Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Gases
  4. Transformações Gasosas

Transformações Gasosas

As transformações gasosas foram estudadas pelos cientistas de forma a sempre manter uma das variáveis de estado constante para observar a variação das outras duas variáveis.

As transformações gasosas são aquelas em que se considera uma determinada massa fixa de um gás ideal em um sistema fechado para observar como as variáveis de estado dos gases (pressão, volume e temperatura) inter-relacionam-se. Esse processo é feito por manter constante uma dessas variáveis, enquanto se observa como ocorre a variação das outras duas.

Existem três tipos de transformações gasosas, que ocorrem quando (1) a temperatura permanece constante, (2) quando a pressão permanece constante e (3) quando o volume permanece constante. Vejamos o nome dado para cada uma dessas transformações e quais são as leis que as relacionam:

(1) Transformação isotérmica: Essa palavra vem do grego iso, que significa “igual”, e thermo, que significa “calor”, ou seja, essa é uma transformação gasosa que ocorre com a temperatura constante, enquanto as outras variáveis (pressão e volume) variam.

Os cientistas que estudaram a transformação isotérmica foram Robert Boyle e Edme Mariotte, por isso as observações desses estudiosos foram enunciadas em uma lei chamada de lei de Boyle-Mariotte, que diz o seguinte:

Com a temperatura sendo mantida constante, a massa de determinado gás ocupa um volume inversamente proporcional à sua pressão.”

Isso quer dizer que, se aumentarmos a pressão sobre o gás, o seu volume diminuirá e vice-versa, como a figura a seguir mostra:

Esquema de transformação isotérmica
Esquema de transformação isotérmica

Duas grandezas são inversamente proporcionais quando o produto entre elas sempre origina uma constante. Assim, temos:

P . V = k

ou

P1 . V1 = P2 . V2

Veja um exemplo a seguir de transformação isotérmica. Observe que o produto entre a pressão e o volume em todos os casos sempre origina o mesmo resultado:

Dados de transformações isotérmicas
Dados de transformações isotérmicas

Passando os dados das transformações isotérmicas para um gráfico que relaciona a pressão e o volume, obtemos uma hipérbole equilátera, que é chamada de isoterma:

Representação gráfica de uma isoterma
Representação gráfica de uma isoterma

(2) Transformação isobárica: Essa palavra vem do grego iso, que significa “igual”, e baros, que é “pressão”, ou seja, essa é uma transformação gasosa que ocorre com a pressão constante, enquanto as outras variáveis (temperatura e volume) variam.

Os cientistas que estudaram a transformação isobárica foram Joseph Louis Gay-Lussac e Jacques Alexandre César Charles. Por isso, as observações deles foram enunciadas em uma lei chamada de primeira lei de Charles e Gay-Lussac, que diz o seguinte:

Com a pressão sendo mantida constante, a massa de determinado gás ocupa um volume diretamente proporcional à sua temperatura termodinâmica.”

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Isso quer dizer que, se aumentarmos a temperatura do sistema, o volume ocupado pelo gás também aumentará, ou seja, ele expandir-se-á. Por outro lado, com a diminuição da temperatura, o gás contrair-se-á. Veja isso na ilustração a seguir:

Esquema de transformação isobárica
Esquema de transformação isobárica

É importante salientar que as relações expressas em todas as transformações gasosas mencionadas aqui são verdadeiras somente quando se considera a temperatura termodinâmica, ou seja, a temperatura na escala kelvin.

Matematicamente, temos:

V = k
T      

ou

V1= V2
T1    T2

Veja um exemplo a seguir de transformação isobárica. Por exemplo, se temos uma massa fixa de um gás em um sistema fechado, sob temperatura de 100 K e seu volume é “V”, se aumentarmos essa temperatura para 200 K, ou seja, se dobrarmos a temperatura, o volume também dobrará, passando para “2V” e assim sucessivamente.

Passando os dados das transformações isobáricas para um gráfico que relaciona a pressão e o volume, obtemos uma reta, conforme o gráfico a seguir mostra:

Representação das transformações isobáricas
Representação das transformações isobáricas

(2) Transformação isocórica ou isovolumétrica: Conforme já dito, iso significa “igual”, e coros é “volume”, ou seja, a palavra “isocórica” refere-se a uma transformação gasosa que ocorre com o volume constante, enquanto as outras variáveis (temperatura e pressão) variam.

A segunda lei de Charles e Gay-Lussac diz o seguinte:

Com o volume sendo mantido constante, a pressão exercida pela massa de determinado gás é diretamente proporcional à sua temperatura termodinâmica.”

Isso quer dizer que, se aumentarmos a temperatura do sistema, a pressão exercida pelo gás também aumentará e vice-versa. Observe:

Esquema de transformação isocórica
Esquema de transformação isocórica

Matematicamente, temos:

P = k
T      

ou

P1= P2
T1    T2

Portanto, assim como ocorre no caso das transformações isobáricas, nos gráficos das transformações isocóricas, a relação entre a pressão e a temperatura sempre dará uma reta:

Gráfico de transformação isocórica ou isovolumétrica
Gráfico de transformação isocórica ou isovolumétrica

Observe que em todos os casos, quando dividimos a pressão pela temperatura termodinâmica respectiva, encontramos o mesmo valor (uma constante):

3/100 = 0,03

6/200 = 0,03

9/300 = 0,03

12/400 = 0,03

Agora veja como esses conhecimentos podem ser usados para resolver exercícios. Resolva as questões propostas em Transformações gasosas – exercícios.

As transformações gasosas sempre são estudadas com o sistema fechado para que não ocorra alteração no número de partículas e na massa do gás
As transformações gasosas sempre são estudadas com o sistema fechado para que não ocorra alteração no número de partículas e na massa do gás
Publicado por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Lista de Exercícios

Questão 1

(OSEC-SP) Um carro-tanque transportou gás cloro para uma estação de tratamento de água. Sabe-se que o volume do tanque que continha gás cloro era de 30 m3, que a temperatura era mantida a 20oC para a pressão ser de 2 atm e que, na estação de tratamento de água, esse cloro foi transferido para um reservatório de 50 m3 mantido a 293 K. Ao passar do carro-tanque para o reservatório, o gás sofreu uma transformação........e a pressão do reservatório era.............. As lacunas são completamente preenchidas, respectivamente, com os dados:

a) isotérmica, 1,2 atm.

b) isométrica, 117 atm.

c) isobárica, 2 atm.

d) isocórica, 2 atm.

e) isovolumétrica, 1,2 atm.

Questão 2

(INTEGRADO-RJ) O gráfico abaixo representa um processo cíclico (ciclo) a que é submetido um gás ideal:

Analise-o. A opção em que aparece a correspondência das etapas numeradas (1 → 2 → 3 e 3 → 1), com suas respectivas denominações, é:

a) Isobárica, Adiabática e Isotérmica;

b) Isovolumétrica, Isobárica e Isotérmica;

c) Isovolumétrica, Isotérmica e Isobárica;

d) Isotérmica, Isobárica e Isovolumétrica;

e) Isovolumétrica, Isobárica e Adiabática.

Mais Questões
Assuntos relacionados
Representação esquemática da primeira lei de Gay-Lussac
Leis de Gay-Lussac
Clique e conheça como são aplicadas as duas leis de Gay-Lussac, a lei da transformação isocórica e a lei das proporções volumétricas.
Thomson observa seu experimento com o tubo de raios catódicos, que o levaria à descoberta do elétron
Descoberta da primeira partícula subatômica: o elétron
A descoberta do elétron foi feita por J. J. Thomson, em 1897, por meio de um experimento com um tubo de raios catódicos.
Os produtos liberados na combustão do etanol são transparentes. Essa “fumaça” é a condensação do vapor de água ou o motor está com defeito
Entendendo as Equações Químicas
Tire suas dúvidas a respeito dos aspectos quantitativos das equações químicas, tais como: o que são o índice e o coeficiente estequiométrico? Quantos átomos estão reagindo?
Benoit Pierre Emile Clapeyron (1799-1864)
Equação de Clapeyron
Conheça a Equação de Clapeyron ou Equação de estado dos gases perfeitos usada para resolver questões que envolvam transformações gasosas.
O termômetro é o equipamento usado para medir a temperatura
Temperatura como variável de estado dos gases
Entenda o que é temperatura, como ela é medida, por que ela é considerada uma variável de estado dos gases e como ocorre essa variação.
A chaminé de uma industria é um exemplo de sistema aberto
Transformações de estado dos gases em sistemas abertos
Saiba mais sobre as características das transformações de estado dos gases em sistemas abertos.
O motor de Stirling utiliza uma fonte de calor externa, como a chama de uma vela, e câmaras preenchidas com um gás a diferentes temperaturas
Motor Stirling
Aprenda mais sobre o funcionamento do motor de Stirling, um motor de combustão externa que pode utilizar praticamente qualquer combustível para operar.
Ilustração de moléculas de gás carbônico. Assim como ele, a maioria dos gases é formada por moléculas
Conceito e Características dos Gases
Saiba mais sobre as principais características que delimitam os gases ideais.
Exemplos de misturas gasosas
Misturas de Gases
Entenda mais a respeito do comportamento das misturas de gases por meio da Lei de Dalton das pressões parciais e da Lei de Amagat dos volumes parciais.
A Terra é envolvida por uma camada de gases.
Gases
Gases, volume fixo, grau de agitação das partículas, energia cinética, camada de ar atmosférico, gás nitrogênio, gás oxigênio, gases nobres, temperatura, volume, pressão atmosférica, regiões de baixa altitude, variáveis de estado de um gás.
Separação de misturas homogêneas
Destilações que permitem separar dois líquidos miscíveis.
Spray: a pressão contida no frasco pode oferecer perigo.
Equação geral dos gases
Ela aborda as três variáveis de estado (P, V, T).
Gases se apresentam como moléculas ou átomos isolados.
Estudo do comportamento dos gases
Reação dos gases ao aumento de temperatura e pressão.
Gás Hélio: gás perfeito em balões flutuantes.
Gás perfeito
A energia cinética é diretamente proporcional à temperatura.
Variáveis de estado dos gases
Como a pressão, volume e temperatura influem sobre gases.
Gás ideal – exercícios
Aprenda a resolver questões envolvendo gases ideais.
Lei de Avogadro para gases
Hipótese relacionada ao volume molar de gases.
Variáveis de estado dos gases - exercícios
Aprenda a calcular o volume, pressão e temperatura em transformações gasosas.
Charles e Gay-Lussac foram dois cientistas franceses que estudaram as transformações isocóricas, criando a Lei que leva seus nomes
Transformação isocórica ou isovolumétrica
Transformação isocórica ocorre quando o volume e a massa de um gás são mantidos estáveis e sua temperatura e sua pressão variam.
O vapor de água em uma chaleira pode ser condensado apenas com a diminuição da temperatura. Já os gases que são produzidos em processos industriais se
Diferença entre Gás e Vapor
O vapor é a matéria no estado gasoso quando é capaz de existir em equilíbrio com o estado líquido ou sólido, e o gás é o estado fluido da matéria.
Gay-Lussac, físico e químico francês, realizou importantes trabalhos a respeito do comportamento dos gases
Transformação isobárica
As características de um gás em uma transformação isobárica.
O gás ocupa todo o volume do cilindro em que está contido
Volume dos Gases
Entenda por que o volume dos gases é sempre igual ao volume do recipiente, quais são as unidades de medida usadas nesse caso e como fazer suas conversões.
Os gases expelidos pela chaminé industrial dispersam-se no ar, isso é um exemplo de difusão
Difusão e Efusão dos Gases
Conheça o que é a difusão e a efusão dos gases, fenômenos que explicam muitas situações do cotidiano.
Amedeo Avogadro (1776-1856)
Volume molar dos gases
Entenda o que é o volume molar dos gases e a sua relação com a hipótese de Avogadro.