estado ao longo do século XX, com destaque para sulistas e nordestinos. Além disso, o estado possui forte presença indígena, sendo que a sociedade local incorporou costumes e tradições desses povos no seu cotidiano.

Além do Carnaval, o estado possui grandes Festas Juninas, em razão da influência dos imigrantes nordestinos, e também muitas feiras agropecuárias, uma influência da população do centro–sul do Brasil que emigrou para o estado. O esporte mais praticado localmente é o futebol, e a alimentação é baseada no consumo de carne bovina, além de peixes e farinha de mandioca.

Publicado por: Mateus Campos
Assuntos relacionados
Acre
Saiba mais sobre o Acre. Leia sobre a sua história e veja de que forma é composta a cultura da região. Conheça os principais aspectos geográficos do estado.
Amapá
Saiba mais sobre o estado do Amapá, localizado no extremo Norte do Brasil. Conheça aspectos naturais do território, leia sobre sua economia, história e cultura.
Amazonas
Clique e veja aspectos históricos, econômicos, demográficos e geográficos do Amazonas. Entenda também como é a hidrografia, o relevo e a vegetação do estado.
Bahia
Saiba mais sobre a história do povoamento do território da Bahia. Veja também as principais características geográficas do estado, como demografia e economia.
Distrito Federal
Características da unidade da Federação onde se localiza a capital federal.
Goiás
Clique aqui e conheça os aspectos geográficos do estado de Goiás!
Pará
Conheça as principais características do estado do Pará. Saiba mais sobre o povoamento histórico do estado, seus aspectos demográficos e sua dinâmica econômica.
Pernambuco
Conheça as principais características geográficas de Pernambuco. Veja quais são as principais atividades econômicas, sociais e culturais presentes no estado.
Região Norte
Clique para saber mais sobre a Região Norte. Conheça os estados dessa região e suas características geográficas mais importantes.
Rio Grande do Sul
Clique aqui e aprenda sobre a história do Rio Grande do Sul. Conheça seus aspectos econômicos, sociais, demográficos e naturais. Entenda também a economia do estado.
Roraima
Saiba mais sobre os aspectos geográficos de Roraima. Veja quais são as características históricas, demográficas e econômicas do estado menos populoso do Brasil.