Whatsapp icon Whatsapp

Distrito Federal

O Distrito Federal é um dos 27 entes federados do Brasil. Está localizado na Região Centro-Oeste do país, em uma zona de clima tipicamente tropical e de vegetação de Cerrado. A instalação do Distrito Federal remete à criação de Brasília, e a sua história está ligada política e economicamente à transferência da capital federal para o interior brasileiro.

O Distrito Federal é dividido em 33 regiões administrativas, e a sua forma de governo está baseada nos Três Poderes nacionais, sendo o Poder Legislativo distrital uma mescla dos Legislativos estaduais e municipais do Brasil. Possui cerca de 3 milhões de habitantes, a grande maioria formada por imigrantes e descendentes, cenário que culminou em uma grande diversidade cultural.

O Distrito Federal possui uma boa infraestrutura de serviços, porém é uma das regiões de maior desigualdade social do Brasil. A sua economia está baseada no funcionalismo público, no comércio e serviços, bem como no turismo.

Leia também: Quais são as capitais do Brasil?

Dados gerais do Distrito Federal

  • Região: Centro-Oeste.
  • Capital: Brasília.
  • Área territorial: 5.760 km² (IBGE, 2019).
  • População: 3.055.149 habitantes (IBGE, 2020).
  • Densidade demográfica: 444,6 hab./km² (IBGE, 2010).
  • Fuso: UTC-3.
  • Clima: tropical.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

História do Distrito Federal

O território atual do Distrito Federal era ocupado por diversas tribos indígenas. A partir do processo de colonização do Brasil e, em especial, pela descoberta de jazidas de ouro em Goiás e Mato Grosso, a região se transformou em um ponto de passagem das rotas de exploração e de comércio. Dessa maneira, pequenos núcleos urbanos foram instalados na região.

Por sua vez, o desejo da criação de uma cidade planejada para função de capital do Brasil remete ao período do Brasil Colônia e se perpetuou ao longo do tempo, com maior destaque por meio da aprovação da Constituição de 1891, primeiro documento constitucional do país que tratava explicitamente da transferência da capital federal, localizada no Rio de Janeiro, para o interior do território brasileiro.

A criação de uma nova capital indicava a necessidade da instalação de um Distrito Federal, correspondente à área de influência da capital federal. Esse modelo já era adotado em outros países cuja forma de organização estava baseada no federalismo, como os Estados Unidos.

Sendo assim, por meio da ação do governo de Juscelino Kubitschek (1956-1961), o projeto tomou forma e saiu do papel, destacando-se a atuação dos arquitetos Lúcio Costa e Oscar Niemeyer e do engenheiro Joaquim Cardozo. A escolha da localização do Distrito Federal se deu em razão de questões políticas e geoestratégicas, como o fortalecimento da segurança nacional do país e o desenvolvimento do povoamento das regiões interioranas do Brasil.

A construção de Brasília começou em 1956 e a sua inauguração data de 21 de abril de 1960. A partir da construção da capital federal, delimitou-se o Distrito Federal, ou seja, a divisão administrativa da federação que corresponde ao poder central do país.

A região se consolidou como um importante centro político do Brasil, além de proporcionar a ocupação do território por meio da migração de populações de outras regiões do país. O Distrito Federal é a menor dentre as 27 unidades federativas do Brasil, sendo constituído por 33 regiões administrativas.

A criação de Brasília foi o fator preponderante para o crescimento econômico e demográfico do Distrito Federal.
A criação de Brasília foi o fator preponderante para o crescimento econômico e demográfico do Distrito Federal.

Geografia do Distrito Federal

O Distrito Federal está localizado na Região Centro-Oeste do Brasil e faz divisa com:

Está localizado na porção central do território brasileiro, em uma região de planalto, forma de relevo marcada pela elevada altitude em relação ao nível do mar. O relevo local apresenta formas aplainadas, sendo o ponto mais elevado o Pico do Roncador, com cerca de 1.300 metros de altitude. A localização do território do Distrito Federal, em uma área elevada e composta por interflúvios, reflete-se na dinâmica hidrográfica da região, que possui pequenos rios contribuintes para a formação de três importantes bacias hidrográficas brasileiras (São Francisco, Tocantins e Paraná). O principal rio do Distrito Federal é o Paranoá, sendo responsável pela formação do Lago Paranoá, principal lago artificial da região.

O clima do Distrito Federal é tipicamente tropical, marcado pela ocorrência de duas estações bem definidas. Em razão das condições climáticas e geográficas locais, o clima da região é influenciado pela baixa umidade do ar e também pela grande amplitude térmica. Já a vegetação do Distrito Federal é composta pelo Cerrado, tipo vegetacional típico de zonas tropicais, marcado pela alta biodiversidade e pela influência das estações do ano na sua formação.

Veja também: Degradação do Cerrado – ações antrópicas que colocam esse importante bioma em risco

Mapa do Distrito Federal

Fonte: IBGE.
Fonte: IBGE.

Divisão geográfica do Distrito Federal

O Distrito Federal está dividido em 33 regiões administrativas, sendo elas:

Plano Piloto

Samambaia

Varjão

Gama

Santa Maria

Park Way

Taguatinga

São Sebastião

SCIA

Brazlândia

Recanto das Emas

Sobradinho II

Sobradinho

Lago Sul

Jardim Botânico

Planaltina

Riacho Fundo

Itapoã

Paranoá

Lago Norte

SIA

Núcleo Bandeirante

Candangolândia

Vicente Pires

Ceilândia

Águas Claras

Fercal

Guará

Riacho Fundo II

Sol Nascente/ Pôr do Sol

Cruzeiro

Sudoeste/ Octagonal

Arniqueira

Fonte: IBGE.

Demografia do Distrito Federal

O Distrito Federal possui cerca de 3 milhões de habitantes. Em razão da elevada população absoluta e da pequena área territorial, o Distrito Federal apresenta a maior densidade demográfica dentre as unidades federativas do Brasil. A formação da sua população está atrelada, em especial, ao intenso processo de imigração vivenciado pela região a partir da construção da cidade de Brasília.

A transferência da capital do Brasil para a região fomentou o crescimento populacional do Distrito Federal e até mesmo das regiões vizinhas, uma vez que houve um intenso êxodo de populações de outras regiões do Brasil em busca de trabalho e renda em Brasília. No grupo de migrantes, destacam-se os nordestinos, que formaram o maior volume de população que mudou para a região ao longo da segunda metade do século XX.

Na atualidade, a população do Distrito Federal apresenta elevadas taxas de crescimento, sendo um dos principais núcleos urbanos do Brasil. A população local apresenta alto índice de renda, saúde e alfabetização. Porém, apesar dos elevados indicadores sociais, o Distrito Federal apresenta uma das maiores taxas de desigualdade social do país, sendo comum a formação de bolsões de pobreza, principalmente nas áreas periféricas da região.

Na atualidade, o Distrito Federal é uma das principais aglomerações urbanas do país, com mais de 3 milhões de habitantes.
Na atualidade, o Distrito Federal é uma das principais aglomerações urbanas do país, com mais de 3 milhões de habitantes.

Economia do Distrito Federal

A economia do Distrito Federal está ancorada no setor terciário, em razão da concentração da mão de obra local no funcionalismo público. O governo federal e distrital são os principais empregadores do Distrito Federal. Além disso, o setor terciário é marcado pela grande oferta de comércio e de serviços, e a capital, Brasília, é um dos polos de influência da Região Centro-Oeste do Brasil. O turismo também é um vetor econômico importante, em especial o turismo histórico e de negócios.

Por sua vez, o setor primário, voltado para as atividades agropecuárias, está concentrado na produção de legumes e verduras para consumo interno. O Distrito Federal apresenta regiões produtoras de alimentos, chamadas de Cinturões Verdes, que são voltadas para o abastecimento local. Já o setor secundário possui pouca importância na economia local, sendo predominantes indústrias como as gráficas, as farmacêuticas e as de tecnologia de informação.

Leia também: Qual é o IDH do Brasil?

Governo do Distrito Federal

O funcionamento do sistema de governo do Distrito Federal possui algumas particularidades em relação aos demais entes federados, uma vez que há uma lei orgânica distrital, em contraponto aos documentos constitucionais que regem o governo dos demais entes federados brasileiros.

Dessa maneira, o Distrito Federal está dividido nos Três Poderes, porém o Poder Legislativo acumula funções legislativas reservadas aos estados e municípios brasileiros. Sendo assim, há o Poder Executivo, representado pelo governador; o Judiciário, representado pelos órgãos de Justiça, e, ainda, o Legislativo, que no Distrito Federal é formado pela Câmara Legislativa, órgão que mescla funções dos Poderes Legislativos municipais e estaduais.

O Distrito Federal possui 24 deputados distritais. Já no sistema legislativo federal, o Distrito Federal está representado por 8 deputados federais e 3 senadores.

Bandeira do Distrito Federal

 Infraestrutura do Distrito Federal

O Distrito Federal apresenta uma boa oferta de infraestrutura e serviços para a sua população. O seu território é cortado por uma rede de rodovias, que ligam o Distrito Federal às demais regiões do Brasil. Há ainda o Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitschek, um dos principais centros de transporte aéreo do Brasil.

A estrutura urbana é baseada em largas avenidas pavimentadas, elevado índice de arborização urbana e amplo acesso aos sistemas de água e esgoto. Porém, nas regiões periféricas, predominam-se ocupações irregulares, com estrutura urbana deficitária. Os serviços de saúde e educação são reconhecidos como de ampla cobertura e alta qualidade, mas também carecem de um maior acesso, especialmente para as camadas mais pobres da população.

Cultura do Distrito Federal

A cultura do Distrito Federal representa uma mescla dos hábitos culturais provenientes das diferentes regiões do Brasil. Esse cenário é dado em razão do processo de imigração vivenciado no Distrito Federal ao longo da segunda metade do século XX. O Distrito Federal apresenta um grande número de equipamentos culturais, como cinemas e museus, além de feiras e exposições de arte e cultura.

Na música, destacam-se gêneros urbanos, como o rock e o hip-hop. A influência dos gêneros musicais nordestinos também é muito grande, assim como do sertanejo, muito apreciado na Região Centro-Oeste. Do mesmo modo, a culinária apresenta uma junção de pratos típicos brasileiros. No esporte, destaca-se o futebol, além do automobilismo e de atividades como ciclismo e corrida. A cidade de Brasília, sede do governo do Distrito Federal, é Patrimônio Cultural da Humanidade.

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

Amapá
Saiba mais sobre o estado do Amapá, localizado no extremo Norte do Brasil. Conheça aspectos naturais do território, leia sobre sua economia, história e cultura.
Brasília
Conheça as principais características naturais e humanas da capital do Brasil. Saiba mais sobre a cidade brasileira que é Patrimônio Cultural da Humanidade.
Espírito Santo
Conheça os aspectos geográficos do Espírito Santo. Saiba mais sobre o processo de ocupação histórica e de desenvolvimento econômico desse pequeno estado sudestino.
Goiás
Conheça a história do estado de Goiás. Veja os principais elementos constitutivos da geografia goiana e saiba mais sobre a dinâmica econômica e demográfica local.
Mato Grosso
Conheça as principais características do Mato Grosso. Veja dados sobre sua população e economia, e saiba mais sobre a ocupação do território mato-grossense.
Mato Grosso do Sul
Conheça o Mato Grosso do Sul, estado brasileiro originado do desmembramento do Mato Grosso. Veja os principais aspectos do território sul-mato-grossense.
Paraná
Conheça os aspectos geográficos do estado do Paraná. Saiba mais sobre o processo de ocupação histórica estadual, assim como sobre o seu desenvolvimento econômico.
Paraíba
Conheça as características do território paraibano. Veja mais sobre os aspectos históricos e geográficos da Paraíba, assim como sobre as suas tradições culturais.
Pernambuco
Conheça as principais características geográficas de Pernambuco. Veja quais são as principais atividades econômicas, sociais e culturais presentes no estado.
Região Centro-Oeste
Conheça os aspectos físicos e humanos da região Centro-Oeste. Saiba mais sobre a geografia centro-oestina e faça exercícios sobre as características dessa região.
O Brasil é dividido em cinco regiões segundo suas particularidades.
Regiões do Brasil
Saiba quais são as cinco regiões do Brasil e suas principais características físicas, econômicas e sociais. Conheça também os estados pertencentes a cada região.
Rio de Janeiro
Conheças as principais características geográficas do estado do Rio de Janeiro. Veja aspectos da população, da economia e da cultura do território fluminense.
Rondônia
Conheça as principais características de Rondônia. Saiba mais sobre os aspectos culturais desse estado, assim como a sua ligação com a Floresta Amazônica.
video icon
Filosofia
Filosofia Contemporânea no Enem: como esse tema é cobrado?
Tá difícil estudar Filosofia para o Enem? Não se preocupe que eu vou te dar um direcionamento. Prepare o seu material e assista a esta aula sobre um dos temas mais recorrentes: filosofia contemporânea. Perde tempo não. Vem pro Brasil Escola!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.