Whatsapp icon Whatsapp

Função sobrejetora

A função sobrejetora é um caso particular de função. Ela ocorre quando o contradomínio da função é igual ao seu conjunto imagem. A função afim é um exemplo de função sobrejetora.
A função sobrejetora ocorre quando o domínio da função é igual ao seu conjunto imagem.
A função sobrejetora ocorre quando o domínio da função é igual ao seu conjunto imagem.

A função sobrejetora é um caso particular de função. Denomina-se função a relação entre dois conjuntos na qual o domínio (primeiro conjunto) sempre possui um correspondente no contradomínio (segundo conjunto). Uma função é classificada como sobrejetora quando o conjunto imagem é igual ao contradomínio da função, o que significa que todos os elementos do contradomínio estão relacionados a um elemento do domínio.

Saiba também: Domínio, contradomínio e imagem de uma função — qual a importância desses conjuntos?

Resumo sobre função sobrejetora

  • Função sobrejetora é um caso particular de função.
  • A função é sobrejetora quando o contradomínio é igual ao conjunto imagem da função.
  • Se todos os elementos do contradomínio estiverem relacionados a pelo menos um elemento do domínio, a função é sobrejetora.
  • A função afim é um exemplo de função sobrejetora, e a função quadrática é um exemplo de função não sobrejetora.
  • Uma função também pode ser injetora ou bijetora.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que é uma função sobrejetora?

A função sobrejetora, conhecida também como função sobrejetiva, é um caso particular de função. Uma função é classificada como sobrejetora quando todos os elementos do contradomínio são imagens de um ou mais elementos do domínio, ou seja, quando o conjunto imagem da função é igual ao seu contradomínio.

Exemplos de função sobrejetora

  • Exemplo 1:

Sendo f: A  B

Diagrama de uma função sobrejetora.
Diagrama de uma função sobrejetora.

Note que todos os elementos de B são imagens de um elemento no conjunto A. Logo, o contradomínio é igual à imagem da função.

  • Exemplo 2:

As funções polinomiais do 1º grau, conhecidas também como funções afins, com domínio e contradomínio no conjunto dos números reais, são sempre funções sobrejetoras, pois a imagem da função é também igual ao conjunto dos números reais.

Considerando a função afim com lei de formação f(x) = 2x + 1, sabe-se que para qualquer número real y existirá um valor de x tal que f(x) = y.

Veja também: Função logarítmica — a função inversa da função exponencial

Exemplos de função não sobrejetora

  • Exemplo 1:

Sendo f: A  B

Diagrama de uma função que não é sobrejetora.
Diagrama de uma função que não é sobrejetora.

Perceba que no contradomínio existe um elemento que não é imagem de nenhum elemento do domínio. Assim, essa função não é sobrejetora, pois o contradomínio não é igual ao conjunto imagem.

Formalmente, dizemos que a função f: A → B é uma função injetora se e somente se

y ϵ B, ∃ x | f(x) = y

Isso quer dizer que para todo y pertencente ao conjunto B existe um x tal que a imagem de x é y.

  • Exemplo 2:

As funções quadráticas, conhecidas também como funções polinomiais do 2º grau, não são sobrejetoras, pois seu conjunto imagem não é igual ao contradomínio.

Considerando a função quadrática com lei de formação f(x) = x², sabe-se que para y = -2 não existe nenhum valor real de x tal que f(x) = y, logo essa função não é sobrejetora.

Gráfico de função sobrejetora

Ao analisar o gráfico de uma função, é possível perceber que ela é sobrejetora quando sua imagem é igual ao contradomínio. Vejamos, por exemplo, o gráfico desta reta:

Gráfico de uma função sobrejetora.

Perceba que todo elemento do eixo y é imagem de um elemento no eixo x, logo essa função é sobrejetora.

Saiba mais: Qual é a relação entre os coeficientes e o gráfico de uma função do segundo grau?

Diferença entre função injetora, sobrejetora e bijetora

Além da função sobrejetora, em que o domínio da função é igual ao seu conjunto imagem, uma função pode ser classificada como injetora ou bijetora.

  • Função injetora: a função é considerada injetora quando existe um único valor de x tal que f(x) = y considerando um elemento y pertencente à imagem da função.
  • Função bijetora: a função é considerada bijetora se ela é sobrejetora e injetora simultaneamente.

Videoaula sobre função injetora, sobrejetora e bijetora

Exercícios resolvidos  sobre função sobrejetora

Questão 1

Dados os conjuntos A = {-2, 0, 1, 2} e B = {0, 1, 4} e considerando f: A → B, julgue as afirmativas abaixo:

I. Se f(x) = x², a função é sobrejetora.

II. Se f(x) = | |x | - 1 |, a função é sobrejetora.

Marque a alternativa correta:

  1. Somente I é verdadeira.
  2. Somente II é verdadeira.
  3. Ambas são verdadeiras.
  4. Ambas são falsas.

Resolução:

Alternativa A

I. Verdadeira

Dada a função f(x) = x², temos que:

f(-2) = (-2)² = 4
f(0) = 0² = 0
f(1) = 1² = 1
f(2) = 2² = 4

Note que a imagem da função é o conjunto im(f) = {0, 1, 4}, que é igual ao conjunto B, logo essa função é sobrejetora.

II. Falsa

Dada a função f(x) = | |x| - 1|, temos que:

f(-2) = | |-2| - 1| = |2 – 1| = | 1 | = 1

f(0) = | |0| - 1| = |0 – 1| = | - 1| = 1

f(1) = | |1| - 1| = | 1 – 1 | = |0| = 0

f(2) = | |2| - 1| = |2 -1 | = | 1 | = 1

Então, o conjunto im(f) = {0, 1}.

Note que ele é diferente do contradomínio. Assim, a função não é sobrejetora.

Questão 2

Uma função é sobrejetora quando:

  1. todos os elementos da imagem são correspondentes de um único elemento no domínio.
  2. todos os elementos do contradomínio possuem um único elemento correspondente a ele no domínio.
  3. todos os elementos do contradomínio possuem pelo menos um elemento correspondente a ele no domínio.
  4. todos os elementos do domínio possuem um correspondente no contradomínio.
  5. ela é injetora e bijetora ao mesmo tempo.

Resolução:
Alternativa C

A função é sobrejetora se todos os elementos do contradomínio forem correspondentes de pelo menos um elemento do domínio.

Publicado por Raul Rodrigues de Oliveira
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Analisando Situações Através de Funções do 1º Grau
Aplicações de uma Função do 1º grau.
Domínio, contradomínio e imagem de uma função
Conheça a definição de função, de domínio, de contradomínio e de imagem de uma função. Saiba qual a relação entre todos esses elementos observando os exemplos.
Função
Entenda a definição de função e como ela pode ser aplicada para a resolução de situações-problema.
Função exponencial
Clique aqui e conheça a função exponencial. Aprenda como fazer a análise e construir o gráfico desse tipo de função. Teste sua compreensão resolvendo os exercícios.
Função injetora
Classifique uma função como função injetora, e veja alguns exemplos desse tipo de função. Aprenda suas propriedades e reconheça seu gráfico.
Função logarítmica
Conheça a definição da função logarítmica, aprenda a construir seu gráfico e a identificar se ele será crescente ou decrescente. Resolva os exercícios sobre o tema.
Sinal da Função do 2º Grau
Estudando o sinal de uma função do 2º grau.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Condição de existência de triângulos" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Condição de existência de triângulos
Nessa aula veremos a condição de existência de um triângulo utilizando um raciocínio lógico e em seguida formalizando esse conhecimento.