Whatsapp icon Whatsapp

Velocidade das reações químicas

A velocidade das reações químicas é alterada principalmente por variações na superfície de contato, na concentração dos reagentes, na temperatura e pelo uso de catalisadores.
A velocidade das reações é um fator importante a ser estudado
A velocidade das reações é um fator importante a ser estudado

A velocidade das reações químicas é uma área estudada pela Cinética Química. Esse estudo é importante porque é possível encontrar meios de controlar o tempo de desenvolvimento das reações, tornando-as mais lentas ou mais rápidas, conforme a necessidade.

Alguns dos fatores que interferem na velocidade das reações são:

* Temperatura: um aumento na temperatura provoca um aumento na velocidade das reações químicas, sejam elas endotérmicas ou exotérmicas, pois isso faz com que se atinja mais rápido o complexo ativado;

* Concentração: um aumento na concentração dos reagentes acelera a reação, pois haverá um maior número de partículas dos reagentes por unidade de volume, aumentando a probabilidade de ocorrerem colisões efetivas entre elas;

* Pressão: Esse fator interfere unicamente em sistemas gasosos. O aumento da pressão aumenta também a rapidez da reação, pois deixa as partículas dos reagentes em maior contato;

* Superfície de contato: Quanto maior a superfície de contato, maior a velocidade com que a reação se processa, pois, conforme explicado nos dois últimos itens, a reação depende do contato entre as substâncias reagentes;

* Catalisador: O uso de catalisadores específicos para determinadas reações pode acelerá-las. Essas substâncias não participam da reação em si, pois são totalmente regeneradas ao final dela.

Além desses fatores principais, a natureza dos reagentes e fatores externos como luz e eletricidade podem influenciar a velocidade de certas reações químicas. A natureza do reagente interfere porque quanto maior for o número de ligações dos reagentes que precisam ser rompidas para que a reação ocorra e também quanto mais fortes elas forem, mais lenta será a reação.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Já a luz influencia em reações fotoquímicas, em que há algum reagente fotoquimicamente ativo. Um exemplo é a fotossíntese, que não ocorre sem as radiações luminosas captadas pela clorofila das plantas — o pigmento responsável pela cor verde.

Outro exemplo é a decomposição da água oxigenada, que ocorre com maior rapidez se houver luz. É por isso que os frascos que contêm esse produto são sempre escuros ou opacos, impedindo a entrada de luminosidade.


Frasco opaco de água oxigenada

A velocidade média de uma reação química é determinada em função dos reagentes ou em função dos produtos. Basta usar a seguinte fórmula:

Vm = variação da concentração do reagente ou do produto
                              
intervalo de tempo

Vm = ?[reagente ou produto]
                       ?t

ou

Vm = [final - inicial]
        
(tfinal - tinicial)

Se fizermos em relação a um reagente, teremos que acrescentar o sinal negativo na fórmula, pois, visto que os reagentes são consumidos durante o processo, a sua concentração final é menor que a inicial, por isso o resultado daria negativo.

Veja mais detalhes de como aplicar essas fórmulas no texto Cálculo da Velocidade Média de uma Reação.

Publicado por Jennifer Rocha Vargas Fogaça
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Análise Gráfica da Velocidade das Reações
Veja um estudo de como é realizada a análise gráfica da velocidade das reações e passe a compreender melhor os gráficos usados na Cinética Química.
Catalisadores
Saiba sobre a descoberta dos aceleradores de reações.
Catálise
Catálise, Catalisador, velocidade de uma reação, Catálise homogênea, Catálise heterogênea, sistema monofásico, sistema difásico, reações que acontecem na presença de catalisadores, composição química, reagentes.
Cinética Química
Cinética Química, Reações Químicas, a função dos catalisadores, velocidade das reações, influência da pressão, influência da temperatura, superfície de contato, concentração dos reagentes.
Condições para a ocorrência de reações químicas
Entenda quais são os fatores que influenciam a ocorrência de reações químicas e como isso interfere na velocidade de cada uma.
Cálculo da Velocidade Média de uma Reação
Aprenda a calcular a velocidade média de uma reação química em relação à variação da quantidade de reagentes ou de produtos e também a velocidade média global.
Energia de Ativação e Complexo Ativado
Estudo do conceito de energia de ativação em cinética química, condição indispensável para a formação do complexo ativado e ocorrência da reação.
Influência da Concentração na Velocidade das Reações
Entenda por que quando se aumenta a concentração dos reagentes isso resulta em uma maior velocidade na maioria das reações químicas.
Influência da Pressão no Deslocamento do Equilíbrio Químico
Entenda porque ocorre um deslocamento do equilíbrio químico quando alteramos as concentrações dos reagentes ou dos produtos em uma reação reversível.
Influência da superfície de contato na velocidade das reações
Quanto maior a superfície de contato entre os reagentes, mais rapidamente ocorre a reação química.
Influência dos catalisadores na velocidade das reações
Entenda por que a presença de um catalisador acelera a velocidade com a qual se processa uma reação química e a sua ligação com a energia de ativação.
Ordem de uma Reação
Entenda do que se trata a ordem de uma reação, que é determinada pelos expoentes (obtidos experimentalmente) das concentrações dos reagentes na lei da velocidade.
Reações Catalíticas e a Camada de Ozônio
Reações Catalíticas, Camada de Ozônio, raios ultravioletas emitidos pelo Sol, gases clorofluorcarbonetos, embalagens de aerossóis, fotólise, catálise, efeito estufa, incidência do câncer de pele.
Velocidade instantânea em uma reação química
Aprenda a calcular a velocidade instantânea, que corresponde à velocidade da reação num intervalo de tempo muito pequeno.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Condição de existência de triângulos" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Condição de existência de triângulos
Nessa aula veremos a condição de existência de um triângulo utilizando um raciocínio lógico e em seguida formalizando esse conhecimento.